Óquei de Barcelos volta às vitórias e derrota Valença por 4-2

Fevereiro 3, 2018 Atualidade, Concelho, Desporto, Mundo

No Pavilhão Municipal de Barcelos, a contar para a 15ª jornada da 1ª divisão de Hóquei em Patins, estiveram frente a frente o 7º classificado Óquei Clube de Barcelos (OCB), com 23 pontos, e o 9º Valença HC, com 13.



O jogo foi arbitrado por uma dupla de arbitragem mista, o que é sempre de louvar, composta por Orlando Panza e Sílvia Coelho, da AP Porto.

Paulo Pereira, técnico do OCB, fez alinhar de início Ricardo Silva, Zé Pedro, João Almeida, Hugo Costa e Rúben Sousa. No banco, de início, estavam André Almeida, Joca Guimarães, Pedro Silva, Afonso Lima e Marinho.

Já o técnico valenciano fez alinhar de início Rodolfo Sobral, Luís Viana, Guido Pellizari, Zé Braga e Miguel Fernandes. No banco, de início, ficaram Carlos Silva, Sérgio Jesus, José Campos, Tiago Pereira e Hélder Martins. De salientar que Orlando Graça, o treinador principal, foi expulso, com vermelho direto, tal como o seu jogador Nuno Pereira, no jogo anterior, frente ao HC Braga, e não pôde estar no banco, sendo substituído pelo seu 2º treinador, Pedro Gomes.

O jogo começou equilibrado, com as equipas a procurarem o golo. Aos 11 minutos, Rúben Sousa, que anda de “stick quente”, não conseguiu concretizar uma grande penalidade. Cerca de 5 minutos depois, foi o internacional moçambicano Marinho a abrir o marcador para o OCB, fazendo o 1-0 com que se foi para intervalo.

Poucos minutos após o reinício da partida, sensivelmente aos 4, foi a vez de José Campos falhar uma grande penalidade para os homens de Valença, mantendo-se o OCB na frente do marcador.

Este momento serviu de aviso para os jogadores da casa, que num espaço de 1 minuto, por volta dos 11, fizeram dois golos. Primeiro por Hugo Costa e depois por João Almeida, colocando a vantagem em 3 golos. Vantagem que foi reduzida logo no minuto seguinte, aos 12, por Zé Braga. Com o jogo parado, Hugo Costa foi admoestado com um cartão azul. Ainda no mesmo minuto, o Valença cometeu a sua 10ª falta mas o capitão Zé Pedro não conseguiu desfeitear o guarda-redes visitante. Foram, por isso, um par de minutos bem animados na quadra barcelense.



Aos 22 minutos, o OCB teve nova oportunidade de concretizar uma grande penalidade, algo que Marinho não deixou de fazer, apontando o 4-1. No minuto seguinte foi a vez da equipa da casa cometer a sua 10ª falta mas a 2 minutos do final, o jogo parecia “bem encaminhado”. No entanto, os livres têm que ser marcados e Zé Braga, de novo, não se viu rogado e apontou o segundo golo forasteiro, reduzindo a desvantagem para dois golos. O marcador ficou a marcar o 4-2 com que o jogo finalizou.

O OCB voltou às vitórias e somou mais 3 pontos. Na próxima jornada, que é só a 21 de fevereiro, pelas 21h00, a equipa barcelense desloca-se ao sempre difícil Valongo.

Fotos: Hugo Brito.

PUB

WhatsApp-Image-2021-04-09-at-14.18.52.jpeg

PUB

Captura-de-ecra-2021-04-12-as-11.19.30.png

PUB

Claudia-Campanha-Bnh.jpg

Deixe uma resposta

Your email address will not be published.

*

Últimas de

Ir Para Cima