Em busca de um sonho

Agosto 7, 2022 Atualidade, Concelho, Tecnologia
Lino Araújo

Lino Araújo, natural de Balasar – Póvoa de Varzim, empresário de 32 anos e cinco vezes campeão nacional em Motonáutica, é o convidado a escrever no espaço da Intensify World no mês de agosto.

Tem a ambição e o sonho de se tornar campeão do Mundo na categoria de Runabout e luta por isso diariamente.

Desde jovem iniciei o meu percurso nos desportos motorizados, tendo começado pelo Quadcross e Motocross, e desde então percebi que tinha o espírito de competição entranhado em mim. Alguns anos mais tarde experimentei andar numa mota de água por lazer e comecei a fazer alguns treinos com amigos apenas por diversão. Após alguns meses de treinos por puro lazer, surgiu a possibilidade de participar na primeira prova da modalidade em 2016. De imediato nessa primeira prova senti que me identificava com a modalidade, que o meu passado no Motocross me conferia algum traquejo e que me sentia verdadeiramente feliz ao comando da mota na água. Desde então tenho estado em constante crescimento, já passei pelo Endurance mas foi no Runabout que encontrei o desafio que me completa.

Tenho vindo a ser Campeão Nacional da modalidade nos últimos anos, tenho dado cartas no Campeonato da Europa e no ano passado fui medalha de bronze no Campeonato do Mundo.

Apesar das conquistas que me deixam orgulhoso, o meu grande objetivo é tornar-me campeão Mundial da Modalidade e é para isso que trabalho diariamente e só vou desistir quando lá chegar.

A motonáutica contribuiu bastante para o meu desenvolvimento a nível pessoal, com o aprimoramento de alguns valores que o desporto exige que sejam redobrados, mas também com uma melhoria significativa em termos físicos. Desde que me tornei atleta de alta competição abandonei alguns hábitos que se tornavam nocivos para o meu corpo, melhorei a minha alimentação e treino diariamente para aguentar as exigências de uma prova da melhor forma possível. Cada prova do Campeonato do Mundo é constituída por duas mangas de cerca de 30 minutos cada, e a exigência física é enorme.

Estando entre os melhores do mundo, entre atletas com apoios milionários, todos os detalhes contam. É decisivo ter uma mota potente e fiável, mas também é essencial tentar ser o mais regular possível desde a primeira à última volta da competição e aí a preparação física e mental são decisivas. No Campeonato do Mundo competem atletas de cerca de 20 países diferentes e as disparidades orçamentais são notórias assim que se entra no paddock. Existem equipas que são patrocinadas a 100%, pilotos que apenas vivem da competição, equipas constituídas por dezenas de elementos e existem os pilotos que fazem esforços enormes em todos os sentidos para lá estar, e é neste grupo que me insiro.

Acredito que a Motonáutica é um desporto em crescente expansão em Portugal, e que tem vindo a despertar um crescente interesse pelo público em geral. No passado dia 17 de julho de 2022 venci a etapa de Portugal do Campeonato da Europa, com uma vitória nas três mangas da competição e contei com o apoio de centenas de pessoas que se deslocaram de propósito para assistir à competição, pelo que, creio que é prova de que o público tem interesse em acompanhar a modalidade com mais afinco. Da minha parte dou o meu melhor para divulgar a modalidade através das redes sociais, mas gostaria que nos fosse dada uma maior visibilidade em termos de media em Portugal. O facto de não ser um desporto muito divulgado na comunicação social limita-nos bastante no que diz respeito à obtenção de patrocínios. Aproveito a oportunidade para agradecer a todos os meus patrocinadores por confiarem no meu trabalho e me ajudarem a chegar cada vez mais longe.

Da minha parte fica a promessa, vou continuar a trabalhar muito e a lutar e um dia estarei no número 1 do pódio do Campeonato do Mundo a honrar com orgulho o nosso país!

PUB

218910333_904017513661701_8501182798823808285_n-1.png

PUB

mod-art-300-250.jpg

PUB

Claudia-Campanha-Bnh.jpg

Deixe uma resposta

Your email address will not be published.

*

Últimas de

Ir Para Cima