DGS lança Guia para Lanches Escolares Saudáveis

Abril 6, 2021 Atualidade, Concelho, Educação, Mundo, Saúde

No dia em que, Portugal iniciou a segunda fase de desconfinamento, e as crianças do 2º e 3º ciclo regressaram às aulas, a Direção Geral de Saúde (DGS) em parceria com a Direção-Geral da Educação, lançou um Guia para Lanches Saudáveis, que pretende apoiar pais e encarregados de educação na organização dos lanches, de modo a que as suas decisões sejam mais saudáveis.

Em Portugal, 29,6% das crianças entre os 6 e os 9 anos têm excesso de peso, incluindo obesidade. Os adolescentes com 11, 13 e 15 anos, a prevalência de excesso de peso estimada para o ano de 2018 foi de 18,9%. Os dados do último Inquérito Alimentar Nacional mostram-nos que é no grupo das crianças e dos adolescentes que se verificam hábitos alimentares mais desequilibrados.

Segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS), 69% das crianças e 66% dos adolescentes portugueses não atingem a recomendação relativamente ao consumo de fruta e hortícolas (consumo diário de pelo menos 400g).

A DGS aponta 6 boas razões para nos preocuparmos com os lanches das crianças e jovens:

  1. Cerca de 25% da ingestão energética diária das crianças e jovens provem dos lanches
  2. Ao lanche são consumidos habitualmente produtos alimentares com pouco valor nutricional, por exemplo batata frita, bolachas e bebidas açucaradas.
  3. A alimentação saudável tem um papel importante no desenvolvimento cognitivo e rendimento escolar
  4. Os estímulos ao consumo de produtos alimentares com pouco valor nutricional existem à volta das escolas e a publicidade a estes alimentos é mais frequente do que a publicidade a alimentos saudáveis.
  5. Preparar um lanche saudável e apelativo para as crianças e jovens comparativamente com a oferta alimentar a que estão expostos é um grande desafio para muitos pais.
  6. A COVID-19, pela interrupção das atividades letivas presenciais e pela necessidade de uma permanência prolongada em casa, pode ter contribuído para que as crianças tenham adotado comportamentos alimentares e de atividade física que favorecem o ganho de peso.

Neste guia temos a resposta a, como deve ser a composição nutricional dos lanches das crianças, que alimentos devemos incluir na lancheira, como compor um lanche saudável, algumas sugestões de ementa semanal e também algumas estratégias para incentivar as crianças e jovens apreciarem lanches saudáveis.

Fonte: SNS.GOV

Foto: @element5digital

PUB

WhatsApp-Image-2021-04-09-at-14.18.52.jpeg

PUB

Captura-de-ecra-2021-04-12-as-11.19.30.png

PUB

Claudia-Campanha-Bnh.jpg

Deixe uma resposta

Your email address will not be published.

*

Últimas de

Ir Para Cima