“Inteligência Artificial – Novos desafios da Humanidade” debatida em Conferência online

Dezembro 8, 2020 Atualidade, Cultura, Economia, Mundo

Evento organizado pela Grande Loja Simbólica de Portugal

A Grande Loja Simbólica de Portugal organiza mais uma Conferência online (a décima), dedicada ao tema: “Inteligência Artificial – Novos desafios da Humanidade”, que contará com a participação de Christophe Habas, Past Grão-Mestre do Grande Oriente de França, e de Alexandre Rauzy, Past Grão-Mestre do Grande Oriente Suíço.



Esta Conferência, inserida no “Ciclo das Grandes Videoconferências da Maçonaria Portuguesa”, terá lugar no próximo dia 15 de dezembro, pelas 21h00, e poderá ser assistida através do link (basta clicar para aceder): https://youtu.be/wESUzbtbyyY .

Christophe Habas é Chefe do Departamento de Neuroimagiologia do Centre Hospitalier National d’Ophtalmologie des 15-20 (Paris) e neurorradiologista. Doutor em Ciências Cognitivas, Maçom e Past Grão-Mestre do Grande Oriente da França (GODF).

Christophe Habas (Foto: CHNO 15-20)

Numa entrevista ao Le Petit Journal, em 2019, Habas salientou que “a Inteligência Artificial é um assunto tecnológico que desafia no plano filosófico, no sentido de que coloca a questão do que é humano, consciência humana, ética. Também levanta questões económicas e sociais. Através da substituição gradual de pessoas por controladores automáticos ou sistemas inteligentes para a realização de um determinado número de tarefas”. Já ao La Voix du Nord, igualmente em 2019, o neurorradiologista reforça a ideia: “a Inteligência Artificial é uma tecnologia fantástica em termos científicos, como a medicina ou o reino ecológico. (…) O problema é quando ela chega ao campo económico e social”, sendo que também “se pode tornar uma ferramenta de controlo social e gerar riscos para a democracia. Os algoritmos gerados por big data podem dar muito poder a grandes grupos industriais”, alertou em outra entrevista concedida ao Ouest France, em fevereiro deste ano.

Alexandre Rauzy é membro da direção e professor de filosofia e francês da ENSR International Boarding School of Lausanne, sendo Past Grão-Mestre do Grande Oriente Suíço. Curiosamente, é homónimo de um político francês (1901-1977), que foi membro da Secção Francesa da Internacional dos Trabalhadores e do Parlamento, tendo feito parte do Conselho Nacional (1941), de onde foi demitido pelos seus antecedentes socialistas e por ser, precisamente, Maçom. Rauzy irá, certamente, apresentar a Maçonaria Liberal Suíça e o Grande Oriente Suíço, “os seus princípios, a sua tradição democrática, a sua diversidade que respeita, mutuamente, todas as crenças e consciências e a sua modernidade, tão longe das fantasias que ainda prevalecem nos rumores e jornais escandalosos”, como se pode depreender após leitura de uma notícia avançada em 2017 pela página online Cahiers Bleus | Blaue Hefte, do Grande Oriente Suíço.

Alexandre Rauzy (Foto: DR)

A simbiose entre ambos os preletores será, certamente, bem conseguida, pois ambos já participaram, igualmente enquanto convidados, numa conferência, a 01 de abril de 2017, em Genebra, sobre o tema «O transumanismo ainda é um humanismo?», onde a Inteligência Artificial, como um dos “veículos” do transumanismo, foi, certamente, abordada e analisada.

Em nota, a organização salienta que “o ‘Ciclo das Grandes Videoconferências da Maçonaria Portuguesa’ insere-se numa abordagem de temas maçónicos e sociais, através de videoconferências abertas à Sociedade em geral, pela primeira vez em Portugal”, sendo organizado pela Grande Loja Simbólica de Portugal, que é a terceira Obediência Maçónica Portuguesa e “pratica o Rito Escocês Antigo e Aceite, Rito Antigo e Primitivo Memphis Misraïm e o Rito Emulação com as cartas patentes do Grande Oriente de França (a maior Obediência Maçónica Francesa)”.

Fotos: DR.

Imagem: GLSP.

O Barcelos na Hora procura estar na linha da frente do processo de mudanças tecnológicas e relacionais, sempre atento à inovação e promovendo a interação com os seus leitores, para isso, precisa do seu apoio, este, é cada vez mais importante para o nosso desenvolvimento e crescimento, na partilha e divulgação de informação útil, clara e isenta.

Apoie o Jornal online de Barcelos na Hora, a partir de 1€

 




Deixe uma resposta

Your email address will not be published.

*

Últimas de

Ir Para Cima