Contas fechadas no Popular de Barcelos

Maio 23, 2019 Atualidade, Concelho, Desporto, Opinião

Milhazes última equipa a carimbar subida à 1ª

Luís Gonçalves

Olá, caros leitores…

E não é que na última jornada se decidiu a última das três equipas a subir de divisão. Seria o Cristelo ou o Milhazes.



O Cristelo venceu o “Os Estrelas”, em São Pedro, por 0-3. Já ao Milhazes, o empate bastava para conseguir a subida e assim foi. Empatou a 2, em Pedra Furada, e garantiu a subida ao escalão maior.

Fazendo um resumo breve do que se passou nesta 2ª divisão, o Feitos entrou com “todo o gás” e venceu os 8 primeiros jogos. Depois disso, teve uma quebra e, já na parte final, renasceu, mas não foi a tempo de conseguir a subida de divisão. O Lama também chegou a andar nos primeiros lugares, mas também cedeu nesta parte final. O Águas Santas também andou pelos lugares cimeiros, tendo terminado no 9º lugar.

Ou seja, eram várias as equipas que lutavam pela subida, mas apenas o Paradela, o Aborim e o Milhazes o conseguiram! Por tal, parabéns por este feito.

Já agora…marcaram-se 949 golos. Na arbitragem, mostram-se 1552 cartões amarelos e 142 vermelhos. Resumindo, uma época cheia de golos e cartões!

Na 1ª, tudo já havia sido decidido. O anterior campeão, o Carvalhal, ainda andou na luta pelo título, mas na “hora h” claudicou e não chegou lá.

Já quanto a “luta de titãs”, esta foi entre o Carapeços e o Remelhe. É certo que não foi até à última jornada, mas o Carapeços fez um campeonato soberbo, andou praticamente a época toda a liderar e daí não saiu!

Quando tinha uma vantagem de 7 pontos sobre o Remelhe, o Carapeços deslocou-se a Sequeade e perdeu. Pensou-se, então, que estaria relançado o campeonato, pois o Carapeços ainda ia receber o Remelhe e pensou-se, assim, que poderia ser o jogo do título, mas mesmo que perdesse, o Carapeços ainda ficaria em 1º, deixando para a última jornada a decisão do campeonato. Na receção seguinte, o Sequeade voltou a fazer das suas, vencendo o Remelhe, ficando estes novamente a 7 pontos, faltando apenas 3 jornadas para finalizar o campeonato. Aí, tudo se decidiu. Certamente que o Carapeços não iria desperdiçar 7 dos 9 pontos em disputa e, assim, foi o Carapeços que venceu os 3 jogos e finalizou o campeonato com uma vantagem de 13 pontos. Sendo, assim, um justo vencedor.

Já quanto a descidas, o Silva, o Baluganense e o Campo disputarão, na próxima época, a 2ª divisão do Popular barcelense.

Nesta 1ª divisão marcaram-se 916 golos. Na arbitragem, os árbitros exibiram 1536 cartões amarelos e 131 vermelhos.

Findo este resumo, quero dar os parabéns ao Carapeços, pelo título alcançado, e dar as boas-vindas ao Paradela, Aborim e Milhazes ao escalão maior do nosso futebol popular de Barcelos.

Com tudo isto me despeço e agradeço ao BnH por mais um ano de crónicas, semana após semana.

No dia 2 de junho teremos a final da Taça Cidade de Barcelos, com o jogo Carvalhal-Remelhe.

Uma semana feliz, vos deseja o amigo Luís!

Por: Luís Gonçalves*.

(* A redação do artigo de opinião é única e exclusivamente da responsabilidade do autor)

Deixe uma resposta

Your email address will not be published.

*

Últimas de

Maus presságios

Bem-haja Barcelenses e caros leitores do Barcelos na Hora. AÍ está o
Ir Para Cima