Barcelenses Inspiradores: Adriana Torres

Julho 18, 2019 Atualidade, Concelho, Cultura, Entrevistas, Opinião

Eu sou a Sandra Santos, uma jovem barcelense inquieta, que tem como paixões a poesia, a arte, a cultura, a natureza, a espiritualidade e a vida. O meu maior objetivo é evoluir como consciência humana e espiritual, de forma a poder influenciar positivamente o mundo.

O meu nome é Iara Brito, sou barcelense e apaixonada por viagens e desvendar novos locais e culturas. Aprecio a leitura e gosto de observar e aprender sobre o comportamento humano. Como criminóloga, sou uma irremediável questionadora.

Na semana passada, demos a conhecer uma outra faceta do psicólogo Miguel Durães. Desta vez, apresentamos Adriana Torres, uma alma inquieta que orienta aulas de Yoga em Barcelos.

Se tiver interesse em participar ou em sugerir alguém inspirador para esta rubrica, escreva para o email: barcelensesinspiradores@outlook.pt.



Adriana Torres, 27 anos. Natural de Barcelos e apaixonada por esta pequena cidade. Iniciou os seus estudos na área dos Cuidados Veterinários e Comportamento Animal. Trabalhou nessa área e, quando regressou a Barcelos, percebeu que o seu caminho naquele momento era outro.

Já praticante de Yoga, em 2015, decidiu aprofundar o conhecimento começando por fazer curso e certificação em Lu JongYoga Terapêutico Tibetano. Entretanto, faz formação de Meditação Infantil e começa a dar aulas em várias escolas e também a algumas turmas de adultos.

No início de 2018, viaja até à Índia para um Ashram em Rishikesh com o intuito de conhecer a verdadeira essência do Yoga e trazer esse conhecimento para cá.

Em junho de 2019, abre o seu estúdio no centro de Barcelos (Yoga Shala 7) onde orienta aulas de Yoga para adultos.



Quem és tu? Conta-nos quem és apenas como tu te conheces.

Neste momento, defino-me como Mulher, Mãe, Filha, Companheira, Cuidadora e Empreendedora. Desde que me lembro que sou fascinada pela Natureza, pelos Animais e pela magia do Universo. Sou aquela pessoa que gosta de equilíbrio e harmonia. Que gosta do silêncio e tranquilidade. Do som dos passarinhos, das borboletas, do Sol e da Lua, do céu azul e das estrelas.

O que fazes é uma extensão de quem és?

Sem dúvida alguma. Como para mim é fundamental estar em equilíbrio com o meu corpo, mente e todo o ambiente que me envolve, não fazia sentido não proporcionar isso aos outros, ou pelo menos mostrar que é possível e como.

De que forma impactas a vida do próximo?

Ao trabalhar com várias pessoas, tento chegar ao coração de cada uma. Seja através das minhas aulas e de todas as iniciativas no meu estúdio, seja no dia a dia nas mais pequenas coisas ou até mesmo numa simples conversa. Acredito que a mudança começa dentro de nós e que, quando nós mudamos, tudo o resto se alinha e transforma.

Se pudesses ter a atenção do mundo durante 5 minutos, o que dirias ou farias?

Em 5 minutos tentaria transmitir que é extremamente urgente cuidarmos da nossa casa – o nosso Planeta. É necessário reduzir drasticamente o (ab)uso de plástico (há imensas alternativas como compras a granel, sacos de pano para frutas e legumes, utensílios de materiais reutilizáveis e biodegradáveis); eliminar o consumo de animais da nossa alimentação – é uma das coisas que tem maior impacto no nosso ambiente, já para não falar na questão ética e de saúde; optar por comprar artigos em segunda mão ou reutilizar os que já temos; evitar o uso desnecessário de papel (por exemplo, optar pelas faturas online), entre tantas outras. No fundo, é imperativo tomarmos consciência das nossas ações, começando pelas mais básicas.

Ao longo da tua vida, quem foram algumas das pessoas que mais te influenciaram?

Sem dúvida que as pessoas da nossa família são sempre as que mais nos influenciam. São elas que nos transmitem os valores e que estão ao nosso lado ao longo dos altos e baixos da nossa vida.

Os meus pais, por me acompanharem em todas as aventuras e por sempre terem orgulho em mim.

O meu irmão, que, para mim, sempre foi uma figura de influência pela relação forte que sempre tivemos e temos.

O meu companheiro, por me desafiar todos os dias a ser quem verdadeiramente sou. E, mais recentemente, a minha filha por me mostrar a toda a hora a alegria e o amor na sua forma mais pura.

Atualmente, que figuras de influência tomas como exemplo?

As “figuras” que tomo como exemplo são todas aquelas que ressoam no meu coração. Tudo o que vem da Natureza me inspira, pelo seu teor e essência verdadeiramente pura.

Diz-nos um barcelense que te inspire e porquê.

O meu irmão – Pedro Torres. Pela sua alegria, boa disposição, companheirismo, por estar sempre pronto a ajudar o próximo, pela sua perseverança e garra.

Como gostarias de ser recordada?

Não sei se me faz sentido ser recordada de alguma forma. Prefiro ter impacto positivo no presente e só isso já é suficiente.  

Por: Sandra Santos (Poeta e Tradutora) e Iara Brito (Criminóloga)*.

(* A redação do artigo é única e exclusivamente da responsabilidade das autoras)

Deixe uma resposta

Your email address will not be published.

*

Últimas de

Ir Para Cima