Óquei de Barcelos eliminado por “falta de comparência”

Novembro 17, 2018 Atualidade, Concelho, Desporto, Mundo

Foi polémica a segunda mão da WS Europe Cup, que deveria ser disputada em Nantes, com a equipa local a defrontar o Óquei Clube de Barcelos (OCB), que levava uma vantagem de um golo.



No entanto, o treinador Paulo Pereira continua a cumprir um longuíssimo castigo internacional e o treinador que iria constar na ficha de jogo, Rui Sérgio Teixeira encontrava-se doente à hora do desafio. Logo, não conseguiu estar no banco, ficando o OCB sem qualquer treinador.

Depois de muitas análises e contactos por parte da equipa de arbitragem, esta decidiu-se pela não realização do jogo, com o OCB a ser punido por falta de comparência e com derrota pesada de 10-0.

A primeira reação partiu do capitão Ricardo Silva, que criticou a atitude dos franceses, que “queriam jogar, mas passados dez minutos mudaram de opinião”. O guardião “óquista” relembrou que “na primeira mão eles não tinham diretor inscrito e o jogo não foi protestado. O nosso treinador não está presente por motivos de doença. Estamos de luto com o hóquei internacional”, salientando que o OCB “mão merece este tratamento. A lei está do nosso lado”, e, por isso, o OCB decidiu que vai protestar o jogo.

Ricardo Silva terminou abordando o dinheiro e os esforços que terão que fazer para se deslocarem de novo a Nantes e realizarem o jogo, porque acreditam ter a razão do seu lado.

Foto: OCB.

PUB

WhatsApp-Image-2021-04-09-at-14.18.52.jpeg

PUB

Captura-de-ecra-2021-04-12-as-11.19.30.png

PUB

Claudia-Campanha-Bnh.jpg

Deixe uma resposta

Your email address will not be published.

*

Últimas de

Ir Para Cima