Arquivo de Categorias

Mundo

Recolha de sangue e de medula óssea no dia 4 de dezembro

Novembro 29, 2021 em Atualidade, Concelho, Mundo, Saúde Por barcelosnahorabarcelosnahora

A Barcelos Solidário – Benemérita Associação Humanitária dos Dadores de Sangue do Concelho de Barcelos, vai realizar a recolha de sangue e de medula óssea no dia 4 de dezembro, em Pereira, no Centro Paroquial das 09:00 às 12:30.

Como Ser Potencial Dador de Medula Óssea?

Ter entre 18 e 45 anos

Ter no mínimo 50kg e 1.50m de altura

Ser saudável

Nunca ter recebido uma transfusão de sangue, desde 1980

Atendendo à falta de sangue que se verifica no país, agravada pela pandemia do Covid-19, a Barcelos Solidário – Benemérita Associação Humanitária dos Dadores de Sangue do Concelho de Barcelos apela para a dádiva de sangue.

Recolha de sangue e de medula óssea no dia 5 de dezembro em Alvelos

Novembro 25, 2021 em Atualidade, Concelho, Mundo, Saúde Por barcelosnahorabarcelosnahora

A Barcelos Solidário – Benemérita Associação Humanitária dos Dadores de Sangue do Concelho de Barcelos, vai realizar a recolha de sangue e de medula óssea no dia 5 de dezembro, em Alvelos, na Junta de Freguesia das 09:00 às 12:30.

Como Ser Potencial Dador de Medula Óssea?

Ter entre 18 e 45 anos

Ter no mínimo 50kg e 1.50m de altura

Ser saudável

Nunca ter recebido uma transfusão de sangue, desde 1980

Atendendo à falta de sangue que se verifica no país, agravada pela pandemia do Covid-19, a Barcelos Solidário – Benemérita Associação Humanitária dos Dadores de Sangue do Concelho de Barcelos apela para a dádiva de sangue.

Piloto Joaquim Rodrigues Jr. termina no pódio do Abu Dhabi Desert Challenge

Novembro 12, 2021 em Atualidade, Desporto, Mundo Por barcelosnahorabarcelosnahora

O piloto de Barcelos, Joaquim Rodrigues Jr. (Hero) conseguiu o primeiro pódio da sua carreira no Mundial de todo-o-terreno ao ser terceiro no Abu Dhabi Desert Challenge, última prova do campeonato.

O barcelense terminou a quinta e derradeira etapa na quinta posição, a 7.07 minutos do vencedor, o francês Adrien van Beveren (Yamaha), depois de ter sofrido uma avaria no sistema de navegação da sua mota.

Com este resultado, Joaquim Rodrigues Jr. subiu ao terceiro posto da geral, a 35.25,6 minutos do vencedor da prova, o austríaco Mathias Walkner (KTM).

Este foi o primeiro pódio do português numa prova do Campeonato do Mundo, no qual terminou na quarta posição.

“Tive uma falha no meu sistema de navegação, mas estou contente por ter terminado. Um pódio é um grande resultado para nós e um grande fator de motivação antes da grande corrida, que é o Dakar”, disse o piloto de Barcelos.

O piloto português deixou ainda uma palavra para o malogrado Paulo Gonçalves, que morreu durante a edição de 2020 do rali Dakar de todo-o-terreno e que era cunhado do piloto da Hero.

“Este é o meu primeiro pódio do campeonato e o facto de ser precisamente na mesma prova em que o Paulo conseguiu o seu primeiro pódio, em 2012, torna este resultado ainda mais especial para mim”, admitiu.

Fonte – Lusa

Foto – FB Hero

Liberais, chegou a vossa Hora!

Novembro 11, 2021 em Atualidade, Mundo, Opinião, Política Por barcelosnahorabarcelosnahora

O “grito do Ipiranga” é um dos mais célebres momentos da história Portuguesa. A 7 de Setembro de 1822, D. Pedro, então Príncipe regente, que governava o Brasil em nome do seu pai, o rei D. João VI, deu a independência ao Brasil contra a vontade da corte. O motivo? O Príncipe estava preocupado com a crise política e social em Portugal provocada pelas invasões napoleónicas. Era necessário mudar o rumo do país!

Passado 200 anos a situação atual do país, ironicamente, não é muito diferente. Embora, no plano territorial, não vivamos as amarguras das invasões daquele tempo, no plano económico e social continuamos a viver dias de incerteza. Se por um lado crescemos a escolher sempre os mesmos para liderar o país (numa bipolaridade política), a sociedade portuguesa está apática perante que lhe tudo acontece na política. Vive num bloqueio mental. A razão? PS e PSD/CDS tiveram nos últimos 50 anos a oportunidade de dar um rumo ao país, não o conseguiram e, culturalmente, os portugueses são avessos à mudança. Consequentemente, foram pouco os períodos de prosperidade, em muitas áreas estamos na cauda da Europa, ao ponto de chegarmos coletivamente a bater no fundo do poço (em democracia fomos 3 vezes à falência).

Não quero dizer com isto que não houve passos decisivos (adesão à CEE, moeda única, etc) e períodos de progresso (acesso à educação, emancipação do papel da mulher, direitos dos animais ou homossexuais, etc) mas não conheço nenhuma entidade empresarial que faça uma gestão baseada nas finanças correntes, nas poupanças do dia-a-dia, como o nosso Estado português. É um ciclo vicioso, suportada por uma carga de impostos pornográfica, que coloca em causa o presente, mas, principalmente, as gerações futuras.   

A tarefa difícil de decidir como aplicar medidas que vão ter impacto no médio a longo prazo é ingrata, mas é a missão da classe política. Contudo, parece-me que há uma condição «sine qua non». Toda e qualquer decisão baseada num projeto claro e construído com envolvência da sociedade civil será o mais aliciante e amortizará o impacto que isso pode ter na balança financeira do país e, indiretamente, nas famílias e empresas. Após isto, mãos à obra.

Se em 1822 o país estava dilacerado por um pântano político e necessitou de um “grito” para “juntar as tropas” e a sociedade portuguesa se (re)organizar. Atualmente, o país precisa da mesma receita. A Iniciativa Liberal tem que estar na dianteira da batalha. Sem medo. Sem receio. Onde a clareza no projeto é o calcanhar de Aquiles para (re)erguer o nosso país após uma pandemia.  Por isso, liberais, juntai-vos, chegou a vossa Hora!

Texto- Eng. Luís Rosa

(*A redação do artigo de opinião é única e exclusivamente da responsabilidade do autor)

Medicamento 100% português para artrite reumatoide “em embrião” na UMinho

Outubro 27, 2021 em Mundo Por barcelosnahorabarcelosnahora
artrite

Uma equipa de investigadores da Universidade do Minho (UMinho) terminou “com sucesso” o primeiro ensaio clínico em humanos de um novo medicamento português para a artrite reumatoide, anunciou hoje aquela academia.

Em comunicado, a UMinho acrescenta que a investigação espera permitir que a atual terapia passe de uma injeção semanal a uma injeção mensal e com menos efeitos secundários para os pacientes

“O segredo está na libertação controlada da substância ativa nas articulações inflamadas”, sublinha.

Agora, vai ser feita uma prova de conceito em doentes, ao mesmo tempo que se procurarão investidores para outros ensaios exigidos até à autorização da comercialização desta tecnologia 100% portuguesa.

A inovação resulta da investigação iniciada há mais de dez anos pela equipa de Artur Cavaco-Paulo no Centro de Engenharia Biológica, em Braga, e pela spin-off Solfarcos, com apoio de outras duas empresas.

A investigação já gerou duas patentes e duas teses de doutoramento.

A Solfarcos promoveu em setembro o primeiro ensaio clínico em termos de segurança e tolerabilidade, com voluntários saudáveis.

“Na prática, o novo medicamento baseia-se na molécula de metotrexato, o fármaco de referência no tratamento de várias doenças autoimunes”, lê-se no comunicado.

A equipa da UMinho acredita que a sua inovação “pode ter um grande impacto” nas diretrizes de tratamento da doença.

“A nossa ambição é que seja a opção de primeira linha na artrite reumatoide, porque aumenta o tempo de uso do metotrexato, que sabemos ser tão eficaz, mas apenas num período limitado devido aos efeitos adversos que se tornam intoleráveis em doentes crónicos”, refere Artur Cavaco-Paulo, que é também diretor científico da Solfarcos e professor da Escola de Engenharia da UMinho.

imagem ilustrativa – unsplash.com/@towfiqu999999

Fonte – Lusa

PS perde Câmara para Coligação Barcelos Mais Futuro

Setembro 27, 2021 em Atualidade, Autárquicas, Concelho, Mundo Por barcelosnahorabarcelosnahora

Mário Constantino é o novo Presidente da Câmara Municipal de Barcelos.

Conheça os resultados em pormenor aqui.

Vacinação das crianças e jovens dos 12 aos 15 anos começou hoje

Agosto 21, 2021 em Atualidade, Concelho, Mundo, Saúde Por barcelosnahorabarcelosnahora

Começou hoje a vacinação contra a covid-19 das crianças e jovens na faixa etária dos 12 aos 15 anos no centro de vacinação de Barcelos. Segundo a DGS, este grupo etário vai ser todo vacinado nos fins-de-semana de 21 e 22 de Agosto e de 28 e 29 de Agosto.

A modalidade «casa aberta» está disponível este fim de semana, em exclusivo para os jovens com idades entre os 12 e 15 anos, que não tenham agendado a vacinação e não tenham sido infetados nos últimos 6 meses.

Tarifa Social de fornecimento de serviço de acesso à internet

Agosto 19, 2021 em Atualidade, Concelho, Mundo Por barcelosnahorabarcelosnahora

O Decreto-Lei n.º 66/2021, de 30 de julho criou a tarifa social de fornecimento de serviços de acesso à Internet em banda larga fixa ou móvel a disponibilizar por todas as empresas que oferecem este tipo de serviços, destinada a consumidores com baixos rendimentos ou com necessidades sociais especiais.

O que inclui a tarifa social de internet?

O serviço prestado é disponibilizado através de banda larga fixa ou móvel e deve suportar o seguinte conjunto mínimo de serviços:

• Correio eletrónico;
• Motores de pesquisa;
• Programas educativos;
• Leitura de notícias;
• Possibilidade de compras em linha (online);
• Acesso a ofertas de emprego;
• Serviços bancários;
• Serviços públicos;
• Redes sociais, de mensagens ou chamadas e videochamadas.

Mas atenção, a tarifa social abrange exclusivamente o serviço de Internet. Não inclui televisão, telefone fixo, ou outros. A tarifa social permitirá um tráfego de até 10 GB por mês e uma velocidade máxima de download de 30 Mbps (megabits por segundo).

Quais são as condições de atribuição da tarifa social de internet?

Cada consumidor com baixos rendimentos ou com necessidades sociais especiais, e, conjuntamente, cada agregado familiar, apenas pode beneficiar, em cada momento, de uma tarifa social de fornecimento de serviços de acesso à Internet em banda larga.

Quem são os consumidores com baixos rendimentos ou com necessidades sociais especiais?

  • Os beneficiários do complemento solidário para idosos;
  • Os beneficiários do rendimento social de inserção;
  • Os beneficiários de prestações de desemprego;
  • Os beneficiários do abono de família;
  • Os beneficiários da pensão social de invalidez do regime especial de proteção na invalidez ou do complemento da prestação social para inclusão;
  • Agregados familiares com rendimento anual igual ou inferior a (euro) 5808,00, acrescidos de 50 %, por cada elemento do agregado familiar que não disponha de qualquer rendimento, incluindo o próprio, até um limite de 10 pessoas; e
  • Os beneficiários da pensão social de velhice.

Que operadoras vão oferecer tarifa social de internet?

Todas as operadoras vão ter de oferecer a tarifa social de internet nos termos designados para o efeito. Serão as operadoras a aplicar automaticamente a tarifa, confirmando que os consumidores estão em situação elegível para dela beneficiarem.

A DECO – Delegação Regional do Minho, sita na Avenida Batalhão Caçadores 9, Viana do Castelo encontra-se disponível podendo contactar-nos através do 258 821 083 ou por e-mail para deco.minho@deco.pt. Visite o nosso site www.deco.pt

Festival River Blues arranca dia 26 de agosto na Frente Ribeirinha

Agosto 11, 2021 em Atualidade, Concelho, Cultura, Mundo Por barcelosnahorabarcelosnahora

O Festival River Blues volta a Barcelos, à Frente Ribeirinha, com dois espetáculos inseridos na programação de verão do Município – “P’rá Frente Barcelos”.

O Festival arranca no dia 26 de agosto, às 21h00, com “The Hurt Fingers” e “Par Azar”.

No dia 27 de agosto, às 21h00, é a vez da banda “Peter Storm & The Blues Society”, a mais carismática e completa banda de blues de Portugal, subir ao palco da Frente Ribeirinha para partilhar músicas e histórias do universo dos blues composta por José Reis, no baixo, Jorge Mister Shuffle Oliveira, na bateria, Bino Ribeiro, na harmónica e percussão, e João Belchior, na voz e guitarra.

Todos os espetáculos são de entrada gratuita, mas com reserva antecipada através da bilheteira no Theatro Gil Vicente. O espaço tem lotação limitada e cumpre todas as regras da DGS.

Foto: thehurtfingers

Tiro de partida

Agosto 9, 2021 em Atualidade, Concelho, Mundo, Opinião Por barcelosnahorabarcelosnahora

A pouco menos de 2 meses das eleições autárquicas, afinam-se as máquinas e já se começa a ouvir o rugido dos motores a aquecer…

Grande parte da corrida será efetuada na pista mediática e no circuito do ciberespaço. Palpita-me que noticias e perfis falsos surgirão aos magotes e a alta velocidade.

Ninguém está em condições de garantir o primeiro lugar pois é uma prova dura com várias chicanes e muitos obstáculos. Um descuido e pode haver despiste.

Ouve-se por ai dizer, que as 2 principais equipas de fábrica estão algo desalinhadas…Alegadamente há alguns diferendos internos ainda não sanados. “Ele é” engenheiros pegados com mecânicos, “ele é” diretores de equipa que não são reconhecidos, e tem de ser telecomandados, enfim…

Depois apareceu uma equipa pequena que contra todas as expetativas lá conseguiu chegar à linha de partida, mesmo tendo de construir o seu bólide de raiz. Não tendo os mesmos recursos das equipas de fábrica, será com toda a certeza uma equipa combativa, tenaz e leal, e aos comandos da viatura, estará um piloto de garra, de convicções e com provas dadas.

Tão ou mais importante que slogan’s ou mesmo conteúdos programáticos, é a nobreza de carácter, a coerência e a genuinidade dos candidatos. Penso que, pessoas com valores morais mais consistentes, à priori serão boas opções.
Efetuar escolhas com base apenas em critérios político-partidários ou preconceitos ideológicos pode não ser o melhor caminho.

Todas as candidaturas se perfilam com a melhor das intenções, imbuídas num espírito de abnegação e amor ao próximo. Ámen! Agora falando (um pouquinho mais) sério…

Estou convicto que todas as candidaturas querem o melhor para a sua terra. Não me parece que alguma delas queira menos e pior, ou pretenda mais passado, ou se apresenta para se servir em vez de servir o concelho.

E assim, as coisas vão começando a tomar forma, sendo que, na verdade, somos TODOS 100% BARCELOS.

Por: José Rosa – Eng.º

(* A redação do artigo de opinião é única e exclusivamente da responsabilidade do autor)

1 2 3 466
Ir Para Cima