Arquivo de Categorias

Mundo

Abate de árvores na Unidade de Saúde Santo António

Março 7, 2021 em Ambiente, Atualidade, Concelho, Mundo Por barcelosnahorabarcelosnahora

O Município de Barcelos, no âmbito do estudo de avaliação fitossanitário e da estabilidade biomecânica para 308 árvores na cidade de Barcelos, vai proceder ao abate de duas árvores localizadas na Unidade de Saúde Santo António, em Barcelos.


Em virtude das mesmas se encontrarem num local muito próximo da via de trânsito, a Rua Dr. José Júlio Vieira, estará encerrada durante os trabalhos de abate, no próximo dia 10 de março,  para uma maior segurança e facilidade na recolha dos resíduos lenhosos, entre as 6h00 e as 16h00, do dia 10 de março.


O estudo de avaliação fitossanitária e da estabilidade biomecânica permitiu avaliar de forma mais objetiva se as árvores apresentam algum perigo para as pessoas e bens, devido aos riscos de fratura que podem ser parciais ou totais. Este trabalho de identificação e monitorização foi desenvolvido pelo Município e por uma empresa da especialidade, do qual se produziu um relatório pormenorizado e onde se identificam as principais perturbações e os riscos de queda de árvores e que pode ser consultado no site do Município.

Fonte|Foto: MB

Fábia Maia: “O mais importante na luta pelo sucesso é respeitar a liberdade dos outros”

Março 5, 2021 em Atualidade, Concelho, Cultura, Mundo Por barcelosnahorabarcelosnahora

A cantora Barcelense Fábia Maia, conversou com o Barcelos na Hora sobre o seu percurso musical e a sua mais recente conquista como finalista do Festival da Canção.

BnH – Como surgiu a música na sua vida?

Fábia Maia – É muito importante eu focar isto, venho de uma família com poucas possibilidades, vivia só com a minha avó e a minha mãe, os meus pais separaram-se muito cedo. Na escola sentia-me sempre o “patinho feio”, pelo cabelo que tinha e a anca muito larga para a minha idade. Então a minha avó encontrou solução para isso, como gostava muito que eu aprendesse a tocar um instrumento, inscreveu-me numa escola de música.

Mais tarde tive oportunidade de conhecer alguns músicos que admirava, como Jimmy P, Slow J, que participaram no meu primeiro trabalho, e foram importantes para eu perceber o caminho que queria seguir.

Sempre trabalhei e estudei, mas em 2020 no início da pandemia, tomei uma decisão. Despedi-me do emprego que tinha porque me matava a “criatividade”, fiz mudanças muito drásticas na minha vida, e quando eu faço essa mudança de “chip” aparece o convite “direto” para o Festival da Canção.

Fábia Maia

BnH – Sente que vão surgir mais oportunidades depois do Festival da Canção? Como é que está a ser a experiência?

Fábia Maia – É impossível estar no palco dos palcos e não surgirem daí novas oportunidades, independentemente de ganhar ou não.

A experiência está a ser muito cansativa. Temos muitos ensaios, mas estou a gostar muito. Estar em contacto com a produção faz-me sentir bem, e é importante para eu perceber como as coisas se fazem. Conheci muitas pessoas da organização, que levo no meu coração, são excelentes naquilo que fazem.

Para mim foi também uma vitória, porque fui um dos temas menos gostados e passei à Final.

BnH – Já tens alguma surpresa preparada ou estás apenas focada na Final?

Fábia Maia – Estava muito focada na semifinal, só pensava naquilo, neste momento o facto de estar na final significa que posso relaxar. Estou relaxada porque lá estou.

Já terminei o meu primeiro álbum, e vou agora lançá-lo, que é realmente aquilo que eu quero de coração, com festival ou sem festival. Se ganhar “fixe” por que sei que muita gente vai sorrir comigo, se não ganhar a minha história não acaba aqui.

BnH – Gostavas de deixar uma mensagem às pessoas que te acompanham?

Fábia Maia – Para quem me conhece, e para quem não me conhece, eu tenho uma mentalidade quase de “Ronaldo”, o Ronaldo por muito que lhe digam que ele não é o maior, ele sabe que é, e eu aprendi a fazer isso. Sou uma pessoa que já recebeu muitos nãos, mendiguei para ouvirem as minhas músicas, para uma editora trabalhar comigo, mas acho mesmo que Deus escreve direito por linhas tortas. E agora percebo que o meu caminho tinha que ser feito com o meu trabalho.

Queria também dizer às pessoas que não desistam dos sonhos delas, não há sonhos impossíveis.

O mais importante na luta pelo sucesso é respeitar a liberdade dos outros, a liberdade é o sucesso para a eternidade. A minha música reflete muito isso, a música que levei ao festival, “que Dia Lindo para dizer que tudo tem a sua forma de ser”.

A transmissão é feita pela RTP, amanhã dia 6 de março, a canção vencedora irá representar Portugal  no Eurovision Song Contest, que este ano tem lugar em Roterdão, nos Países Baixos, nos dias 18, 20 e 22 de maio.

Para votar na Barcelense Fábia Maia

Canção nº 3: “Dia Lindo” – Fábia Maia
760 30 31 03

Foto: DR

Município de Barcelos realiza a Semana Concelhia da Leitura em versão online de 8 a 12 de março

Março 5, 2021 em Atualidade, Concelho, Cultura, Mundo Por barcelosnahorabarcelosnahora

A Semana Concelhia da Leitura, organizada pelos Pelouros da Educação e da Cultura da Câmara Municipal de Barcelos, arranca na próxima segunda-feira, dia 8 de março e prolonga-se até ao dia 12, em versão online.


O Município de Barcelos associa-se novamente a esta iniciativa do Plano Nacional da Leitura, promovendo, através da Rede de Bibliotecas de Barcelos, um conjunto de atividades, como um encontro virtual com a escritora Luísa Ducla Soares e o músico Daniel Completo, no dia 8 de março, às 10h30, e a realização de uma conferência “Elogio do Livro e da Leitura”, proferida pelo professor Cândido Oliveira Martins, dia 11 de março, às 10h30.


De salientar ainda iniciativas como as leituras inusitadas, o mapa interativo de sugestões de leitura e o concurso Miúdos a Votos, que convidam os alunos a exercitar a leitura de uma forma divertida.

Para participarem, os alunos podem aceder ao site da Rede de Bibliotecas Escolares de Barcelos, através do link http://redebibliotecas.cm-barcelos.pt/2021/03/barcelos-comemora-a-semana-concelhia-da-leitura-8-a-12-de-marco/ onde podem encontrar diversas atividades , como “Onde te levam os livros?”, escrever um texto, adicionar locais sobre a obra que estão a ler ou inserir ficheiros áudio dos seus livros favoritos e no “Desafio fotográfico”, colocarem uma foto com um livro, tirada no local mais insólito.

Fonte|Foto: MB

Câmara avança com construção de campos de treino junto ao Cidade de Barcelos

Março 5, 2021 em Atualidade, Concelho, Desporto, Mundo Por barcelosnahorabarcelosnahora

Está em fase de conclusão o processo de concurso público para a construção de campos de treinos no Complexo Desportivo Cidade de Barcelos. A empreitada, cuja adjudicação está para breve, tem um preço base de 2.348.313,71€ (IVA incluído), verba totalmente a suportar pelo Município.


Com o intuito de criar as melhores condições para a prática desportiva, em especial para os escalões da formação, e atendendo às carências existentes no tocante a espaços disponíveis no concelho, com visibilidade acrescida no clube de futebol com maior projeção do concelho, o Gil Vicente, o projeto implica a construção de dois campos de treino.

Estes equipamentos ficarão localizados a norte do Estádio Cidade de Barcelos, numa área de terreno a intervir, propriedade do Município, com cerca de 25 mil m2. Será construído um campo com relva natural e outro em sintético. A empreitada implica também a construção de uma bancada, com cinco filas.


Com esta obra dá-se passos significativos para a futura Cidade Desportiva de Barcelos e abre-se a porta à possibilidade de libertação das instalações do Estádio Adelino Ribeiro Novo, atualmente com poucas condições para a prática desportiva.


A criação das melhores condições para a prática desportiva tem sido uma preocupação do Município que, desde 2015, tem colaborado com várias coletividades do concelho, através da atribuição de apoios financeiros, para a instalação de relvados sintéticos.

Fonte|Foto: MB

Concurso “Barcelos Florido” está de volta e promete colorir as ruas da cidade

Março 5, 2021 em Atualidade, Concelho, Mundo Por barcelosnahorabarcelosnahora

O concurso “Barcelos Florido”, que decorre entre os meses de abril e julho, tem inscrições abertas até 31 de março. Trata-se de uma iniciativa do Município de Barcelos, através do pelouro do Turismo, que tem como objetivo contribuir para a valorização estética e ambiental da cidade de Barcelos e da freguesia de Barcelinhos, promovendo o embelezamento e a decoração das janelas e varandas com flores e plantas naturais.


Este é um evento que se estende a áreas mais afastadas dos centros históricos, sendo uma forma de envolver a comunidade e dar vida a essas ruas, largos e avenidas, criando-lhe mais motivos de interesse e de visita.


“Barcelos Florido” é um dos concursos mais antigos na região e tem sido um fator essencial de valorização da experiência do centro histórico de Barcelos, entre os meses de maio e junho. É já um atrativo turístico e uma das imagens de marca da cidade de Barcelos neste período, que passou a ser vista pelo imaginário turístico como cidade “florida e colorida”. Por outro lado, abarca o período da Festas das Cruzes, uma festividade, também ela, muito ligada às flores.


Poderão participar neste concurso todos os residentes e proprietários das casas comerciais, a título individual, e pessoas a titulo coletivo (condomínios e outros) das áreas elegíveis no concurso. Todavia, não são admitidas montras e/ou entradas comerciais, aceitando-se em exclusivo varandas, sacadas e janelas. As inscrições devem ser feitas no Posto de Turismo de Barcelos, e podem ser oficializadas através do email:turismo@cm-barcelos.pt ou através do telefone 253 811 882.

Fonte|Foto: MB

Foi aprovado o financiamento do projeto do Ecomuseu do Vale do Neiva

Março 4, 2021 em Atualidade, Concelho, Mundo, Turismo Por barcelosnahorabarcelosnahora

Foi aprovada uma candidatura ao programa SUDOE (Interreg VB – Sudoe), que vai financiar o projeto do Ecomuseu do Vale do Neiva, em Barcelos, no âmbito da implementação de ações-piloto e estratégias de valorização do património cultural imaterial que promovam o desenvolvimento local sustentável e a coesão dos territórios periféricos do espaço do SUDOE.


Este programa incide numa área geográfica alargada, que inclui a França (chefe de fila do programa), a Espanha e Portugal, sendo Barcelos o único concelho do país a participar no consórcio de entidades parceiras deste programa.


No caso de Barcelos, o projeto, que tem um financiamento de 110 mil euros, representando 75% do total do investimento, consiste no lançamento das bases do Ecomuseu do Vale do Neiva e tem como objetivo combinar o desenvolvimento económico com a preservação do património cultural intangível.


O vale de qualquer rio é habitualmente um território marcado por identidades muito próximas, inter-influentes, que se estruturaram ao longo da história como um espaço vital, rico em património cultural. E quando o curso fluvial corre entre margens muito próximas, como é o caso no Rio Neiva, o seu vale adquire uma organização de interdependências muito fortes nas comunidades aí existentes. Tal facto imprime a todo o espaço uma identidade muito particular e as comunidades ribeirinhas adquirem a consciência de que pertencem a um legado histórico e patrimonial comum, rico em paisagem natural, histórias, tradições, lendas, saberes e ofícios.


É, assim, oportuno congregar os elementos materiais, tecnológicos e as vivências sociais e culturais do Vale do Neiva dentro de uma ‘paisagem cultural’ e um ‘território patrimonial’, dando-lhe corpo e voz através da criação de um Ecomuseu.


O projeto piloto integra duas fases: a primeira é o lançamento das bases do Ecomuseu, incluindo a criação de uma Comissão Instaladora, a inventariação do património material e imaterial do Vale do Neiva, a criação de suportes digitais (escritos e audiovisuais) sobre o património inventariado; a definição/criação de rotas turístico-culturais e a criação de um espaço virtual (web) do Ecomuseu. A segunda fase do projeto será caraterizada pela criação de um espaço físico para a sede do Ecomuseu.

Fonte|Foto: MB

Juntas de Freguesia e associações em rede

Março 4, 2021 em Ação Social, Atualidade, Concelho, Mundo, Opinião Por barcelosnahorabarcelosnahora
Nuno Evandro Serra Oliveira

Nuno Evandro Serra Oliveira, sócio n. º 101 da Associação Intensify World, é o convidado para escrever o artigo de opinião do mês de Março. Entre outros cargos, está a Presidir à Junta de Freguesia de Chorente, Góios, Courel, Pedra Furada e Gueral e acredita que é possível e necessário um trabalho em rede entre associações e Juntas de Freguesia. Na sua União de Freguesias acolheu parte do projeto solidário da Intensify World. 

As Associações são organizações essenciais à coesão social de uma Freguesia. A sua função é indispensável, insubstituível e fundamental não só à prossecução da coesão social como também ao melhoramento das condições de vida das pessoas em geral. A Junta de Freguesia da União da Freguesias de Chorente, Góios, Courel, Pedra Furada e Gueral sempre deu grande importância às associações, disponibilizando espaços públicos de qualidade onde possam exercer a sua atividade com dignidade e atribuindo apoios financeiros e logísticos para a realização das respetivas atividades.

Estas organizações são compostas por muitas pessoas que generosamente disponibilizam o seu tempo de forma gratuita tendo como contrapartida a adesão das pessoas da comunidade às iniciativas por si promovidas e o agradecimento que por estes lhes é dirigido.

Desde o mês de março de 2020, no contexto da crise epidemiológica provocada pelo coronavírus SARS-CoV-2 e consequente decretamento do Primeiro Estado de Emergência, a que se seguiram outros, com as muitas restrições e condicionamentos associados, todas as associações tiveram que adaptar a seu funcionamento a esta nova realidade, o que veio dificultar o trabalho que vinham desenvolvendo, nalguns casos, inclusive, importando a suspensão temporária total ou parcial da sua atividade e noutros impondo exigências acrescidas para a continuidade de laboração, importando a restruturação organizacional e de funcionamento.

Nesta União de Freguesias exercem atividade regular onze associações, dez das quais com sede na União de freguesias. Para além destas pontualmente outras associações em parceria com a Junta de Freguesia da União ou com alguma das associações da União exercem também aqui a sua atividade. Das referidas onze Associações, três delas são Associações de Pais, três são Associações Culturais e Recreativas, duas são Associações Desportivas, uma da área tecnológica e social e uma IPSS. As Associações de Pais da União de Freguesia são responsáveis por gerir todo o funcionamento da Escola Básicas e Jardins de Infância fora do horário letivo e nos períodos de férias. Atualmente vivenciam um período crítico e difícil pois com o encerramento forçado dos estabelecimentos de ensino despendem muito do seu tempo com esclarecimento de dúvidas dos seus associados, a que acresce a instabilidade dos seus recursos humanos pelo surgimento de casos de COVID 19 nos próprios e/ou em familiares, o que lhes impõe a necessidade de isolamento do resto da comunidade com a consequente impossibilidade de prestação de trabalho.

Já os grupos desportivos vivenciam um panorama de desalento e de grande incerteza pois a sua atividade encontra-se suspensa desde março de 2020, isto é, há cerca de um ano, o que implica a perda de duas épocas desportivas (2019/2020 e a de 2020/2021) não sendo ainda previsível quando é que retomarão o seu normal funcionamento.

A programação das Associações Culturais da União de Freguesia voltada na sua maioria para aglomeração de pessoas e confraternizações (festivais, encontros, passeios, atividades desportivas, e outras atividades de convívio e/ou de cariz sociocultural) foi também severamente afetada, encontrando-se praticamente toda ela suspensa, atenta a impossibilidade de organização de eventos que proporcionem o ajuntamento de pessoas.

A pandemia COVID 19 trouxe também uma grande instabilidade às IPSS, nomeadamente a desta União de Freguesias, pois, não obstante o trabalho incansável e benemérito para assegurar respostas essenciais à comunidade e melhorar as condições de vida de muitas pessoas, a IPSS aqui sediada viu parte substancial das suas respostas sociais fechadas (creche, ATL, Centro de Dia, confeção de refeições para estabelecimentos públicos de ensino) o que consubstancia um gravoso atentado à sua sustentabilidade financeira organizacional.

Vivem-se tempos sem precedente, caracterizado por muitas incertezas, inseguranças e dificuldades no entanto acredito que o associativismo desta União de Freguesias, com a resiliência que o caracteriza e o permanente apoio da Junta de Freguesia, será capaz de superar estes tempos de “Covid”, readaptando-se, reinventando-se, tudo por forma a continuar a prestar o serviço de iminente interesse público que vinha até então prestando.

Durante o ano de 2020 requalificamos o edifício da antiga escola de Souzelas, em Pedra Furada, para em parceria com a Intensify World, trabalho em rede de todas as Associações da Freguesia e também paróquias, dar vida a um espaço social que tem sido útil já a muitas famílias de dentro e fora da Freguesia. Com este espaço pretendemos ter uma porta aberta a todas as pessoas que necessitem de bens de primeira necessidade (roupa, calçado, alimentos, móveis, electrodomésticos, etc) ou mesmo brinquedos para crianças.

Deixo um agradecimento a todos os dirigentes e colaboradores das associações pelo trabalho desenvolvido e uma mensagem de esperança que brevemente voltaremos à vida normal.

Por: Nuno Evandro Serra Oliveira

Imagem: DR

(* A redação do artigo de opinião é única e exclusivamente da responsabilidade do autor)

**Atualização 05/03/2021

Adjudicada reabilitação do edifício dos Paços do Concelho

Março 3, 2021 em Atualidade, Concelho, Mundo Por barcelosnahorabarcelosnahora

A Câmara Municipal vai dar início a obras de reabilitação no edifício dos Paços do Concelho. A par da requalificação da imagem arquitetónica do edifício, a empreitada visa o melhoramento das condições físicas do edificado, a criação de percursos acessíveis para pessoas com mobilidade condicionada e a melhoria das condições de segurança contra risco de incêndios. 


Em termos mais pormenorizados, será feita a substituição das caixilharias e janelas, com colocação de vidro duplo, de forma a uma melhor eficiência térmica e acústica. Os estores também serão substituídos e as portadas em madeira maciça recuperadas. Serão, ainda, colocadas portas corta-fogo. 
A cobertura do auditório municipal em camarinha de cobre será recuperada. Já a cobertura com telha cerâmica será limpa e, em caso de elementos danificados, estes serão substituídos. As paredes exteriores serão limpas e reparadas. As interiores serão pintadas à cor existente. 


No que respeita à acessibilidade de pessoas com mobilidade condicionada, serão criados percursos acessíveis à maioria dos espaços do edifício. Dada a natureza arquitetónica e a dificuldade de ligação entre a ala poente e a nascente, consideraram-se duas entradas acessíveis ao edifício: uma pelo alçado sul, através da rampa de acesso ao Balcão Único, e outra pelo alçado poente, designadamente pelo portão que dá acesso ao claustro, ao auditório e ao elevador principal. Esta entrada irá assegurar o acesso aos três pisos do edifício a pessoas com mobilidade reduzida, designadamente o acesso ao auditório, à secretaria geral, aos recursos humanos, às instalações sanitárias, assim como ao piso superior, onde se localizam salas de reuniões, vereação e presidência. 

Fonte|Foto: MB

A Comissão Política Distrital do PAN de Braga, questionou a Câmara Municipal de Esposende sobre construções nas dunas.

Março 3, 2021 em Ambiente, Atualidade, Concelho, Mundo, Política Por barcelosnahorabarcelosnahora

O pedido de esclarecimentos surge após várias denúncias de cidadãos que temem a destruição do património natural do concelho. 

Ao que a distrital apurou,  este será o segundo caso de construções nas dunas de Esposende, num curto espaço de tempo.

Neste sentido, a distrital do PAN questionou a autarquia relativamente ao número de construções que estão previstas para esta zona; se está prevista alguma revisão de PDM por forma a limitar estas construções e se foi solicitado algum Estudo de Impacte Ambiental relativo à obra em questão. 

“As dunas representam um património natural com alto valor ecológico e constituem um meio de proteção natural contra a força das marés, temporais e outros fenómenos climatéricos” afirma Rafael Pinto, porta-voz da distrital, acrescentando “Estamos curiosos por saber qual a posição da autarquia nesta matéria, assim como que diligências estão a ser consideradas como forma de preservação desta zona específica. Consideramos lamentável estas autorizações, e definitivamente  temos de mudar esta mentalidade de que a natureza é para destruir em nosso proveito.

Fonte: PAN

Consumos de Água – Cuidado com consumos prescritos

Março 3, 2021 em Atualidade, Concelho, Mundo Por barcelosnahorabarcelosnahora

A DECO Minho recebeu várias reclamações de consumidores que, confrontados com as faturas de regularização agora emitidas pelas Águas do Alto Minho (as apelidadas “faturas amarelas”), verificaram que estão a ser cobrados consumos efetuados há mais de 6 meses. Estamos, pois, perante consumos prescritos conforme a Lei dos Serviços Públicos Essenciais.

Porém, deve ser o consumidor a invocar junto das Águas do Alto Minho essa prescrição.

A DECO Minho alerta todos os consumidores para esta situação e informa que caso constate que lhe estão a ser faturados e cobrados consumos com mais de 6 meses, podem opor-se ao seu pagamento, invocando expressamente a prescrição junto da entidade e solicitando a correção da fatura, com anulação de todos os consumos prescritos. 

Devem comunicar por escrito, preferencialmente carta registada com A/R, dirigida às Águas do Alto Minho. 

Se tem dúvidas sobre a fatura que recebeu, pretende apoio para invocar a prescrição ou necessita da nossa intervenção, pode recorrer à DECO Minho pelo e-mail deco.minho@deco.pt ou através do telefone 258 821 083. 

Por: DECO*

Imagem: DR

(* A redação do artigo de opinião é única e exclusivamente da responsabilidade do autor)

1 2 3 450
Ir Para Cima