Gil Vicente FC leva de vencida o CD Tondela por 3-2

Julho 15, 2020 Atualidade, Concelho, Desporto, Mundo

Jogo a contar para a 32ª jornada da Liga NOS

Em jogo arbitrado por Jorge Sousa (AF Porto), acompanhado por Nuno Manso e Sérgio Jesus, sendo Luís Máximo (AF Castelo Branco) o 4º árbitro, o Gil Vicente FC recebeu o CD Tondela e venceu por



As equipas alinharam da seguinte forma:

Gil Vicente FC – Denis, Edwin Vente, Rúben Fernandes, Ygor Nogueira, Alex Pinto, Soares, Kraev (Vítor Carvalho, 77’), Claude Gonçalves (João Afonso, 91’), Rúben Ribeiro (Baraye, 77’), Samuel Lino (Hugo Vieira, 67’) e Sandro Lima (Lourency, 67’). No banco ficaram Bruno, Rodrigo, Fernando Fonseca e Ahmed Isaiah.

CD Tondela – Niasse, Moufi (Ricardo Valente, 67’), Philipe Sampaio, Yohan Tavares (Jota, 75’), Filipe Ferreira, Murillo, João Pedro (Arcanjo, 75’), Pepelu, Richard (Strkalj, 67’), Jonathan Rubio (Rúben Fonseca, 84’) e Ronan. No banco ficaram Diogo Silva, Jaquité, Pedro Augusto e Tiago Almeida.

O Gil Vicente FC, ao início da presente jornada já havia conseguido, matematicamente, o principal objetivo da temporada: a manutenção. Desta feita, o adversário, que está na luta por se manter no principal escalão do futebol nacional, foi o CD Tondela.

O jogo começou frouxo, com a equipa da casa a assumir as despesas do jogo. Mas a primeira grande oportunidade até foi mesmo para o Tondela. Aos 23 minutos, cruzamento da direita, Alex Pinto corta de forma incompreensível e deixa a bola à mercê de Philipe Sampaio, no coração da área, que rematou ligeiramente ao lado da baliza defendida por Denis.

O Gil Vicente FC respondeu com um “GOLAÇO” de Rúben Ribeiro, que recebeu a bola na esquerda, driblou dois adversários em diagonal, para o interior do terreno, e desferiu uma “bomba” que colocou o Gil Vicente em vantagem no marcador.

Os gilistas voltam a estar em destaque aos 32 minutos, com uma nova grande oportunidade de golo. Jogada de insistência, Claude Gonçalves, no interior da área, faz um passe para Sandro Lima, já dentro da pequena área, mas este foi pressionado por Yohan Tavares e não chegou à bola para finalizar.

Ao intervalo, o resultado marcava 1-0 a favor dos “Galos”.

No reinício do jogo, o Tondela entrou a todo o gás, com Jonathan Rubio a fazer um “slalom” na área gilista e só um grande corte de Rúben Fernandes impediu o empate.

Dois minutos volvidos, o mesmo jogador hondurenho, que estava de regresso a Barcelos, desta vez na pele de adversário, a ganhar um ressalto na pequena-área, proveniente de um canto batido da esquerda, em que o domínio de bola saiu longo e uma grande defesa em antecipação do guardião Denis evitou, novamente, aquele que seria o golo do empate.

O Gil Vicente respondeu por Rúben Ribeiro, aos 56 minutos, a tentar repetir o golo que já tinha marcado, mas o remate, desta vez, embateu na defensiva do Tondela e deu canto. Este foi batido por Rúben Ribeiro ao segundo poste, Ygor Nogueira amorteceu de cabeça para o outro Rúben, desta vez o Fernandes, que cabeceou para o segundo golo gilista.

Os homens da casa fizeram o terceiro golo aos 63 minutos, novamente com Rúben Ribeiro na jogada, desta vez a fazer a assistência para Kraev, que deu seguimento a uma jogada da esquerda do ataque gilista, dominando a bola no interior da área do Tondela e rematando rente ao poste mais próximo da baliza do Tondela.

Aos 73 minutos, o Tondela reduziu. Canto batido da esquerda e o capitão Yohan Tavares a rematar, a dois tempos, para o fundo da baliza gilista.

Aos 84 minutos, os beirões voltaram a reduzir. Após jogada de insistência do Tondela, Philipe Sampaio, na recarga, e após defesa incompleta de Denis, a rematar para o 3-2.

O Tondela continuou a carregar sobre o Gil Vicente, em busca do empate, e provocou alguns calafrios na área gilista.

Foram adicionados 5 minutos de tempo extra, mas o resultado não se alterou e o Gil Vicente confirmou a grande época que está a fazer, mantendo o 9º lugar na tabela classificativa.

Rúben Ribeiro marcou um grande golo no primeiro do Gil Vicente, bateu o canto que originou o segundo golo e assistiu Kraev para o terceiro. Foi considerado, justamente, o “homem do jogo” pelo canal televisivo que transmitiu o jogo.

No próximo domingo, dia 19 de julho, pelas 19h00, o Gil Vicente FC desloca-se à “Cidade do Futebol” (Lisboa) para defrontar o Belenenses SAD.

Deixe uma resposta

Your email address will not be published.

*

Últimas de

Conquista saborosa

Olá, caríssimos leitores do BnH! Espero que se encontrem bem, protegidos e,

Vendas automáticas

As vendas automáticas encontram-se regulamentadas pelo Decreto-Lei nº 24/2014, de 14 de
Ir Para Cima