Tag archive

Armandina Saleiro

Município de Barcelos distinguido com o Prémio Viver em Igualdade

Outubro 15, 2020 em Atualidade, Concelho, Cultura, Mundo, Política Por barcelosnahorabarcelosnahora

Reconhecimento das boas práticas na integração da dimensão da Igualdade de Género, Cidadania e Não-Discriminação

O Município de Barcelos anunciou que foi distinguido com o Prémio “Viver em Igualdade 2020/2021”, no âmbito da iniciativa bienal promovida pela Comissão para a Cidadania e Igualdade de Género (CIG).



O Prémio “Viver em Igualdade” tem como objetivo distinguir municípios com práticas que promovam os objetivos da Estratégia Nacional para a Igualdade e a Não Discriminação 2018-2030 – Portugal + Igual, designadamente nas dimensões da igualdade entre mulheres e homens, da prevenção e combate à violência contra as mulheres e a violência doméstica, e a prevenção e o combate à discriminação em razão da orientação sexual, identidade, expressão de género e características sexuais.

Nesta quinta edição do prémio, o júri decidiu atribuir o Prémio a 15 municípios do país, sendo que Barcelos foi distinguindo pela primeira vez.

“O Município de Barcelos tem vindo a investir na implementação de uma estratégia integrada neste âmbito de intervenção. Ciente das suas responsabilidades na promoção de políticas de igualdade de género e na sequência de todas as ações até hoje implementadas nesta área, o Município considera que contribuirá para um alicerçar do seu esforço permanente de integração da dimensão de género e do conceito de cidadania ativa nas dinâmicas de desenvolvimento social local”, refere em nota.

Para Armandina Saleiro, Vereadora do Pelouro da Ação Social, esta distinção “é um prémio simbólico que reconhece a excelência do trabalho efetuado em prol da Igualdade, uma área em que ainda há muito a fazer”. “Este reconhecimento significa que têm sido dados passos importantes a nível local que se devem, sobretudo, a diversos mecanismos que têm vindo a ser adotados de consolidação das políticas locais de promoção da igualdade de género e integrado este princípio em diferentes instrumentos estratégicos do Município”.

Na candidatura apresentada eram destacadas as principais ações desenvolvidas pelo Município de Barcelos de forma consistente ao longo dos últimos anos, no sentido da criação de condições para a promoção de um debate alargado sobre a questão da igualdade de género e para os direitos e responsabilidades do exercício de uma cidadania plena.

A cerimónia de entrega dos prémios realiza-se no próximo dia 23 de outubro, em S. João da Madeira.

Fonte e imagem: CMB.

Câmara Municipal de Barcelos assina protocolos com Agrupamentos Escolares

Outubro 7, 2020 em Atualidade, Concelho, Educação, Política Por barcelosnahorabarcelosnahora

O Presidente da Câmara Municipal de Barcelos, Miguel Costa Gomes, acompanhado pela Vereadora Armandina Saleiro, e os Diretores dos Agrupamentos de Escolas assinaram, nos Paços do Concelho, acordos de colaboração com vista ao reforço da rede de equipamentos, bem como, a delegação de competências nos Diretores dos Agrupamentos de Escolas e Escola não Agrupada ao abrigo do decreto lei nº 21/2019, de 30 de janeiro.



No caso da delegação de competências, pretende-se melhorar a resposta à especificidade de cada estabelecimento de ensino e, consequentemente, a obtenção de maiores ganhos e melhoria de desempenho, dada a maior proximidade com a realidade escolar dos seus diretores com os estabelecimentos de ensino.

Assim, os Agrupamentos passam a ter as competências de ação social escolar, designadamente refeições escolares, transporte de alunos com necessidades especiais e cartão escolar do aluno, bem como a transferência de competências no planeamento e gestão das infraestruturas escolares nos seus diretores

Quanto ao reforço da rede de equipamentos, tem a ver com uma necessidade estrutural, evidenciada no decurso da pandemia do COVID-19, de dotar as escolas e os alunos para o desenvolvimento de competências digitais no trabalho escolar. A universalização da Escola Digital é uma das medidas do Programa de Estabilização Económica e Social e do Plano de Ação para Transição Digital, que prevê a universalização do acesso e da utilização de recursos didáticos e educativos digitais por todos os alunos e docentes do ensino básico e secundário.

A medida tem por objetivo regular a atribuição de equipamentos informáticos, que, por força da candidatura ao Aviso nº Norte D4-2020-79, vem reforçar a dotação das escolas públicas de computadores e da respetiva conetividade, de modo a permitir-lhes disponibilizar tais recursos didáticos, tendo como prioridade os alunos abrangidos pela Ação Social Escolar.

No final da assinatura dos documentos, o Presidente da Câmara Municipal de Barcelos, Miguel Costa Gomes, começou por sublinhar a importância desta parceria e agradecer a disponibilidade aos responsáveis dos Agrupamentos.

Miguel Costa Gomes frisou que “esta delegação de competências é uma experiência nova, um processo dinâmico e difícil. É o primeiro passo na área da educação, uma das áreas mais importantes daquilo que são as delegações de competências que estão atribuídas aos municípios”. E acrescentou: “A educação é estruturante, é fundamental, mas quero aqui fazer um apelo, porque vamos ter momentos difíceis, para com esta parceria conseguirmos ultrapassar as dificuldades que nos venham a surgir no futuro”.

Para o Presidente da Câmara, o ano de 2021 será um ano muito exigente e difícil e, por isso, “temos que fazer um esforço em conjunto para darmos as mãos para esta delegação de competências”. E terminou: “Peço-vos uma gestão muito rigorosa para aquilo que é o mais importante, a educação dos nossos jovens.”

Os diretores dos Agrupamentos mostraram-se satisfeitos com esta delegação de competências, na medida em que esta medida constitui um instrumento importante de redução de circuitos e desburocratização dos procedimentos administrativos, visando alcançar a boa administração e a eficiência administrativa.

Fonte e foto: CMB.

Obra inspirada na “Batalha das Flores” homenageia a cerâmica e a olaria barcelenses

Setembro 19, 2020 em Atualidade, Concelho, Cultura, Mundo Por barcelosnahorabarcelosnahora

Escultura de Ana Almeida Pinto colocada no exterior do Museu de Olaria

O Município de Barcelos inaugurou, no passado dia 16 de setembro, no Museu de Olaria, a obra “Batalha das Flores”, da artista Ana Almeida Pinto, no âmbito do programa de residências artísticas do projeto “Amar o Minho”, uma iniciativa promovida pelo consórcio MINHO IN, constituído pelas Comunidades Intermunicipais do Alto Minho, Ave e Cávado, e que está a percorrer 24 municípios da região.



A obra, instalada no espaço exterior do Museu de Olaria, é o resultado da residência artística que Ana Almeida Pinto realizou durante o início de setembro, no Museu, e que colocou a escultora em contacto com artesãos locais, entre os quais o oleiro João Lourenço. O artesanato foi o ponto de partida desta criação e que usa a olaria e as suas tecnologias enquanto caraterísticas identitárias do território.

A Vereadora da Cultura, Armandina Saleiro, afirmou, no momento da inauguração, que “esta obra é uma verdadeira homenagem ao artesanato do nosso concelho”. “Através destas residências artísticas deixamos uma marca da importância que a olaria tem para Barcelos. Passar para a produção de peças mais contemporâneas traz um valor acrescentado a esta matéria-prima que é o barro. Isto acaba por fazer com que a comunidade olhe para os artesãos de uma outra forma, percebendo que podem rentabilizar as peças”.

Para a curadora da exposição, Helena Mendes Pereira, da Zet Gallery, as residências são oportunidades para divulgar as obras dos artistas. “Estamos a conseguir criar para os nossos artistas contextos de trabalho. Estamos a pôr os artistas no território, a trabalhar e a fazer aquilo que sabem fazer melhor, que são obras de arte e, no caso da Ana Almeida Pinto, foi uma experiência muito enriquecedora, na medida em que a Ana é uma escultora que se adapta muito bem a diferentes contextos e que trabalha com vários materiais”.

Para a escultora Ana Almeida Pinto, a experiência de estar em Barcelos foi enriquecedora e uma mais-valia para o seu percurso profissional. Para a artista, foi fácil escolher a obra que iria fazer, pois desde logo pensou numa peça que retratasse a “Batalha das Flores”, o que permitiu “trabalhar a questão do movimento que existe na Batalha das Flores e transpor esse movimento para a peça. Até porque retrata o movimento da olaria e depois porque queria trazer a singeleza das flores e por isso criei uma peça que brincasse com a noção de escala e que fosse dinâmica”.

As residências artísticas que, desde junho, estão a percorrer os municípios do Minho abrangem diversas áreas disciplinares, desde a dança à música, passando pela fotografia, arte pública, artesanato e literatura, numa perspetiva de homenagem artística aos elementos identitários de cada concelho e da região em geral.

O projeto das residências artísticas é uma iniciativa de promoção da cultura, dos artistas e do turismo sob a marca “Amar o Minho”, com o apoio do Norte 2020 e dos FEEI, que cria a maior rede de residências artísticas, numa estratégia concertada que se destina a reforçar a identidade cultural do Minho e, desta forma, dinamizar o território do ponto de vista artístico e turístico.

Fonte e foto: CMB.

Técnicos das IPSS’s e comunidade escolar recebem formação para combate à COVID-19

Setembro 16, 2020 em Atualidade, Concelho, Educação, Saúde Por barcelosnahorabarcelosnahora

Direções e técnicos de IPSS’S, pessoal docente, pessoal não docente, coordenadores escolares, diretores de agrupamentos e psicólogos foram o público-alvo destas formações



O Município de Barcelos promoveu, entre os dias 2 a 10 setembro, no Auditório dos Paços do Concelho, diversas ações de formação destinadas à comunidade escolar e às IPSS’s do concelho. As ações de formação destinadas às IPSS’s do concelho foram promovidas em articulação com a Segurança Social de Braga e a Delegação de Braga da Cruz Vermelha Portuguesa, enquanto as formações destinadas à comunidade escolar foram promovidas em articulação com a Unidade de Saúde Pública (ACES Cávado III).

A ação de formação dirigida às IPSS´s teve como principal objetivo capacitar as instituições para o ajustamento dos planos de contingência e medidas adicionais a tomar no âmbito do COVID-19, no sentido de garantir a proteção dos utentes, que na sua maioria são pessoas idosas e, por conseguinte, apresentam maior vulnerabilidade face à infeção por COVID-19.

No que concerne às ações de formação dirigidas à comunidade educativa, tiveram como principal objetivo, elucidar a mesma sobre as normas orientadoras propostas pela Direção Geral da Saúde, no que concerne ao arranque ao novo ano letivo, que conta com o regresso do ensino presencial em todos os ciclos de ensino. O plano de formação contou com a participação de cerca de 300 profissionais que obtiveram orientações muito importantes quanto à segurança e higiene em contexto escolar e não escolar, no âmbito da retoma das atividades letivas que estão a iniciar.

A referida formação pretendeu capacitar a comunidade escolar para a nova realidade imposta pela COVID-19, destacando-se temas como a desinfeção dos espaços, a correta utilização das máscaras, a reorganização e adequação dos espaços que vão receber os alunos, assim como conhecimento dos procedimentos a executar, de forma a isolar os riscos e evitar focos de contágio. A formação permitiu, ainda, a todos os agentes educativos, operacionalizar circuitos e métodos de higiene e segurança, mediante a realidade de cada espaço escolar.

A Vereadora da Educação e Ação Social do Município de Barcelos, Armandina Saleiro esteve presente nas ações de formação e aproveitou o momento para deixar “um profundo agradecimento a toda a comunidade educativa, que terá um papel muito importante neste momento tão delicado da nossa vida coletiva”, destacou a necessidade de “aumentar o conhecimento de como cuidar, no quotidiano em pandemia, de todas as pessoas que trabalham em instituições”, no sentido de se tentar mitigar os danos e efeitos desta pandemia.

Armandina Saleiro focou, ainda, a atenção para os cuidados de prevenção em termos gerais. “Vamos verificando que existe uma transmissão comunitária da COVID-19 e não é tanto o surto em instituições. Se essa transmissão poderá estar a ser feita por qualquer um de nós, devemos todos ter a exigência de cidadania responsável. Temos de saber cuidar de nós para saber cuidar dos outros. Se um de nós não cumprir ou proteger-se, arrisca a levar a infeção possivelmente para a família e aí alastra-se a infeção”, alertou.

“Estas ações de formação integram a estratégia da Câmara Municipal de Barcelos no âmbito das normas de desconfinamento gradual, designadamente nos espaços educativos que agora são reabertos”, conclui o Município.

Fonte e foto: CMB.

Câmara de Barcelos entrega kits “Caminho Seguro” aos albergues

Agosto 31, 2020 em Atualidade, Concelho, Cultura, Mundo Por barcelosnahorabarcelosnahora

O Município de Barcelos está a entregar os kits “Caminho Seguro” às associações que gerem albergues de peregrinos no concelho de Barcelos, na sequência da deliberação da Câmara Municipal de apoiar estas entidades com a cedência de 1.200 kits, devido à paragem forçada motivada pela pandemia do COVID-19.



“Entretanto, os peregrinos voltaram a percorrer o Caminho de Santiago e o Município de Barcelos, atento à nova realidade, implementou medidas de promoção de um Caminho limpo e seguro, no contexto da pandemia, dirigindo uma particular atenção para os quatro albergues geridos por instituições sem fins lucrativos, não elegíveis para apoios estatais e, por isso, menos dotados de meios capazes de assegurar as condições de segurança e higiene aos peregrinos de S. Tiago na sua passagem pelo concelho de Barcelos”, refere o Município em nota.

Os kits são compostos por uma máscara descartável, um mini frasco de álcool gel e um conjunto de descartáveis de dormida (lençol e fronha). Cada albergue recebe 300 kits, para oferecer aos 300 primeiros peregrinos que cada albergue venha a receber.

A vereadora do Pelouro da Cultura da Câmara Municipal de Barcelos, Armandina Saleiro, fez a entrega simbólica destes equipamentos no Albergue de Peregrinos Senhor do Galo, em Barcelinhos.

Fonte e foto: CMB.

Museu de Olaria expõe “Mãos no Barro, Figuradas da Vida”, de Manuel Macedo

Julho 24, 2020 em Atualidade, Concelho, Cultura Por barcelosnahorabarcelosnahora

A Sala da Capela do Museu de Olaria tem patente, até 29 de novembro, a exposição “Mãos de barro, figuras de vida” do artesão barcelense Manuel Macedo.



A exposição foi inaugurada no passado dia 24 de julho e, devido às restrições em termos de ocupação de espaços fechados, a mesma contou apenas com a presença da Vereadora da Cultura, Armandina Saleiro, e de Manuel Macedo.

A Vereadora salientou a importância desta exposição onde “uma produção certificada como o barro se tem reinventado nas formas e conceitos, face ao aparecimento de novos materiais e utensílios, mas mantendo a sua autenticidade como arte identitária do concelho de Barcelos”.

E acrescentou: “As obras do artesão Manuel Macedo patentes nesta exposição baseiam-se, sobretudo, numa recolha incessante do património cultural minhoto. O barro é reconhecido como um tesouro escondido, revelador de riqueza e identidade cultural e estas obras representam tal e qual isso”.

Manuel Macedo agradeceu o facto de poder expor as suas peças num lugar tão importante para o concelho e para o país, como o Museu de Olaria, salientando o papel do barro na sua vida: “O barro nasceu comigo, desde os meus três anos que o barro está nas minhas mãos. A minha maior preocupação é registar um Minho tradicional, eternizando-o no barro. Desde figuras como as minhotas, gentes do campo, profissões que marcaram o dia-a-dia da região, ofícios já desaparecidos ou em vias de extinção (lavadeira, moleiro, engraxador, homem a lavrar) e santos populares”.

Manuel Macedo participa em inúmeras feiras de artesanato nacionais e internacionais e em exposições, nas quais tem sido, frequentemente, premiado e reconhecido.

A exposição pode ser visitada de terça a sexta-feira, das 10h00 às 17h30; aos sábados e domingos, das 10h00 às 12h30 e das 14h30 às 17h30.

Fonte e foto: CMB.

Inaugurada a exposição “Doze D’Arte” na Galeria Municipal de Arte

Julho 15, 2020 em Atualidade, Concelho, Cultura, Mundo Por barcelosnahorabarcelosnahora

A Galeria Municipal de Arte de Barcelos tem patente, até 13 de setembro, a exposição de pintura “Doze D’Arte”, um coletivo de 12 pintores que se foram conhecendo através de diversas exposições individuais e coletivas de cada um dos seus elementos.



A exposição foi inaugurada na passada sexta-feira, 11 de julho, e, devido às restrições em termos de ocupação de espaços fechados, a mesma contou apenas com a presença da curadora da exposição, Isabel Patim, de três artistas e da Vereadora da Cultura, Armandina Saleiro.

A Vereadora salientou a importância desta exposição onde “artistas de renome participam e levam o nome de Barcelos mais longe. Uma exposição com obras excecionais onde o contributo da curadora e dos artistas contribuíram para a sua realização num momento tão delicado como este que estamos a viver devido ao COVID-19”.

Por sua vez, Isabel Patim, curadora da exposição, agradeceu todo o apoio dado pelo Município de Barcelos e lembrou que “esta exposição é muito importante e uma mais valia no panorama cultural da Galeria de Arte”.

“O que me desafia é o desafio do diálogo, de vários diálogos que procuro como comissária desta exposição encetar, é compreender as necessidades dos autores e dos públicos, das cidades e dos seus espaços. O coordenador do grupo Doze d’Arte, o artista Mutes, colocou este coletivo de 12 artistas no meu caminho. “Out of the way”, título da exposição aqui catalogada, colocou-me no caminho e no espaço da minha cidade berço e é uma honra para mim estar em Barcelos com esta exposição”.

A abertura ao público aconteceu no sábado, dia 14, com a presença de artistas e visitas orientadas onde as diferentes formas de fazer pintura, através do processo criativo individual de cada um, e que despertaram a curiosidade de quem a visitou.

A exposição pode ser visitada de segunda a sexta-feira, das 10h00 às 17h30 e sábados e domingos, das 14h00 às 18h00.

Fonte e foto: CMB.

Exposição coletiva de pintura inaugura hoje na Galeria Municipal de Arte

Julho 10, 2020 em Atualidade, Concelho, Cultura, Mundo Por barcelosnahorabarcelosnahora

A Galeria Municipal de Arte abre, hoje, 10 de julho, a exposição de pintura “Doze D’Arte”, um coletivo de 12 pintores que se foram conhecendo através de diversas exposições individuais e coletivas de cada um dos seus elementos.



A exposição é inaugurada às 17h00 e, devido às restrições em termos de ocupação de espaços fechados, a mesma contará apenas com a presença da curadora da exposição, Isabel Patim, de três artistas e da Vereadora da Cultura, Armandina Saleiro.

A abertura ao público acontece no dia 11 de julho, das 14h00 às 18h00 com a presença de artistas e visitas orientadas mediante inscrição.

Esta exposição mostra obras de pintores de norte a sul do país: Ana Camilo, Carlos Godinho, Carlos Saramago, Dila Moniz, Luiz Morgadinho, Martinho Lima, Miguel Silva, Mutes, Paulo Sanches, Polen, Raf Cruz e Vitor Zapa. A curadoria fica a cargo de Isabel Patim.

Fonte e imagem: CMB.

Comunidades ciganas de Barcelos recebem kits higiene para combate ao COVID-19

Maio 6, 2020 em Atualidade, Concelho, Mundo, Política Por barcelosnahorabarcelosnahora

A Vereadora da Ação Social, Armandina Saleiro, participou na entrega de kits de higiene a 37 famílias residentes no concelho de Barcelos, angariados ao abrigo da campanha SOS Comunidades Ciganas, que visa apoiar famílias carenciadas no combate à pandemia da COVID-19. A sessão decorreu no dia 5 de maio, no Centro Social Abel Varzim, em Cristelo.



Os kits, compostos por máscaras, luvas, álcool, sabão, toalhitas desinfetantes e lixívia, servem para auxiliar as famílias que vivem em acampamentos e barracas, sem acesso a água, luz e a uma habitação digna, sendo as que mais necessitam de proteção face à pandemia.

Na entrega dos kits, a vereadora afirmou “a importância da adoção de novos comportamentos sociais e boas práticas para a contenção da propagação da COVID-19”.

Armandina Saleiro salientou, ainda, a necessidade de alertar e sensibilizar a comunidade de etnia cigana para “os riscos associados a algumas práticas comuns no seu dia a dia, desaconselhando deslocações em grupo, quer seja nas idas ao supermercado e ao hospital, quer seja no caso de quem vive em barracas e que tem por hábito utilizar os balneários públicos em simultâneo com várias pessoas do mesmo agregado familiar”.

A campanha “SOS Comunidades Ciganas”, lançada pela Rede Europeia Anti-Pobreza Portugal, está a trabalhar com comunidades em nove concelhos portugueses (Elvas, Beja, Mourão, Guarda, Fundão, Viseu, Braga, Barcelos e Porto) e pretende, com esta campanha, lançada a 9 de abril, ajudar a travar a pandemia, atribuindo kits de segurança e higiene às comunidades ciganas, sobretudo às famílias que vivem em acampamentos e barracas e em condições de higiene que colocam em risco a saúde individual e comunitária.

De acordo com os números mais recentes existem 24.210 portugueses ciganos em território nacional.

Fonte e foto: CMB.

IPCA discute “Os Direitos das Mulheres na Engenharia e na Gestão: para quando a Geração Igualdade?”

Março 3, 2020 em Atualidade, Concelho, Cultura, Educação, Mundo, Política Por barcelosnahorabarcelosnahora

No âmbito do Dia Internacional das Mulheres, promovido pelas Nações Unidas, em que o tópico deste ano está subordinado ao tema “Eu sou a Geração Igualdade: concretizar os direitos das mulheres”, a Escola Superior de Tecnologia (EST) do Instituto Politécnico do Cávado e Ave (IPCA) junta-se à iniciativa e realiza, no dia 6 de março, pelas 15h00, no Auditório Eng.º António Tavares, uma mesa redonda intitulada: “Os Direitos das Mulheres na Engenharia e na Gestão: para quando a Geração Igualdade?”.



“Conscientes da atual desigualdade de oportunidades e de direitos a vários níveis, torna-se necessário debater estratégias que contribuam para que a atual situação seja ultrapassada no mais curto espaço de tempo, tendo em consideração as questões organizacionais, tecnológicas, culturais e sociais, com principal enfoque na Engenharia e na Gestão”, refere o IPCA em nota.

O painel de convidadas são mulheres com funções de impacto relevante e estruturante na comunidade IPCA. Com moderação de Mariana Carvalho, docente da EST e Vereadora da Câmara Municipal de Barcelos, as convidadas para esta “mesa redonda” são Maria José Fernandes (Presidente do IPCA), Armandina Saleiro (Vice-Presidente da Câmara Municipal de Barcelos), Ângela Brandão (Curadora do IPCA), Sara Ferreira (ex-Presidente da Associação Académica do IPCA) e Ana Trigo (Representante WIEEE e docente convidada do IPCA).

Campanha “Stop à Violência Doméstica”

A Associação Académica do IPCA (AAIPCA), em parceria com o IPCA, realiza uma ação de sensibilização para o Dia da Mulher.”Stop à Violência Doméstica” é o mote da ação de sensibilização desta campanha, que pretende sensibilizar para a denúncia de casos de violência que conheçam.

A AAIPCA vai distribuir flores a todas as mulheres do IPCA, tanto no Campus, como nos Polos em Guimarães e Vila Nova de Famalicão, com um cartão onde se pode ler: “Neste Dia da Mulher, lembra-te que uma flor não é símbolo de desculpa”. Durante a distribuição, os estudantes e membros da AAIPCA, vestem uma  t-shirt com a mensagem “Stop à Violência Doméstica”.

Fonte e imagem: IPCA.

[Ndr: notícia atualizada a 06.03.2020, pelas 10h05]

1 2 3 8
Ir Para Cima