Autor

barcelosnahora

barcelosnahora tem 6992 artigos publicados.

GNR deteve homem e mulher suspeitos de furtos em viaturas em Barcelos

Outubro 21, 2021 em Atualidade, Concelho, Justiça Por barcelosnahorabarcelosnahora

A GNR deteve, após uma perseguição automóvel, um homem e uma mulher suspeitos de furto no interior de viaturas em Barcelos, anunciou hoje aquela força.

Em comunicado, a GNR acrescenta que em causa estava uma investigação na sequência de uma denúncia de três furtos em interior de viaturas, junto a estabelecimentos comerciais, em Barcelos, no distrito de Braga.

A GNR localizou os suspeitos, mas estes, ao serem abordados, colocaram-se em fuga, numa viatura que constava para apreender, acabando por se despistar no concelho de Póvoa de Varzim, no distrito do Porto.

O homem, de 40 anos, tinha pendente uma pena de prisão de quatro anos, tendo sido conduzido ao Estabelecimento Prisional de Paços de Ferreira.

Foto Ilustrativa – D.R.

Fonte – Agência Lusa

TB – Todos Barcelos retira confiança política a 3 elementos

Outubro 20, 2021 em Atualidade, Autárquicas, Concelho, Política Por barcelosnahorabarcelosnahora

O Todos Barcelos em comunicado informa que retira a confiança politica a 3 membros que fizeram parte das listas das autárquicas de 26 de Setembro de 2021.

O comunicado é assinado por José Paulo Teixeira, líder do Movimento TB- Todos Barcelos o qual transcrevemos na integra.

“TB – Todos Barcelos é um movimento transparente e aberto, estamos empenhados em promover um modelo político sólido, nem que para isso tenhamos que diminuir a nossa representação parlamentar na Assembleia da União e na Assembleia Municipal de Barcelos. Após uma reflexão, tiramos a ilações necessárias, tal situação levou o TB-Todos Barcelos a retirar a confiança política dos seguintes elementos, José Araújo, membro da Assembleia da União de Freguesias de Barcelos, Vila Boa e Vila Frescainha (S. Pedro e S. Martinho), Joana Filipa Rodrigues, membro da Assembleia Municipal de Barcelos e Joana Maria Teixeira Fernandes, membro da lista dos candidatos ao Executivo da Câmara Municipal de Barcelos.

Pautamo-nos por valores de lealdade, carácter e honestidade. De maneira nenhuma poderíamos desapontar os nossos apoiantes, simpatizantes e eleitores, e como tal vimo-nos forçados a esta situação.”

Contactado pelo Barcelos na Hora, José Paulo Teixeira refere que “sobre uma eventual renúncia aos lugares eleitos ” por os elementos mencionados no comunicado que “Isso é uma decisão individual, claro que se o fizerem serão substituídos, o TB- Todos Barcelos tem nas suas listas pessoas de valor e competência que estão a 100% com o projeto, naturalmente que se foram eleitos por o TB- Todos Barcelos deveriam estar ao nosso lado e respeitar o nosso sentido de voto, mas isso fica na consciência de cada um.”

Foto – BNH

“Toca a Sorte” dá prémio de 10 Mil euros na raspadinha

Outubro 20, 2021 em Concelho Por barcelosnahorabarcelosnahora

A sorte na raspadinha volta a visitar Barcelos, foi novamente na tabacaria “Toca a Sorte” na Rua D. António Barroso (rua direita) em Barcelos, onde presenteou outro apostador com 10 Mil Euros de prémio em uma raspadinha do Natal.

A vencedora foi “uma jovem”, “Eram cerca das 10h da manhã quando comprou, mas não raspou aqui. Depois passado meia hora veio com a raspadinha a dizer que não acreditava” referiu Anita, proprietária da tabacaria Toca a Sorte.

“O prémio foi muito bem entregue, foi para quem fazia mesmo falta!” disse ainda Anita

No mês anterior (Setembro 2021) demos 20 Mil em outra, ficamos muito felizes por contemplar mais um barcelense com um prémio”, finalizam os proprietários do estabelecimento.

Presidente da Câmara, Mário Constantino, aponta uma década para concretizar anseios do concelho

Outubro 19, 2021 em Atualidade, Concelho, Política Por barcelosnahorabarcelosnahora

O novo presidente da Câmara de Barcelos, Mário Constantino, afirmou hoje a “ambição” de concretizar na próxima década “aquilo que o concelho precisa e os barcelenses exigem”, desde logo criar as condições para a construção de um novo hospital.

Falando na sessão da tomada de posse, que se prolongou para a madrugada de hoje, Mário Constantino, eleito pela coligação PSD/CDS, com o apoio do movimento independente Barcelos, Terra de Futuro (BTF), disse ainda que “o problema da água vai ter de ser resolvido”.

“Temos a ambição de concretizar na próxima década aquilo que Barcelos precisa e os barcelenses exigem”, frisou.

O “problema da água” a que Mário Constantino se refere está relacionado com uma concessão que resultou na condenação da Câmara a pagar uma indemnização de 172 milhões de euros para reposição do equilíbrio do financeiro da empresa concessionária.

O executivo cessante, de maioria socialista, tentou resolver o problema, primeiro com o resgaste da concessão e depois com a compra de 49 por cento da concessionária, mas não conseguiu.

“Com serenidade, exigência e na defesa dos interesses dos barcelenses, o problema da água vai ter de ser resolvido”, disse hoje Mário Constantino, dando conta da vontade do novo executivo de operacionalizar e expandir a rede pública de água e saneamento, “aumentando a taxa de cobertura sem judicializar os problemas e sem recuos ou simulacros de avanços”.

A implementação de um serviço de acompanhamento e promoção da autonomia e cuidados médicos ao domicílio que combata o isolamento e promova a autonomia dos mais idosos e mais vulneráveis é outra das apostas de Mário Constantino.

O autarca eleito em 26 de setembro prometeu ainda criar um programa de eliminação de barreiras arquitetónicas, o fecho da circular urbana entre a ponte de Santa Eugénia e Gamil, a supressão das passagens de nível, o reordenamento do trânsito e do estacionamento na área urbana, uma ligação entre a central de camionagem e o centro da cidade e a construção de um parque de estacionamento subterrâneo.

A criação da Polícia Municipal é outra das apostas.

Para a Assembleia Municipal de Barcelos, a maior do país, com 123 deputados, apresentou-se a sufrágio uma única lista, encabeçada por Fernando Pereira, também da coligação PSD/CDS, que conseguiu 92 votos favoráveis.

Houve ainda 26 votos brancos e três nulos.

A Câmara de Barcelos foi presidida, nos últimos 12 anos, pelo socialista Miguel Costa Gomes, que agora não se pôde recandidatar, devido à lei de limitação de mandatos.

Nas eleições de 26 de setembro, a coligação PSD/CDS, apoiada pelo BTF, conseguiu 33.753 votos, a que equivalem seis mandatos, tendo o PS obtido 27.633 e cinco mandatos.

O movimento independente Todos Barcelos ficou em terceiro, com 3.323 votos, e o Chega em quarto, com 2.780.

Seguiram-se o Bloco de Esquerda (1.688), a CDU (1.243) e o Movimento Alternativa Socialista (511).

Roadshow Erasmus+ e TIME TO MOVE

Outubro 19, 2021 em Atualidade, Concelho, Educação Por barcelosnahorabarcelosnahora

SOPRO – Solidariedade e Promoção e o EUROPE DIRECT Minho, estão a promover o Roadshow Erasmus + no mês do TIME TO MOVE.

O roadshow estará no Campus do IPCA na próxima sexta-feira, dia 22 de outubro, das 10h às 17h, aberto a todos os que pretendam saber mais informações sobre as oportunidades Erasmus + e Corpo Europeu de Solidariedade.

O roadshow é constituído por jogos pedagógicos, pontos informativos e está aberto a grupos organizados e/ou individuais.

Equipa de Orientação dos AM é campeã Nacional de Sprint em Estafetas

Outubro 19, 2021 em Atualidade, Concelho, Desporto Por barcelosnahorabarcelosnahora

Os juniores de Orientação dos Amigos da Montanha venceram, no último sábado, o Campeonato Nacional de Sprint de Orientação em Estafetas. A prova realizou-se em Celorico da Beira, durante a manhã, e colocou em competição equipas de quatro elementos, dois masculinos e dois femininos. Os jovens dos Amigos da Montanha estiveram em grande destaque, marcando presença em três pódios.

A equipa de juniores, constituída por Antónia Brito, José Maia, Rodrigo Lima e Mariana São Bento sagrou-se campeã nacionl, tendo vencido com 1h12min, uma marca que deixou a concorrência a 4 minutos de distância.

Nos cadetes, a equipa constituída por Rita Maia, Emanuel Barbosa, João Maia e Carolina Marques, subiu ao terceiro lugar do pódio.

Em Juvenis, a equipa constituída por Inês Laranjeira, Duarte Pedro Reis, Miguel Costa e Beatriz Ribeiro, conquistou o título de vice campeã.

Durante a tarde, disputou-se em Linhares da Beira uma prova da Taça de Portugal de Sprint. Em prova estiveram 19 atletas dos Amigos da Montanha, com todos eles a registar excelentes prestações. O destaque vai para os primeiros lugares alcançados por: Rodrigo Lima, em H18; Mariana São Bento, em D18; e Anabela Freitas, em D45. Antónia Brito foi 2.ª classificada em D16, Duarte Pedro Reis conquistou o mesmo lugar em H16, Mariana São Bento em D18, Rafael Lima em H45 e Lucília Esteves em D60. Carolina Marques foi terceira em D14, tal como Jorge Silva, em H60. Em competição estiveram, ainda, Beatriz Ribeiro, João Maia, Miguel Costa, Rita Maia, Inês Laranjeira, Emanuel Barbosa, José Vieitra Maia, Laura Gouveia, Guilherme Razão e Adélio Gouveia.

Fonte:AM

Gil Vicente goleia Condeixa e segue em frente na Taça de Portugal

Outubro 17, 2021 em Atualidade, Concelho, Desporto Por barcelosnahorabarcelosnahora

O Gil Vicente venceu hoje o Condeixa por 5-0, em jogo da terceira eliminatória da Taça de Portugal realizado em Condeixa-a-Nova, garantindo tranquilamente o apuramento.

Uma equipa de segundas linhas – Ricardo Soares apresentou um ‘onze’ totalmente diferente, relativamente ao último jogo na I Liga – foi suficiente para a equipa de Barcelos vencer com facilidade o último classificado da série D do Campeonato de Portugal.

Apesar da entrega, o Condeixa somou um conjunto de erros fatais e, depois, a maior valia técnica do Gil Vicente contribuiu para o resultado final desnivelado.

O Condeixa ainda tentou aproveitar a Taça de Portugal para mostrar serviço e começou o jogo irreverente, com Evaristus a animar a plateia com arrancadas na esquerda.

Mas a diferença de andamento rapidamente se revelou. Aos 12 minutos, numa das primeiras falhas do Condeixa, o guarda-redes Vítor Nogueira colocou a bola nos pés de Matheus Bueno e, na insistência, Boubacar fez o primeiro golo com um remate de pé esquerdo, com um ressalto pelo meio antes de entrar na baliza.

O Condeixa esboçou uma reação e, aos 25 minutos, Diogo Silva até evitou o empate, num cabeceamento de Tiago Crachat, após uma saída imperfeita de Andrew.

Mas Gil Vicente retomou o controlo das operações e foi explorando a permeabilidade do Condeixa.

Aos 38 minutos, um bom trabalho individual de Boubacar redundou no 2-0, com um remate cruzado ao ângulo superior.

Procurando reentrar na luta pela eliminatória, o Condeixa lançou Abbas para o ataque e empurrou o Gil Vicente para a sua área, no início da segunda parte.

Mas o Gil Vicente mostrou-se novamente letal: em dois minutos, aos 73 e 74, Diogo Silva fez o 3-0 na recarga após erro de Vítor Nogueira e, depois, Samuel Lino rematou rasteiro para o 4-0. Já nos descontos, Samuel Lino fez o 5-0 final.

O Gil Vicente, que não ganhava há seis jogos, quebrou em Condeixa essa sequência negativa, seguindo em frente para a quarta eliminatória da Taça de Portugal.

Foto: gvfcoficial

Gil Vicente FC faz renumeração dos sócios a 15 de novembro

Outubro 17, 2021 em Atualidade, Concelho, Desporto Por barcelosnahorabarcelosnahora

A renumeração de sócios do Gil Vicente Futebol Clube irá ser efetuada no dia 15 de novembro, relembrando que o mesmo foi adiado anteriormente devido à pandemia.

Assim, os sócios que tiverem as quotas em atraso e que pretendam manter a sua ficha de associado, deverão proceder à regularização das quotas, informa o clube em comunicado.

0,25% para a Cultura, 99,75% para a vergonha!

Outubro 15, 2021 em Atualidade, Concelho, Economia, Opinião Por barcelosnahorabarcelosnahora
Luís Rosa

Escrevo este artigo numa semana em que se discute um orçamento de estado que injetará, como é habitual, uns quantos milhões de euros numa companhia aérea falida, o engordamento da função pública quando devíamos transitar/caminhar para uma função mais digitalizada ou uma putativa crise política. Se por um lado, Rui Rio tenta ter mais vidas que um gato e ganhar credibilidade junto do seu partido, o Partido Socialista vê-se de mãos atadas com um possível chumbo do orçamento de estado sem que consiga margem negocial com os seus ex-parceiros da esquerda (Bloco de Esquerda e Partido Comunista Português). Como é hábito em Portugal, os ruídos das incertezas políticas imperam sempre e, alavancados por uma comunicação social que vive dos temas da espuma dos dias, tendem a silenciar diversos setores da sociedade. Assim sendo, na hora de dividir o bolo financeiro que ronda mais ou menos os 90 mil milhões de euros anuais a Cultura teima em ser regalada para segundo plano.

Se há algo que a pandemia nos mostrou é que somos definitivamente a espécie mais frágil do planeta, por outro lado, a que melhor sabe reinventar a roda. Tal como para muitos portugueses, confesso que os confinamentos foram muitos difíceis para mim. No entanto, tornaram-se tempos menos penosos e angustiantes pois nunca deixei de ter acesso à Cultura, desde os diretos do Bruno Nogueira no Instagram, a série portuguesa “A Herdade”, na RTP, passando pela formação de um grupo de apoio online chamado “Barcelos em Casa” (com a contribuição de vários artistas barcelenses) até à criação de um podcast “Dois dedos de conversa” [link: https://linktr.ee/blogalgumasideiassoltasponto] em que tive a oportunidade de falar com diversos agentes culturais. Foram vários os momentos em que a Cultura foi a minha “liberdade” e a única vacina contra tudo o que se passava lá fora.

Por estes dias soubemos que a Cultura representará 0,25% da despesa consolidada da Administração Central. Sejamos honestos intelectualmente, tanto a esquerda como a direita moderada nunca tiveram um projeto cultural a nível nacional. A discussão é antiga e é a iniciativa privada, no fim de tudo, é que se chega à frente para a produção e exibição de obras teatrais e cinematográficas. O problema começa quando o estado se aliena da sua responsabilidade pela área da Cultura. Na minha opinião, a Cultura não é o meio, mas sim o fim, alicerçada por um pilar essencial: a Educação. Imaginam o estado alienar-se da Educação em prol da salvação de uma TAP ou na contratação de mais funcionários públicos que são nada mais nada menos que sinónimo de burocracia? Se hipoteticamente acontecesse, imaginam como era a sociedade portuguesa? Além disso, se é inquestionável uma criança, jovem ou adulto ter acesso à Educação, por que razão dispensamos a Cultura? Não menos inquietante, se o orçamento de 7,8 mil milhões para a Educação — uma subida de 8,5% — com políticas para recuperar o tempo perdido com a Covid é tão louvável, como se justifica a ninharia alocada para a Cultura? Ela não teve um papel relevante na saúde mental das pessoas durante a pandemia?

Todos sabemos que tão cedo não vamos ter respostas. Algumas irão, como sempre, cair no esquecimento pelos agentes políticos. Pois não há tempo, o tempo é para a disputa do poder. Não há dinheiro, o dinheiro é para se gastar em empresas falidas e burocratizar a vida dos portugueses. Não há vontade, a vontade foi substituída pela ignorância. Não há mais do que 0,25% para a Cultura, pois o resto é para a vergonha.

Por: Luís Rosa

Foto:@mathieustern

Consumidor Sénior: Sempre alerta!

Outubro 14, 2021 em Atualidade, Concelho, Economia Por barcelosnahorabarcelosnahora

O público sénior continua a tornar-se cada vez mais “alvos fáceis” para algumas empresas de bens e serviços, tendo a pandemia e o confinamento agravado o problema.

É necessário que estes consumidores estejam atentos e informados sobre as práticas comerciais desleais e saber como agir perante uma abordagem mais “forçada” de um técnico de vendas, seja por telefone ou à porta da sua casa.

O consumidor deve ter presente que deve denunciar sempre que se sentir pressionado para comprar um produto ou assinar um documento, sobretudo se não pretende realmente fazer essa contratação. É também importante que esteja alertado para algumas técnicas menos transparentes e até enganosas, como seja a omissão de informação básica sobre cláusulas contratuais ou características desse bem ou serviço ou divulgação de informações falsas.

A DECO aconselha aos consumidores seniores:

– Ler atentamente o contrato proposto.

– Esclarecer todas as dúvidas. Se não for possível, pedir uma cópia do contrato e recorrer a serviços de apoio ao consumidor.

– Se sentir pressão para a assinatura do contrato, saiba que tem 14 dias para terminar esse contrato, sem que para tal tenha que pagar qualquer indemnização ou alegar qualquer motivo. Deve neste caso, enviar uma carta registada com aviso de receção.

– Caso o contrato tenha sido celebrado com base numa prática agressiva ou enganosa, saiba que dispõe de um ano para anular o contrato.

– Denunciar à entidade competente do setor em causa (ASAE, ANACOM, Banco de Portugal, Instituto de Seguros de Portugal, entre outras) para que esta atue dentro das competências que lhe estão atribuídas, aplicando multas a estes profissionais e empresas.A DECO – Delegação Regional do Minho, sita na Avenida Batalhão Caçadores, 9, Viana do Castelo encontra-se disponível para o atender, podendo contactar-nos através do 258 821 083 ou por e-mail para deco.minho@deco.pt. Visite o nosso site www.deco.pt

1 2 3 700
Ir Para Cima