Arquivo de Categorias

Mundo - page 3

II Encontro Anual de Gestão Pública no IPCA

Novembro 8, 2019 em Atualidade, Concelho, Cultura, Educação, Mundo port barcelosnahorabarcelosnahora

Realiza-se no dia 9 de novembro, o 2º Encontro Anual de Gestão Pública (EAGP), um espaço de reflexão, discussão e partilha de experiências sobre temas da atualidade relevantes nos vários domínios da gestão pública. O evento terá lugar no Auditório Dr. António Martins, no Instituto Politécnico do Cávado e do Ave (IPCA) e iniciará pelas 10h00.



Neste 2º EAGP estará em discussão a gestão das unidades de saúde, o caso dos cuidados primários; reformas em curso e respetivas implicações e desafios na área da gestão, nomeadamente para as instituições de ensino superior. Estarão, também, em exposição os cartazes dos Projetos em Gestão Pública desenvolvidos pelos alunos do 3º ano (regime presencial e regime eL) no ano letivo 2018/2019.

O momento de partilha de experiências (ensinamentos e conselhos) entre os Licenciados em Gestão Pública e os estudantes do IPCA será, também, um dos momentos mais esperados.

Será apresentada a Reforma dos Cuidados de Saúde Primários operada no nosso país nos últimos 40 anos, com destaque para a experiência do Agrupamento de Centros de Saúde de Braga.

O encontro conta com a participação de Domingos Sousa, Diretor Executivo do ACES Agrupamento de Centros de Saúde do Cávado I – Braga, e de Cidália Noversa, da Unidade de Apoio à Gestão do ACeS Cávado I – Braga.

Fonte e imagem: IPCA.

Lions de Barcelos comemora Dia Mundial da Diabetes com atividades para a comunidade

Novembro 8, 2019 em Atualidade, Concelho, Cultura, Mundo port barcelosnahorabarcelosnahora

No próximo dia 14 de novembro, o Lions Clube de Barcelos leva a cabo atividades em prol da comunidade para comemorar o Dia Mundial da Diabates.



Das 10h00 às 13h00 e das 14h30 às 17h30, junto ao Senhor da Cruz, realizam-se rastreios gratuitos abertos à comunidade. Segue-se, pelas 17h30, uma palestra de sensibilização.

Estas atividades realizam-se com o apoio do Município de Barcelos, da Farmácia Filipe, da Óptica 2 e do GrupÓtico.

A vitória regressou após 9 jogos!

Novembro 7, 2019 em Atualidade, Concelho, Desporto, Mundo, Opinião port barcelosnahorabarcelosnahora
Lucy Santos

Olá a todos os leitores BnH!

Após o jogo com o Famalicão, Vítor Oliveira manifestou o desagrado com a equipa de arbitragem e referiu à comunicação social que iria reunir com a direção a sua continuidade no Gil Vicente.



O jogo que se seguia era com o Marítimo e em casa. O fator casa é sempre um bom argumento para tentar pontuar, apesar de o adversário não se adivinhar fácil.

A saída do Mister foi uma questão posta de lado. A sua continuidade até ao fim do contrato é uma realidade e, na minha opinião, uma mais-valia para o clube. Sem questionar, Vítor Oliveira é o reforço de peso do Gil Vicente.

Dia de jogo. As duas equipas entraram bem na partida, mas sem grandes ocasiões de risco. O Gil Vicente foi crescendo no jogo e acabou por assumir o controlo, encostando o Marítimo atrás.

A segunda parte foi uma cópia da primeira, com a equipa da casa sempre a comandar o jogo, com a equipa adversária a não conseguir chegar à nossa baliza. Isso aconteceu, muito esporadicamente. As substituições do Gil Vicente fizeram-se sentir, quando Naidji foi posto ao lado de Sandro Lima.

Henrique Gomes sacou grande penalidade. Sandro Lima apontou e levantou o estádio, saudoso de uma vitória. Se até então, sempre estivemos por cima do jogo, depois de estarmos a vencer, ganhámos ainda mais confiança e Sandro Lima marcou o segundo para o Gil Vicente.

As vitórias regressavam após 9 jogos sem ganhar! Os adeptos faziam a festa e o estádio ganhou novas cores com a tão esperada vitória.

Os jogos seguintes são: na próxima sexta, com o Aves, às 20:30, no Estádio do Desportivo das Aves. Depois, os jogos param e recomeçam com o Braga, para a Taça de Portugal, no dia 23/11, às 18:30, no Estádio Municipal de Braga. Para o campeonato, segue-se o jogo com o Sporting, dia 1/12, às 20h, e, novamente, com o Sporting, dia 04/12, às 20:45, mas desta vez para a Taça da Liga.

Quero agradecer a todos os Barcelenses que têm ido ao estádio e o têm preenchido com as cores do nosso clube, com as camisolas e com os cachecóis. Continuem, porque o Gil Vicente somos nós!

Até Sexta 🔴🔵

Por: Lucy Santos*.

(* A redação do artigo de opinião é única e exclusivamente da responsabilidade da autora)

RallySpirit Altronix em Barcelos a 9 de novembro

Novembro 7, 2019 em Atualidade, Concelho, Desporto, Mundo port barcelosnahorabarcelosnahora

Conheça os condicionamentos no trânsito

De 8 a 10 de novembro, entre Barcelos e Gaia, os amantes do desporto automóvel poderão recuar na história e viver momentos únicos com a presença de alguns dos mais icónicos carros de ralis de todos os tempos.



Aos carros juntam-se pilotos que escreveram algumas das mais belas páginas da história do automobilismo mundial e nacional.

No dia 9 de novembro, os carros e pilotos estão pela cidade de Barcelos com duas subidas ao Monte da Franqueira, a primeira às 12h04 e a segunda às 15h25, e uma super especial, “Boucles de Barcelos” na variante das Torgas, em Arcozelo, que acontece pelas 16h00. Estes serão momentos de adrenalina e nostalgia.

O RallySpirit Altronix, prova automobilística em constante afirmação no contexto dos Rally-Legends mundiais, conta, na sua 5ª edição, com uma verdadeira “chuva” de míticos carros de ralis, com especial destaque para os famosos “Grupo B”, que, nos anos 80, coloriram a era dourada dos ralis.

Aliás, os “Grupo B” são a temática da edição deste ano, que irá para a estrada entre 8 e 10 de novembro, e que conta com um forte nível de internacionalização, prometendo ser a mais apelativa desde que, em 2015, se estreou em solo português. Das mais de 100 equipas inscritas de nacionalidades portuguesa, espanhola, sueca, alemã, inglesa e belga (de um limite máximo de 120), as presenças de maior destaque estão precisamente reservadas para os denominados “Super-Grupo B”, capazes de, pela sua raridade e espetacularidade, fazerem vibrar os aficionados dos ralis como nenhuns outros.

No topo da lista encontra-se o Audi Sport Quattro S1, que será pilotado pelo ex-Campeão do Mundo de Ralis, Stig Blomqvist, que é também o “cabeça de cartaz” da prova. Mas ao “monstruoso” Audi, juntar-se-ão alguns dos seus rivais da altura, como o Peugeot 205 Turbo 16 E2, o Ford RS200 e o MG Metro 6R4, verdadeiros ex-libris dos ralis dos anos 80.

Em 2018 foi a primeira vez que o RallySpirit Altronix passou em Barcelos, afirmando-se como uma prova ímpar no panorama do desporto automóvel nacional, tendo juntado mais de uma centena de carros, sendo que 30% dos participantes eram internacionais.

Condicionamentos de trânsito

A prova realiza-se no dia 9 de novembro, o que faz com que seja necessário interditar, no dia 8 de novembro, o Campo da Feira para a montagem da pista.

No dia 9, dia das classificativas em Barcelos, realizam-se duas classificativas na Franqueira (nas freguesias de Carvalhas, Góios, Remelhe e Rio Covo Santa Eulália) e nas freguesias de Carvalhal, Pereira e Milhazes, uma em Laúndos, nas freguesias de Courel e Macieira de Rates e uma super especial “Boucles de Barcelos”, na variante das Torgas, freguesia de Arcozelo.

As paragens dos autocarros situadas na Av. da Liberdade e na Av. Dr. Sidónio Pais (Bagoeira) deslocam-se para a rotunda da Av. Dr. Sidónio/Rua Cândido da Cunha.

A praça de táxis situada na Av. da Liberdade desloca-se para a Av. dos Combatentes.

Tratando-se de um sábado, e com o trânsito constante dos carros da prova entre no Campo da Feira e as classificativas de Barcelos e Franqueira, o Município informa os automobilistas que devem utilizar itinerários alternativos para as deslocações, caso necessitem de utilizar vias do trajeto Campo da Feira – Franqueira.

As principais vias afetadas serão: Ponte Peregrinos de Santiago (ponte medieval), Rua Fernando Magalhães, Rua José António P.P. Machado e Av. Dr. Sidónio Pais.

Sugere, ainda, que para a travessia entre Barcelos e Barcelinhos, os condutores utilizem o nó das Pirâmides / Ponte de Santa Eugénia.

Para alternativa ao estacionamento no Campo da República (Feira), sugere-se o estacionamento em parques periféricos e a utilização do transporte público na ligação ao centro.

“Desde já, pedimos compreensão pelo incómodo causado”, salienta o Município.

Fonte e foto: CMB.

Projeto LaserNAVI é finalista da competição KUKA Innovation Award 2019

Novembro 7, 2019 em Atualidade, Concelho, Cultura, Educação, Mundo port barcelosnahorabarcelosnahora

O projeto LaserNAVI – robô colaborativo baseado em inteligência artificial (IA) para o tratamento laser de lesões vasculares, foi selecionado, por um júri internacional de especialistas, como um dos 5 projetos mais inovadores e com maior potencial económico da competição internacional de robótica médica – KUKA Innovation Award 2019. Competição esta, onde especialistas de todo o mundo foram encorajados a apresentar propostas de novos conceitos de robótica colaborativa que possam melhorar os tratamentos médicos atuais.



Cada equipa finalista teve acesso, durante 1 ano, a um robô KUKA LBR Med para desenvolver os seus projetos. Durante este período, beneficiaram também, de formação na sede da empresa na Alemanha e acompanhamento técnico por especialistas da KUKA.

Os 5 projetos finalistas serão apresentados, de 18 a 21 de novembro 2019, na principal montra de dispositivos médicos do mundo, a MEDICA em Düsseldorf na Alemanha. Durante os 4 dias do evento os projetos finalistas serão apresentados aos principais stakeholders e investidores da área da saúde. O projeto vencedor receberá, também, um prémio no valor de 20.000 €.

O consórcio liderado pelo 2Ai-IPCA, com coordenação técnica de João L. Vilaça, visa combinar conceitos de inteligência artificial com a área da robótica colaborativa para melhorar a identificação e tratamento de lesões vasculares por aplicação laser. O procedimento médico atual, realizado anualmente em milhões de pessoas por todo o mundo, apresenta reconhecidas dificuldades de aplicação pela elevada curva de aprendizagem que compreende. Para diminuir essa dependência, o LaserNAVI (tecnologia patenteada), dispõe de um sistema de visão baseado em IA e realidade aumentada para deteção de lesões vasculares, e, de uma interface natural baseada na colaboração humano-robô que assegura uma precisa e segura aplicação do tratamento. É expectável que a introdução deste sistema, pela sua facilidade de utilização e eficácia, permita reduzir o tempo e custo do tratamento, minimizar potenciais complicações associadas ao erro humano e, desta forma, aumentar a confiança de médicos e doentes na adesão à terapêutica.

A orientação clínica deste projeto está a cargo do cirurgião cardiotorácico António Lúcio Baptista e apresenta a seguinte equipa de investigadores: Bruno Oliveira (investigador 2Ai-IPCA e ALGORITMI-UM – aluno de doutoramento deste projeto), Pedro Morais (investigador 2Ai-IPCA), Fernando Veloso (investigador 2Ai-IPCA), António Moreira (investigador 2Ai-IPCA), Reinaldo Ribeiro (empresário da área da robótica), e Jaime Fonseca (investigador ALGORITMI-UM e co-coordenador).

Fonte e fotos: IPCA.

Caminhada Solidária em Remelhe para ajudar Liga Portuguesa Contra o Cancro

Novembro 6, 2019 em Atualidade, Concelho, Desporto, Mundo port barcelosnahorabarcelosnahora

Numa organização repartida entre a Delegação de Barcelos da Liga Portuguesa Contra o Cancro, a Associação Remelhe Saudável, a Junta de Freguesia de Remelhe e a Comissão de Festas de Santa Marinha, realiza-se, a 10 de novembro, pelas 9h00, em Remelhe, uma caminhada solidária em prol da Liga Portuguesa Contra o Cancro.



O início da caminhada dá-se junto à Igreja Paroquial de Remelhe e a inscrição, no valor de 4 euros, dá direito e t-shirt e água. Esta pode ser efetuada na referida Delegação de Barcelos, através dos contactos 253 088 415 | 914 306 628 | delegacao.barcelos@ligacontracancro.pt ou na Associação Remelhe Saudável, pelos contactos 919 460 250 | remelhesaudavel@gmail.com.

Imagem: DR.

Obras da coleção Paulo Parra em exposição nos Paços do Concelho

Novembro 6, 2019 em Atualidade, Concelho, Cultura, Mundo port barcelosnahorabarcelosnahora

O Salão Nobre e a Sala Gótica dos Paços do Concelho recebem, no próximo sábado, 9 de novembro, as exposições “Boa Mesa Portuguesa, Com Certeza!” e “Sentar Portugal”, com obras da coleção Paulo Parra.



“A coleção abrange um universo muito variado de peças do design português, pelo que estas exposições constituem um momento ímpar para apreciar um património importante da história do design, inovação e tecnologia portuguesas, e inserem-se na política cultural do Município de Barcelos de acesso da população aos bens culturais de qualidade, numa mostra única enquadrada no conceito de Barcelos Cidade Criativa da UNESCO”, refere o Município em nota.

Na exposição “Boa Mesa Portuguesa, Com Certeza!”, onde está patente uma seleção de produtos da coleção, coexistem peças produzidas em porcelana, cristal e prata, mas também peças de faiança, vidro e estanho, pretende-se mostrar um pouco do acervo total de mais de 500 peças da coleção e produzir uma exposição pública com rigor histórico, centrada na qualidade dos produtos da mesa portuguesa.

Em “Sentar Portugal”, mostram-se cerca de seis dezenas de cadeiras com design português. Esta exposição é a maior já efetuada sobre a história da “cadeira portuguesa”,demonstra que a “nossa cadeira” tem uma grande riqueza linguística e uma diversidade em tudo semelhante, ou até superior, às de outros povos europeus.

Paulo Parra, o autor da coleção, tem uma carreira multifacetada como designer, professor e colecionador. Com trabalhos nas áreas de Design de Produto, Transportes e Arquitetura, Design de Exposições, Design de Comunicação e Interfaces e Design Estratégico, desenvolveu ainda atividades como curador, museologista, pesquisador e conferencista.

A exposição estará patente até 23 de fevereiro de 2020.

Fonte e imagem: CMB.

Eurodeputado José Manuel Fernandes salienta importância de acordo UE/China para proteger Vinho Verde

Novembro 6, 2019 em Atualidade, Mundo, Política port barcelosnahorabarcelosnahora

O Eurodeputado José Manuel Fernandes congratulou-se, ontem, com o facto do Vinho Verde ser um dos produtos que passará a ficar protegido por um acordo histórico entre a UE e a China.



Em seu entender, trata-se de “uma iniciativa importante para a valorização de um produto único no Mundo e com impacto importante no desenvolvimento da região do Minho, e de forma especial no mundo rural”.

O acordo bilateral – cujas negociações foram concluídas hoje – permite proteger contra as imitações e a usurpação 100 indicações geográficas (IG) europeias na China e 100 IG chinesas na UE.

“Esta é uma forma de protegermos as nossas raízes, a autenticidade e qualidade dos nossos produtos locais”, aponta o Eurodeputado José Manuel Fernandes, membro da Confraria dos Vinhos Verdes.

Além dos benefícios comerciais recíprocos, este acordo vai incentivar ao aumento da procura de produtos de elevada qualidade de ambas as partes. Para José Manuel Fernandes, o acordo UE/China evidencia também a aposta e a confiança da UE no futuro do mundo rural e da agricultura.

“O vinho verde é um produto único no Mundo e com potencial enorme de alavancagem da economia de toda a região do Minho. É uma mais valia com um forte potencial de crescimento, revelando-se como área de atividade em grande evolução e com grande capacidade produtiva e exportadora. É notório o seu contributo para inverter o défice da nossa balança comercial”, afirma o Eurodeputado.

José Manuel Fernandes frisa que “o Minho está associado ao vinho verde e ambos se promovem mutuamente”. Faz ainda questão de salientar “a excelência do trabalho desenvolvido com o vinho verde, como um exemplo e um incentivo quanto ao que de melhor se pode e deve fazer para aproveitarmos os recursos que possuímos a favor da valorização do mundo rural, tanto em termos económicos como sociais e demográficos”.

O acordo UE/China deverá entrar em vigor até ao final de 2020, depois da aprovação do Conselho e do Parlamento Europeu. Além do Vinho Verde, a lista de produtos da UE a proteger na China inclui os vinhos do Alentejo, Dão e Douro, o Vinho do Porto e Pera Rocha do Oeste.

A China é o segundo destino das exportações agroalimentares da UE, que atingiram 12,8 mil milhões de euros no último ano. É também o segundo destino para as exportações de produtos protegidos como indicações geográficas da UE, incluindo vinhos, produtos agroalimentares e bebidas espirituosas, representando 9 % do respetivo valor.

Segundo informação da Comissão Europeia, quatro anos após a sua entrada em vigor, o âmbito do acordo será alargado para abranger mais 175 nomes de IG de ambas as partes, cumprindo os mesmos procedimentos de registo: avaliação e publicação para comentários.

Os regimes de qualidade da UE visam proteger as denominações de produtos específicos, de modo a promover as suas características únicas, associadas à sua origem geográfica e aos modos de produção tradicionais. Atualmente, na UE existem mais de 3.300 denominações da UE registadas como Indicação Geográfica Protegida (IGP) ou Denominação de Origem Protegida (DOP).

Governo português nega solidariedade a desempregados belgas

Noutro âmbito, igualmente ontem e de acordo com José Manuel Fernandes, o Governo português contribuiu para que, pela primeira vez, tenha sido chumbada a mobilização do Fundo Europeu de Ajustamento à Globalização para apoio a trabalhadores desempregados na União Europeia.

Ao abster-se na votação no Conselho da UE, o Governo liderado por António Costa ajudou ao chumbo de um programa de apoio e requalificação de mais de 1.000 trabalhadores dispensados da empresa Carrefour na Bélgica – sendo a esmagadora maioria deles com mais de 55 anos de idade.

“É um precedente grave, pouco solidário para com a Bélgica e para com os trabalhadores europeus”, lamenta José Manuel Fernandes, que foi relator do Parlamento Europeu para este programa de apoio, aprovado por larga maioria em sede de comissão parlamentar.

Segundo o eurodeputado português, coordenador do PPE na Comissão dos Orçamentos, “a decisão do Conselho é preocupante porque demonstra um mal-estar no Conselho e uma enorme desconfiança entre os Estados. Os desempregados belgas não podem ser as vítimas dessa desconfiança e do desentendimento no Conselho. Felizmente, temos o Parlamento Europeu para garantir segurança jurídica e confiança aos cidadãos”.

O plano de intervenção, com um apoio total de 1,6 milhões de euros, previa vários programas para a reinserção no mercado de trabalho, abrangendo também cerca de 300 jovens com menos de 25 anos.

Portugal é um beneficiário com especial interesse no Fundo Europeu de Ajustamento à Globalização (FEG), do qual já recebeu mais de 13 milhões de euros, sendo o mais recente apoio superior a 4,6 milhões de euros, atribuídos no final do ano passado, para jovens inativos e desempregados do setor têxtil nas regiões do Norte, Centro e Lisboa.

Após o chumbo “inédito” no Conselho – por falta de maioria qualificada favorável à iniciativa – para o apoio a estes 1.000 desempregados belgas, seguem-se os trílogos de negociação, envolvendo representantes dos Estados-Membros, do Parlamento e da Comissão. José Manuel Fernandes garante que “o Parlamento vai defender o apoio aos desempregados da UE e espera que o Conselho reveja a sua inexplicável posição”.

Aparentemente, há Estados-Membros que querem “penalizar” a Bélgica por esta não os ter apoiado noutros dossiers. No entanto, o Conselho está obrigado a respeitar a legislação e regras em vigor. Não pode chumbar por causa de pretensões para 2021/2027, designadamente no que toca um fundo de ajustamento à globalização com características diferentes.

O FEG apoia cidadãos desempregados no seguimento de grandes mudanças estruturais ocorridas a nível do comércio mundial por motivos relacionados com a globalização. O Fundo dispõe de um orçamento máximo anual de 150 milhões de euros para o período de 2014-2020 e pode financiar até 60 % do custo de projetos destinados a ajudar na procura de emprego, orientação profissional, educação, formação e reconversão dos cidadãos afetados.

Fotos: JMF.

IPCA recebe Masterclass de Juan Pablo Zaramella

Novembro 6, 2019 em Atualidade, Concelho, Cultura, Mundo port barcelosnahorabarcelosnahora

Dia 11 novembro, a Escola Superior de Design do Instituto Politécnico do Cávado e do Ave (IPCA) recebe Juan Pablo Zaramella, numa Masterclass que decorre no auditório da Escola Superior de Tecnologia, a partir das 15h00, sendo a entrada livre.



Juan Pablo Zaramella (Buenos Aires, Argentina) é um realizador e animador independente com todas as suas curtas-metragens premiadas um pouco por todo o mundo. Em 2010, teve a oportunidade de organizar um programa especial com todos os seus trabalhos para o Festival Internacional de Cinema de Animação de Annecy.

A sua curta-metragem “Luminaris” venceu 324 prémios em todo o mundo, tendo alcançado a meta do Prémio Guiness de curta-metragem mais premiada de sempre. A todos estes prémios por “Luminaris” incluem-se os prémios do público e da crítica em Annecy (2011) e uma pré-seleção para os Oscars na categoria de Melhor Curta-Metragem de Animação.

Em 2016, realiza a série “El Hombre Mas Chiquito del Mundo“, uma coprodução entre França e Argentina. Recentemente (2019), realizou a curta-metragem “Heroes“. Atualmente, está a desenvolver um novo projeto para televisão chamado “Así Son las Cosas”.

Esta é uma iniciativa Casa da Animação-Associação Cultural em parceria/apoio com o CINANIMA-Festival Internacional de Cinema de Animação de Espinho e Escola Superior de Design do Instituto Politécnico do Cávado e do Ave.

Foto: DR/David Reviews.

A importância da água na promoção da Saúde debatida na UF de Alvito (S.Pedro e S.Martinho) e Couto

Novembro 6, 2019 em Atualidade, Concelho, Cultura, Mundo port barcelosnahorabarcelosnahora

A Águas de Barcelos promoveu mais uma sessão de esclarecimento sobre “A importância da Água da Rede Pública na Promoção da Saúde”. O momento decorreu na semana passada, na Sede da UF de Alvito (S. Pedro e S. Martinho) e Couto, em Barcelos, e contou com a intervenção de um profissional do Departamento de Saúde Pública da Administração Regional de Saúde do Norte, I.P.

A par da sessão, foram analisadas captações de águas particulares na referida união de freguesias. Os resultados mostram que 80% das 10 captações de água particulares analisadas nos parâmetros E.Coli e Coliformes Totais, acusaram a presença de bactérias Coliformes, que não devem existir numa água destinada ao uso doméstico (consumo humano), constituindo assim um risco para a saúde pública. 



Durante a sessão foi ainda realizado um breve inquérito. O objetivo da Águas de Barcelos foi conhecer a opinião dos habitantes da referida freguesia relativamente à água para consumo humano.

A Águas de Barcelos tem vindo a promover sessões de esclarecimento acerca da “A importância da Água da Rede Pública na Promoção da Saúde” junto das freguesias de Barcelos. Atualmente, a iniciativa já esteve presente em 36 freguesias do município, que corresponde a cerca de 40% do total de freguesias.

Esta iniciativa integra um conjunto de sessões de sensibilização levadas a cabo pela Águas de Barcelos em coordenação com as juntas de freguesias do concelho. Estas sessões visam sensibilizar a população sobre a importância da água da rede pública na promoção da saúde, em detrimento do uso dos poços não controlados, uma vez que o sistema público é a via adequada de abastecimento à população na medida em que a água é tratada e controlada em cerca de 70 parâmetros de qualidade distintos, através da verificação de indicadores microbiológicos, características organoléticas, composição físico-química e substâncias indesejáveis como por exemplo nitratos, metais pesados e pesticidas.

Fonte e fotos: AdB.

Ir Para Cima