Arquivo de Categorias

Mundo - page 2

Recolha de sangue e medula óssea em Moure a 09 de agosto

Agosto 3, 2020 em Atualidade, Concelho, Mundo, Saúde Por barcelosnahorabarcelosnahora

A Barcelos Solidário – Benemérita Associação Humanitária dos Dadores de Sangue do Concelho de Barcelos, realiza uma recolha de sangue e de medula óssea em Moure, a 09 de agosto, entre as 9h00 e as 12h30.



Esta recolha, que terá lugar na Escola Básica de Moure, conta com o apoio da Junta de Freguesia, da Paróquia e da referida Escola, assim como, do Instituto Português do Sangue e da Transplantação.

Imagem: BS.

Rotary Club de Barcelos – Plano de ação

Agosto 2, 2020 em Atualidade, Concelho, Cultura, Mundo Por barcelosnahorabarcelosnahora

O Rotary é uma organização de Líderes de negócios e profissionais, unidos no mundo inteiro, que prestam serviços humanitários, fomentam um elevado padrão de ética e ajudam a estabelecer a paz. Todos os Clubes Rotários partilham um objetivo fundamental que consiste em realizar projetos de âmbito local, nacional e mundial.



Este ano em particular, devido à conjuntura provocada pela COVID-19, que trouxe impactos a nível pessoal e profissional para todos nós, é um desafio para o Rotary e para quem lidera um grupo rotário, tendo obrigado a um reajuste no planeamento do Ano Rotário 20/21, o qual vai ser delineado à medida da necessidade local.

Porém, em traços gerais, pretendemos manter projetos do Rotary Internacional como a Erradicação da Poliomielite, através da Campanha de recolha de fundos para vacinação “End Polio Now”, a Cegueira Evitável e atuar na nova área de foco do Rotary que é o Meio Ambiente, tendo já realizado uma Palestra/reflexão sobre a situação ambiental na nossa comunidade, no passado dia 28/07/2020, Dia Mundial da Conservação da Natureza, que se realizou com a colaboração da associação Amigos da Montanha.

A nível Distrital, é intenção participar em projetos com outros Clubes como é o caso do Jardim de Infância em Cacheu, Guiné-Bissau, e a organização do RYLA (Prémios Rotary de Liderança Juvenil).

Localmente, pretendemos apoiar jovens estudantes, desempregados e famílias afetadas pela conjetura; impulsionar programas já existentes no Clube como a cedência de cadeiras de rodas a famílias ou instituições; concluir projetos de anos transatos; e organizar seminários, conferências e palestras sobre temas da atualidade e formação rotária.

Não permitiremos que a pandemia nos domine. Na verdade, a história mostra que os Rotários são visionários e procuramos o ideal em que todos vivam num mundo melhor. Ao mesmo tempo, somos resilientes e capazes de resistir a desafios.

Aproveitemos, então, as oportunidades e da adversidade criaremos vantagens, pois é neste tempo que o Rotary pode intervir e a comunidade mais irá necessitar da nossa participação.

É o que iremos fazer, pois somos pessoas de ação e não temos tempo a perder.

O Rotary Abre Oportunidades!

Por: Manuela Briote* – Presidente do Rotary Club de Barcelos (2020-2021).

(* A redação do artigo de opinião é única e exclusivamente da responsabilidade da autora)

A 09 de agosto celebra-se o Dia da Peregrinação Arciprestal da Imagem de Nª Sr.ª do Rosário da Franqueira

Agosto 1, 2020 em Atualidade, Concelho, Cultura, Mundo Por barcelosnahorabarcelosnahora

Celebração substitui a tradicional Peregrinação anual

No próximo dia 09 de agosto, a Confraria da Nossa Senhora do Rosário do Monte da Franqueira realiza o “Dia da Peregrinação Arciprestal da Imagem da Nossa Senhora do Rosário do Monte da Franqueira”, em substituição da histórica Peregrinação que todos os anos leva milhares de fiéis ao alto do monte onde se encontra a padroeira dos Barcelenses.



O programa foi adaptado às atuais circunstâncias em que o país vive, originadas pela situação de pandemia, assim como às normas e orientações da DGS – Direção Geral da Saúde.

“Esta celebração, e a sua realização nos moldes indicados (com limitações diversas), reveste-se de especial importância, pelo peso histórico da peregrinação nos costumes dos Barcelenses e pela devoção Mariana, característica comum ao Povo Português e aqui amplamente ‘vivida e celebrada’ ao longo de vários séculos. Assim, poderão estar representadas de forma organizada todas as paróquias de Barcelos, aí representando os seus conterrâneos”, refere a Confraria.

Do programa destaca-se:

9 de agosto:

Barcelos:

08h00 – Eucaristia de despedida (limitada na sua participação pelas orientações da DGS)

09h00 – Saída da Igreja Matriz (Transportada pelos Bombeiros Voluntários de Barcelos)

Franqueira:

Celebração do “Dia da Peregrinação Arciprestal da Imagem da Nossa Senhora do Rosário do Monte da Franqueira”.

09h00 – Acessos reservados no recinto do Santuário às pessoas (3) em representação das paróquias do Arciprestado de Barcelos (que levarão as bandeiras Marianas das referidas paróquias)

10h30 – Eucaristia presidida pelo Bispo Auxiliar de Braga, D. Nuno Almeida (transmitida nas redes sociais da Confraria: https://www.facebook.com/nsfranqueira/)

12h00 – Abertura do recinto do Santuário aos devotos de Nossa Senhora da Franqueira (acessos condicionados quanto ao número de pessoas)

“Apelamos ao permanente respeito pelas orientações da DGS e equipas de acolhimento das respetivas paróquias, mantendo o distanciamento social e o uso de máscara (obrigatório), evitando também o aglomerado de pessoas”, refere a Confraria.

Imagem: CNSRMF.

Carlos Sá Nature Events organiza o TPG 160km “Corrida dos 4 Castelos”

Agosto 1, 2020 em Atualidade, Concelho, Desporto, Mundo Por barcelosnahorabarcelosnahora

Prova decorre entre 02 e 04 de outubro de 2020

Outubro será o mês de realização de mais uma novidade da Carlos Sá Nature Events: o TPG 160KM “Corrida dos 4 Castelos”. Mais uma vez, o Parque Nacional Peneda-Gerês vai ser o palco principal para uma travessia de Ultra Trail memorável.



O evento TPG-TransPeneda-Gerês, que se iria realizar em maio passado e foi adiado para 2021, lança agora a edição 0 da “Corrida dos 4 Castelos”. Esta corrida tem a distância mítica das 100 milhas (160Km), com partida no interior do fantástico castelo de Melgaço, passagem pelo castelo de Castro Laboreiro, Castelo de Lindoso e chegada no Castelo de Montalegre. 

Irá realizar-se de 2 a 4 de outubro 2020 e os participantes poderão optar pela versão TPG 160Km Non-stop (a solo) ou pela versão TPG 160Km Relay (em estafetas) para equipas de 3 elementos.

Esta fantástica viagem de descoberta e aventura pelo Parque Nacional Peneda-Gerês terá como tempo limite para a sua realização um total de 50 horas e um limite de 100 participantes na versão Non-stop e 100 equipas na versão relay.

Relativamente à participação em equipas de estafetas na versão Relay, a estratégia da equipa será um aliciante à participação, já que cada equipa poderá definir quantos e quais quilómetros cada elemento fará. Por exemplo, se um dos três elementos se lesionar no início da prova, os outros dois colegas podem cumprir todo o restante percurso e a equipa ficará qualificada. Ou até definir qual dos elementos é o melhor a subir ou a descer e atribuir essas partes do percurso a esses mesmos atletas para conseguir mais vantagens.

A Carlos Sá Nature Events, em conjunto com os municípios do Parque Nacional, continua, desta forma, a inovar e a criar condições para eventos únicos que muito têm contribuído para a promoção deste território.

Os Municípios do Parque Nacional Peneda-Gerês, nomeadamente o Município de Melgaço enquanto anfitrião e local de partida, e o Município de Montalegre, enquanto meta da aventura, em conjunto com a Carlos Sá Nature Events convidam à participação na apresentação oficial deste evento, que acontecerá já no próximo dia 6 de agosto, às 11h00, no interior do Castelo de Melgaço, local de partida para este grandioso evento. 

As inscrições e toda a informação sobre o evento já estão disponíveis através de https://www.carlossanatureevents.com

Para os que não possam participar já este ano, fica a informação que a edição de 2021 também já tem data marcada: será realizada entre os dias 4 e 6 de junho e os participantes poderão usufruir, para além da prova de 160km, das distâncias de 100kms, 55kms e 27kms.

Fonte e imagens: CSNE.

E tudo o COVID levou

Julho 31, 2020 em Atualidade, Concelho, Desporto, Mundo, Opinião Por barcelosnahorabarcelosnahora
Hugo Pinto

Esta semana, em que perdemos Olivia de Havilland, a última atriz viva de “E tudo o vento levou”, um título em forma de singela homenagem, adaptado à realidade do universo benfiquista em 19/20.



Em bom rigor, os ventos de mudança começaram a fazer-se notar ainda antes deste pegajoso vírus ter chegado a Portugal. Já em janeiro, as tropas de Bruno Lage haviam começado a dar sinal de desmobilização. Aliás, ainda em agosto de 2019, após o banho de bola que levámos frente ao Porto, depois justificado por Bruno Lage com o abuso em passes verticais (em futebolês-Manuel-Machadez), logo se percebeu que algo não ia muito bem.

E a verdade é que todos fizemos de conta que não. Que estava tudo bem. As coisas foram correndo mais ou menos e a certa altura até estávamos com sete pontos de avanço sob o rival direto. Foi também por volta desta altura que Sérgio Conceição teve uma travadinha, e tendo os burros na água, fez uma birra. Em boa hora. Pois pôs a “estrutura” a dar corda aos sapatos e a arrumar a casa. O resultado foi o que se viu.

Agora, depois de cerradas as cortinas da época 19/20, depois de Bruno Lage ter visto o seu comando chegar ao fim, fica um pouco a ideia que, entre outras coisas que faltaram e que já tivemos a oportunidade de aqui abordar, talvez a salvação de Bruno Lage tivesse passado por fazer uma briga à lá Sérgio.

E em ambiente eleitoral, não faltam aí candidatos à presidência do Benfica. Confesso que a este respeito não tenho grande opinião. Um pouco à imagem da própria Liga, parece-me que vamos ter de escolher o menos mau de entre os maus. Pouco mais tenho a dizer. Mas acima de tudo, não quero à frente do meu clube nenhum fulanete com tique de mafioso. Ao contrário do que é apanágio noutros clubes e noutros adeptos, no Benfica ainda não Vale Tudo.

Resta-nos esperar o prémio de consolação que é a Taça de Portugal. E que a próxima época seja francamente melhor. E eu, nunca o escondi, tenho fé em Jesus.

Viva o Benfica

E pluribus unum

Por: Hugo Pinto*.

(* A redação do artigo de opinião é única e exclusivamente da responsabilidade do autor)

Penacova Trail do Centro a 20 de setembro organizado pela Carlos Sá Nature Events

Julho 31, 2020 em Atualidade, Concelho, Desporto, Mundo Por barcelosnahorabarcelosnahora

Depois de um período de interrupção das suas atividades, forçada pela Pandemia, a Carlos Sá Nature Events irá retomar a sua atividade já no próximo dia 20 de setembro com o Penacova Trail do Centro.



Procurando cumprir com as orientações da Direção Geral da Saúde relativamente ao combate à progressão da Pandemia por COVID-19, os eventos Carlos Sá Nature Events terão algumas alterações, nomeadamente, na limitação do número de inscrições disponíveis por distância, partidas faseadas em grupos de 20 atletas, obrigatoriedade do uso de máscara de proteção em áreas especificas de circulação de pessoas na arena do evento, alterações na disponibilização de líquidos e sólidos nos locais de abastecimento, alterações nas regras de acesso ao secretariado, entre outras.

A Carlos Sá Nature Events irá, então, reiniciar a sua atividade, em parceria com o Município de Penacova e a ATRP – Associação de Trail Running de Portugal, com mais um Penacova Trail do Centro. Este evento estava inicialmente agendado para novembro, mas passará agora a realizar-se a 20 de setembro 2020.

Os participantes poderão inscrever-se nas distâncias de 43km, 30km e 17km. A distância de 30km será a prova em que se disputará o Campeonato Nacional de Trail, sendo que estará acessível apenas aos atletas associados ATRP, cuja qualificação será baseada no ranking individual. Já nas provas abertas de 43km e 17km haverá um limite de 200 inscrições cada.

Todas as partidas e chegadas ocorrerão na Praia do Reconquinho, em Penacova.

As inscrições já se encontram abertas, em https://penacova.mynatureevents.com/ e mais informações estão disponíveis em https://www.carlossanatureevents.com e https://atrp.pt.

Fonte e imagens: CSNE.

Rede Expressos reforça oferta serviços diários com novos trajetos e horários

Julho 31, 2020 em Atualidade, Economia, Mundo Por barcelosnahorabarcelosnahora

Maior mobilidade no período das férias

A Rede Expressos decidiu voltar a reforçar a sua oferta de serviços diários, a partir de 30 de julho, com a introdução de mais horários de transporte e também de novos trajetos, perante a aproximação do período de verão, permitindo uma maior mobilidade interna neste período de férias e apoiando o turismo nacional.



Novas ligações entre o Porto e toda a região do Algarve, maior cobertura do litoral oeste e novos trajetos entre as capitais de distrito passarão a estar disponíveis a partir do final do mês e até meados de setembro.

“Pretendemos alargar a nossa oferta de serviços diários, tanto ao nível da cobertura de rede e também de horários, reforçando a oferta que já tinha sido posta à disposição dos clientes em junho, de forma a dar mobilidade aos nossos clientes durante este período de férias”, refere Carlos Oliveira, diretor geral da Rede Expressos.

A Rede Expressos, reforçou as normas de segurança sanitária, devido à pandemia do COVID-19, de forma a proteger os passageiros e também os seus motoristas, implementando regras de higienização das viaturas no seu interior de forma a minorar os riscos de contágio e respeitando a regra de lotação máxima de 2/3 da capacidade de transporte e a utilização obrigatória de máscara nos seus terminais e durante toda a viagem.

A Rede Expressos introduziu novamente os bilhetes desde 6€ para o trajeto Lisboa Oriente – Porto. Todos os preços praticados pela Rede Expressos incluem 25kg de bagagem grátis, lugar marcado, Wi-fi a bordo e permitem cancelamentos e revalidações.

“Queremos que os nossos passageiros viajem em segurança connosco e de uma forma confortável, com wi-fi a bordo, tomadas elétricas, serviços de geo-localização e motoristas certificados e habilitados”, salienta Carlos Oliveira.

Foto: RE.

Ensino não presencial: Perceções e vivências dos estudantes do IPCA

Julho 30, 2020 em Atualidade, Concelho, Educação, Mundo Por barcelosnahorabarcelosnahora

Avaliação dos impactos da pandemia no desempenho académico

O ano letivo 2019/2020 estás prestes a terminar, ficando este marcado pelos efeitos causados pela pandemia, seja a nível económico, social ou político, não apenas no nosso país, mas no mundo.



As Instituições de Ensino Superior viveram também momentos difíceis com a necessidade de transitar de forma massiva o modelo de ensino e aprendizagem presencial para o ensino à distância.

Após um período difícil e determinado pelo esforço de adaptação e de mudança que professores, estudantes, funcionários e dirigentes levaram a cabo, torna-se relevante avaliar os impactos do novo modelo de ensino no desempenho académico dos estudantes.

Foi neste sentido que o Instituto Politécnica do Cávado e do Ave (IPCA), em parceria com a Associação Académica do IPCA, decidiu aplicar um questionário a todos os estudantes de forma a compreender as suas perceções sobre o impacto da transição para o ensino à distância no desempenho académico e aquisição de competências.

As principais conclusões indicam que o ensino não presencial perde em muitas áreas para o ensino presencial.

Os resultados mostram que cerca de 80 % dos estudantes aprovam a generalização do ensino não presencial adotada pelo IPCA no âmbito das medidas adotadas pela instituição e pelo país para ajudar na sustentação da pandemia associada ao SARS-COV-2. Por outro lado, cerca de 70% dos estudantes dão nota positiva ao uso do moodle como plataforma centralizadora nos processos de ensino e aprendizagem. Todavia, as avaliações positivas não escondem as dificuldades associadas ao ensino não presencial. 

E, neste domínio, destacam-se claramente as dificuldades na aquisição de conhecimentos e competências, uma vez que cerca de 67% consideram que foi bastante mais difícil adquirir conhecimentos na modalidade de ensino não presencial do que na presencial. Indicam mesmo que a aquisição das competências desejadas em determinadas áreas que exigem trabalho prático e laboratorial é posta em causa.  Se é árduo aprender, de uma forma geral, mais espinhoso é alcançar e desenvolver competências nas unidades curriculares com elevada carga prática e laboratorial. Foi precisamente isso que sentiram 76% dos estudantes que responderam ao questionário.

Se os números são expressivos, mais eloquentes se tornam quando os associamos às vozes dos discentes: “(…) Aulas práticas lecionadas via online em nada se equiparam às aulas presenciais!”, “o material e equipamento que temos disponível na sala de aula para a realização de trabalhos práticos não nos é disponibilizado em casa. Uma desvantagem muito grande em algumas disciplinas”; “(…) aulas à distância não proporcionarem um ensino equivalente às aulas presencias.”

Para as dificuldades atrás enumeradas muito parecem ter concorrido as vivências acerca da sobrecarga de trabalho e da diminuição das interações com docentes e colegas.  Cerca de 75% dos estudantes sentiram um aumento muito expressivo a este nível.  Por outro lado, 63% dos estudantes sentiram que o ensino não presencial complicou e atrapalhou os contactos com os docentes e, por conseguinte, o acompanhamento que estes realizavam enquanto aprendiam em sala de aula ou fora dela.

Mais uma vez, as vozes dos alunos traduzem essas dificuldades: “A sobrecarga de trabalhos diariamente. Trabalhos que requerem muito rigor e que devido o ensino ser à distância se manifestarem mais complexos no ponto de vista de quem nunca teve conhecimentos sobre aquela matéria específica”. 

Também as vivências académicas, avaliadas na dimensão do convívio com colegas, na partilha de experiências, foram brutalmente afetadas. Mais de 70% dos alunos assim o referem.

Face aos resultados que agora se constatam através deste questionário, a Presidente do IPCA refere que “a transição massiva para o ensino à distância foi uma medida necessária para o combate à situação que vivemos desde o início de março. Mas percebemos que a generalização do ensino não presencial ocorreu num contexto muito particular. Sabemos que foi difícil, que as mudanças foram rápidas, tendo sido exigido aos alunos, aos professores e a toda a comunidade IPCA muito esforço e dedicação. Conhecer as perceções e vivências dos estudantes durante este período é importante e tudo faremos, aliás, como temos feito ao longo dos anos, para continuar a cumprir a nossa missão: Contribuir para o desenvolvimento da sociedade, estimular a criação cultural, a investigação e pesquisa aplicadas e fomentar o pensamento reflexivo e humanista”.

Estes resultados são fundamentais para o planeamento em curso do próximo ano letivo que, apesar do contexto ainda de combate à pandemia, deverá privilegiar o ensino presencial e a vivência académica no Campus e Polos.

Os resultados deste inquérito serão apresentados amanhã, dia 31 de julho, no campus do IPCA com vista à sua partilha e discussão junto da comunidade académica.

Fonte e foto: IPCA.

Prova desportiva para ajudar a Liga Portuguesa Contra o Cancro, dia 06 de agosto, em Cristelo

Julho 30, 2020 em Atualidade, Concelho, Desporto, Mundo Por barcelosnahorabarcelosnahora

Delegação de Barcelos e Junta de Freguesia aliam-se na organização

No próximo dia 06 de julho, a Delegação de Barcelos da Liga Portuguesa Contra o Cancro e a Junta de Freguesia de Cristelo unem-se e levam a cabo a “Corrida para a Vida”, inserida nas comemorações do Dia da Freguesia.



Destacando que a generosidade é uma característica intrínseca dos autarcas das juntas de freguesias barcelenses, a Delegação “lançou um desafio a todos os Presidentes de Junta do concelho, pois a pandemia não parou a necessidade de prosseguir a fundamental atividade de angariar fundos para a luta contra o cancro. Pelo contrário, tal necessidade cresceu com o aumento que, entretanto, se vem verificando, dos pedidos de apoio recebidos pela nossa Instituição”

Sob o lema “A luta contra o Cancro continua”, e com a Junta de Freguesia de Cristelo a aceitar o desafio, com a t-shirt da Liga vestida, os participantes – a solo ou acompanhados, mas sempre cumprindo com as regras de segurança e proteção individual – poderão realizar uma atividade como caminhada, corrida, dança, bicicleta, entre outras, na referida freguesia.

Depois, são desafiados a partilhar fotografias dessas atividades, sendo que a Junta de Freguesia de Cristelo as enviará, depois, para a Delegação de Barcelos.

O valor mínimo (pode doar mais se assim quiser) da inscrição é de 3 euros e tem oferta da t-shirt.

Para efetuar inscrição poderá fazê-lo junto da Junta de Freguesia de Cristelo (sábado, entre as 10h00 e as 12h00; de segunda a sexta-feira, entre as 10h30 e as 13h00 e entre 14h30 e as 19h00), através do número 253 851 318 ou e-mail geral@freguesiadecristelobcl.pt ou junto da Delegação de Barcelos, através dos números 253 088 415 | 914 306 628 ou e-mail delegacao.barcelos@ligacontracancro.pt.

O valor angariado reverte a favor da Liga Portuguesa Contra o Cancro.

Imagem: DR.

Óquei de Barcelos oficializa Rui Neto como treinador para a próxima época

Julho 30, 2020 em Atualidade, Concelho, Desporto, Mundo Por barcelosnahorabarcelosnahora

Numa cerimónia difundida pelo Óquei Clube de Barcelos (OCB), através das suas redes sociais, o clube barcelense apresentou Rui Neto como o novo treinador da sua equipa sénior, que irá disputar o campeonato da 1ª divisão de Hóquei em Patins.



Ex-Hóquei de Braga, Rui Neto tem já um longo currículo, quer enquanto jogador (ED Viana, Juventude de Viana, FC Porto, Valongo, Gulpilhares e OCB, tendo terminado no Juventude de Viana), quer enquanto treinador (ED Viana, Juventude de Viana, ADJ Vila Praia, HC Braga e destacando-se o seu trabalho nas seleções de Portugal, inclusivamente, na sénior).

Na presença do Presidente da Direção, Paulo Mendanha, começou por agradecer o convite que lhe foi feito. “É um grande orgulho e uma grande honra representar este enorme clube, intitulado o ‘Maior clube de Portugal’, por alguma razão é”, tendo deixado um cumprimento a todos os barcelenses e a todos os adeptos e sócios do Óquei de Barcelos, claque Kaos Barcelense, pedindo que os apoiem, que estejam incondicionalmente com eles.

“Eu sou mais uma peça nesta estrutura que o Presidente, e a sua equipa, montou com o objetivo de tornar o Óquei de Barcelos cada vez maior e aproximarmo-nos, cada vez mais, dos chamados ‘quatro grandes’. Partimos com muitas ambições, com muito querer e deixaremos sempre tudo dentro da pista, em todos os jogos, com o objetivo de ganhar. Esperamos ter uma época de êxitos, felizes”.

Imagem: OCB.  

Ir Para Cima