ACR Roriz com dois Tops-20 nos Campeonatos Nacionais de Fundo

Outubro 13, 2020 Atualidade, Concelho, Desporto, Mundo

No passado domingo, realizaram-se, em Castelo Branco, os Campeonatos Nacionais de Fundo, destinados a Juniores e Cadetes, naquela que foi a última competição desta atípica temporada por motivo da Pandemia COVID-19.



Em Cadetes, para esta derradeira prova, a ACR RORIZ SEISSA | KTM-BIKESEVEN | MATIAS&ARAÚJO | FRULACT marcou presença com 9 ciclistas, com o objetivo de estar na discussão da corrida, que tinha uma distância de 66km, e que se desenrolou num percurso de 22km que era percorrido por 3 vezes.

Pedro Castro (nº 95) (Foto: DR)

A corrida foi sempre bastante movimentada desde o km 0, com os jovens ciclistas rorizenses a responderem muito bem a todas exigências, tendo-se formado um grupo de 14 atletas na frente da corrida, já à entrada para a última volta, onde a equipa estava representada com Pedro Castro.

Prova decorreu em Castelo Branco (Foto: DR)

A vitória sairia desse restrito grupo, com Pedro Castro a terminar a prova na 13ª posição.

Chegada à meta (Foto: DR)

No pelotão, chegaram Diogo Carreiras, na 25ª posição, Tomás Carvalho foi 34°, Gabriel Baptista 42°, Bruno Lopes 55°, Guilherme Rodrigues e Miguel Peixoto, 60° e 61°, respetivamente, e Henrique Lopes 76°, num Nacional onde alinharam 125 ciclistas a partida.

Tomás Carvalho (nº 96) (Foto: DR)

Já Vítor Faria foi vítima de queda e teve, infelizmente, de abandonar. Quem não marcou presença, por lesão, foram Guilherme Vilas Boas e Afonso Luz, que ainda se encontra a recuperar da sua grave lesão.

Higienização obrigatória (Foto: DR)

“Encerrámos, assim, a temporada de Cadetes, num ano marcado pela ausência de competição, mas, principalmente, marcado pelo empenho, união e bastante aprendizagem. Muitos parabéns a todos!”, salienta a equipa em nota.

Ricardo Machado no Top-20 Nacional de Juniores

Já Ricardo Machado foi o único representante da equipa Júnior nestes Nacionais que decorreram por terras albicastrenses.

A realizou-se num circuito de 22km onde os juniores tinham que percorrer 4 vezes, totalizando 88km, revelava-se pouco seletiva, o que complicou, ainda mais, a sua prestação.

Ricardo Machado no grupo da frente (Foto: DR)

Apesar das dificuldades, Ricardo Machado manteve-se sempre junto dos melhores, respondendo a várias situações da corrida, tendo, na entrada para a última volta, danificado a roda frontal e, assim, perdido o contacto com o grupo principal.

Aquecimento (Foto: DR)

Apesar desse percalço, o jovem ciclista conseguiu recolar ao pelotão, mas ficou sem possibilidade de discutir uma melhor posição depois de alguns atletas terem atacado e ganho algum avanço na frente da corrida.

As “máquinas” alinhadas para a competição (Foto: DR)

Mesmo assim, Ricardo Machado finalizou na 18ª posição, sendo o melhor minhoto em prova, num total de 95 participantes.

Fotos: DR.

Deixe uma resposta

Your email address will not be published.

*

Últimas de

Ir Para Cima