Daniel Dias e Pedro Silva, da ACR Roriz, em destaque na Taça de Portugal Júnior

Abril 2, 2019 Atualidade, Concelho, Desporto, Mundo

Daniel Dias e equipa ainda lideram o ranking

O fim de semana de 30 e 31 de março ficou marcado pelas vitórias de Daniel Dias e Pedro Silva, da ACR RORIZ SEISSA | KTM-BIKESEVEN | MATIAS&ARAÚJO | FRULACT, no Troféu José Poeira, correspondente à 2ª e 3ª Provas da Taça de Portugal de Juniores, respetivamente.



Sábado, primeiro dia de provas, foi dia de contrarrelógio individual, com a distância de 23,4km, disputado na Zambujeira do Mar, concelho de Odemira, onde Daniel Dias foi o grande vencedor, com o tempo de 00:31:38, passando, assim, para a liderança do Ranking da Taça de Portugal, depois de na primeira prova, em Castelo Branco, ter sido segundo. Ainda neste contrarrelógio, destaca-se Pedro Silva, 7º; Bruno Silva, 12°; Flávio Fernandes, 13°; João Silva, 19°; Manuel Barbosa, 28°; e Lucas Braga, 76°.

A prova de domingo (3ª da Taça de Portugal de Juniores) ligava Vila Nova de Milfontes a Odemira, numa extensão de 129 quilómetros. A prova foi atacada desde início, levando à formação de diferentes grupos de fugitivos, mas sem grande margem sobre o pelotão. A maior ameaça aconteceu quando cerca de 20 unidades se adiantaram, depois de um furo de Daniel Dias. No entanto, a ausência do comandante da Taça e a presença de adversários diretos, levou a que a formação rorizense assumisse as despesas de perseguição, resultando no insucesso da iniciativa.

As dificuldades do traçado acabaram por fazer uma corrida por eliminação, com um grupo com pouco menos de 30 unidades a discutir o triunfo em Odemira. A aproximação à meta revelou-se muito técnica, devido à descida até à vila, mas também à subida, pelo centro histórico, nos derradeiros 1500 metros.

Os ataques deram-se na subida, pela parte histórica de Odemira, acabando por ser uma mistura de força com capacidade de ultrapassar as adversidades, a ditar o resultado. Com o piso escorregadio, devido a chuva fina, houve quedas na subida. João Silva foi um dos infortunados quando seguia isolado na frente da corrida e uma queda no derradeiro quilómetro levou a que fosse alcançado.

Entre os corredores que tudo ultrapassaram, destacou-se Pedro Silva, capaz de bater, ao sprint, João Macedo (Bairrada) e o seu colega de equipa, João Silva, todos com 3h21m13s. Daniel Dias foi 6°, Flávio Fernandes 36°, Manuel Barbosa 59°, Lucas Braga 70° e Bruno Silva 74°.

Com estes resultados, a equipa de Roriz conquistou a vitória coletiva na etapa e manteve a liderança do ranking desta Taça de Portugal, tanto individual, como coletivamente. As duas últimas etapas disputam-se em Braga e Porto, nos dias 4 e 5 de maio, respetivamente.

No Ranking da Taça Portugal, Daniel Dias é 1°, Pedro Silva 2°, João Silva 9°, Flávio Fernandes 18°, Manuel Barbosa 23° e Bruno Silva 25°.

Fotos: DR e João Calado.

Deixe uma resposta

Your email address will not be published.

*