Óquei de Barcelos cede nas penalidades e não conquista o tri na CERS

Abril 29, 2018 Atualidade, Concelho, Desporto, Mundo

Disputou-se em Lleida mais uma final da Taça CERS, mais uma final onde o Óquei Clube de Barcelos (OCB) marcou presença, defrontando a equipa espanhola do Lleida.



Arbitrado pela dupla francesa Xavier Bleuzen e Julien Thibaud, Paulo Pereira fez alinhar de início Ricardo Silva, Zé Pedro, João Almeida, Hugo Costa e Rúben Sousa. No banco, de início, ficaram André Almeida, Juanjo López, Joca Guimarães, Afonso Lima e Marinho.

Já Albert Folguera, treinador espanhol, apresentou de início Albert Mola, Bruno Di Benedetto, Joan Cañellas, Dario Giménez e Andreu Tomàs. No banco, de início, ficaram Lluís Tomàs, Xixi Creus, Roberto Di Benedetto, César Candanedo e Deri Mataix.

O jogo começou “taco a taco” mas foi o OCB o primeiro a marcar, aos 17 minutos, por Joca Guimarães, fazendo o 1-0 com que se foi ao intervalo.

No reatamento do jogo, aos 4 minutos, o Lleida falhou uma grande penalidade por Dario Giménez. Por volta dos 6 minutos, Zé Pedro teve a oportunidade de aumentar a contagem, na marcação de um livre direto a penalizar os espanhóis pela sua 10ª falta. No entanto, não conseguiu concretizar. Mas no minuto seguinte, João Almeida “stickou” para o segundo golo do OCB. Aos 10 minutos, a equipa da casa reduziu a desvantagem, por intermédio de Andreu Tomàs, na marcação de uma grande penalidade. Aos 15 minutos, o Lleida empatou, por Giménez, num livre direto, e Hugo Costa a receber cartolina azul. Dois minutos depois, o OCB chegou à 10ª falta mas Giménez falhou o correspondente livre direto. Os espanhóis continuaram por cima do jogo mas o jogo chegou ao fim com 2-2 no marcador, indo para prolongamento.

Na primeira parte do prolongamento foram, de novo, os espanhóis a estar por cima do jogo, com os lances mais perigosos a serem seus, mas a parte a terminar empatada a 2 golos. Na segunda parte, o Lleida conseguiu ser melhor mas a menos de 30 segundos do final, o OCB quase resolvia. No entanto, ficou tudo para as grandes penalidades.

Pelo lado do OCB, Marinho, Rúben Sousa, Joca Guimarães, Juanjo López e Zé Pedro falharam as suas penalidades; pelo lado do Lleida, Candanedo, Giménez, Andreu Tomàs e Roberto Di Benedetto falharam mas Xixi Creus marcou e entregou a CERS aos homens da casa, impedindo que o OCB conquistasse o inédito tri.

Foto: OCB.

Deixe uma resposta

Your email address will not be published.

*

Últimas de

Surpresa em Vila Cova

Mais um fim de semana, mais uma jornada dos campeonatos da Associação

Pin It on Pinterest

Shares
Share This

Partilha esta Notícia

Partilha com os teus amigos

Ir Para Cima