Óquei de Barcelos vira resultado, derrota Benfica e está na liderança

Janeiro 23, 2020 Atualidade, Concelho, Desporto, Mundo

Foi um Pavilhão Municipal de Barcelos a “abarrotar pelas costuras” que recebeu ontem, à noite, o jogo da jornada, a opor Óquei Clube de Barcelos (OCB) ao SL Benfica.



Houve imensos adeptos a ficarem de fora do recinto e na posse de bilhete, o que levantou muita polémica. O clube barcelense já emitiu uma nota onde pede desculpa a esses adeptos, que serão ressarcidos dos custos que tiveram num bilhete e não conseguiram entrar. Algo se passou de errado no planeamento deste jogo.

Com arbitragem de Rui Torres e Paulo Rainha (AP Minho), o jogo contou com os seguintes alinhamentos:

OCB – Ricardo Silva, Ezequiel Mena, Luís Querido, Miguel Rocha e Franco Ferruccio (cinco inicial); Joka, Zé Pedro, Gonçalo Meira, Gonçalo Nunes e Alvarinho (banco inicial); Paulo Pereira (treinador).

SL Benfica – Pedro Henriques, Valter Neves, Diogo Rafael, Carlos Nicolía e Lucas Ordoñez (cinco inicial); Marco Barros, Edu Lamas, Jordi Adroher, Gonçalo Pinto e Vieirinha (banco inicial); Alejandro Domínguez (treinador).

Foi um jogo de alta tensão, como se esperava. O exemplo disso é o SL Benfica ter chegado às 10 faltas ainda antes dos primeiros 20 minutos de jogo. Ordoñez bisou (7’ e 15’) e Vieirinha marcou o 0-3, aos 20’, já depois de Miguel Rocha e Mena (repetição) terem falhado um livre direto. Alvarinho saiu do banco para “faturar”, por duas vezes, aos 21’ e a menos de 20 segundos do final da primeira parte, levando o OCB “vivo” para o intervalo, a perder por 2-3.

No reatamento, Alvarinho manteve o “stick quente” e empatou o jogo logo aos 30 segundos. Miguel Rocha apontou o 4-3, a penalizar os lisboetas pelo azul de Diogo Rafael, aos 5’. Aos 16’, Ferruccio alargou a vantagem para 5-3. No minuto seguinte, Adroher reduziu, num livre direto. Miguel Rocha apontou novo livre direto por azul, fechado o marcador em 6-4 para o Óquei Clube de Barcelos, que passou para a frente do campeonato, de novo.

Na próxima jornada, a 25 de janeiro, o OCB recebe o Turquel.

Fotos: André Miranda.

Deixe uma resposta

Your email address will not be published.

*

Últimas de

Sussurrar

Quantas vezes, Não vemos sentido Nas palavras que o coração Nos sussurra
Ir Para Cima