Palestra online sobre “Stress e a Saúde Psicológica na Fibromialgia”

Novembro 16, 2020 Atualidade, Concelho, Mundo, Saúde

Evento organizado pela FIBRO

No próximo dia 18 de novembro, pelas 21h00, realiza-se a palestra online dedicada ao tema “Stress e a Saúde Psicológica na Fibromialgia”, dinamizada pela FIBRO – Associação de Fibromialgia.



Serão abordadas as consequências do stress, ansiedade e depressão em tempo de pandemia, que afeta a condição psicológica, física e a qualidade de vida das pessoas com Fibromialgia, doença incapacitante e invisível.

Os oradores da palestra serão Paula Encarnação, Professora na Escola de Enfermagem da Universidade do Minho; Miguel Durães, psicólogo e Presidente da Direção da RECOVERY IPSS; e de Jorge Mandim, Presidente da Fibro e da Fibromialgia em Portugal. Uma iniciativa da FIBRO -Associação de Fibromialgia e com um projeto cofinanciado pelo programa de financiamentos a projetos pelo INR,P.T.

Será transmitida em direto nas páginas do Facebook da FIBRO Associação, e Fibromialgia em Portugal.

De acordo com Jorge Mandim, “um doente com Fibromialgia vê alterados os sintomas quando colocado numa situação de stress…afetam a sua condição psicológica, física… Fibromialgia é uma condição complexa e pouco compreendida, caracterizada por dor músculo-esquelética crónica generalizada, associada à rigidez matinal, depressão, ansiedade, alterações do humor, fadiga, perturbações cognitivas e do sono. Falar de Fibromialgia é falar de Dor. Esta dor pode ir de moderada a severa, e causa endurecimento/rigidez por todo o corpo. Pode ser debilitante, causar solidão, ansiedade e depressão. Os doentes com Fibromialgia são acusados de serem psicologicamente frágeis e isso contribui para o aumento da manifestação da doença. A fibromialgia atinge desde crianças, jovens a adultos; usualmente são diagnosticados entre os 20 e 50 anos, mas aumentando a incidência com a idade. Estima-se que cerca de 2% a 4 % da população seja afetada pela fibromialgia, que cerca de 75% sejam mulheres e 25% de homens. Devido à diversidade de sintomas e problemas, afeta múltiplas facetas da vida e apresenta impacto na qualidade de vida: problemas no relacionamento com familiares e amigos; isolamento social; dificuldades nas atividades de vida diária e atividades de lazer; diminuição de atividade física e perda de carreira profissional; ou incapacidade para a avançar com planos futuros de vida”.

A FIBRO é uma associação de doentes com Fibromialgia e doenças crónicas e tem um espaço de atendimento e informação. “Falando sobre a FIBRO, aprendemos a viver com ela”, quer entre doentes e seus familiares, como entre a sociedade em geral. Tem como objetivos: “Promover o autoconhecimento, para que o doente aprenda a viver com as suas incapacidades; Capacitar o doente para uma vida de inclusão social; Informar e sensibilizar a comunidade, para a problemática das dificuldades diárias e permanentes do doente crónico e com fibromialgia”.

Os doentes têm necessidades de fazerem diversas terapias de reabilitação, pois apresentam grandes dificuldades para o desempenho das suas atividades profissional, pessoal e social.

Visa a aprendizagem e a aquisição de estratégias de coping adequadas por parte destes doentes crónicos com incapacidade, para lidarem com as adversidades e adaptarem-se às mudanças nas suas atividades de vida diária.

Imagem: FIBRO.

Deixe uma resposta

Your email address will not be published.

*

Últimas de

Ir Para Cima