Amar

Fevereiro 14, 2017 Atualidade, Cultura, Opinião
joanamartins
Joana Martins

Amar

Amar rima com dar.

Na poesia do querer

Acariciar, abraçar, beijar

Acima de tudo, proteger.

Amar é sonhar acordado

É querer estar perto

Mais do que estar apaixonado

É aceitar o sentir do incerto.

Amar, dói!

Não pelo que é

Mas por o que um dia foi.

Por tudo o vivemos

Mas deixamos de viver

Por o que tivemos

Mas deixamos de ter.

Que o amor nos regue a alma

De uma vontade de voltar a acreditar

Nos traga leveza que acalma

E nos faça levitar

No escuro se faça sol

No frio se faça calor

No silêncio, o som de um roxinol

Nos faça sorrir o amor.

 

Sem ele sou um vazio,

Sem ele não sou nada

Não há nada mais gratificante

Do que amar e ser amada.

 

Amem, amem-se e deixem-se amar.

 

Por: Joana Martins (poetisa barcelense).

Deixe uma resposta

Your email address will not be published.

*

Últimas de

Me deu frio

No sopro de um suspiro Corre em mim, um arrepio Toco nas
Ir Para Cima