RESULIMA e restantes concessionárias da EGF lançam maior campanha ambiental de sempre para promover movimento coletivo

Outubro 9, 2020 Atualidade, Concelho, Economia, Mundo

O Futuro do Planeta não é Reciclável

A RESULIMA e as restantes concessionárias da EGF, grupo líder no tratamento e valorização de resíduos em Portugal, lançaram, no passado dia 07 de outubro, aquela que será a maior campanha de sensibilização ambiental alguma vez desenvolvida em Portugal com fundos europeus.



Com um investimento de mais de um milhão de euros, o movimento O Futuro do Planeta não é Reciclável apela à prevenção, reutilização e reciclagem de resíduos urbanos. O filme publicitário conta com a realização de Rúben Alves, autor do aclamado filme “A Gaiola Dourada”.

O objetivo desta campanha é de levar o cidadão à ação e a fazer parte de um movimento coletivo, através da adoção de comportamentos ambientais adequados na sua gestão diária e ao assumir o seu papel de gestor de recursos, numa cadeia de valor da qual fazem parte a EGF, a RESULIMA e as restantes concessionárias.

Uma das imagens da campanha (Imagem: EGF)

“Esta é uma campanha muito importante para o grupo EGF. Contámos com o envolvimento de todas as concessionárias, colaboradores e parceiros, para criarmos, em conjunto, um movimento ambiental coletivo que vai fazer a diferença”, sublinhou Emídio Pinheiro, Presidente do Conselho de Administração da EGF.

A apresentação da campanha foi feita no passado dia 7, no teatro Thalia, em Lisboa, numa cerimónia pública que contou com a participação da Secretária de Estado do Ambiente, Inês dos Santos Costa.

O Futuro do Planeta não é Reciclável (Imagem: EGF)

Esta campanha integra a candidatura Comunicação Ambiental Estratégica, apresentada pelas concessionárias EGF e aprovada pelo POSEUR para o período 2016-2020 com um cofinanciamento de 85%. Para a sua concretização foi realizado um concurso público com publicidade internacional, tendo sido concretizada a adjudicação pelo valor de 1.061.732€.

A RESULIMA é responsável pelo tratamento e valorização de resíduos urbanos de 6 municípios da zona do Vale do Lima e Baixo Cávado: Arcos de Valdevez, Barcelos, Esposende, Ponte da Barca, Ponte de Lima e Viana do Castelo, servindo cerca de 310 mil habitantes, numa área geográfica de 1.743 km2.

Imagens: EGF.

Deixe uma resposta

Your email address will not be published.

*

Últimas de

Encontro às Cegas

Imagina, por um dia, que ficarias cega. Deixarias de ver tudo o
Ir Para Cima