PAN Braga realiza palestra digital “Saúde Mental em Isolamento”

Abril 26, 2020 Atualidade, Concelho, Mundo, Política

Na próxima quarta-feira, dia 29 de abril, pelas 18h30, o PAN Braga realiza, em direto da sua página de Facebook, uma palestra digital dedicada ao tema “Saúde Mental em Isolamento, que contará com a participação da psicóloga Sara Brandão e com a moderação do porta-voz distrital, Rafael Pinto.



“Os problemas de saúde mental continuam a ser um assunto tabu, no entanto, afetam cada vez mais portugueses e a situação que vivemos atualmente pode aumentar a sua incidência.  O objetivo deste evento é perceber o impacto que a pandemia e o isolamento social podem ter no aumento destes problemas e que medidas podemos adotar, enquanto sociedade e ao nível individual, para os mitigar”, refere Rafael Pinto

Nesta DigitalTalk vão-se abordar os impactos que esta pandemia e o isolamento podem ter na nossa saúde mental e dos maiores grupos de risco; perceber o impacto que a quarentena pode ter na saúde mental, desenvolvimento e percurso escolar das crianças; partilhar técnicas que ajudem a lidar com o stress. Para assistir ao evento, clicar em: https://www.facebook.com/events/158454855589712/.

O PAN conseguiu fazer aprovar, no orçamento de estado 2020, a isenção do pagamento de IVA para psicólogos. Segundo o Partido, no seu programa eleitoral, constavam medidas como: «Contratar 200 Psicólogos para os Cuidados de Saúde Primários na próxima legislatura; Reforçar o papel e a relevância dos primeiros socorros psicológicos, enquanto parte dos cuidados básicos de Saúde, de modo a que possa existir um apoio psicológico de primeira linha para cidadãos afetados por acontecimentos de crise; Garantir a existência contínua de Psicólogos nos contextos educativos através da alteração do modelo de contratação “anual” para um modelo que garanta a presença permanente de Psicólogos através de uma carreira especial e reforçar, em 150, o número de Psicólogos nos agrupamentos e escolas públicas; Garantir a existência contínua de Psicólogos nos serviços prisionais, alterando o modelo de contratação via prestação de serviços para um modelo que garanta a presença contínua de Psicólogos e contratar 60 Psicólogos para os Serviços Prisionais; Desenvolver campanhas de sensibilização que aumentem a literacia da população na área da saúde mental, com especial ênfase nos temas da depressão e ansiedade».

Fonte e imagem: PAN-B.

Deixe uma resposta

Your email address will not be published.

*

Últimas de

Ir Para Cima