Santa Maria FC apresenta plantel para a próxima época

Agosto 15, 2020 Atualidade, Concelho, Desporto, Mundo

Ao final da tarde, início da noite, de ontem, dia 14 de agosto, o Santa Maria Futebol Clube apresentou o seu novo plantel para a próxima época desportiva, em que poderá (ainda não há certezas sobre como decorrerão os campeonatos) disputar o Pro-Nacional da Associação de Futebol de Braga (Distrital), a mais alta competição distrital e que precede a subida aos campeonatos nacionais.



A equipa técnica será orientada por João Salgueiro, tendo José Palheiras como treinador-adjunto e Óscar como treinador de guarda-redes. Carlos Esteves será o fisioterapeuta e Aníbal Ferreira o Diretor Desportivo.

A equipa de Galegos Santa Maria, presidida por Bruno Torres, apresentou seis reforços para a próxima época: os defesas Carlos Gonzalez (ex-CD Cerveira) e Nélson Gonçalves (ex-Águias da Graça); o médio Tiago Lopes (ex-Forjães); e os avançados Berto (ex-Marinhas), Vítor Hugo (ex-Cabreiros) e Ruca (ex-Torrense).

Do plantel da época passada, mantêm-se os guarda-redes Naifas e Carlos Salgueiro; os defesas Zé Diogo, Zé Pedro (capitão), Branca, David e Rodrigues; os médios Luís Salgueiro, Tiago Torres, Xavi, Esteves e Flávio Cunha; e os avançados Pimenta, Vítor e Tiago São Bento.

Zé Pedro: “Realizar uma época tranquila”

O capitão Zé Pedro, a entrar para a 11ª época no clube, salientou que a época passada foi um bocado irregular, relembrando, no entanto, que o Santa Maria FC teve uma reformulação diretiva e o objetivo passou por conseguirem a manutenção, objetivo que foi conseguido, mesmo que o campeonato tenha parado devido à pandemia COVID-19, pois estavam acima da “linha de água”. O objetivo para esta época que se avizinha passa por estabilizarem e não andarem “tão perto da linha de água”, mesmo sem que ainda saibam em que moldes se irá disputar o campeonato. Em suma, que consiga realizar uma “época tranquila”.

João Salgueiro: “O Santa Maria FC tem obrigação de, este ano, fazer melhor do que no ano passado”

Já João Salgueiro, treinador, salientou que, apesar de procurarem saber, também não sabem como será o futuro e como irão decorrer os campeonatos distritais de Braga. No entanto, o técnico ressalva que “o Santa Maria não pode parar”, tal como todos os clubes, tendo feito seis contratações. “De hoje para amanhã, os campeonatos começam e as equipas têm que estar preparadas para aquilo que é a competição”, afirmou João Salgueiro. “O Santa Maria teve que, atempadamente, fazer o seu plantel. Este ano, se calhar, mais fácil do que no ano passado”, quando trabalharam “muito em cima do joelho, por nova direção, por contenção de despesas. Este ano, fizemos um plantel mais ajustado”, tendo conseguido alguns jogadores que “se identificaram com o projeto”, sendo que alguns “voltaram a casa”. “É dentro deste espírito que queremos fazer um Santa Maria mais forte para o ano, porque sabemos que se não ficarmos em 4º lugar podemos descer de divisão”, reforçou, sendo que esse é o objetivo desta equipa, porque ficando em 4º lugar, têm uma certeza: não descem de divisão. “Depois, tudo pode acontecer porque, quando se joga em poules finais, depois, qualquer equipa pode aspirar a ser campeã”, referiu o treinador, que sem ter uma data definida para o início da época não vai iniciar os trabalhos. Por fim, para João Salgueiro, o Santa Maria FC tem obrigação de, este ano, fazer melhor do que no ano passado. “Este ano, estamos mais competitivos (…) Este ano estamos com um plantel muito mais competitivo. Todos os jogadores que vieram, vêm todos para poder jogar e quando assim é, os outros que estavam aqui vão ter também que trabalhar e os que chegaram vão ter que trabalhar muito para fazerem parte do onze. E quando assim é, nós elevamos o espírito competitivo da equipa. Por isso, vamos ter que fazer muito melhor porque temos capacidade para isso. Quando não temos capacidade, temos que, humildemente, perceber que não temos e, então, não vamos, se calhar, meter muita pressão a miúdos que no ano passado estavam a sair dos juniores, que no ano passado acabaram por fazer uma época relativamente boa em relação àquilo que eram as expectativas. Este ano queremos fazer mais e melhor”.

Bruno Torres: “Melhorar as condições de trabalho, reduzir o passivo e continuar a termos uma equipa competitiva”

Por fim, para o Presidente da Direção, Bruno Torres, o objetivo “vai ser aquilo que definimos a época passada e que será uma contenção naquilo que será o orçamento do plantel sénior. Reduzimos mais ao menos para metade e vamos manter, mais ao menos, o orçamento da época passada, com o objetivo da manutenção porque quando entrámos neste projeto foi com o princípio de reduzir à dívida e criarmos melhores condições de trabalho. Já fizemos, esta última época, um investimento a rondar os 50 mil euros na melhoria dos balneários, na parte sénior. Criámos, na formação, um auditório, uma sala de reuniões, um secretariado, um departamento da parte logística, também novo, onde esse investimento está pago e conseguimos, mesmo assim, reduzir alguma dívida. É esse o nosso principal objetivo, melhorar as condições de trabalho, reduzir o passivo e continuar a termos uma equipa competitiva no campeonato que estamos”. “Não temos objetivos de subir, mas a manutenção começará no curto prazo”, concluiu.

Fotos: BnH e SMFC.

[Ndr: notícia atualizada a 16.08.2020, pelas 17h30]

Deixe uma resposta

Your email address will not be published.

*

Últimas de

Ir Para Cima