Tag archive

Academia Rosália Ferreira

Academia Rosália Ferreira apurada para o “All Dance World 2020”, em Orlando (EUA)

Fevereiro 4, 2020 em Atualidade, Concelho, Cultura, Mundo port barcelosnahorabarcelosnahora

No fim de semana de 1 e 2 de fevereiro, a Academia Rosália Ferreira – Núcleo Artístico Cultural de Barcelos, participou no “All Dance Portugal 2020”, competição oficial de qualificação para final Mundial, a “All Dance World 2020”, que decorrerá no próximo mês de novembro, em Orlando – Estados Unidos da América.



A Academia barcelense levou ao palco do Europarque, em Santa Maria da Feira, cinco coreografias de vários estilos e escalões, das quais três foram premiadas.

Em Pequenos Grupos Lírico – Nível Júnior, obtiveram o 1º lugar; em Pequenos Grupos Contemporâneo – Nível Kids, conquistaram o 3º lugar; e em Open Produção Show – Todas as idades, também conseguiram o 3º lugar.

Nas três coreografias premiadas participaram as 14 alunas envolvidas nesta competição, ficando, todas elas, apuradas para a grande final.

Com isto, a Academia irá tentar o feito conseguido em 2018, quando também foi apurada para a final Mundial com uma coreografia e duas alunas e de onde trouxeram um 3º Prémio Mundial.

Para Rosália Ferreira, Diretora e Coreógrafa, é “um enorme orgulho, como diretora e coreógrafa, ver o nosso trabalho reconhecido. Tem sido um início de ano muito intenso e muito promissor, tendo, no passado dia 12, participado no Performance Award da American Academy of Ballet, tendo tido excelentes resultados, incluindo quatro Bolsas de Estudo para Nova Iorque e, agora, nesta competição conseguirmos apurar as alunas todas foi excelente. Não poderia estar mais orgulhosa.”

Já o Presidente, Marco Ferreira, refere que “em meu nome e em nome da Academia Rosália Ferreira – Núcleo Artístico e Cultural de Barcelos, quero, numa primeira fase, felicitar este grupo fantástico, pelo trabalho das professoras e coreógrafas Rosália Ferreira e Joana Silva e desempenho de todas as alunas. Foi, sem dúvida, um excelente resultado”.

“Por outro lado, queria salientar o orgulho que sentimos, como Barcelenses, poder levar o nome da nossa cidade às maiores Competições de Dança Nacionais e Internacionais, ficando tão bem qualificados. É, sem dúvida, importantíssimo o devido reconhecimento do talento e da qualidade artística e cultural Barcelense, nomeadamente na área da Dança, não só pelos resultados obtidos pela nossa academia, mas também, por todos os resultados obtidos por algumas das associações e Academias Barcelenses”.

Fotos: ARF-NACB.

“Madness”, da Academia Rosália Ferreira, consegue 83,2% na Dance World Cup 2019

Julho 4, 2019 em Atualidade, Concelho, Cultura, Desporto, Mundo port barcelosnahorabarcelosnahora

Dia 03 de julho de 2019 marca a estreia da Academia Rosália Ferreira na edição de 2019 da Dance World Cup 2019, a decorrer no Altice Fórum de Braga.



Com o dueto “Madness”, obteve 83,2% na categoria de SNDM Senior Duet/Trio Modern (Including Lyrical & Contemporary), com a performance de Sara Vilas Boas e Joana Silva.

Numa publicação na sua página de Facebook, a Academia salienta que a nota de 83,2% “é, sem dúvida, uma nota muito boa”, mesmo que as coisas não lhes tenham corrido como o esperado, ressalvando que “fica mais uma aprendizagem, não só para a Dança, mas para a vida”.

Foto: DR (arquivo).

[Ndr: notícia atualizada a 04.07.2019, pelas 21h40. Pedimos desculpa à Sara Vilas Boas e à Joana Silva pela troca dos nomes.]

ARCA Dance Studio com novo Ouro no World Dance Cup 2019

Julho 3, 2019 em Atualidade, Concelho, Cultura, Desporto, Mundo port barcelosnahorabarcelosnahora

Sara Antunes foi a autora da proeza

Mais um dia e mais uma miríade de bailarinos a pisar o palco do Altice Fórum de Braga para competirem pelas muitas categorias do World Dance Cup 2019.



Sara Antunes foi a autora da proeza, em SNSV Senior Solo Song & Dance, com “All That Jazz”.

Já em SNGLC Senior Large Group Commercial, conquistaram um bom 5º lugar com “Realizadoras”.

Por esta altura, no Blue Theatre, a Academia Rosália Ferreira já se encontra a encantar o júri e os presentes.

Vamos acompanhando os resultados e mantendo os nossos leitores atualizados.

[Ndr: Notícia atualizada a 03.07.2019, pelas 11h40]

Começam as medalhas para Barcelos na Dance World Cup 2019

Julho 2, 2019 em Atualidade, Concelho, Cultura, Desporto, Mundo port barcelosnahorabarcelosnahora

Entre 28 de junho e 6 de julho, o Altice Fórum de Braga recebe a edição de 2019 da Dance World Cup, com mais de 6000 bailarinos a competir nas imensas categorias.



Ontem, primeiro dia de julho, foi, para já, o dia mais profícuo para as representações de ARCA Dance Studio e Flash Li Dance (sediada em Viana do Castelo, mas com polo em Barcelos).

Assim, em Mini Small Group Hip Hop, Street Dance & Commercial houve medalha de ouro para a Flash Li Dance, com “School Out”.

Em Mini Large Group Hip Hop, Street Dance & Commercial novo ouro para a Flash Li Dance, com “Mini Executivos”.

Em Children Large Group Commercial, o ouro foi atribuído à ARCA Dance Studio, com “Girl Power” e a prata ficou com a Flash Li Dance, com “Barbie World”. Daniel Costa, coreógrafo e diretor artístico do referido Studio salientou que “este foi o resultado de muitos meses de trabalho intensivo e muita dedicação por parte dos alunos, pais e, claro, do professor e coreógrafo e de todos os membros diretivos da ARCA, que trabalham em prol da arte da cultura na nossa cidade”.

Já em Mini Solo Hip Hop, Street Dance & Commercial, Carolina Lopes, da Flash Li Dance, com “Mini Candy”, foi 12ª. Em Children Solo Show Dance, Matilde Parente foi igualmente 12ª com “Are you ready?”, da Flash Li Dance.

Em Children Small Group Commercial a coreografia “On Board”, da Flash Li Dance, conseguiu um bom 5º lugar e em Children Solo Song & Dance, Beatriz Silva, da ARCA Dance Studio, com “Wishing you were somehow here again” foi 13ª.

No dia 30 de junho, a ARCA Dance Studio conseguiu o 10º lugar em Children Duet / Trio Song & Dance, com “Angel of Music”. Em Mini Solo Jazz & Show Dance, “Boom, Boom…Shake the room!”, da Flash Li Dance ficou em 12º. Em Children Small Group Acro Dance mais uma medalha de prata para a Flash Li Dance, com “Snakes”.

No dia 29 de junho, a Flash Li Dance teve “muita ação”. Senão vejamos:

Em Mini Small Group Jazz & Show Dance, 9º lugar com “Dear Future Husband”; Children Duet/Trio Acro Dance, 5º lugar com “Ocean Pearls”; Children Duet/Trio Jazz & Show Dance, 17º lugar com “Hot Chocolate!”; Children Small Group Jazz & Show Dance, 11º com “Jump’in”; e Children Large Group Acro Dance, 5º lugar com “A Christmas Night”. A ARCA Dance Studio conseguiu o 15º lugar em Children Large Group Show Dance, com “Friend Like Me”.

No primeiro dia, foi igualmente a Flash Li Dance a estar em ação. Em Children Solo Acro Dance conseguiu o bronze com “Survivor”, por Lara Gomes. Em Mini Solo Acro Dance obteve um 5º lugar, por Lara Ferreira, com “It’s oh so quiet…Shhh!”. Em Children Solo Acro Dance KSA (B) obteve um 13º lugar com “I’m a Pirate!”, por Matilde Parente, e em Children Solo Dance KSZ (A) um 14º lugar com “No Bad News!”, por Leonor Antunes.

Até dia 06 de julho haverão mais performances destas duas escolas, sendo de realçar que a Academia Rosália Ferreira irá subir, igualmente, a palco.

Fotos: DR.

[Ndr: notícia atualizada a 02.07.2019, pelas 12h25]

Academia Rosália Ferreira vence 1º prémio em Vigo

Maio 4, 2019 em Atualidade, Concelho, Cultura, Desporto, Mundo port barcelosnahorabarcelosnahora

No passado feriado municipal de Barcelos, dia 03 de maio, a Academia Rosália Ferreira deslocou-se a Vigo, na Galiza, para participar no “Vigo Porté – Evento Internacional de Disciplinas de Baile”, que decorreu no Auditório Mar de Vigo.



As jovens bailarinas barcelenses conquistaram o 1º prémio na Disciplina “Musicais”, categoria infantil, naquela que foi a sua estreia internacional.

Fotos: DR.

Academia Rosália Ferreira conquista prata na Dance World Cup Portugal

Março 7, 2019 em Atualidade, Concelho, Cultura, Mundo port barcelosnahorabarcelosnahora

Entre os dias 1 e 5 de março, a Academia Rosália Ferreira participou na competição Dance World Cup Portugal, nas eliminatórias nacionais para participação na Grande Final Mundial que decorrerá em Braga nos próximos meses de junho e julho.



Esta foi a primeira participação desta Academia barcelense na competição, levando 6 bailarinas e 4 coreografias, sendo elas: 1 de Solo estilo Moderno/ Contemporâneo Escalão Júnior, 1 de Dueto estilo Moderno/ Contemporâneo Escalão Júnior, 1 de Pequeno grupo estilo Moderno/ Contemporâneo escalão Júnior e 1 de Dueto estilo Moderno/Contemporâneo escalão Sénior.

Das 4 coreografias, MADNESS (Dueto estilo Moderno/Contemporâneo escalão Sénior) conquistou a medalha de prata (2º Lugar), ficando, assim, selecionada para a grande final neste escalão e categoria.

Rosália Ferreira referiu que “ao contrário de outras competições internacionais em que já participámos, esta não distinguia os concorrentes de escolas vocacionais e não vocacionais, tendo as nossas meninas tido o privilégio de competir junto de grandes escolas como é o caso do Conservatório Internacional de Dança Anarella Sanches”.

Ainda sobre a competição, ressalvou que “foi para nós um fim de semana de muitas partilhas, de grandes aprendizagens, de muitas emoções. É um orgulho para nós, direção, e para os professores, vermos os nossos alunos a crescerem, tanto tecnicamente, como a nível pessoal”, salientando e agradecendo “à escola ARCA Dance Studio, toda a partilha, o agradável convívio e o seu apoio às nossas meninas e aproveitar para parabenizá-los pelos prémios e reconhecimentos obtidos durante esta competição, nas categorias em que participaram”.

Por fim, ainda se aguardam as classificações e pontuações finais para se saber em que posição ficaram colocadas as restantes 3 coreografias, que não obtiveram prémio.

Foto: DR.

Dupla da Academia Rosália Ferreira conquista 3º Prémio no All Dance World nos EUA

Novembro 24, 2018 em Atualidade, Concelho, Cultura, Mundo port barcelosnahorabarcelosnahora

Após ter sido contactada pela direção do All Dance World no sentido de ser informada de que uma coreografia sua apresentada no Festival Norte Dança 2018 tinha sido apurada para representar Portugal na sua competição em Orlando (EUA), nasceu o sonho na Academia Rosália Ferreira, na sua responsável – que lhe dá nome – e nas duas jovens dançarinas Beatriz Silva e Bruna Maia.



Mas o sonho trazia alguns obstáculos, principalmente, orçamentais. No entanto, a comunidade da Academia – responsáveis, dançarinos, familiares e amigos – fez desses obstáculos força e enveredaram pela organização de várias ações com o intuito de angariação de fundos, necessários para as viagens, estadias e demais gastos. E o sonho tornou-se realidade…

Ontem, no Hotel Hilton Orlando Resort, chegou a recompensa, com a conquista do 3º prémio (3º Corybant), atribuído na categoria de Dueto Contemporâneo – escalões jovens (12-17 anos).

Rosália Ferreira, na rede social Facebook, salienta que se encontra de “coração cheio…sem palavras…orgulho!!!”. Tendo sido “um dia de muita adrenalina, de muito stress, muitos nervos, mas, acima de tudo, de muito orgulho!!!”.

Foto: DR.

Dueto da Academia Rosália Ferreira representa Portugal no All Dance World, em Orlando (EUA)

Julho 4, 2018 em Atualidade, Concelho, Cultura, Mundo port barcelosnahorabarcelosnahora

A direção do All Dance World contactou a Academia Rosália Ferreira no sentido de informar os seus responsáveis de que uma coreografia apresentada por esta academia barcelense no Festival Norte Dança 2018 tinha sido apurada para representar Portugal na sua competição que acontecerá em Orlando (Flórida), nos Estados Unidos da América (EUA), entre 21 e 25 de novembro deste ano.



A coreografia em questão trata-se de um dueto constituído por Beatriz Silva e Bruna Maia, que competiu para o prémio de “Duetos Estilo Livre” com “Rule the World”, tendo arrecadado o 2º lugar, sendo que não foi atribuído o 1º. Tudo isto aconteceu na 20ª edição do Festival Norte Dança, que decorreu na EXPONOR (Matosinhos), entre 13 e 15 de abril últimos.

All Dance World Orlando 2018 é um evento organizado pela All Dance International (ADI), que se realizará na cidade da Flórida entre 21 e 25 de novembro deste ano. Esta é uma competição que premeia todas as formas de dança e o campeão mundial da ADI do ano. O seu “quartel-general” será o prestigiado Hotel Hilton Orlando Resort. Entre as formas de dança avaliadas estarão o ballet (reportório ou fragmento e criação inédita), o neoclássico, lyrical, dança contemporânea, jazz, teatro musical, tap dance, danças espanholas, danças étnicas, danças latinas, danças árabes, show e hip hop.



Já a Academia Rosália Ferreira – Núcleo Artístico e Cultural de Barcelos tem desenvolvido o seu trabalho como associação desde junho de 2016, baseando-se no trabalho desenvolvido nos últimos 12 anos pela, então, Academia de Dança Rosália Ferreira Unip., Lda, agora extinta.

Rosália Ferreira, diretora técnica e artística da Academia, referiu ao Barcelos na Hora que “foi uma grande surpresa, uma vez que sabíamos que seríamos automaticamente apurados para o All Dance Portugal do próximo mês de outubro, em Gondomar, no Porto, que se trata das eliminatórias para o All Dance World 2019, mas não sabíamos, de todo, da possibilidade de estarmos apurados já este ano para a grande final de 2018”.

Como seria de esperar, neste momento, são várias as sensações e sentimentos que estarão a sentir.  “Estamos imensamente orgulhosos deste resultado e é, sem dúvida, um mix de emoções, entre euforia, orgulho, felicidade, mas também de receio”, salientou. E receio porquê? “Realmente, é sem dúvida um imenso orgulho para nós podermos levar as cores do nosso país e da nossa cidade além-fronteiras, mas também existe uma realidade que, infelizmente, nos assusta, que são os custos”, ressalvou Rosália Ferreira.

Efetivamente, a questão financeira será sempre um aspeto muitíssimo importante a ter em conta pela Academia Rosália Ferreira. Afinal, terão que orçamentar viagens, estadias e demais custos. “Estando, de momento, ainda a fazer o levantamento real dos fundos necessários para este projeto, temos uma noção real do elevado custo que este possa ter e, infelizmente, também a noção real de que a nossa associação, por não usufruir, de momento, de qualquer tipo de apoio, seja por parte do Município ou de qualquer outra entidade pública ou privada, não tem a possibilidade de assegurar os custos para a realização deste sonho”, lamentou esta responsável.

Mas como se tem assistido, a dança em Barcelos tem “dado cartas” e isso deve-se, imenso, aos responsáveis das escolas/academias/estúdios/associações onde esta forma de expressão cultural de exprime e aprende, assim como aos bailarinos, atletas e suas famílias. Todos, em conjunto, têm mostrado uma enorme resiliência, paixão pela dança e recusa em “baixar os braços”. Rosália Ferreira e a sua Academia não são exceção. “Contudo, não vamos ‘baixar os braços’ e tentaremos angariar apoios, patrocinadores e todo o tipo de ajuda para podermos, orgulhosamente, representar o nosso País, a nossa cidade e a nossa Academia nesta grande competição internacional, direi até, intercontinental, que é o All Dance World Orlando 2018”, afirmou convicta.

Fotos: ARF.

 

ARCA Dance Studio, Academia Rosália Ferreira e Flash Li Dance colocam Barcelos em destaque no Festival Norte Dança 2018

Abril 19, 2018 em Atualidade, Concelho, Cultura, Mundo port barcelosnahorabarcelosnahora

Durante o último fim de semana, a EXPONOR recebeu o Festival Norte Dança 2018, uma competição que juntou bailarinos portugueses, espanhóis e brasileiros, entre eles, elementos da ARCA Dance Studio, da Academia Rosália Ferreira e da Flash Li Dance, esta última com polos em Barcelos e Viana do Castelo.



O Festival Norte Dança assinalou, este ano, a 20ª edição. Nesta edição, o painel de jurados era composto por Benvindo Fonseca, Nélson Stein, Eva Azevedo, Pedro Augusto, entre outros nomes sonantes do mundo da dança.

ARCA DANCE STUDIO arrecada seis prémios e o prémio Gala Produção

Domingo, dia 15 de abril, o Dance Studio da Associação Recreativa e Cultural de Arcozelo apresentou dez coreografias de diferentes estilos. Dessas, quatro alcançaram o pódio. Conseguiram o 2º lugar, “Cats Thieves”, na categoria Jazz, nível intermédio; “Les Miserables”, também em Jazz mas nível avançado; e “I hate football! I love dance!”, na categoria de Hip Hop, nível avançado. Já a coreografia “Feeling Brasil”, no estilo livre, nível avançado, arrecadou o 3º lugar.

Para além destes lugares de pódio, arrecadou, ainda, dois prémios especiais: o 3º lugar global de Jazz, com a coreografia “Les Miserables” e o prémio Gala Produção, entregue apenas a uma das escolas a concurso, com a coreografia “Rio”.

Para Daniel Costa, diretor artístico da ARCA Dance Studio, o prémio Gala Produção tem um sabor especial. “Este foi o prémio que nos encheu o coração, porque é talvez das minhas mais fabulosas coreografias, que junta em palco 40 bailarinos numa fusão de estilos. A coreografia na qual depositei parte das minhas energias e que resultou numa brilhante atuação! A Gala Produção é o prémio de um só vencedor, um prémio especial para uma coreografia a apresentar na Gala. Fazê-lo num tão curto espaço de tempo e vê-la dançada tão bem por todos deixou-me de queixo caído”, referiu.

Daniel Costa congratulou, ainda, “as escolas barcelenses que também estiveram no concurso, tais como a Flash Li Dance e a Academia Rosália Ferreira, pelo trabalho mostrado e premiações alcançadas”.



Academia Rosália Ferreira com um 2º lugar

Também de Barcelos, a Academia Rosália Ferreira marcou presença nesta grande competição, com duas coreografias, sendo que uma delas foi premiada com o 2º lugar.

Falamos da coreografia “Rule the World”, com a performance das alunas Beatriz Silva e Bruna Maia, em estilo livre, escalão intermédio, no qual não foi atribuído o 1º lugar.

A segunda coreografia, “Maladie d’Amour”, pela aluna Joana Santos, conseguiu um muito bom 4º lugar, em estilo livre, escalão intermédio.

Rosália Ferreira fez “um balanço bastante positivo e estamos muito satisfeitos com as prestações das nossas alunas. Gostaria de salientar que nesta competição, além da nossa Academia, estiveram presentes mais duas academias de Barcelos, igualmente premiadas nos seus respetivos estilos e escalões e que isso demonstra a evolução que a nossa cidade tem tido, nos últimos anos, na área da Dança”, salientou esta responsável. No entanto, “por outro lado, aproveito para reforçar a importância que os apoios podem ter para podermos desenvolver o nosso trabalho, proporcionando o melhor aos nossos alunos, o que infelizmente nem sempre é fácil, uma vez que esses apoios, até à data, continuam inexistentes”, referiu.

Flash Li Dance igualmente com resultados muito bons

Por fim, mas não por último, a escola Flash Li Dance também se fez representar nesta grande competição de Dança. Com polos em Barcelos e em Viana do Castelo, participou com 14 dos seus alunos, levando a concurso apenas uma coreografia de grupo e cinco solos.

No entanto, os resultados não deixaram de ser notáveis. Um 2º lugar em Solo de Jazz, nível pequenos bailarinos, com “Boom, Boom…Shake The Room!”, pela solista Lara Ferreira e um 3º lugar em Grupo de Hip Hop Intermédio, com “Gangster Gang”, sendo que não houve nem 1º, nem 2º classificado.

Como premiações extra, de referir que esta última coreografia obteve a pontuação mais alta entre todas as coreografias de Hip Hop, Nível Intermédio, entre solos, duos, trios e grupos. “A Máscara” também esteve em destaque, obtendo a 3ª melhor pontuação, também em Hip Hip, no mesmo nível e entre todas as tipologias. Finalmente, a já referida “Boom, Boom…Shake The Room!” obteve, igualmente, 3ª melhor pontuação entre todas as coreografias de Jazz, Nível Pequenos Bailarinos, entre solos, duos, trios e grupos.

Liliana Vilas Boas, responsável desta escola, referiu, através da página da Flash Li Dance no Facebook, que “apesar dos excelentes resultados obtidos, o mais importante, e isto é dito várias vezes aos alunos, é sempre o desempenho em cima do palco. E nesse sentido, a participação neste concurso deixou-me bastante satisfeita, pelo progresso que foi visível em todos os alunos concorrentes! Progresso este, que tem sido uma constante e resultado, para além do meu, do excelente trabalho, a nível da técnica de Jazz, desenvolvido pela Bruna Vilas Boas”, salientou.

Terminou, abordando o Dance World Cup de Barcelona, deste ano. “Contudo, o caminho a percorrer ainda é longo. Próximo desafio serão as finais mundiais do Dance World Cup em Barcelona, que serão as finais com mais concorrentes de sempre. Iremos dar o nosso melhor, tendo sempre presente que a maior vitória ocorre no progresso, evolução e aprendizagem dos alunos”.

Fotos: ARCA Dance Studio/ Academia Rosália Ferreira/ Flash Li Dance.

Imagem: FND.

Daniela Cunha eleita a “Rainha das Vindimas de Barcelos 2017”

Novembro 27, 2017 em Atualidade, Concelho, Cultura, Mundo port barcelosnahorabarcelosnahora

Na noite de sábado, dia 25 de novembro, foi eleita a Rainha das Vindimas 2017. Daniela Cunha sucede a Ângela Vilas Boas e irá representar o concelho, no próximo ano, na gala de eleição da Rainha das Vindimas de Portugal.



Daniela Cunha, a representar a Sociedade Columbófila do Souto, foi coroada Rainha das Vindimas 2017, numa gala que teve lugar na Central de Camionagem de Barcelos. À coroa, a jovem juntou ainda o Prémio Fotogenia. Sofia Coutinho, da ACOBAR, conquistou o título de 1.ª Dama de Honor; Vanessa Sousa, da Junta de Freguesia de Cristelo, 2.ª Dama de Honor; e Maria Micaela Costa, do Clube de Campismo e Caravanismo de Barcelos, arrecadou o Prémio Simpatia.

Daniela Cunha – “Rainha das Vindimas de Barcelos” 2017

Este ano, o grupo de candidatas era composto, ainda, pelas jovens Ana Isabel Silva (Junta de Freguesia de Aldreu), Catarina Alves Silva (Junta de Freguesia de Cristelo), Diana Isabel Ribeiro (Junta de Freguesia de Cristelo), Flávia Rafaela Silva (ACOBAR), Juliana Cristina Silva (Rancho Folclórico Nossa Senhora da Abadia), Rosa Maria Coelho (Grupo Folclórico de Barcelinhos), Sara Filipa Cardoso (Junta de Freguesia de Manhente), e Vera Filipa Cunha (Rancho Infanto Juvenil da Academia Cultural de Carapeços).

As doze candidatas desfilaram em palco com trajes regionais típicos, roupa casual e em vestido de noite, perante uma entusiástica plateia de várias dezenas de espectadores.

O júri, composto por Luís Senra, em representação da AMPV (Associação de Municípios Portugueses do Vinho); Filipa Lopes, representante do Município de Barcelos; Francisco Sabino representante dos Grupos Folclóricos do concelho; Ana Faria, designer de moda; e António Barros, representante da delegação local da Confraria do Vinho Verde, teve em conta, na sua avaliação, a beleza das candidatas, a “riqueza” do traje tradicional utilizado ou o conhecimento e preocupação demonstrados pelas candidatas face aos valores tradicionais ligados ao vinho e à vinha, e a sua importância no contexto local e nacional, não tendo dúvidas na hora de eleger a candidata Daniela Cunha como Rainha das Vindimas de Barcelos 2017.

À nova rainha compete, ao longo de um ano, ser uma das principais embaixadoras do concelho de Barcelos, nos diversos eventos em que participar, em especial, no concurso nacional “Rainha das Vindimas de Portugal”, promovido, no próximo ano, pela AMPV.

A gala de eleição da Rainha das Vindimas de Barcelos, edição de 2017, promovida pelo pelouro do Turismo do Município de Barcelos, contou ainda com vários momentos de animação protagonizados por Diana Martins, Joana Fernandes, Academia Rosália Ferreira e Grupo Folclórico São Lourenço de Alvelos.



O concurso Rainha das Vindimas procura promover Barcelos, as suas gentes e saberes, identificando e valorizando as diferentes artes e ofícios, a cultura das vinhas e do vinho, o traje, a ruralidade e o artesanato, criando uma simbiose entre tradição e modernidade, permitindo ainda o progressivo envolvimento das instituições, dos munícipes e agentes locais, nomeadamente das Juntas de Freguesia, Grupos de Folclore, Associações Etnográficas e Culturais, fazendo com que participem na preservação dos argumentos identitários do território e potenciem a sua afirmação cultural e atratividade.

Fonte e fotos: CMB.

Ir Para Cima