Arquivo de Categorias

Opinião

Barcelenses Inspiradores: Quito Arantes

Depois da professora de Pilates e uma das responsáveis pelo espaço de bem-estar e terapias “Di Alma”, Joana Correia, apresentamos o escritor barcelense Quito Arantes. Se tiver interesse em participar ou em sugerir alguém inspirador para esta rubrica, escreva para o email: barcelensesinspiradores@outlook.pt.   Francisco Manuel Matos Arantes nasceu em Angola em 09/07/1960. Passou a… Ler mais

Nova liderança na 1ª divisão

Na 2ª, trio de líderes passa a duo de vizinhos Olá, caros leitores! Mais uma semana cheia de futebol popular e com muitos golos marcados: 32 na 1ª divisão e na 2ª foram 27 os golos marcados. Mas começando pela 1ª, o jogo da jornada opunha o Oliveira – equipa orientada por Ricardo Escudeiro –… Ler mais

Barcelenses Inspiradores: Joana Correia

Apresentamos a professora de Pilates, Joana Correia, uma das responsáveis pelo espaço de bem-estar e terapias “Di Alma”. Se tiver interesse em participar ou em sugerir alguém inspirador para esta rubrica, escreva para o email: barcelensesinspiradores@outlook.pt. Joana Correia nasceu em 1981 e é natural de Barcelos. Sempre gostou de Desporto e praticou, durante vários anos,… Ler mais

O importante é ganhar, mas…

Olá, barcelenses, portistas e leitores do BnH! Vamos falar, com paixão, da bola que nos rodeia. O meu Porto foi vencer a Vila do Conde, tangencialmente, por 1-0. Vitória sofrida, mas justa. O ultimo quarto de hora do FCP foi de postura de equipa pequena, mas eficaz. Todas as linhas fechavam o meio campo e… Ler mais

Continua Sofrível

Bem-haja, caros leitores do BnH! Mais de um mês depois, após cinco jogos sem vencer, voltámos aos triunfos, sofríveis diga-se, frente ao Desportivo das Aves e ao LASK Linz. Desportivo das Aves 0-1 Sporting Clube de Portugal. Vencemos a equipa que está em último lugar no campeonato nacional, por 1-0, com golo de penálti, apontado… Ler mais

Não faz isso, Bella…

Foi esta uma das primeiras frases que o padrinho ensinou à sua afilhada. Provavelmente, para mangar com o pai da menina, benfiquista de coração. E a menina, ao ver que fazia sucesso e arrancava uns sorrisos, ora mais, ora menos satisfeitos, repetia a frase numa espécie de cantilena engraçada. Quando me lembro dos recentes jogos… Ler mais

1 2 3 58
Ir Para Cima