Estudante do IPCA cria Programa de Integração para Estudantes Internacionais

Janeiro 16, 2021 Atualidade, Concelho, Educação, Mundo

O IPCA em parceria com o Banco Santander premeia estudantes que se distinguem na vertente humana ou solidária, desde 2017, através da participação em projetos ou atividades que desenvolvam práticas de cidadania ativa e de voluntariado.


No dia 19 de dezembro de 2020, Ventura Tamba, estudante do curso de licenciatura em Engenharia Eletrotécnica e de Computadores foi o vencedor do prémio Valor IPCA/Santander Universidades no valor de 1700 euros.

Inspirado na sua própria história e nas dificuldades e obstáculos que teve de ultrapassar para chegar ao IPCA, o estudante decidiu criar este programa em 2018. “Em 2016 fui admitido pelo IPCA. Pedi o visto e o meu processo foi indeferido. Submeti nova candidatura em 2017 e em 2018 o meu visto foi aprovado, devido à intervenção da Associação Padrinhos D´África da qual faço parte. E foi assim que em 2018 cheguei ao IPCA”.

Ventura ressalva, apesar das dificuldades, a sorte que teve neste processo e por isso decidiu ajudar os colegas internacionais que pretendem estudar em Portugal, uma vez que no seu país de origem (Guiné) só existe uma universidade com poucos cursos. Desta forma, o seu “programa assenta em 4 pilares fundamentais: apoio na candidatura; apoio na obtenção de visto; apoio na receção e acolhimento dos estudantes e integração académica e cultural. Para que se sintam integrados da melhor forma possível eu acompanho-os sempre”, acrescenta o estudante.

O Programa estende-se a todos os estudantes internacionais e na totalidade Ventura já auxiliou mais de 60 estudantes, sendo que, neste momento, 4 estudantes de origem Guienense, que já se encontram em Portugal, chegarão na próxima semana ao IPCA, ficando alojados na casa que Ventura está à procura. É o caso de Paulo Cá, o estudante do IPCA do curso de licenciatura em Contabilidade que chegou a Lisboa no dia 29 de dezembro, mas está “ansioso e cheio de vontade de conhecer o IPCA e começar as aulas”. Paulo, sob orientação de Ventura, conheceu o IPCA e teve apoio em todo o processo acrescentado que “foi difícil ter o visto, mas cheguei a Portugal e dentro de dias conheço ao IPCA”.

Em relação ao futuro, o próximo passo de Ventura é fazer uma página do programa no Facebook para chegar a mais estudantes. Pretende ainda a sustentabilidade do projeto ficando a afiliação do programa sob a responsabilidade da Associação Académica do IPCA, mas garante que “o IPCA vai estar sempre por perto”.

Fonte|Foto: IPCA

PUB

WhatsApp-Image-2021-04-09-at-14.18.52.jpeg

PUB

Captura-de-ecra-2021-04-12-as-11.19.30.png

PUB

Claudia-Campanha-Bnh.jpg

Deixe uma resposta

Your email address will not be published.

*

Últimas de

Ir Para Cima