Alunos do Colégio La Salle premiados em Roma

Abril 26, 2019 Atualidade, Concelho, Educação, Mundo

Em pleno dia da Liberdade, 25 de abril de 2019, três alunos do 12° ano, José Nuno Campos, Hugo Martins e Pedro Pereira, acompanhados pelo seu professor da disciplina de Física, José Roque, embarcaram numa aventura com destino à capital italiana, Roma, após arrecadarem o primeiro lugar no concurso internacional Lasallista LSDreams, na categoria dos projetos relacionados com a engenharia.



O prémio para os vencedores consiste numa viagem de 4 dias a Roma, onde realizarão atividades culturais e se procederá à entrega de diplomas. Estes prémios destinam-se a galardoar os melhores projetos/trabalhos de investigação apresentados, que definam planos de melhoria sobre problemáticas detetadas no seu meio ambiente. As equipas vencedoras são selecionadas por um júri especializado.

Os alunos desenvolveram um projeto inovador, de nome Body Bubble, que visa o aumento da segurança daqueles que, diariamente ou não, circulam de mota na estrada. Este projeto consiste num fato de corpo completo que incha na ocorrência de um impacto, semelhante a um airbag, imobilizando o corpo do condutor e, deste modo, protegendo-o o mais possível, prevenindo a ocorrência de lesões e, até, a morte de algum motociclista.

“Com um projeto arrebatador, estes alunos e o seu professor esperam usufruir ao máximo desta experiência única e ficar a conhecer melhor a cultura italiana enquanto convivem com alunos lasallistas de vários pontos do mundo. Um momento para não esquecer”, refere o Colégio em nota.

Ainda no mesmo concurso, a organização decidiu atribuir um Accessit (distinção, especialmente escolar, concedida a quem mais se aproxime do nível exigido para obter-se um prémio) à equipa Highway to Health, composta pelas alunas Ana Araújo, Sara Antunes e Diana Fonseca, que participaram na área da saúde com um projeto colaborativo.

Foto: DR.

1 Comment

  1. Tinha eu talvez uns doze anos quando visitei o Colégio. Deu para perceber na altura que o desporto contava muito. Fiquei com saudades. Lembro-me de um jogo em existia um pau que tinha uma bola numa corda. As 2 equipas esforçavam-se para que a bola não batesse no pau. Peço desculpa se não for inteiramente assim, mas já tenho 66 anos. Guardo recordações muito agrad
    áveis desse Colégio. Pensava mesmo já não existir.

Deixe uma resposta

Your email address will not be published.

*

Últimas de

Ir Para Cima