“História do Liberalismo em Portugal” foi mote da 3ª sessão de conferências da Iniciativa Liberal Braga

Outubro 20, 2020 Atualidade, Concelho, Cultura, Mundo, Política

Com o “intuito de desconstruir a nossa própria história e dar a conhecer a génese do Liberalismo em Portugal”, como refere em nota, o Núcleo Territorial de Braga da Iniciativa Liberal (IL) organizou, no passado dia 17 de outubro, às 10h30, uma conferência digital sobre a “História do liberalismo em Portugal”, integrado no ciclo de conferências “O que é o Liberalismo”.



Este evento, que contou com as intervenções de José Adelino Maltez e de Inês Gregório, teve uma enorme adesão popular, “relevando-se um verdadeiro sucesso, transformando esta iniciativa do Núcleo Territorial de Braga num evento nacional”, salienta a IL.

De salientar a visão de Inês Gregório, que defende que o liberalismo vive uma dicotomia entre duas tradições: tradição inglesa e francesa. “Portugal vivia numa tensão entre estas duas visões do liberalismo. No início do sec. XIX, Portugal parecia que se aproximava da tradição francesa, mas na Constituição de 1822 é notória a influência da tradição inglesa. O Liberalismo em Portugal viveu entre dois polos – conservadores e progressistas -, mas sempre na dependência do Estado”. Já Adelino Maltez destacou que “Friedrich Hayek, quando recebeu o nobel da economia em 1974, referiu que aquilo que pensa se deveu, em grande parte, aos jurisconsultos portugueses Francisco de Vitória e Francisco Suárez (que pelo seu pensamento político, influenciariam a Restauração de 1640)”.

Este ciclo de palestras, que pode ser consultado no canal de YouTube da IL de Braga, irá decorrer entre os meses de setembro e dezembro, com oito sessões e diversos convidados, sendo que a próxima decorrerá no dia 31 de outubro e terá como temática o “Liberalismo Clássico: Renascimento”, com a presença de José Manuel Moreira e de Carlos Guimarães Pinto.

Fonte e foto: IL.

Deixe uma resposta

Your email address will not be published.

*

Últimas de

Ir Para Cima