Manuela Briote (Rotary) e Joel Silva (Rotaract) recebem a “Tarefa” de presidir os seus Clubs

Julho 2, 2020 Atualidade, Concelho, Cultura, Mundo

Transmissão de Tarefas decorreu em ambiente emotivo e seguro

Na noite da passada terça-feira, dia 30 de junho, a sala do Hotel Bagoeira recebeu mais uma Transmissão de Tarefas do Rotary Club de Barcelos e do Rotaract Club de Barcelos. A cerimónia foi muito mais contida e contou com muito menos participantes do que o habitual, devido aos condicionalismos inerentes da pandemia COVID-19.



A noite foi repleta de momentos cerimoniais e de muita emoção. Os pontos altos, de forma cronológica, foram a entrega dos Certificados de Agradecimento do Club de Barcelos ao Bagoeira – recebido por um dos seus funcionários – e ao Barcelos na Hora – recebido pelo seu Diretor, Pedro Soares de Sousa; os discursos de término de mandato de Cláudia Santos – Past Presidente do Rotary – e de Francisca Henriques – Past Presidente do Rotaract; assim como, das Transmissões de Tarefas e dos primeiros discursos, enquanto Presidentes, de Manuela Briote (Rotary) e de Joel Silva (Rotaract).

Instada a expressar o que sentiu no momento em que recebeu a Tarefa de presidir ao Club barcelense, Manuela Briote salienta que “um clube Rotário é um clube de profissionais ativos, envolvidos em projetos que criem oportunidades de servir, dentro dos valores de humanismo de Rotary. Ser Rotário é estar comprometido com a sua comunidade. Ser Rotário é potenciar mudanças duradouras na sua comunidade e no mundo, com vista a uma melhoria das condições de vida das populações, em áreas de enfoque tão distintas como: a Paz e Resolução de Conflitos, a Prevenção e Tratamento de Doenças, a Água Potável e Saneamento, a Saúde Materno-Infantil, a Educação Básica e Alfabetização, o Desenvolvimento Económico e Comunitário e a Defesa do Meio Ambiente. Ser Rotário é ‘Dar de Si antes de Pensar em Si’.” Mais precisamente sobre esse momento, “a Transmissão de Tarefas é um dos momentos mais importantes do Ano Rotário. Neste ano Rotário, cabe-me a mim a Responsabilidade e a Honra de assumir a função de Presidente do Rotary Club de Barcelos”.

A nova “timoneira” do Club deixa umas palavras sobre a Presidente cessante, Cláudia Santos, que “deixa um legado que faz aumentar a minha responsabilidade. Foi uma Presidente que teve a capacidade de liderar com o coração e a razão, sempre com uma mensagem positiva. Mesmo em tempo de contingência, conseguiu que o Club reunisse online, fez palestras e angariação de fundos para diversas organizações, apoio na aquisição de material hospitalar, distribuição de máscaras e desinfetantes”.

Já sobre o mandato rotário, a responsável afirma saber “que o ano que agora inicio será um Ano diferente, com adversidades e contingências, mas também sei que os Rotários são pessoas de Ação, e que, com a ajuda e colaboração dos meus companheiros e da minha equipa (Secretário: Francisco Cardoso e Tesoureiro: Marcelino Mota), que integram o quadro diretor, com o Protocolo Henrique Santos e Protocolo Digital Miguel Henriques, bem como com a nossa Past Presidente Cláudia Santos, vamos conseguir trabalhar mais e melhor em prol daqueles que mais precisam”, sendo que neste ano, pretende “dar continuidade ao trabalho que o Club tem vindo a desenvolver, em especial, terminar a concretização de alguns projetos do Club junto da comunidade local, bem como, apoiar o Projeto Girassol, a construção de um jardim de Infância em Cacheu na Guiné Bissau. Acredito que podemos fazer a diferença e Abrir Oportunidades”.

Finalmente, sobre o lema do Ano Rotário 20/21: “O Rotary Abre Oportunidades”, Manuela Briote salienta que “acreditamos que os nossos gestos humanitários, grandes e pequenos, criam oportunidades para as pessoas que precisam da nossa ajuda. O Rotary cria oportunidades de liderança e dá aos associados a hipótese de viajarem pelo mundo para colocarem as suas ideias de serviços humanitários em prática e criar vínculos duradouros”.

Joel Silva, que agora preside aos desígnios dos jovens rotários do Rotaract Club de Barcelos, começa por referir que “primeiramente, quando me convidaram a ser Presidente, tive algum receio, tinha dúvidas, medos e incertezas, fiquei com um passo atrás. Mas conforme o tempo foi passando, fui ganhando, aos poucos, confiança em mim mesmo e com o incentivo e apoio de todos, decidi então aceitar este desafio de ser o Presidente do Rotaract Club de Barcelos”, tendo sentido esse mesmo apoio na Transmissão de Tarefas. “Sei que, enquanto Presidente inexperiente, posso contar com o apoio de todos para aquilo que for necessário. Isso deixa-me mais aliviado e, ao mesmo tempo, com vontade de exercer o meu mandato”, salienta.

Ainda sobre o momento da Transmissão de Tarefas, o responsável refere que, mesmo dentro de todas as restrições causadas pela pandemia, o momento superou as suas expectativas e já “sentia saudades” de um momento como esse. “Sendo este um encontro tão especial para a comunidade de Rotary e de Rotaract, era ainda mais especial para mim pois eu iria receber um cargo com muita importância. No momento da transmissão, senti-me (mais do que esperava) emocionado, feliz, um pouco nervoso, entusiasmado e ansioso. Foi, de facto, um momento muito bonito que eu irei, sem dúvida, guardar para sempre na memória. Apesar do cargo como Presidente, sinto-me, e sou, ainda novo na comunidade, ao contrário da presidente anterior. Daí que, agora como presidente e representante, espero conhecer e interagir ainda mais com a comunidade, conectar-me não só com um mundo, mas com aqueles à minha volta”. E falando destes, Joel Silva salienta que tem “a equipa de Rotaract, a minha querida, amigável, atenciosa e feliz equipa. Exceto a presidente anterior, Francisca Henriques, e outro membro do grupo, os restantes três eu não conhecia, mas ao longo do ano, adorei imenso conhecê-los e o tempo que estive com eles foi suficiente para perceber que eles são pessoas que me irão apoiar quando eu precisar porque, no final de contas, esta equipa é o maior apoio que tenho enquanto Presidente e, por isso, agradeço a todos os membros integrantes e, em especial, à ex-Presidente Francisca Henriques pelo excelente mandato feito no ano 2019-2020. Para ela, as minhas palavras não têm medida suficiente para demonstrar a minha gratidão. Quero, também, deixar um agradecimento, obviamente, ao Rotary Club de Barcelos, em especial à Mariana Ballester, que, de certa forma, atuava como porta-voz do Rotary e nos ajudou sempre que necessário”.

Como objetivos para o ano rotário do Club que agora preside, o jovem refere que “passam, neste momento, por manter e dar continuação aos projetos anteriores e, sobretudo, na captação de novos membros. Temos, igualmente, alguns projetos em mente, mas não posso adiantar muito devido à incerteza causada pela situação pandémica em que vivemos”.

De uma forma mais intrínseca, Joel Silva sente-se motivado e entusiasmado “para fazer algo em prol do bem da comunidade, neste ano mais difícil devido à pandemia, tornando o desafio maior. Mas considero que o Rotaract conseguirá fazer aquilo que sempre fez e encontro-me confiante acerca disso”, conclui.

Fotos: DR.

Deixe uma resposta

Your email address will not be published.

*

Últimas de

Encontro às Cegas

Imagina, por um dia, que ficarias cega. Deixarias de ver tudo o
Ir Para Cima