Jorjazus

Agosto 22, 2020 Atualidade, Concelho, Desporto, Mundo, Opinião
Hugo Pinto

Esta semana, uma reflexão sobre o último jogo da Taça e a espectativa para a próxima época, que poderia ter sido feita pelo próprio JJ, de quem nunca escondi ser um grande admirador. Como diria Ricardo Araújo Pereira, não é alguém que eu convidaria para vir cá a casa jantar e estar com a miúda e a esposa. Mas para treinador do nosso querido SLB é, creio convictamente, do melhor que conseguimos ter.



Num exercício de pura ficção e ensaio humorístico, deixo-vos então esta crónica, à luz do novo alegado acordo oro-ortográfico, que espero que tenhamos de utilizar por muitos e vitoriosos anos.

Amigues. O jogue da tassa foi uma miséra. Comigo teriam jogade o triple ou o quadruple. O meu ex-pupilo, o Serjio, deu um banho de bola no Benfica. Aquela defesa parecia um paçador para coar a massa. Anda tudo a xonar. E o meio campo não ajuda nada. Nem o Gabriel, nem o Veiguel ajudam a defender, já pra num dizer que joguem a pace. Mas descansem, que isto vai acabar. Até porque pocos deles volta a tocar na xixe, visto que vou trazer uma sere de jogadores novos. São jogadores da minha confiance, que pra mim, são como se fossem meus filhes. Ainda não os conheço peçoalmente, mas digo isto mais pela idade deles, dado que acho que eles estão no ponte a partir dos 32 anos.

Para mim, o novo plantel tem que ser ambiciozo. Jogadores com saber de exprienssia feito. Para mim, o onze idial seria este: Balize: Buffon. Defeza: Roberto Carlos, Maldini, Cannavaro e Zanetti. Maio Campo: Paulo Sousa, Rui Costa (este a custo zero, porque já está nos quadros), Figo e Cristiano Ronalde. Ataque: Ronaldinho (estamos só à espera de uma amnistia do Papa) e Cavane. Se o Cavane num vier, opto pelo Jardel.

Por isso, benfiquistas, aproveitem o que vos resta das vacances, pois uma nova época de alegrias vos espera. A maldição do minute 92 foi exorciçade na conquiste da Libertadores, que é, como todos sabem, o campeonato europeu do Brasil. Agora é para ganhar tudo antes do minute oichenchaeocho. Viva o Benfica, meu clube do Corassão.

E é isto. Brincadeiras à parte, acho que o JJ foi mesmo a melhor contratação para a próxima época. Espero que não se esqueça de apostar nos bons jovens valores da cantera, sem fazer uma equipa de juniores como o Vieira tanto gosta. Mas acho, efetivamente, que temos tudo para voltar aos tempos de Glórias e alegrias. Pelo menos, jogaremos futebol do que não dá sono (com nota artistca, como diria o nosso mister).

Estou com as espectativas em alta. Desejo os maiores sucessos ao nosso SLB com JJ ao comando.

VIVA O BENFICA.

E pluribus unum.

Por: Hugo Pinto*.

(* A redação do artigo de opinião é única e exclusivamente da responsabilidade do autor)

Deixe uma resposta

Your email address will not be published.

*

Últimas de

“La Manita”

Gostaria de começar esta crónica e esta nova etapa, cumprimentando, cordialmente, todos
Ir Para Cima