Criação teatral no Vale do Neiva regista a instalação da Linha de Muito Alta Tensão no Minho

Julho 14, 2020 Atualidade, Concelho, Cultura, Economia

Teatro de Balugas responsável pelo trabalho de campo

“Sem Rei Nem Roque” tem como palco o território de Barcelos e Ponte de Lima, com incidência no vale do Neiva e as suas aldeias afetadas pela construção do projeto elétrico.



O trabalho de campo é da responsabilidade do Teatro de Balugas e “vai registar o confronto da natureza e das pessoas com a colocação da linha no terreno, questionar o que fica, o que desaparece e que poder é este que se assenhoreia do território”, refere em nota.

“São as novas torres, sem reis, maiores do que as torres sineiras das nossas igrejas e que assustariam as defesas dos nossos primeiros castelos roqueiros.   Cada torre tem mais de 75 metros de altura, numa área de implantação de 200 m2, além de margens de segurança ao longo de toda a linha, garantidas pela criação de uma ‘servidão administrativa’ com uma largura de 45 metros, tudo em nome de uma prometida ‘energia verde e limpa’ e de uma também prometida ‘luz mais barata’”, conclui.

Foto: Cristina Faria.

Deixe uma resposta

Your email address will not be published.

*

Últimas de

Ir Para Cima