Perdida em mim…

Novembro 14, 2019 Atualidade, Concelho, Cultura, Opinião
Joana Martins

Vagueio na solidão

Sem saber para onde vou

Só, de mim,

Perdida na imensidão.

Sou tudo ou nada

Num só coração.

Contínuo perdida

Vagueio em vão.

Contínuo a procurar

Dentro de mim, o sentido

Tento me encontrar

Num suspiro contido.

Abro os braços ao mundo

Na ânsia do querer

E num segundo

Vejo a vida correr

Não a deixo fugir

Não a quero perder

Vim para sentir

A sorrir vou viver.

Perdida em mim…

.

Nunca se esqueçam de sorrir, por mais que a caminhada seja dura!

Vou tentar fazer o mesmo…

Por: Joana Martins*.



(* A redação do poema é única e exclusivamente da responsabilidade da autora)

PUB

218910333_904017513661701_8501182798823808285_n-1.png

PUB

mod-art-300-250.jpg

PUB

Claudia-Campanha-Bnh.jpg

PUB

120x160-1_page-0001-e1670068727131.jpg

Deixe uma resposta

Your email address will not be published.

*

Últimas de

Ser mulher e ser cigana

Ana Patrícia Barroso, natural de Barcelos, mestre em Serviço Social pela Universidade
Ir Para Cima