Site icon Barcelosnahora

José Paulo Teixeira: “Eu estou cá pelos barcelenses, nós aqui somos TODOS BARCELOS”

Nesta entrevista ao Barcelos na Hora, José Paulo Teixeira, de 53 anos de idade, encabeça a lista do movimento independente “Todos Barcelos” à presidência da Câmara Municipal de Barcelos, concelho onde reside e é atual Presidente da União de Freguesias de Barcelos, Vila Boa e Vila Frescainha (São Martinho e São Pedo), aponta vários projetos no programa em preparação para as eleições autárquicas, a realizar em setembro ou outubro de 2021.

BnH: Depois de oito anos como Presidente da União de Freguesias de Barcelos, Vila Boa e Vila Frescainha (São Martinho e São Pedo), que razões o motivam agora a candidatar-se à presidência da Câmara de Barcelos?

José Paulo Teixeira: O principal motivo da minha candidatura à presidência da Câmara Municipal, foi porque, não concordei com determinadas situações que se estavam a passar no Partido Socialista de Barcelos, eu não posso concordar com a imposição da Nacional, bem como da Distrital, à concelhia de Barcelos.

Foram cinco anos que nós, quando digo nós, digo eu e outras pessoas, estiveram na frente, a trabalhar em prol dos barcelenses, e agora venha alguém de fora, e esse alguém de fora é o presidente da distrital, dizer o que nós temos que fazer, não podem vir impor “pessoas” que estiveram cinco anos fora deste contexto, não estiveram integrados no partido, não estiveram a trabalhar para os barcelenses, não concordo.

Para além disso a concelhia tem tido várias atitudes com as quais eu não me identifico, algumas das quais, em fechar-se e não fazer ver tanto aos militantes como aos barcelenses, quem é a lista candidata, quem são as pessoas. Não partilho de esconder as coisas às pessoas. O que me leva a ficar descontente com o que se está a passar na Nacional, Distrital e Concelhia e me motivou avançar com a minha candidatura.

Eu estou cá pelos barcelenses, e por isso, pedi a minha desfiliação do Partido Socialista e a minha demissão como secretário coordenador, para assim avançar com uma candidatura.

BnH: Já tem equipa formada para a candidatura à presidência da Câmara Municipal de Barcelos? E para a Assembleia Municipal?

José Paulo Teixeira: Eu já tenho a minha lista, claro que temos alguns pontos que tem que ser acertados, por motivos profissionais. Não há vaidosos aqui, não há vaidade, são pessoas de trabalho, com atividades profissionais muito sérias, muito corretas, não é o poder e a vaidade que os move, os que os move é trabalhar para Barcelos para os barcelenses. Estamos a acertar alguns pormenores, logo que possível será anunciada a lista.

BnH: Uma vez que vai ser candidato à presidência da Câmara Municipal, o movimento “Todos Barcelos” vai apresentar candidaturas às Freguesias, nomeadamente à União de Freguesias de Barcelos, Vila Boa e Vila Frescainha (São Martinho e São Pedo)?

José Paulo Teixeira: Há duas freguesias que eu gostava de concorrer, União de Freguesias de Barcelos, Vila Boa e Vila Frescainha (São Martinho e São Pedo) e Arcozelo. Esta União e Freguesia são de grande proximidade, são muito fortes, daí a minha candidatura. Nas restantes freguesias, em princípio, não vamos apresentar candidaturas, no entanto estamos disponíveis para dialogar.

BnH: Na leitura que faz da gestão autárquica municipal nos últimos 12 anos, qual o balanço do trabalho desenvolvido ao longo deste mandato pelo atual executivo?

José Paulo Teixeira: Houveram muitas falhas, há que remendar essas falhas. Não vou falar muito de 2009, eu acompanhei mais de 2013 para a frente. Existiram vários problemas, a saída de alguns vereadores, a situação que aconteceu com o Presidente da Câmara, situações essas que criaram transtorno no desenvolvimento do concelho.

As pessoas queixam-se do funcionamento do Município, queixam-se que é muito difícil tratar dos processos, de falar com as pessoas responsáveis.

No meu mandato se eu for eleito presidente de Câmara, isto não vai acontecer. Eu sou a favor da rapidez, como por exemplo, quando entra um projeto no Município de investimento ou para criar determinadas infraestruturas particulares, no caso da indústria, obras de construção, eu acho que deve ter prioridade, porque isso são receitas, são postos de trabalho, são desenvolvimento do concelho de Barcelos.

Destes últimos 8 anos, os quais eu acompanhei mais de perto, como presidente da União de Freguesias de Barcelos, a minha perceção das necessidades das pessoas é maior, acho que em alguns pontos o município falhou, e falhou muito, inclusive eu cheguei a dizer isso ao Presidente da Câmara, muitas pessoas vinham falar comigo que demorava muito tempo para tratar de um assunto e ter uma resposta, e eu quero “remendar” essas falhas, será esse um princípio da minha candidatura.

BnH: O que é que a sua candidatura pode trazer de diferente?

José Paulo Teixeira: Barcelos tem bastantes carências, no caso da área social, temos casos muito complicados que muitas vezes não são atendidos a tempo e horas.

Pode ser diferente no tempo de resposta aos projetos submetidos, na prontidão de execução para os empresários avançarem com investimento no nosso concelho, assim como os cidadãos não ficarem com as suas vidas paradas.

Pode ser diferente pela minha equipa, pelo empenho e competência no serviço público.

Nos aqui não excluímos ninguém, somos TODOS BARCELOS.

BnH: Se for eleito presidente da Câmara, quais as primeiras medidas a implementar?

José Paulo Teixeira: Costumo dizer isto com uma certa ironia, se for eleito Presidente da Câmara vou pegar numa vassoura, e essa vassoura vai “trabalhar”.


“A mensagem que eu envio aos Barcelenses é que acreditem, acreditem que isto pode mudar.”

José Paulo Teixeira

PUB

PUB

PUB