Capítulo 25 – Aprenda a distinguir a fome física da fome emocional

Outubro 2, 2019 Atualidade, Concelho, Cultura, Opinião
Sara Barbosa

É muito importante perceber qual a diferença entre ambas para que saiba compreender melhor o seu próprio organismo e, consequentemente, dar uma resposta adequada a essa necessidade.



A fome física é uma necessidade intrínseca de energia pedida pelo organismo. É uma fome sentida no estômago que se inicia de forma gradual e que aumenta com o passar do tempo. Normalmente, sente-se uma certa fraqueza, um roncar do estômago e, muitas vezes, dor de estômago ou de cabeça.

A fome emocional é caracterizada pelo desejo de alimentos mais calóricos, normalmente doces, pois são os alimentos que mais rapidamente proporcionam uma sensação de prazer, sensação essa que cessa passado um breve momento. A fome emocional é muito frequentemente acompanhada por sensação de culpa após a ingestão de alimentos menos aconselhados.

E agora? Já sabe qual a origem e o tipo de fome que sente com mais frequência? Será que é capaz de lhe dar uma resposta adequada?

Evite ter em casa alimentos menos saudáveis para não ter tentação em alturas de maior compulsão alimentar e opte por beber mais água ou chá e ingerir sopa ou fruta, de forma a sentir saciedade e plenitude gástrica.

Por: Sara Barbosa*.

(* A redação do artigo de opinião é única e exclusivamente da responsabilidade da autora)

Deixe uma resposta

Your email address will not be published.

*

Últimas de

Ir Para Cima