Óquei de Barcelos com empate surpreendente frente a Turquel

Janeiro 26, 2020 Atualidade, Concelho, Desporto, Mundo

Liderança perdida de novo

A 14ª jornada do Campeonato Nacional da 1ª divisão de Hóquei em Patins trouxe mais um jogo ao Pavilhão Municipal de Barcelos, opondo o Óquei Clube de Barcelos (OCB) ao HC Turquel.



Com arbitragem de José Pinto e Porfírio Fernandes (AP Porto), o jogo contou com os seguintes alinhamentos:

OCB – Ricardo Silva, Ezequiel Mena, Luís Querido, Gonçalo Nunes e Alvarinho (cinco inicial); Joka, Zé Pedro, Gonçalo Meira, Miguel Rocha e Franco Ferruccio ((banco inicial); Paulo Pereira (treinador).

HC Turquel – Diogo Almeida, André Moreira, Vasco Luís, André Pimenta e Tiago Mateus (cinco inicial); Gonçalo Duarte, João Lomba, Afonso Severino, Xavier Lourenço e Zé Costa (banco inicial); João Simões (treinador).

Foi um jogo que defraudou, provavelmente, as expectativas dos adeptos “óquistas”, visto o OCB vir de uma vitória, de remontada, frente ao SL Benfica. Os barcelenses andaram sempre atrás do resultado e de empatarem o jogo, não conseguindo chegar à esperada vitória.

Os visitantes tiveram em Tiago Mateus a sua figura, com três golos apontados. Já no OCB, os golos foram todos repartidos.

Marcou primeiro o Turquel, pelo incontornável Mateus, aos 10’. O OCB empatou por Gonçalo Nunes, aos 14’. Nesse mesmo minuto, Mateus bisou e recolocou os visitantes na frente do marcador. No minuto seguinte, na marcação de um livre direto, Lourenço colocou os forasteiros a vencer por dois golos de diferença. No minuto seguinte, os da casa iniciaram nova remontada, com Miguel Rocha a reduzir para 2-3 e Alvarinho, aos 21’, a empatar o jogo a 3 golos, resultado com que se chegou ao intervalo.

Na segunda parte, o jogo trouxe apenas mais dois golos. Novamente Mateus, aos 17’, levou o Turquel para a frente do marcador. Mena, aos 20’, empatou o jogo a 4 e fechou o marcador num empate: 4-4.

Segue-se, a 01 de fevereiro, a visita ao recinto do Riba d’Ave HC.

Deixe uma resposta

Your email address will not be published.

*

Últimas de

Sussurrar

Quantas vezes, Não vemos sentido Nas palavras que o coração Nos sussurra
Ir Para Cima