Arquivo de Categorias

Mundo

Rotary de Barcelos e Universidade+ ajudam futuros candidatos ao Superior

Outubro 19, 2019 em Atualidade, Concelho, Cultura, Educação, Mundo port barcelosnahorabarcelosnahora

No passado dia 15 de outubro, o Hotel Bagoeira recebeu mais uma reunião do Rotary Club de Barcelos, que organizou uma palestra destinada aos jovens, nomeadamente, àqueles que têm pretensões de aceder ao Ensino Superior. Esta sessão contou com a colaboração do projeto – agora associação – Universidade+.



O Rotary Club de Barcelos existe há 52 anos e tem como objetivo, “através do usufruto do companheirismo, poder fortalecer a sociedade local e mundial”, refere Cláudia Santos, Presidente do Club barcelense.

Tendo em conta, precisamente este objetivo, neste ano rotário o Club pretende “interagir, todos os meses, com a comunidade barcelense, levando a cabo palestras positivas”.

“Neste mês de outubro, lembrámos a população que Barcelos tem a Universidade Sénior, onde, através do Professor José Campinho, conhecemos os projetos da instituição, que tem como objetivo, a integração social da população sénior. Alertámos, também, que é preciso ajudar os nossos jovens que se preparam para ingressar no Ensino Superior. Para isso, convidámos as jovens promotoras do Projeto Universidade +”, explicou a Presidente.

Foi uma palestra que deu frutos. “Através desta palestra, garantimos, com a ajuda do nosso companheiro Francisco Pereira e da ACIB, um local onde estas jovens possam desenvolver o seu projeto, facultando, gratuitamente aos jovens barcelenses, uma sessão mensal, planificada com temas de esclarecimento para que estes possam ingressar no Ensino Superior sem medo”, salientou, concluindo que “são este tipo de ações que nos enaltecem e fazem ver que as horas de vida que passamos em Rotary são bem empregues”.

Em relação ao ano rotário 2019/2020, Cláudia Santos refere que o Club pretende, “também, ajudar o nosso Governador, José Carvalhido da Ponte, a realizar o seu sonho com a construção de um infantário em Cachéu, na Guiné; a Associação Amar 21, nos seus objetivos; e, a nível mundial, a sermos mais uma ‘gota’ de ajuda na luta contra a irradicação da Poliomielite, doença fulminante que atinge a população infantil em países como o Afeganistão e o Paquistão”.

Para a Presidente, o Rotary permite-lhe a “entrega social e saber que faço parte de um plano maior de Amor”. Cláudia Santos termina, em nome do Rotary Club de Barcelos, com um agradecimento ao Barcelos na Hora, pela “oportunidade de divulgação das nossas iniciativas, contribuindo, assim, todos juntos, para uma Cidade de Barcelos POSITIVA”, relembrando que, este ano, o lema do Rotary é: “Rotary Conecta o Mundo”.

Já o Projeto Universidade+, nas palavras da sua nova Presidente da Direção, Ana Rodrigues, “visa descomplicar a entrada no ensino superior através de palestras, partilha de experiências e de informação nas redes sociais”.

A ideia para o Projeto surgiu-lhe “quando andava no segundo ano de licenciatura. Na altura, em conversa com uma amiga, ela comentou comigo que no 12º ano, ainda com bastantes dúvidas acerca do que fazer no futuro, como de resto é comum a muitos jovens estudantes, teve oportunidade de privar com um colega, que se havia também formado em Direito na Universidade do Minho, e este elucidou-a acerca de muitas questões, não só relativas ao curso em si, mas também, acerca da própria entrada no Ensino Superior e o ambiente aí vivido. Apercebi-me, aqui, que também eu gostaria de ter tido alguém que me guiasse e ajudasse nesta fase transacional, que muitas vezes está rodeada de várias dúvidas e incertezas. Portanto, agora já no segundo ano, detinha um conjunto de informações e experiências que seriam muito úteis de partilhar com os estudantes do ensino secundário e que poderiam ajudar alguns destes jovens a ter uma transição mais tranquila e desmistificada”.

Da ideia inicial, à ação. “Pela mão de uma pessoa bastante querida, entrei em contacto com uma grande parte dos atuais voluntários do Projeto, que frequentavam diferentes escolas secundárias de Barcelos, sendo que com muitos deles ainda não tinha qualquer tipo de relação. Foi, realmente, uma sorte ter encontrado uma equipa tão interessada e empenhada, que desde o início se identificou e reconheceu valor na minha ideia e acreditaram que poderíamos devolver, de alguma forma, à comunidade, através da partilha de informações relevantes e experiências acerca desta fase transacional”.

Assim, efetuaram a sua primeira sessão em abril de 2018, e perante o feedback positivo e interesse demonstrado pelos alunos, “decidimos estabelecer um plano anual de atividades e embarcar num ano embrionário em 2018/2019. Neste primeiro ano, partimos exatamente com a mesma expectativa, a de ajudar o outro através de sessões mensais de cerca de hora e meia, nas quais abordávamos temas de relevo relativos à entrada no ensino superior, pautando pela informalidade e confiança com os alunos, esclarece Ana Rodrigues.

“Contudo, o Projeto foi recebendo um feedback cada vez mais positivo e várias oportunidades, como apresentarmo-nos em escolas secundárias e realizar parcerias, foram surgindo, pelo que tivemos de assumir um compromisso ainda maior e responder à responsabilidade, que, entretanto, tinha crescido também”, ressalva.

Esse crescimento implicava, para o Projeto, “não só, mais empenho e sacrifício, mas também, a realização de um desejo partilhado por todos, que se consubstanciou num grande passo, a aquisição de personalidade jurídica, que, burocraticamente, não acarretou muitas dificuldades. Mas é preciso denotar que todos as ferramentas necessárias à exequibilidade do Projeto, até este momento, eram inteiramente suportadas pelos voluntários, incluindo o processo de aquisição de personalidade jurídica, que pelo seu elevado custo, levou-nos, mais uma vez, a utilizar a nossa criatividade e proatividade, o que resultou na nossa participação na Festa da Juventude, onde conseguimos angariar algumas ajudas. Agora, esta situação fica mais agilizada, pois podemos receber donativos de quem reconheça valor à nossa iniciativa”.

Uma dúvida que fica no ar é se este Projeto tem alguma ligação a entidades do Ensino Superior, para, por exemplo, divulgarem o seu trabalho, valências e mais-valias. Ana Rodrigues esclarece que essa relação “não existe”. “Seria, de facto, um tema interessante de abordar, uma vez que sendo os voluntários alunos em diferentes casas, acabamos sempre por, no fundo, partilhar informações e discorrer bastante acerca de certas licenciaturas e Universidades ou Institutos Politécnicos”.

Sobre o convite que lhes foi endereçado pelo Rotary Club de Barcelos, Ana Rodrigues salienta que este foi “muito bem-recebido por nós, sendo que, desde logo, chamou à atenção pela possibilidade de nos darmos a conhecer e publicitar o Projeto. Porém, era também importante para nós demonstrar às gerações acima da nossa que, muitas vezes, somos rotulados como desmotivados ou reativos, mas aqui todos nós levamos muito a sério o compromisso que temos para com o associativismo, desejamos efetivamente apresentar um bom trabalho e difundir este espírito proativo e solidário com todos os jovens com que nos cruzamos”, concluindo que julgam ter cumprido “com o que nos foi proposto e ficámos muito felizes pelas reações positivas que recolhemos e o reconhecimento de valor ao nosso Projeto. É, por isso e para isso, que trabalhamos. Não podendo deixar de agradecer a todos os envolvidos esta valiosa oportunidade e a forma como fomos recebidos”.

No futuro imediato, este próximo ano letivo “avista-se como desafiador e intenso para nós, pois melhorámos a nossa planificação e tornámo-la bastante ambiciosa em todas as perspetivas, todos os nossos departamentos estão prontos para trabalhar e responder afirmativamente à confiança e responsabilidade que foi depositada em nós. Seguimos com o nosso modelo de palestras mensais, pautado pela informalidade e proximidade com os estudantes, mas sempre de uma forma ativa e lúdica, e com muitas novidades. Apostamos na divulgação e esperamos ver iniciativa também por parte dos alunos”, sendo que na imagem que se segue surgem os temas para este ano, sem prejuízo das datas poderem sofrer alterações.

Sobre as sessões, na “A primeira escolha” irão “lidar com as dificuldades que os alunos têm em encontrar interesse no percurso tomado no 10º ano, fornecendo, também, ferramentas que lhes permita superar esse impasse”. Em “A ansiedade” pretendem “abordar o tema cada vez mais gritante na vida dos estudantes, a ansiedade. A sessão será assistida por uma psicóloga, que fornecerá uma orientação no controlo dessa emoção”. Já em “Médias, notas e exames” abordarão “a situação atual das classificações dos alunos, guiando-os mediante os seus objetivos”. Na sessão “Licenciaturas”, intendem “abrir os horizontes dos alunos aos mais variados cursos existentes e ajudá-los nas suas indecisões e questões”. A vida de estudante do Ensino Superior não se concerne apenas ao estudo, trabalho e exames. Em “Vida Académica” tencionam “fornecer uma explicação e comparação de todo o envolvente da vida universitária e abordar as diferentes tradições da academia”. “Vida para além da universidade” pretende “dar destaque à importância das atividades extracurriculares, partilhando o testemunho das nossas experiências”. A sessão “Antena Livre” é “dedicada à discussão aberta de questões relacionadas com a fase de transição do ensino secundário para o ensino superior”. Por fim, “Pais e filhos” trata-se de “uma sessão dirigida aos pais dos alunos, procurando abordar as suas maiores preocupações, nomeadamente os apoios socioeconómicos, bem como sensibilizá-los para alguns dos problemas que os seus filhos terão que lidar nesta fase”.

Imagens: DR.

Gil Vicente vence em Penafiel e segue em frente na Taça de Portugal

Outubro 19, 2019 em Atualidade, Concelho, Desporto, Mundo port barcelosnahorabarcelosnahora

O Estádio 25 de Abril, em Penafiel, recebeu mais uma eliminatória da Taça de Portugal, nomeadamente, a 3ª. O jogo opôs o FC Penafiel, da LEDMAN LigaPro, e o Gil Vicente FC, da Liga NOS, com o jogo a ditar a vitória – e consequente apuramento – dos gilistas, por 0-2.



Sob arbitragem de Artur Soares Dias (AF Porto), as equipas alinharam da seguinte forma:

FC Penafiel – Luís Ribeiro, Inácio, Vinícius, João Paulo, Yuri, Ludovic (Márcio Machado, 84′), Alan Schons (Alfredo, 87′), Pedro Lemos, Rafa Sousa, Romeu Ribeiro (Ronaldo Tavares, 38′) e Pires. No banco ficaram Filipe Ferreira, Felipe Macedo e Paulo Henrique.

Gil Vicente – Denis, Henrique Gomes, Rúben Fernandes, Nogueira, Fernando Fonseca, Soares, Claude Gonçalves, Baraye, Kraev (Leonardo, 72’), Lourency (Lino, 72’) e Sandro Lima (Naidji, 78′). No banco ficaram Bruno, Alex Pinto, Arthur Henrique e Juan Villa.

Ainda na primeira parte, os gilistas chegaram ao golo, através de uma grande penalidade convertida pelo brasileiro Sandro Lima. Ao intervalo o jogo já ditava uma vantagem dos barcelenses, por 0-1.

Na segunda parte, o luso-francês Claude Gonçalves fechou o marcador, aos 76 minutos, garantindo, não só, maior segurança e tranquilidade no jogo, como a confirmação do apuramento do Gil Vicente FC para a próxima eliminatória da Taça de Portugal.

Foto: GVFC (alterada).

Barcelos é, oficialmente, membro da “Creative Tourism Network”

Outubro 19, 2019 em Atualidade, Concelho, Cultura, Mundo, Política port barcelosnahorabarcelosnahora

O Município de Barcelos entra, este mês, na mais conceituada Rede Mundial de Turismo Criativo, na qualidade de “Creative Friendly Destination”. “Esta integração na rede vem confirmar o trabalho que o Município tem vindo a fazer em prol do desenvolvimento do turismo criativo como fator de diferenciação do nosso território e enquanto importante ativo local para o futuro do setor”, refere em nota o Município barcelense.



“A aposta do Município na criatividade local manifesta-se, muito particularmente, na riqueza do seu artesanato e arte popular, riqueza e diversidade enogastronómica, abundância e diversidade de património natural, paisagístico e edificado, que constituem os principais instrumentos da estratégia do turismo local”, continua.

Com esta adesão, “o Município vê, assim, o seu território adquirir uma nova chancela internacional, que constituirá seguramente uma adição à internacionalização da marca – Barcelos Cidade Criativa. Ao mesmo tempo que o Município irá poder usufruir de um apoio importante no desenvolvimento de ações de turismo criativo ao nível internacional, particularmente junto de agentes do setor do turismo no mundo e usufruir de um conjunto de serviços e benefícios de curadoria, consultoria, implementação e promoção internacional desta rede, em todos os seus futuros projetos de turismo criativo”, conclui.

A Creative Tourism Network é uma organização internacional, fundada em 2010, com sede em Barcelona, entidade sem fins lucrativos e que tem por missão a promoção e o desenvolvimento do turismo criativo no mundo, na sua qualidade de ativo para o futuro da atividade e para a sustentabilidade do setor ao nível mundial, particularmente importante na medida em que o desenvolvimento do turismo já não significa apenas visitar e conhecer, acarreta também a procura constante por experiências únicas e de contacto com o mais autêntico dos territórios visitados.

Fonte e foto: CMB.

“Brexit” em debate na Escola Básica e Secundária de Viatodos

Outubro 17, 2019 em Atualidade, Concelho, Cultura, Educação, Mundo port barcelosnahorabarcelosnahora

No passado dia 16 de outubro, os Embaixadores Juniores da Escola Embaixadora do Parlamento Europeu de Viatodos organizaram, e participaram, na ação informativa sobre o “Brexit”.



Sendo este um tema que os preocupa, pelas possíveis consequências que daí podem advir, convidaram José Ricardo Sousa, licenciado em Estudos Europeus pela Faculdade de Letras da Universidade de Coimbra, mestre em Direito da União Europeia pela Escola de Direito da Universidade do Minho, e, atualmente, técnico no Centro de Informação Europe Direct Minho (CIED Minho).

Todos os momentos da palestra foram registados, em vídeo e em fotografia, pelos alunos do Curso Técnico de Multimédia.

Fotos: DR.

Debate sobre política regional e fundos europeus e o seu impacto na região do Minho

Outubro 17, 2019 em Atualidade, Concelho, Cultura, Educação, Mundo port barcelosnahorabarcelosnahora

Sessão terá lugar no auditório 1.01 da Escola de Economia e Gestão da Universidade do Minho, esta sexta-feira, pelas 11h30

O Centro de Informação Europe Direct Minho (CIED Minho) do Instituto Politécnico do Cávado e do Ave (IPCA), em parceria com o Centro de Estudos em Direito da União Europeia da UMinho (CEDU-JUSGOV) e o Centro de Investigação em Ciência Política da UMinho (CICP), apoiado pela Representação da Comissão Europeia em Portugal e pela Direção-Geral da Política Regional da Comissão Europeia (DG-REGIO), promovem, no dia 18 de outubro, pelas 11h30, no auditório 1.01 da Escola de Economia e Gestão da Universidade do Minho o debate “30 anos de Política Regional: o impacto na região do Minho”.



O principal objetivo deste evento é “promover a consciencialização da importância da política regional e dos fundos europeus junto dos cidadãos, bem como apresentar linhas de orientação das perspetivas futuras da política de coesão para o próximo quadro financeiro plurianual”, refere a organização.

Fazem parte do painel de oradores, Zuzana Gáková, da Comissão Europeia, Alessandra Silveira, CEDU/JUSGOV, e Sandra Fernandes, CICP/UMinho.

“Com esta ação, pretende-se uma conversa com caráter informal onde os oradores possam falar abertamente sobre a política regional e os fundos europeus e o seu impacto na região do Minho”, conclui.

O evento é gratuito.

Graça Costa e Augusto Costa, dos Amigos da Montanha, vencem Meia Maratona de Esposende nos seus escalões

Outubro 17, 2019 em Atualidade, Concelho, Desporto, Mundo port barcelosnahorabarcelosnahora

A equipa de atletismo dos Amigos da Montanha (AM) esteve representada, no último domingo, na Meia Maratona de Esposende pelos atletas Graça Costa e Augusto Costa.



Numa manhã em que o vento e a chuva não facilitaram a vida dos atletas, Graça Costa concluiu a distância em 1h32m21s e ficou em 1º lugar no escalão F55.

Augusto Costa, ainda a recuperar de uma lesão, fazendo esta prova em ritmo de treino, venceu o escalão M45 e fez 10º lugar da geral com a marca de 1h16m46s.

Fotos: DR.

ATAHCA organiza sessões de divulgação dos apoios da Medida 10 do PDR2020

Outubro 17, 2019 em Atualidade, Concelho, Cultura, Mundo port barcelosnahorabarcelosnahora

A ATAHCA – Associação de Desenvolvimento das Terras Altas do Homem, Cávado e Ave, leva a efeito, durante o mês de outubro, um conjunto de Sessões de Divulgação dos apoios previstos no âmbito do PDR2020 e da Estratégia de Desenvolvimento Local de Base Comunitária – DLBC Rural para o território do Cávado.



Nomeadamente, os Avisos de Concurso Abertos para as seguintes Operações:

10.2.1.1 – Pequenos Investimentos na Exploração Agrícola;

10.2.1.2 – Pequenos Investimentos na Transformação e Comercialização;

10.2.1.3 – Diversificação de Atividades na Exploração Agrícola-

 As sessões serão realizadas nas seguintes datas e locais:

17 de outubro

10h00 – Barcelos (Cooperativa Agrícola de Barcelos)

15h00 – Esposende (Cooperativa Agrícola de Esposende)

22 de outubro

10h00 – Terras de Bouro (Salão Nobre do Município)

15h00 – Amares (Salão Nobre do Município)

24 de outubro

10h00 – Vila Verde (Sede da ATAHCA)

15h00 – Braga (Instalações da CAVAGRI)

Serão abordados assuntos como os requisitos de cada um dos avisos de concurso abertos, o enquadramento legal destes apoios, o território abrangido, as principais ações a desenvolver, assim como a tipologia de beneficiários, investimentos e despesas elegíveis, prazos de candidatura, critérios de seleção e outros assuntos relacionados.

Imagem: ATAHCA.

Atletas de três continentes em prova organizada pela Carlos Sá Nature Events

Outubro 17, 2019 em Atualidade, Concelho, Desporto, Mundo port barcelosnahorabarcelosnahora

Três Patrimónios da Humanidade visitados na “Foz Côa Douro Trail Adventure”

Atletas vindos de 12 países fizeram da região do Douro e Foz Côa a sua casa. Viveram durante 7 dias um sonho que os fez usufruir de uma experiência única: correr em três Patrimónios da Humanidade.



Foram-lhes guiados os passos por entre locais tão emblemáticos como: Porto, Lamego, Torre de Moncorvo, São João da Pesqueira, Figueira de Castelo Rodrigo, Marialva e Vila Nova de Foz Côa.

Correram entre muralhas com centenas de anos, entre vinhas absolutamente maravilhosas e no único parque natural privado de Portugal – a Reserva da Faia Brava.

A 2ª edição do “Foz Côa Douro Trail Adventure” terminou em clima de festa, de companheirismo, de amizade, com muita emoção e algumas lágrimas à mistura. A saudade e a vontade de voltar no próximo ano eram bem visíveis no rosto dos participantes.

Foi de 5 a 11 de outubro que se desenrolou esta fantástica aventura, juntando, nesta edição, cerca de 80 atletas, oriundos de 12 nacionalidades, estando representados países como Singapura, Suíça, Brasil, Holanda, Alemanha, França, Reino Unido, Espanha, Israel, Bélgica, Hungria e Portugal distribuídos por 3 continentes.

O evento foi organizado pela Carlos Sá Nature Events e pelo Município de Vila Nova de Foz Côa, com o apoio de vários patrocinadores e outros municípios da região duriense, tais como; Lamego, Torre de Moncorvo, São João da Pesqueira, Pinhel, Mêda, Figueira de Castelo Rodrigo. O Centro de Alto Rendimento de Remo e Canoagem do Pocinho foi a base logística para o evento.

Ao longo da semana, os atletas percorreram grande parte da região do Alto Douro Vinhateiro, correndo em cada dia uma determinada distância, mais longa ou mais curta, conforme tivessem optado pela versão Advanced ou Starter, respetivamente.

“O evento foi pensado para que os participantes pudessem disfrutar das paisagens de uma das mais belas e emblemáticas regiões de Portugal – o Alto Douro Vinhateiro (duplamente reconhecida pela UNESCO como património da Humanidade, quer pelos vinhedos quer pelas gravuras rupestres existentes na região. Mas foi também objetivo da organização dar a conhecer um pouco da história, da cultura e da gastronomia da região, complementando todos os dias de corrida com um momento cultural e de degustação dos sabores típicos”, referiu a organização.

O evento iniciou com uma etapa de corrida não competitiva, no sábado, dia 5 de outubro, na Zona Histórica do Porto. Nesta etapa, os participantes, guiados pelo seu anfitrião Carlos Sá, puderam apreciar as ruas pitorescas e monumentos de interesse da cidade, que foi reconhecida pela UNESCO em 1996 como Património Cultural da Humanidade, e vivenciar a energia e o reboliço citadino que tão bem a caracterizam na atualidade.

Ao longo da restante semana, os participantes puderam desafiar-se pelos trilhos do Vale do Douro, intercalando etapas mais longas e técnicas com outras mais curtas e menos duras, numa viagem que também os levou pela história remota de Portugal, os transportou pelas paisagens e sabores da região e os fez experienciar o calor e o bem receber das gentes portuguesas. 

O evento finalizou no dia 11 de outubro com uma etapa que se iniciou no carismático Museu do Côa e terminou no centro de Vila Nova de Foz Côa. 

Os resultados desta “aventura” foram:

Versão Advanced:

Vicente Juan García (ESP) – 13h17m05s.

César Picinin (BRA) – 13h28m16s.

Antonio Villegas (ESP) – 13h41m58s.

Versão Advanced:

Cláudia Nogueira (BRA) – 17h40m20s.

Maria Gerber (BRA) – 18h47m51s.

Liz Bailey (GBR) – 20h21m32s.

Versão Starter:

Bart-Jan Westerhof (HOL) – 11h23m00s.

Daniel Grenha Fonseca (POR) – 11h48m59s.

Garrad Bailey (GBR) – 19h27m07s.

Versão Starter:

Flávia Silva (BRA) – 13h17m33s.

Claudia Fasol (HOL) – 14h07m16s

Luciana Valle (BRA) – 18h15m24s.

A organização encontra-se já a trabalhar para fazer crescer a família do “Foz Côa Douro Trail Adventure”. As datas para a 3ª edição desta “aventura” já estão definidas: de 3 a 9 de outubro de 2020 e as inscrições já se encontram abertas.

Mais informações e inscrições em: www.carlossanatureevents.com (basta clicar no link para aceder automaticamente).

Fonte: CSNE.

Fotos: DR.

Segunda vitória consecutiva para o Santa Maria

Outubro 16, 2019 em Atualidade, Concelho, Desporto, Mundo port barcelosnahorabarcelosnahora

Realizou-se, no passado fim de semana, mais uma jornada dos campeonatos distritais de Braga, com alguns destaques entre as equipas barcelenses.



Na divisão maior, a Pro-Nacional, o Santa Maria (16º) conseguiu a segunda vitória consecutiva, derrotando, em casa, o Torcatense (11º) por 3-1. Depois de estarem sem vencer no campeonato, os homens de Galegos Santa Maria encarreiraram o seu trajeto e somaram duas vitórias, 6 pontos, de uma forma consecutiva. Na Jornada 10, deslocam-se ao terreno do Vieira (15º).

A Série A da Divisão de Honra trouxe apenas uma vitória para Barcelos, se bem que a dificuldade dos jogos foi grande. Senão vejamos:

A única vitória foi para o Martim (2º), que recebeu e venceu o Ribeiro do Neiva (15º) por 3-0. A equipa de Martim dedicou a vitória ao malogrado Abel, antigo jogador do clube. Na próxima semana participará no “jogo da jornada”, deslocando-se a casa do líder, o Amares.

Amares que recebeu o FC Roriz (13º) e venceu por 4-3. Sete golos num jogo, mas que resultaram, infelizmente para os rorizenses, na vitória dos da casa. Na próxima jornada, o FC Roriz recebe o Caldelas (8º).

Outra equipa barcelense com deslocação difícil foi o MARCA (14º), que defrontou o Celeirós (4º), em casa destes, e perdeu pela margem mínima: 0-1. Segue-se a receção ao Águias da Graça (5º).

Esta última equipa recebeu o Pousa (6º) e venceu por 2-1. Esta vitória permitiu-lhes igualar a pontuação dos barcelenses. Na próxima jornada, o Pousa recebe o Sequeirense (11º).

Finalmente, a equipa de Barcelos que não venceu, mas também não perdeu, foi a Águias de Alvelos (10º), que empatou em casa do Marinhas (9º), a 0 bolas. Recebem a seguir o “lanterna vermelha” Terras de Bouro.

Já na Série B, o Viatodos (2º) venceu, por 2-0, o Ruivanense (14º). De seguida, desloca-se ao terreno do vizinho Louro, que está em último lugar na classificação.

Na 1ª Divisão, Série A, o Carreira (3º) conseguiu uma boa vitória, no terreno do Maximinense (4º), permitindo-lhe ultrapassar o seu adversário. O marcador final marcou um 0-1. De seguida, recebem o Antas (17º).

Antas que recebeu o Granja (10º) e saiu derrotado por 1-2. A equipa barcelense terá, de seguida, um dérbi barcelense com o Martim “B”.

O projeto “B” do Martim (9º) recebeu, igualmente em dérbi, a UD São Veríssimo (5º) e saiu derrotado por 0-1. A equipa de Tamel São Veríssimo recebe o líder na próxima jornada.

Líder, que recebeu o “Os Ceramistas” (11º) e venceu por 4-0. Os homens de Galegos São Martinho recebem o Peões (16º) na próxima jornada.

Por fim, o Ucha (7º) viu o seu jogo caseiro com a Associação LANK (14º) ser anulado. Descansou no último fim de semana, mas no próximo já terá uma deslocação de alta exigência, a casa do Sete Fontes (6º).

Fotos: AFCM/FCR/GFCP.

Joaquim Sousa é 2º no “Ultra Sanabria by Stages” em VET A

Outubro 16, 2019 em Atualidade, Concelho, Desporto, Mundo port barcelosnahorabarcelosnahora

Entre 11 e 13 de outubro, o Parque Natural dos lagos de Sanabria, em Zamora – Espanha, foi palco da edição deste ano da “Ultra Sanabria by Stages”, uma das provas internacionais mais prestigiadas no mundo do trail, que se realiza em três etapas, saindo vencedor o atleta com melhor tempo final, no somatório de todas as etapas.



A prova “Marathon”, na qual o atleta barcelense de Galegos Santa Maria, Joaquim Sousa, participou, foi composta, na sexta-feira à noite, pela primeira etapa, de 7km e 700m de desnível positivo; a segunda etapa realizou-se sábado de manhã, com 20km e 740m de desnível positivo; e, ainda, uma terceira etapa no domingo de manhã, de 16km e 1050m de desnível positivo.

Joaquim Sousa, a representar o clube Saca Trilhos Anadia (clube que representará a partir de 2020, quer em Trail, quer em Orientação), foi 2º em VET A e 13º na geral, entre cerca de 160 atletas participantes.

Já coletivamente, a equipa Saca Trilhos Anadia alcançou a 2ª posição da geral.

O atleta participará, proximamente, no “Trail do Galo” e no “Trail Amigos da Montanha. Já em Orientação, fechará a época de 2019 em Sesimbra, no final de outubro.

Em nota, Joaquim Sousa agradece “à Serfisio Barcelos e à Escola Pé de Dança” e “ao Barcelos na Hora pela divulgação das modalidades”.

Fotos: DR.

1 2 3 284
Ir Para Cima