Gil Vicente FC perde no “Dragão” pela margem mínima

Outubro 25, 2020 Atualidade, Concelho, Desporto, Mundo

A noite chuvosa de ontem trouxe mais um jogo da Liga NOS, desta feita, com o Gil Vicente FC a visitar o Estádio do Dragão para defrontar o campeão FC Porto, trazendo de lá uma derrota pela margem mínima.

Com arbitragem de Hélder Malheiro (AF Lisboa), coadjuvado por Rui Cidade e José Luzia, sendo Flávio Lima (AF Algarve) o 4º árbitro, o jogo contou com os seguintes alinhamentos:

FC Porto – Marchesín, Manafá, Pepe, Mbemba, Zaidu, Uribe, Fábio Vieira (Sérgio Oliveira, 83’), Corona (Marega, 92’), Nakajima (Sarr, 78’), Toni Martínez (Romário Baró, INT) e Evanilson (Taremi, 78’). No banco ficaram Diogo Costa, Grujic, João Mário e Felipe Anderson.

Aquecimento das equipas (Foto: BnH)

Gil Vicente FC – Denis, Joel Pereira (Fujimoto, 85’), Rodrigo, João Afonso, Talocha, Ygor Nogueira, Lourency (Baraye, 62’), Claude Gonçalves (Renan Oliveira, 69’), Rúben Fernandes, Léautey (Lucas Mineiro, 69’) e Samuel Lino. No banco ficaram Daniel Fuzato, Aw, Vítor Carvalho, Leandrinho e Ahmed Isaiah.

Aquecimento do Gil Vicente FC (Foto: BnH)

O FC Porto, tal como era de esperar, assumiu as despesas do jogo desde início, mas o Gil Vicente FC não se deixou intimidar e, sempre que possível, saía em velocidade e colocava a equipa do Porto de cautela. Os gilistas começaram com uma defesa a 5 homens e com o bloco bastante compacto, criando problemas à construção de jogo portista.

Grande oportunidade para os gilistas, aos 25 minutos. Num contra-ataque rápido, em superioridade numérica, Lino exagerou nas fintas em frente a Pepe, perdeu a oportunidade de rematar, uma e outra vez, até que acabou por rematar contra o experiente defesa portista, a bola ainda sobrou para Léautey, mas o guardião portista acabou por defender.

O Porto respondeu dois minutos volvidos, por Corona, sobre esquerda onde cruzou para o cabeceamento de Toni Martínez, que proporcionou a Denis uma poderosa defesa. Os portistas voltaram à carga e, numa jogada de insistência, carregada de ressaltos, Manafá rematou para uma boa defesa de Denis para canto. Na sequência do canto, Corona cruzou para a área onde Evanilson cabeceou à barra da baliza gilista.

Aos 39 minutos, ataque rápido do Gil pela esquerda, Léautey cruzou, mas Lino chegou atrasado para a emenda. Na resposta, o FC Porto chega ao golo, por Evanilson, aos 41 minutos. Numa jogada rápida, com combinações entre Corona, Zaidu e Nakajima, a terminar com o jogador japonês do Porto a assistir Evanilson que, à boca da baliza, apenas teve de encostar.

O segundo tempo iniciou com o FC Porto à procura do segundo golo e, numa jogada trabalhada pela direita, Romário Baró rematou contra o braço de Nogueira, o árbitro Hélder Malheiro, após consulta do VAR e visionamento das imagens, assinalou penálti. Na cobrança, Denis correspondeu ao remate de Uribe com uma enorme defesa, mantendo o marcador a 1-0.

Aos 66 minutos, um enorme calafrio na área gilista. Numa primeira fase, foi Nakajima a rematar, perigosamente, para defesa de Denis e, na recarga, Fábio Vieira rematou duas vezes contra Rodrigo, que conseguiu salvar em cima da linha de golo.

Aos 73 minutos, o Porto viu-se em inferioridade numérica por expulsão de Zaidu numa entrada violenta sobre Lino.

Após a expulsão, o Gil Vicente FC subiu no terreno e foi à procura do golo do empate. Mas até aos 90’, as equipas foram-se anulando, não existindo grandes oportunidades de golo. Aos 90+6, num lance de bola parada, Taremi, isolado por Romário Baró, emenda para a baliza, mas Denis fez a última defesa da partida.

O Gil Vicente FC sofre, assim, a primeira derrota na Liga diante do campeão nacional, por 1-0. Os gilistas encontram-se, provisoriamente, na 11ª posição, com 5 pontos. Segue-se a visita a outro dos “três grandes”, o Sporting CP, em jogo a contar para a 1ª jornada e que foi adiado devido a casos de COVID-19. O jogo disputa-se quarta-feira, dia 28 de outubro, pelas 21h45. Para a 6ª jornada, o Gil Vicente FC recebe o Vitória de Guimarães, no dia 01 de novembro, pelas 17h30.

Fotos: BnH.

Deixe uma resposta

Your email address will not be published.

*

Últimas de

Ir Para Cima