Tag archive

Alexandre Maciel

MP acusa autarcas de Barcelos de prevaricação e “abuso” com ajustes diretos

Setembro 15, 2021 em Atualidade, Concelho, Política Por barcelosnahorabarcelosnahora

O Ministério Público (MP) acusou o presidente da Câmara de Barcelos, Miguel Costa Gomes (PS), de prevaricação e abuso de poder, por alegados ajustes diretos à margem da lei para serviços de vigilância e segurança privada.

Segundo a acusação, a que a Lusa hoje teve acesso, no processo são também arguidos a vice-presidente da Câmara, Armandina Saleiro, e os ex-vereadores socialistas Alexandre Maciel e Domingos Pereira.

Este último continua como vereador, mas eleito pelo movimento independente Barcelos, Terra de Futuro.

Armandina Saleiro e Domingos Pereira respondem apenas por prevaricação de titular de cargo político, enquanto Alexandre Maciel é também acusado de abuso de poder.

O MP pede que os arguidos sejam condenados também na pena acessória de proibição do exercício de funções.

No total, o processo tem 13 arguidos, sendo os restantes técnicos do município e seguranças.

Em causa estão ajustes diretos para vigilância e segurança feitos, desde 2010, pela Câmara de Barcelos e pela Empresa Municipal de Educação e Cultura, alegadamente violando as limitações legais impostas àquele tipo de procedimento.

A acusação refere que foi elaborado “um plano”, conhecido e executado por todos os arguidos, para “fintar” as limitações legais dos ajustes diretos e adjudicar os serviços de vigilância e segurança privada a um dos arguidos ou a outra entidade que ela viesse a indicar.

Esse arguido ia indicando entidades formalmente diferentes, com designação e número fiscal diversos, para “criar a aparência” de que o município estaria a contratar entidades diferentes e, assim, a respeitar as normas dos ajustes diretos.

A acusação diz que, com esta atuação, o arguido contemplado com os ajustes diretos conseguiu integrar no seu património mais de 440 mil euros, valor que o MP pede que os arguidos sejam condenados, solidariamente, a pagar ao Estado.

A Lusa tentou ouvir o presidente da Câmara de Barcelos, que se escusou a comentar a acusação.

Fonte: Lusa

Processo de designação de candidatos do PS/Barcelos avocado pela Federação

Abril 13, 2021 em Atualidade, Concelho, Política Por barcelosnahorabarcelosnahora

A Federação Distrital de Braga do PS avocou o processo de designação dos candidatos autárquicos no concelho de Barcelos, para fazer “convergir vontades” e “dirimir divergências”, foi hoje anunciado.

Em comunicado, a Federação refere que a avocação foi aprovada com 50 votos a favor, 18 votos contra e duas abstenções.

O presidente da Federação, Joaquim Barreto, disse à Lusa que a proposta que apresentou à direção nacional do partido passa por Horácio Barra como número um e por Alexandre Maciel como número dois.

“O Alexandre Maciel já disse que aceita, da outra parte é que está um bocado mais difícil”, referiu.

Por isso, a Federação avocou o processo, para desempenhar um “papel mediador e conciliador”, por forma a que o PS apresente em Barcelos “uma candidatura autárquica conciliadora e agregadora”.

A Câmara de Barcelos é liderada, desde 2009, pelo socialista Miguel Costa Gomes, que agora não se pode recandidatar, por força da lei de limitação de mandatos.

O Secretariado concelhio já indicou, por unanimidade, os nomes de Horácio Barra para a Câmara e de Miguel Costa Gomes para a Assembleia Municipal.

Entretanto, o ex-vereador Alexandre Maciel também se disponibilizou para encabeçar a lista à câmara, tendo mesmo encetado aquilo a que chamou “estados gerais”, para tomar o pulso aos problemas do concelho.

Alexandre Maciel foi vereador no mandato anterior, mas, entretanto, entrou em rutura com Miguel Costa Gomes depois de este ter retirado todos os pelouros ao seu antigo vice Domingos Pereira.

A Câmara de Barcelos conta atualmente com cinco eleitos do PS, quatro da coligação PSD/CDS e dois do movimento independente Barcelos, Terra de Futuro.

Mário Constantino, atual vereador no executivo municipal, foi já anunciado como o cabeça-de-lista do PSD à Câmara de Barcelos nas próximas autárquicas, que, segundo a lei, decorrem entre setembro e outubro, mas ainda não têm data marcada.

Fonte: LUSA

Autárquicas 2017: continuam as trocas de acusações no PS

Março 17, 2017 em Atualidade, Concelho, Política Por barcelosnahorabarcelosnahora

Em notícia avançada pelo Barcelos Popular, Carlos Brito terá acusado Miguel Costa Gomes de “furar” o acordo que tinham, dizendo que Armandina Saleiro seria a sua nº 2 na lista socialista à Câmara Municipal de Barcelos. De acordo com o vereador, o que ficou decidido foi que não haveria pré-condições e exclusões.

Na reunião de hoje da Comissão Técnica Eleitoral (CTE), Brito espera pela oficialização do que Costa Gomes disse nas reuniões que mantiveram na Câmara, nomeadamente, de que não haveria condições políticas para o cumprimento do referido acordo. O vereador refere que essa situação terá que ser votada nesse órgão.

Carlos Brito fez, ainda, questão de ressalvar ao BP que trabalhará sempre, no seio da CTE, pelo melhor do partido, salientando que nada tem contra Armandina Saleiro, até pelo contrário, mas sendo uma questão política, considera que os acordos são para se cumprir.

Por fim, não colocou de parte a hipótese de voltar ao executivo, mesmo que não acompanhado por Alexandre Maciel, e só abandonará a CTE se for expulso ou se esta terminar.

Ainda dentro deste dossier, o BP refere que Costa Gomes poderá apresentar uma proposta à CTE, que poderá passar pelo regresso de Carlos Brito e a inclusão de Armindo Vilas Boas na lista à Câmara mas excluindo Alexandre Maciel, supostamente por não ter condições de voltar a trabalhar com ele.

Autárquicas 2017: Continuam os problemas no PS Barcelos

Março 11, 2017 em Atualidade, Concelho, Política Por barcelosnahorabarcelosnahora

De acordo com o Jornal de Barcelos, a relação de Miguel Costa Gomes com a Direção Nacional do Partido Socialista poderá estar a arrefecer. Esse jornal refere mesmo que António Costa estará desagradado com a atuação do atual Presidente de Câmara, ao ponto de ter cancelado a sua deslocação a Barcelos, prevista para dia 03 de março último.

Quer o Jornal de Barcelos, quer o Barcelos Popular, referem que, nestas últimas semanas, a Comissão Técnica Eleitoral (CTE) estará parada, sem reunir, por causa do descontentamento provocado pela não reintegração de Alexandre Maciel, Carlos Brito e Armindo Vilas Boas no executivo camarário e, mesmo, pela não inclusão destes na lista para as autárquicas, algo que já será um facto consumado. Este grupo foi criado pela Nacional para tratar do processo da candidatura autárquica.

Entretanto, Miguel Costa Gomes desmentiu qualquer um destes factos, referindo ao BP que “está tudo normalíssimo e sereníssimo” e quanto à CTE, afirmou que contactou o presidente dessa comissão para marcar nova reunião mas que ainda não tinha recebido qualquer resposta.

Miguel Costa Gomes “ataca” Domingos Pereira

A mesma notícia do Barcelos Popular refere que Costa Gomes terá acusado Domingos Pereira de andar a dizer na praça pública que se tinha desfiliado do PS mas que isso seria mentira.

O ex-vereador rebateu a acusação, afirmando ter cópia da carta a pedir a desfiliação e reiterou a sua intenção em renunciar ao mandato de deputado na Assembleia da República.

Foto: Facebook do PS (alterada).

Autárquicas 2017: problemas na candidatura de Costa Gomes

Março 3, 2017 em Atualidade, Concelho, Política Por barcelosnahorabarcelosnahora

Numa notícia avançada pelo Barcelos Popular, Costa Gomes poderá já não querer o regresso ao Executivo Camarário dos vereadores Alexandre Maciel e Carlos Brito.

Esta situação estará a provocar alguma convulsão na Comissão Técnica Eleitoral (CTE) da candidatura do Partido Socialista (PS), constituída pela Comissão Política Nacional aquando da avocação do processo autárquico de Barcelos. Supostamente, até José Manuel Mesquita, encarregue pela Nacional para tratar deste “dossier”, estará muito desagradado com esta situação e poderá demitir-se.

De acordo com o referido jornal, a vinda de António Costa – Primeiro-Ministro – a Barcelos, prevista para hoje, terá sido cancelada na sequência destes novos desenvolvimentos.

O Barcelos Popular adianta que Costa Gomes está irredutível e disposto a seguir os conselhos de pessoas que lhe são próximas, que lhe sugerem que não aceite o regresso dos dois vereadores e de Armindo Vilas Boas, todos já tidos como apoiantes de Domingos Pereira. Entre essas pessoas próximas encontra-se a vereadora Armandina Saleiro.

Outro elemento da CTE, Casimiro Rodrigues – Presidente de Junta de Gilmonde –, terá referido ao dito jornal que Costa Gomes não deveria ser “tão durão” e ser mais “dialogante” com o Partido, aceitando o regresso das três figuras.

 

Foto: Página da CM Barcelos.

Polémica envolve pai do vereador Alexandre Maciel e um cronista do Jornal de Barcelos

Fevereiro 4, 2017 em Atualidade, Concelho, Política Por barcelosnahorabarcelosnahora

[sg_popup id=”3″ event=”onload”][/sg_popup]De acordo com uma notícia avançada pelo jornal Correio da Manhã, o pai do referido Vereador da Câmara Municipal de Barcelos, Manuel Maciel, terá ameaçado o cronista Luís Manuel Cunha, depois de este ter escrito uma crónica onde, num post scriptum, e referindo-se ao regresso de Alexandre Maciel e Carlos Brito ao executivo camarário, usou a palavra “nojo”.

O mesmo jornal refere que Manuel Maciel ter-se-á dirigido, na passada quarta-feira, à redação do Jornal de Barcelos, onde procurou o cronista mas este não se encontrava no local. Então, e ainda de acordo com o CM, terá esperado por ele à porta de sua casa, onde terá feito a referida ameaça. Após dirigir-se a Luís Manuel Cunha com palavras fortes e irreproduzíveis, ter-lhe-á entregue um saco onde estaria uma embalagem de raticida. O empresário terá sido contactado pelo CM, negando os acontecimentos e referindo desconhecer a queixa, entretanto apresentada pelo visado, às autoridades.

O cronista terá confirmado ao CM os factos, afirmando que o caso estará entregue às autoridades policiais. Entretanto, o mesmo jornal refere que terá tentado contactar o Vereador Alexandre Maciel mas sem sucesso.

Candidatura de Costa Gomes apresenta Comissão Eleitoral

Fevereiro 1, 2017 em Atualidade, Concelho, Política Por barcelosnahorabarcelosnahora

Ontem, ao final da tarde, a candidatura de Costa Gomes e Partido Socialista apresentou, em conferência de imprensa, a sua Comissão Eleitoral, na presença de José Manuel Mesquita, do Secretariado Nacional do PS.

A Comissão integrará o próprio Costa Gomes, os Vereadores Armandina Saleiro, Alexandre Maciel e Carlos Brito; Armindo Vilas boas – do Secretariado da Comissão Política de Barcelos; o ex-Presidente do PS Barcelos, Horácio Barra; o Presidente da Junta de Freguesia de Gilmonde, Casimiro Rodrigues e Francisco Rocha, ex-autarca de Arcozelo e assessor do Presidente da Câmara Municipal.

O intuito da Comissão é o de definir a estratégia para a candidatura do PS à Câmara Municipal de Barcelos.

 

Foto: Página da CM de Barcelos.

Vereadores da CM de Barcelos reassumem pelouros

Janeiro 30, 2017 em Atualidade, Concelho, Política Por barcelosnahorabarcelosnahora

De acordo com o jornal “Barcelos Popular”, Alexandre Maciel e Carlos Brito reassumirão os pelouros no executivo camarário socialista, liderado por Costa Gomes.

Segundo o jornal em questão, os dois vereadores socialistas não “regressarão” sozinhos pois também Armindo Vilas Boas, ex-assessor de Alexandre Maciel, reassumirá as suas funções anteriores.

Recorde-se que estes dois vereadores renunciaram aos pelouros em maio do ano passado, conjuntamente com Elisa Braga e Domingos Pereira, e em solidariedade para com este último.

Uma fonte socialista contactada pelo Barcelos na Hora salientou que esta “é uma evidência de que as coisas estão a pacificar no seio da concelhia e que o PS se vai unir para conseguir a vitória nas próximas autárquicas”. Mais, de acordo com essa fonte, “quando toca a reunir, o PS é muito forte nisso e estamos confiantes na vitória”. Não deixando de se pronunciar sobre o maior partido da oposição, o PSD, referiu, igualmente, que “o PSD de Barcelos não consegue criar ideia de união e dinâmica para vencer, se calhar por causa da liderança que tem”. No entanto, não deixou de retorquir que “os socialistas que não pensem que isto são ‘favas contadas’. Temos que nos unir e trabalhar bem para ganhar.”

Aliás, esta opinião parece ir de encontro ao apelo de Ana Catarina Mendes, Secretária-Geral Adjunta do PS, que, em carta enviada a todos os militantes barcelenses do partido, apelou à união e à mobilização em torno da candidatura de Costa Gomes, salientando que a vitória é o único objetivo que deve servir para mobilizar os socialistas nas próximas autárquicas.

Noutro plano, o PS apresentará amanhã, pelas 17h00, na sua sede, a comissão eleitoral da candidatura às Autárquicas deste ano. Marcarão presença, entre outros, o candidato Miguel Costa Gomes, Horácio Barra, candidato do PS à Assembleia Municipal e José Manuel Mesquita, do Secretariado Nacional.

 

 

Ir Para Cima