APAC – Centro de Reabilitação Especializado Dr. Sebastião Matos 26 anos ao serviço da comunidade

Novembro 5, 2021 Atualidade, Concelho, Saúde

Corria o ano de 1995 quando, em Barcelos, e por obra de um conjunto de pessoas sensíveis à temática da deficiência, nasceu a APAC. A sua primeira resposta social ia de encontro aos objetivos de promoção, orientação, integração e apoio a crianças e jovens com paralisia cerebral, deficiências neuromotoras, com problemas de desenvolvimento e em situação de risco, integrando atividades de orientação e apoio psicossocial, médico-funcional e terapêutico.

Apoio Ambulatório (AA) direcionado a crianças e jovens dos 6 aos 18 anos, de todo o território nacional, é constituído por uma equipa de especialidades médicas de Neuropediatria, Pedopsiquiatria e de Fisiatria e de uma equipa técnica com Psicólogos, Assistentes Sociais, Terapeutas da Fala, Fisioterapeutas, Técnicos de Psicomotricidade e Terapeutas Ocupacionais. Toda a equipa desenvolve as suas atividades com base numa abordagem holística e numa vertente de multidisciplinariedade.

Atualmente, com mais de 3400 utentes inscritos, o Apoio Ambulatório tem vindo a crescer de forma significativa, sendo já uma referência no concelho por parte de entidades da Segurança Social, Saúde, Tribunal e Escolas, que cada vez mais, vão efetuando encaminhamentos para os vários serviços desta resposta social. 

Não obstante, as patologias com maior representatividade nesta resposta se relacionarem com os problemas sociais atuais, existem outras patologias que, apesar de em menor número, estão a ganhar grande proporção na elevada procura pelos serviços do Apoio Ambulatório. A diferenciação positiva e a especialização técnica no tratamento das mesmas apresentam-se como uma das principais demandas para esta indubitável procura. Destas, salientam-se as Perturbações do Espetro do Autismo e as Perturbações Específicas de Aprendizagem (ex. Dislexia). A APAC tem, desta forma, apostado na formação especializada da equipa técnica e na implementação de Consultas Especializadas nestas áreas, de forma a manter os seus padrões de confiança nas famílias que procuram os serviços e em conseguir oferecer a intervenção mais qualificada aos seus utentes.

Na oferta de qualidade destes serviços, a APAC conta com o recurso a materiais e equipamentos especializados e diferenciados, de entre eles, a Sala de Integração Sensorial, Sala Snoezelen, Hidroterapia, Sala de Tecnologias de Informação e Comunicação, Ginásio de Reabilitação e Oficina do Brinquedo. É com a certeza que é possível continuar a crescer, ambicionando novos desafios, novas metas, que de alguma forma possam dar uma resposta mais abrangente e de

Corria o ano de 1995 quando, em Barcelos, e por obra de um conjunto de pessoas sensíveis à temática da deficiência, nasceu a APAC. A sua primeira resposta social ia de encontro aos objetivos de promoção, orientação, integração e apoio a crianças e jovens com paralisia cerebral, deficiências neuromotoras, com problemas de desenvolvimento e em situação de risco, integrando atividades de orientação e apoio psicossocial, médico-funcional e terapêutico.

Apoio Ambulatório (AA) direcionado a crianças e jovens dos 6 aos 18 anos, de todo o território nacional, é constituído por uma equipa de especialidades médicas de Neuropediatria, Pedopsiquiatria e de Fisiatria e de uma equipa técnica com Psicólogos, Assistentes Sociais, Terapeutas da Fala, Fisioterapeutas, Técnicos de Psicomotricidade e Terapeutas Ocupacionais. Toda a equipa desenvolve as suas atividades com base numa abordagem holística e numa vertente de multidisciplinariedade.

Atualmente, com mais de 3400 utentes inscritos, o Apoio Ambulatório tem vindo a crescer de forma significativa, sendo já uma referência no concelho por parte de entidades da Segurança Social, Saúde, Tribunal e Escolas, que cada vez mais, vão efetuando encaminhamentos para os vários serviços desta resposta social. 

Não obstante, as patologias com maior representatividade nesta resposta se relacionarem com os problemas sociais atuais, existem outras patologias que, apesar de em menor número, estão a ganhar grande proporção na elevada procura pelos serviços do Apoio Ambulatório. A diferenciação positiva e a especialização técnica no tratamento das mesmas apresentam-se como uma das principais demandas para esta indubitável procura. Destas, salientam-se as Perturbações do Espetro do Autismo e as Perturbações Específicas de Aprendizagem (ex. Dislexia). A APAC tem, desta forma, apostado na formação especializada da equipa técnica e na implementação de Consultas Especializadas nestas áreas, de forma a manter os seus padrões de confiança nas famílias que procuram os serviços e em conseguir oferecer a intervenção mais qualificada aos seus utentes.

Na oferta de qualidade destes serviços, a APAC conta com o recurso a materiais e equipamentos especializados e diferenciados, de entre eles, a Sala de Integração Sensorial, Sala Snoezelen, Hidroterapia, Sala de Tecnologias de Informação e Comunicação, Ginásio de Reabilitação e Oficina do Brinquedo. É com a certeza que é possível continuar a crescer, ambicionando novos desafios, novas metas, que de alguma forma possam dar uma resposta mais abrangente e de maior qualidade a todos os nossos utentes, que procuramos em cada dia a nossa melhor versão.

Por: Coordenadora Técnica do Apoio Ambulatório Marta Simões

PUB

218910333_904017513661701_8501182798823808285_n-1.png

PUB

Captura-de-ecra-2021-04-12-as-11.19.30.png

PUB

Claudia-Campanha-Bnh.jpg

Deixe uma resposta

Your email address will not be published.

*

Últimas de

Ir Para Cima