Santana Lopes em Barcelos: “Para falar de ‘familygates’ não contem connosco”

Maio 3, 2019 Atualidade, Concelho, Mundo, Política

Foi numa sala cheia do restaurante Casa dos Arcos, em Barcelos, que o novo partido Aliança se reuniu num almoço, no passado dia 01 de maio, feriado do Dia do Trabalhador, que contou com a presença do líder Pedro Santana Lopes, do cabeça de lista do partido às europeias, Paul Sande, dos números 2 e 3 da mesma lista, da nova coordenadora distrital, do coordenador concelhio, Daniel Maciel, entre muitas outras figuras deste novo partido português.



No seu discurso, Pedro Santana Lopes afiançou que se for para falar de “familygates” então os outros partidos não contem com o Aliança, não se alongando muito neste tema. Estando em Barcelos, decidiu homenagear um homem, fundador do seu anterior partido, e que tinha as suas raízes neste concelho, referindo-se a Francisco Sá Carneiro, salientando que todos, mesmo aqueles de pensamentos políticos opostos, que outrora, em vida, o criticavam, hoje, homenageiam. Referiu, igualmente, que o Aliança defende um SNS (Serviço Nacional de Saúde) com um sistema similar ao alemão, sendo público e privado, tendo o cidadão a possibilidade de escolher onde pretende ver o dinheiro dos seus impostos gasto. Ressalvou que o Aliança não é contra o SNS, mas sim, a favor de um SNS mais justo. Tendo em conta a data que o dia assinalava – Dia do Trabalhador –, defendeu melhores condições de trabalho e melhores ordenados para os portugueses. Deixou elogios ao cabeça de lista às europeias, Paulo Sande, salientando ter sido a melhor escolha, sendo um candidato melhor que todos os outros, daí não quererem debater com ele as ideias que defendem para a União Europeia.

Paulo Sande também discursou, enaltecendo as virtudes da candidatura do Aliança e dos seus candidatos, lamentando não poder debater publicamente as ideias da mesma com os outros candidatos, confirmando uma informação que já corria na comunicação social, de que a candidatura tinha apresentado uma queixa à Comissão Nacional de Eleições (CNE) por causa desse facto. Centrou uma parte do seu discurso no processo de formação do Aliança, considerando que para muitos seria um projeto impossível de acontecer. No entanto, com muito empenho e participação, ele está no terreno.

Findo o almoço, os candidatos e muitos dos presentes no almoço entraram numa arruada, que percorreu a Festa das Cruzes logo após o término da Batalha das Flores.

Fotos: DR.

Deixe uma resposta

Your email address will not be published.

*

Últimas de

Momento tão Penoso

Bem-haja, caros leitores do BnH! Continuamos à procura de um rumo. De
Ir Para Cima