Gil Vicente empata em Braga depois de estar a perder por 2-0

Fevereiro 9, 2020 Atualidade, Concelho, Desporto, Mundo

Disputou-se ontem, no Estádio Municipal de Braga, o jogo SC Braga – Gil Vicente FC, a contar para a 20ª jornada da Liga NOS, que terminou empatado.



Com arbitragem de Rui Costa (AF Porto), coadjuvado por Tiago Costa e João Bessa Silva, com Daniel Cardoso (AF Aveiro) como 4º árbitro, o jogo contou com os seguintes alinhamentos.

SC Braga: Matheus, Sequeira, David Carmo, Bruno Viana, Wallace, Trincão, André Horta (Bruno Wilson, INT), Palhinha, Ricardo Esgaio (Rui Fonte, 89’), Ricardo Horta (Wilson Eduardo, 69’) e Paulinho. No banco ficaram Tiago Sá, Abel Ruiz, Diogo Viana e Samuel.

Gil Vicente FC: Denis, Fernando Fonseca, Ygor Nogueira, Rúben Fernandes, Henrique Gomes, João Afonso, Soares (Vítor Carvalho, 31’), Claude Gonçalves, Naidji (Samuel Lino, 54’), Sandro Lima e Arthur Henrique (Lourency, INT). No banco ficaram Bruno, Edwin Vente e Ahmed Isaiah.

O jogo começou com o Gil Vicente desinspirado e o Braga a mandar no jogo. Aos 12 minutos, Paulinho isola-se na cara de Denis, mas na impossibilidade de rematar devido ao bom posicionamento do guardião gilista, optou por assistir com um passe atrasado Ricardo Horta que rematou para o fundo das redes do clube barcelense.

Aos 22 minutos, Sequeira cruza para a área gilista, Rúben Fernandes corta de cabeça, mas a bola fica à mercê de Ricardo Esgaio, que dominou e rematou para o 2-0.

Aos 41 minutos, o grande ponto de viragem da partida surge, com a expulsão de Bruno Viana, que travou Sandro Lima na cara do guarda-redes do SC Braga, à entrada na grande área. O árbitro Rui Costa não hesitou e expulsou o central bracarense e assinalou livre para o Gil.

O 2-0 reinava ao intervalo, mas na segunda parte o Gil conseguiu empatar a partida com dois golos de Vítor Carvalho, brasileiro contratado no mercado de inverno, que se estreou neste jogo e foi considerado pela Liga como o homem do jogo.

Aos 65 minutos, Vítor Carvalho, numa recarga, reduz para o Gil Vicente.  O juiz Rui Costa aguardou pela verificação do VAR e validou o primeiro golo gilista.

Vinte minutos volvidos, aos 85’, o Gil Vicente chega ao empate pelo brasileiro. Vítor Carvalho deu a melhor resposta a um cruzamento de Samuel Lino e empatou a partida para o Gil Vicente e selou, assim, o resultado final.

Fotos: Gonçalo Santos.

O Barcelos na Hora procura estar na linha da frente do processo de mudanças tecnológicas e relacionais, sempre atento à inovação e promovendo a interação com os seus leitores, para isso, precisa do seu apoio, este, é cada vez mais importante para o nosso desenvolvimento e crescimento, na partilha e divulgação de informação útil, clara e isenta.

Apoie o Jornal online de Barcelos na Hora, a partir de 1€

 




Deixe uma resposta

Your email address will not be published.

*

Últimas de

Ir Para Cima