A Magia do Natal

Dezembro 5, 2021 Atualidade, Concelho
Joana D’arc

Este mês de dezembro a convidada para escrever no espaço da Intensify World é Joana D’arc, natural de Barcelos e artista de profissão. Um percurso marcado pela luta e persistência. Ganhou muita visibilidade na animação de casamentos e batizados no seu tempo de jovem. Hoje em dia já com 2 álbuns lançados e o terceiro a caminho é presença assídua em espetáculos e televisão onde leva as tradições de Portugal mundo fora.

Resolvi dedicar-me a escrita, podia ter escolhido o tricô ou o crochet, porque causam as mesmas dores lombares e cervicais, mas achei por bem, que seria mais fácil rasurar um papel.  Como que, uma folha de uma árvore que tropeça no ramo e cai ao chão e coloca cor no paralelo, decidi passar para palavras o que é a Magia. Dar voz ao coração.

E tenho saudades do Natal. Saudades dos abraços, saudades dos desejos, saudades e ansiedade em não desapontar quem amo!

Saudades de uma mesa-redonda cheia, das corridas pela casa das crianças, saudades do cheiro das fatias douradas, do estalar do champanhe, saudades das cantorias em coro, sim aquela prima que canta sempre em agudo e estoira os ouvidos, também tenho e saudades das batotas no jogo da “bisca”.

Pois bem, quero o meu Natal! Quero o conforto dos que me são próximos, quero conseguir que sorriam, porque cada sorriso roubado, cada carinho, cada mimo que proporciono é um presente que se desembrulha. Os anos permitiram que fosse brindada com estes inúmeros presentes, mas nunca chega o retribuir. Nunca é suficiente.

Por isso, no meu Natal, vou acolher e abraçar com o coração todos os que têm a sua estrela do pinheiro um pouco na penumbra, escurecida! A minha mão está cá, segura a tua! Que assim seja em todos os natais! Desejo que a felicidade não dependa do tempo, nem da paisagem, nem da sorte, nem do dinheiro. Que ela possa vir com toda a simplicidade, de dentro para fora, de cada um para todos. Que as pessoas saibam falar, calar e acima de tudo ouvir. Que tenham amor ou então sintam falta de não o ter. Que tenham ideias e medo de perdê-lo. Que amem o próximo e respeitem a sua dor. Para que tenhamos certeza de que ser feliz sem motivo, é a mais autêntica forma de felicidade.

E isto devo a vocês! E muito! Por todas as oportunidades que me proporcionaram, aos locais que permitiram o meu crescimento e se faz favor, limpem as chaminés isto das quarentenas de certeza que entregou ao pai natal uns 5/6 kgs! Tocou a todos.

PUB

218910333_904017513661701_8501182798823808285_n-1.png

PUB

Captura-de-ecra-2021-04-12-as-11.19.30.png

PUB

Claudia-Campanha-Bnh.jpg

Deixe uma resposta

Your email address will not be published.

*

Últimas de

Ir Para Cima