Galo Assado à mesa dos restaurantes de Barcelos

Outubro 3, 2020 Atualidade, Concelho, Cultura

Iniciativa decorre de 9 a 11 de outubro

O Município de Barcelos promove, de 9 a 11 de outubro, mais uma edição do “Fim de Semana Gastronómico do Galo Assado”, que este ano, devido à pandemia COVID-19, não terá a vertente de concurso.



A atividade faz parte do Programa Anual dos “7 Prazeres da Gastronomia” e tem como objetivo continuar a apostar na estratégia de promover a tradição e riqueza gastronómicas do concelho, bem como, dinamizar o setor da restauração no período de outono, associando e capitalizando a imagem do Galo de Barcelos como ícone de referência em Portugal e no estrangeiro.

A iniciativa decorre entre o almoço do dia 9 de outubro e o jantar do dia 11, contando com a adesão de 16 restaurantes do concelho, que disponibilizarão ao público um dos mais famosos pratos da gastronomia barcelense. Cada restaurante vai confecionar e servir o galo à sua maneira – Galo assado no forno, recheado, com castanhas, à peregrino, entre outros, e mesmo não sendo concurso, as composições servidas cumprirão todo o articulado do concurso em sede de qualidade.

Participam, nesta edição, os restaurantes: Ávila (Vila Seca), Babette (Barcelos), Bagoeira (Barcelos), Casa dos Arcos (Barcelos), Chuva (Barcelinhos), Duque (Barcelos), Galliano (Barcelos), Muralha (Barcelos), Pedra Furada (Pedra Furada), Pérola (Barcelos), Taberna Lopes (Gilmonde), Taberna do Armindo (Remelhe), Taberna “O Manhoso” (Tamel S. Veríssimo), Tasquinha do Careca (Perelhal), Três Marias (Barcelos) e Vera Cruz (Barcelos).

O ‘Fim de Semana Gastronómico do Galo Assado’ tem como objetivo dinamizar o setor da restauração em época baixa e constitui um argumento estratégico de afirmação de Barcelos no produto ‘Gastronomia’ na região do Porto e Norte. É também uma forma de capitalizar a imagem do galo de Barcelos para o setor da restauração e gastronomia. E é, ainda, um argumento estruturante para rememorar a lenda do galo e fortalecer a forte ligação do território barcelense e do seu contexto histórico à peregrinação a Santiago de Compostela, a que está ligada a Lenda do Galo”, refere o Município em nota.

Esta iniciativa insere-se, também, no programa AMAR O MINHO e Minho Região Europeia da Gastronomia 2016, prémio atribuído no âmbito de uma candidatura dinamizada pelo consórcio MINHO IN que integra os vinte e quatro Municípios do Minho, representados pelas Comunidades Intermunicipais do Alto Minho, do Ave e do Cávado e tem por objetivo “contribuir para uma melhor qualidade de vida ao realçar as diferentes culturas e tradições gastronómicas europeias, através da promoção da educação para a saúde, da sustentabilidade e da inovação gastronómica”.

Cartaz do evento (Imagem: CMB)

Fonte e imagem: CMB.

Deixe uma resposta

Your email address will not be published.

*

Últimas de

Ir Para Cima