Reciclagem cresceu 10% no primeiro semestre na área coberta pela RESULIMA

Agosto 4, 2020 Atualidade, Concelho, Economia, Mundo

Mais equipamentos e mais participação dos cidadãos

A RESULIMA, responsável pelo tratamento e valorização de resíduos urbanos nos 6 municípios do Vale do Lima e Baixo Cávado, registou, no primeiro semestre de 2020, um aumento na recolha seletiva de 10% face ao período homólogo de 2019.



“Este crescimento da recolha seletiva resulta de investimentos muito significativos que têm vindo a ser concretizados, cofinanciados pelo Programa Operacional de Sustentabilidade e Eficiência no Uso dos Recursos (POSEUR), na aquisição de novos veículos de recolha, ecopontos e ações de comunicação e sensibilização ambiental, o que se tem traduzido numa participação efetiva e crescente dos cidadãos nos hábitos de reciclar”, refere a empresa em nota.

A RESULIMA dispõe, em 2020, de uma rede de 1.960 ecopontos distribuídos pelos municípios de Arcos de Valdevez, Barcelos, Esposende, Ponte da Barca, Ponte de Lima e Viana do Castelo, nos quais são depositados os resíduos valorizáveis. Nestes municípios, a recolha seletiva por material, registou um aumento de 8% no papel/cartão, 16% no plástico/metal e 9% de vidro.

“Analisados os números do primeiro semestre de 2020, pode-se afirmar que a reciclagem tem evoluído de forma positiva e que os desafios de 2020 têm sido ultrapassados, perspetivando-se um ano positivo para a reciclagem na região”, conclui.

A RESULIMA é responsável por assegurar o tratamento e valorização de resíduos, da forma ambientalmente mais correta e economicamente sustentável, contribuindo para a melhoria da qualidade de vida e do ambiente nos municípios de Arcos de Valdevez, Barcelos, Esposende, Ponte da Barca, Ponte de Lima e Viana do Castelo. A empresa serve cerca de 309,5 mil habitantes, numa área geográfica de 1.743 km2.

Fonte e imagem: RESULIMA.

Foto: DR.

Deixe uma resposta

Your email address will not be published.

*

Últimas de

Ir Para Cima