Arquivo de Categorias

Mundo - page 270

Escola Superior de Gestão do IPCA organiza “I Jornadas de Contabilidade e Fiscalidade”

Novembro 11, 2017 em Atualidade, Concelho, Cultura, Educação, Mundo port barcelosnahorabarcelosnahora

O Departamento de Contabilidade e Fiscalidade da Escola Superior de Gestão do Instituto Politécnico do Cávado e do Ave (ESG-IPCA) vai realizar, no dia 21 de novembro, pelas 14h00, no Campus do IPCA, as “I Jornadas de Contabilidade e Fiscalidade”, com o tema “Os desafios do profissional da contabilidade e fiscalidade numa sociedade em mudança”.



De acordo com a organização, “estas Jornadas têm como objetivo fundamental apresentar à comunidade académica, a investigadores e a profissionais interessados, temas atuais que marcam a contabilidade empresarial e de gestão, a auditoria, a contabilidade pública e a fiscalidade”.

Conta com especialistas destas áreas do saber que proporcionarão uma reflexão técnica sobre estas temáticas. Porque a perspetiva humana é indissociável da técnica, as jornadas contam com uma intervenção no âmbito do desenvolvimento pessoal e do potencial humano para alcançar a excelência.

Segue-se o Programa:

O evento é de entrada livre, estando sujeito a inscrição através do link (basta clicar):

http://bit.ly/2AqQ74U

Fonte e imagens: IPCA.

Fogo-de-vistas!

Novembro 9, 2017 em Atualidade, Concelho, Desporto, Mundo, Opinião port barcelosnahorabarcelosnahora
José Costa

Depois de uma jornada bem conseguida, a nível europeu e a nível nacional, eis que o Sporting tropeça e, quanto a mim, foi um grande trambolhão, face à aproximação do rival Benfica, agora a 1 ponto, e ao afastamento do F. C. Porto, seguro na liderança da Primeira Liga.



No que ao jogo frente ao S.C. de Braga diz respeito, com fraca nota artística coletiva, apesar do “Leão” ter mais posse de bola, pelo menos na primeira parte, começaram a surgir os casos de fraqueza física nas hostes leoninas, com Acuña a ceder aos 41 minutos.

Aos 66 minutos lá foi possível o adiantamento no marcador, mais uma vez por Bas Dost, que assim leva três jogos consecutivos a marcar. Bas Dost, que aos 77 minutos, também cedeu fisicamente. Pode-se dizer que o melhor em jogo foi o preparador físico do S. C. de Braga, em contraponto com o mesmo técnico do Sporting.

Adiante, o Sporting enrolou-se em si próprio e foi indo de mal a pior de tal modo que Dyego Sousa lançou um balde de água fria em Alvalade, aos 85 minutos, conseguindo o empate a 1. E para piorar este cenário, os adeptos sportinguistas gelaram por completo quando o Braga se adiantou no marcador (1 – 2) por Danilo, aos 89 minutos.

E já nos minutos finais, foi possível salvar a honra do convento, para lá do tempo regulamentar. E mesmo em cima do apito final, a outra arma secreta dos Leões, Bruno Fernandes, que carregou a equipa ao colo, apontou um penálti que assegurou um empate a 2-2.

Vejamos agora o que será possível fazer na próxima jornada, só a 26 de novembro, em casa do Paços de Ferreira.

Até lá, esta pausa no campeonato poderá permitir um reforço físico na equipa do Sporting, que se ressentiu do esforço continuado na Liga NOS e na Liga dos Campeões, onde nesta última competição, irá defrontar o Olympiacos, a 22 de novembro em casa, e esperemos que aí, já refeito, possa o Sporting alcançar um resultado positivo.

Na outra modalidade em que o Sporting se mantém invencível, mas com melhor desempenho, no Futsal, os Leões, frente ao Borinhosa, conseguiram uma vitória contundente por 4 – 1. Mantém-se o Sporting só com vitórias, firme na liderança da Liga Sport Zone.

O Gil Vicente, em casa frente ao Famalicão, também claudicou e deixou fugir três preciosos pontos, que teve na mão, acabando derrotado por 1 – 2. À semelhança do que sucedeu ao meu Sporting, o nosso Gil falhou, em parte, por falta de capacidade tática dos respetivos treinadores.

Por: José Costa*.

(* A redação do artigo de opinião é única e exclusivamente da responsabilidade do/a autor/a)

Benfica no Berço

Novembro 9, 2017 em Atualidade, Concelho, Desporto, Mundo, Opinião port barcelosnahorabarcelosnahora
Hugo Pinto

Amigos Benfiquistas,

Esta semana, o nosso Benfica lá conquistou mais três pontos num jogo em que, para além da vitória, tivemos direito a mais de um golo. Sei que esta não é a forma mais animada da história das crónicas de dar início a uma. Mas é um pouco à imagem do jogo. Não causou sono. Mas também não foi um jogo de colar ao ecrã. Aparte os golos.



Talvez porque esta altura do campeonato também esteja a entrar na famosa zona de estabilização. As equipas parecem ter encontrado o seu fio de jogo. Não há grandes surpresas. Exceção o empate do Sporting, mas deve ser fruto da quadra que se avizinha (pedindo desde já a desculpa aos nossos “rivais” pela “bicada”) [risos]. O Porto, já o disse muitas vezes, continua muito bem lançado este ano. A não ser que “haja uma tragédia”, o destino parece traçado (oxalá eu me engane).

Não há muito mais a dizer, de um jogo com golos, mas sem história. Refira-se, apenas, aquele incidente na parte inicial da partida, envolvendo adeptos do Vitória, que acima de tudo causou um momento de pânico e susto aos seus conterrâneos. Se é verdade que, de uma forma mais ou menos pérfida, quase toda a gente assume, unanimemente, a fervorosa paixão da torcida Vimaranense, também não é raro vê-los ir longe demais. E é triste, porque hoje e cada vez mais, o futebol já não é, de todo, um “negócio” de homens, como também já é procurado pelo público feminino e inclusivamente famílias. Talvez seja a hora de os bravos torcedores “angels” refletirem sobre o verdadeiro motivo que os leva ao futebol. O jogo, por si mesmo, parece muitas vezes ser o menos importante. O que é de lamentar…

Viva o Benfica. Dá-me o 37.

Por: Hugo Pinto*.

(* A redação do artigo de opinião é única e exclusivamente da responsabilidade do/a autor/a)

Por mim, o campeonato acabava já!

Novembro 9, 2017 em Atualidade, Concelho, Desporto, Mundo, Opinião port barcelosnahorabarcelosnahora
Vítor Sá Pereira

Olá, leitores!

Vamos, então, meter a “bola a rolar”!



O meu FCP venceu, mais uma vez e bem, o jogo frente ao Belenenses. Era um jogo perigoso porque não tivémos o devido descanso depois do exigente jogo da Liga dos Campeões. Não foi um super-jogo do Porto mas fez o suficiente para ganhar e controlar o jogo! Agora é aproveitar esta paragem para descansar e recuperar alguns jogadores, como é o caso do Marega e do Soares! Fiquei, também, muito satisfeito com a “escorregadela” do Sporting! Por mim, o campeonato acabava já!… (Risos)

Estas paragens de campeonato para jogos de “caca” da seleção “cortam-me a pica”! Por mim, bastava uma semana de descanso e já estou ansioso pelo jogo com o Desportivo das Aves.

Estou a achar interessante uma campanha do Benfica para condicionar o rendimento do Felipe! Certamente se esqueceram que têm no seu plantel o Eliseu, o Samaris e o Luisão…que até na sombra batem! Talvez seja uma estratégia para condicionar o jogo do Dragão e para desviar atenções do, para já, “fracasso” no Campeonato e Liga dos Campeões! A mim não me enganam…mas aos seus “fiéis” de certeza que sim!

Só mais uma coisa: o Svilar defendeu uma bola com a mão fora da área e viu apenas cartão amarelo! O que é que os “anti-Vítor Baía” dirão da decisão deste lance????!

Falando agora do Gil Vicente, que mais uma vez “marcou passo”, confesso que não estava à espera desta derrota! O nosso Gil teve muitas baixas mas pensei que o fator casa tivesse o seu peso! Reconheço que este Campeonato da Segunda Liga é exigente mas espero que o Gil comece a fazer melhor!

Boa semana para todos!

Por: Vítor Sá Pereira*.

(* A redação do artigo de opinião é única e exclusivamente da responsabilidade do/a autor/a)

XXVIII Encontro Nacional da Espondilite Anquilosante em Barcelos

Novembro 9, 2017 em Atualidade, Concelho, Cultura, Mundo port barcelosnahorabarcelosnahora

No próximo dia 11 de novembro, realiza-se, no Solar das Rosas, em Alvito São Pedro, entre as 9h30 e as 19h30, o XXVIII Encontro Nacional da Espondilite Anquilosante, organizado pelo Núcleo Regional de Braga da Associação Nacional da Espondilite Anquilosante (ANEA).



Este Núcleo é uma associação de doentes, sem fins lucrativos, que pertence ao Conselho Local de Ação Social de Barcelos (CLASB) e conta com cerca de 50 associados, em Barcelos.

Todos os anos, a associação, com sede em Lisboa, organiza um Encontro Nacional para os doentes e seus familiares, sendo este ano o seu XXVIII Encontro. Os trabalhos iniciam com uma “manhã científica”, onde vários médicos especialistas debatem temas relacionados com a doença. Segue-se um almoço e uma tarde de convívio.

De acordo com a organização, “estes momentos de partilha, pretendem também ajudar os portadores desta doença (muitas vezes incapacitante), e os seus familiares, a melhor conhecerem a doença, a fomentar momentos de confraternização, de convívio e aumentar a qualidade de vida dos nossos associados”.

Para mais informações, consulte o programa do evento, em imagem de destaque.

Fonte e imagem: AB.

Óquei de Barcelos derrota Valongo e continua na senda de vitórias

Novembro 9, 2017 em Atualidade, Concelho, Desporto, Mundo port barcelosnahorabarcelosnahora

Em jogo disputado ontem à noite, no Pavilhão Municipal de Barcelos, o Óquei Clube de Barcelos levou de vencida o Valongo, em jogo a contar para a 3ª jornada do Campeonato Nacional da 1ª Divisão.



O 5 inicial do OCB, orientado por Paulo Pereira, foi composto por Ricardo Silva (capitão), João Almeida (a defrontar a sua ex-equipa), Hugo Costa, Rúben Sousa e Zé Pedro. Joca Guimarães, Marinho, Juan López e Afonso Lima também foram utilizados.

Já o 5 de Valongo, orientado por Alexandre Fernandes, alinhou com Leonardo Pais, Diogo Fernandes, Xavier Cardoso, Pedro Mendes e Rúben Pereira. Guilherme Silva, Poka e Luís Melo foram, igualmente, utilizados.

O Valongo começou muito bem a partida, com Diogo Fernandes a abrir o marcador e pouco tempo depois a bisar na partida. A vantagem de dois golos não durou muito, com Rúben Sousa a reduzir para os da casa. Até ao intervalo não houve mais alterações ao marcador, com ambas as equipas a fecharem a primeira metade do jogo com 9 faltas.

Com o reinício da partida, eis que o OCB mostrou o seu ADN e a sua qualidade, igualando o jogo a 2 golos, com golo de Joca Guimarães marcado pouco depois de Ricardo Silva ter defendido um livre direto, tentado por Daniel Oliveira. Depois, foi a vez de João Almeida falhar, igualmente, um livre direto, pela 10ª falta do Valongo.

Um pouco mais tarde, os forasteiros recolocaram-se em vantagem, com Daniel Oliveira a redimir-se do livre falhado, apontando o 3º golo da sua equipa. Mais uma vez, a vantagem foi “sol de pouca dura” pois Juan López restabeleceu, novamente, a igualdade, através da marcação de um penálti.

O jogo manteve-se aberto e de desfecho imprevisto. Afonso Lima falhou novo livre direto a favor do OCB. Até que a 2’47’’ do final, os homens da casa passaram pela primeira vez para a frente do marcador e de lá nunca mais saíram. Joca Magalhães bisou e apontou o 4-3 e 40’ depois Hugo Costa restabeleceu o resultado final em 5-3 para o Óquei de Barcelos. A vantagem poderia ter sido maior se Hugo Costa, a 35’ do fim, e Juan López, a 1’ do final, não tivessem falhado dois livre diretos.

Com esta vitória, o OCB segue invicto e só com vitórias nas três primeiras jornadas do campeonato, colocando-se em 4º lugar da classificação, com os mesmos pontos de Sporting, Benfica e Oliveirense.

Os árbitros do jogo foram Paulo Rainha, Joaquim Pinto e Pedro Silva. Na próxima jornada, o OCB descola-se ao terreno do “vizinho” Hóquei Clube de Braga, para a 4ª jornada.

TUNADÃO 1998 vence Festival de Tunas “XII Barca Celi”

Novembro 8, 2017 em Atualidade, Concelho, Cultura, Educação, Mundo port barcelosnahorabarcelosnahora

No passado fim de semana realizou-se, em Barcelos, a 12ª edição do Festival de Tunas “Barca Celi”, organizado pela Tuna Académica do IPCA (em foto de destaque).



Logo na sexta-feira, dia 3 de novembro, as Tunas encheram o palco do Teatro Gil Vicente e perante uma boa assistência, presentearam as donzelas e Barcelos com as suas serenatas, sendo que havia em disputa o prémio de Melhor Serenata.

No dia seguinte, e durante a tarde, logo após o almoço, no Campus do IPCA, os elementos das Tunas puderam desfrutar de uma “jam session”, onde qualquer um deles podia utilizar um dos instrumentos disponíveis e “criar” momentos musicais, gerando-se vários grupos “espontâneos”.

À noite, pelas 21h30, iniciou a parte da “competição de palco”, no Auditório Bento Menni, na Casa de Saúde S. João de Deus, onde, perante uma plateia muito bem composta, seis tunas (quatro a concurso, uma convidada – Tuna Feminina do IPCA – e a Tuna anfitriã) brindaram os presentes com vários momentos musicais de grande nível e de muita animação.

As tunas a concurso foram a AZEITUNA – Tuna de Ciência da Universidade do Minho (Braga), a SCALABITUNA – Tuna Académica do Instituto Politécnico de Santarém, a TUNADÃO 1998 – Tuna do Instituto Politécnico de Viseu e a TUNA TS – Tuna de Tecnologias da Saúde do Porto.

No final, o júri deliberou os seguintes prémios:

Melhor Serenata: AZEITUNA

Melhor Solista: AZEITUNA

Melhor Pandeireta: TUNA TS

Melhor Porta-Estandarte: SCALABITUNA

Prémio APC Melhor instrumental: AZEITUNA

Melhor tema Original: TUNADÃO 1998

Tuna mais Tuna: TUNA TS

2ª Melhor Tuna: AZEITUNA

Melhor Tuna: TUNADÃO.

Foto: TAIPCA.

Ultramaratonista barcelense José Faria participa em prova de 300km no Algarve

Novembro 8, 2017 em Atualidade, Concelho, Desporto, Mundo port barcelosnahorabarcelosnahora

O barcelense José Faria já confirmou a sua participação no “ALUT – Algarviana Ultra Trail”, um evento desportivo na modalidade de trail running em que os atletas deverão percorrer os 300Km que atravessam Portugal de uma ponta à outra, de oriente a ocidente, sempre por trilhos e montanhas do seu interior.



A prova irá decorrer de 30 de novembro a 3 de dezembro e é organizada pela ATR – Associação Algarve Trail Running e pela RTA – Região de Turismo do Algarve, em parceria com a ANA – Aeroportos de Portugal e AdA – Águas do Algarve, com o apoio da AMAL – Comunidade Intermunicipal do Algarve, IPDJ – Instituto Português Desporto e Juventude e IN2South.

A quase totalidade do percurso desenvolve-se na Via Algarviana, um percurso pedestre de longa distância classificado como Grande Rota (GR13). Inicia-se em Alcoutim, junto ao Rio Guadiana, e estende-se até ao Cabo de São Vicente, em Vila do Bispo, passando pelas Serras do Caldeirão, Espinhaço de Cão e Monchique. Atravessa, por isso, quase todos os Concelhos do Algarve, desenvolvendo-se sobretudo em zonas florestais passando por aldeias e montes ricos na cultura e tradições de toda a região algarvia.

De acordo com a organização, este evento pretende, não só, potenciar o trail running no Algarve, afirmando a região como uma zona de excelência para a sua prática, em especial nas épocas baixas, mas também dar a conhecer todo o seu território, suas riquezas naturais, culturais e patrimoniais.

José Faria, 31 anos, barcelense, de 31 anos, atleta da marca sueca SALMING desde o início do mês de agosto, campeão nacional de “Trail Ultra-Endurance 2016” com a equipa EDV-Viana Trail, é uma referência entre os amantes de longas distâncias. Conhecido pela sua regularidade e resistência, tem um amplo currículo, onde se pode destacar o 5º lugar da classificação geral no PT281 + (2016), 3º lugar da classificação geral nas 100 milhas (160K) do “Oh Meu Deus” (2017), 3º lugar da classificação geral no PT281 + (2017) e 5º lugar da classificação geral no UTAX (2017).

Fonte: TR BCL.

Foto: JF.

Natação dos Amigos da Montanha conquista 31 pódios no Torneio de Abertura de Absolutos

Novembro 8, 2017 em Atualidade, Concelho, Desporto, Mundo port barcelosnahorabarcelosnahora

A equipa da natação dos Amigos da Montanha/Becri participou, no último fim de semana, em Braga, no Torneio de Abertura de Absolutos, primeira competição da Associação de Natação do Minho, época 2017/2018.



Os 21 atletas em prova – 8 infantis, 5 juvenis, 5 juniores e 3 seniores – conquistaram, mais uma vez, excelentes resultados, com a obtenção de 31 pódios, entre os quais onze primeiros lugares, nove no lugar da prata e onze na posição do bronze.

De destacar, ainda, a obtenção de 24 recordes pessoais em 58 provas nadadas.

Os 11 primeiros lugares foram obtidos pelos Infantis B, Beatriz Silva e João Remelhe, nos 100 costas, e Luís Oliveira nos 100 estilos; Joana Velho, Infantil A, nos 100 livres; Beatriz Fernandes Juvenil B nos 100 bruços; pelos Juvenis A Filipa Marques nos 100 mariposa e Nuno Coelho nos 100 livres, 400 lives e 100 mariposa e pelos Seniores André Afonseca nos 400 livres e Rui Costa nos 200 livres.

Fonte: AM.

Hospital de Barcelos distinguido com prémio de excelência dos hospitais “TOP 5 2017”

Novembro 7, 2017 em Atualidade, Concelho, Cultura, Mundo port barcelosnahorabarcelosnahora

Hoje, 7 de novembro, o Hospital Santa Maria Maior, E.P.E. de Barcelos, foi distinguido com o prémio de excelência dos hospitais “TOP 5 2017”, relativo a melhor hospital do Grupo B.



Este é um prémio de consistência global relacionado com os indicadores de qualidade e eficiência atingidos nos últimos 3 anos. A título de curiosidade, nas quatro edições do prémio esta é a terceira vez que o Hospital barcelense é agraciado com esta distinção.

Em comunicado, a Administração do Hospital refere que “apesar das limitações e contingências estruturais em que os profissionais desenvolvem a sua atividade, a eles se devem os resultados alcançados e o respetivo reconhecimento com a obtenção deste prémio. Neste enquadramento, esta distinção constitui também um importante incentivo para prosseguirmos a missão e os objetivos do hospital, de modo a satisfazer as necessidades de cuidados de saúde da população num registo de melhoria contínua da qualidade e eficiência”.

Fonte e fotos: HSMMB.

Ir Para Cima