Tag archive

Atletismo

Nacionais de atletismo Sub-18: João Simões conquista bronze e Rodrigo Araújo bate recorde regional com 34 anos

Agosto 5, 2020 em Atualidade, Concelho, Desporto, Mundo Por barcelosnahorabarcelosnahora

Ambos atletas dos Amigos da Montanha

No dia 1 de agosto, a equipa de formação de atletismo dos Amigos da Montanha/ E.Leclerc de Barcelos participou nos campeonatos nacionais de atletismo em Sub-18.



A pista do Estádio Municipal Dr. José Vieira de Carvalho, na Maia, que recebeu o evento para atletas do Norte, contou com a participação de cinco atletas dos Amigos da Montanha (AM).  Entre eles, destacaram-se João Simões (foto de destaque) que, com uma prova absolutamente arrebatadora, conquistou a medalha de bronze nos 300 m barreiras, finalizando a prova com o excelente registo de 40,44.

Já Rodrigo Araújo, que agarrou a 4ª posição nacional nos 3.000 m em marcha atlética, fazendo marca (15:19,81) que valeu recorde regional da distância, batendo o anterior melhor registo, que tinha mais de 34 anos, em 56 segundos.

Nos nacionais ainda participaram Luís Cardoso, no lançamento do peso, conseguindo a 14ª posição nacional; Vasco Martins, que alcançou o 10º lugar nos 100 m; e Margarida Araújo, que participou nos 300 m barreiras, sofrendo uma queda que a impediu de atravessar a meta.

No domingo, 2 de agosto, e na mesma pista, disputaram-se os campeonatos nacionais de Sub-20. A participação dos AM foi feita através de Pedro Sá, no salto em altura, que com um salto de 1,79m garantiu a 6ª posição; e de Margarida Araújo, nos 400 m barreiras, que com o registo de 73,78 alcançou o 10º lugar nacional.

Fonte e fotos: AM.

Formação de atletismo dos Amigos da Montanha de regresso à competição e já com títulos

Julho 21, 2020 em Atualidade, Concelho, Desporto, Mundo Por barcelosnahorabarcelosnahora

Quatro atletas conquistam mínimos para os nacionais

A equipa de formação de atletismo dos Amigos da Montanha/ E.Leclerc de Barcelos participou nos campeonatos regionais de Sub-18 e sub-20 e conquistou vários títulos.



As provas, que decorreram a 11 e 12 de julho, na pista do estádio 1º de maio, em Braga, consagraram como campeões regionais Pedro Sá, no salto em altura, e Rodrigo Araújo, nos 3.000 metros marcha.

João Simões, nos 110 barreiras e 300 m barreiras, e Luís Cardoso, no lançamento do peso e lançamento do martelo, conquistaram o título de vice-campeão.

Ainda de relevo, a terceira posição de Margarida Araújo nos 300 m barreiras.

José Fernandes, atleta ainda iniciado, conquistou o 3º lugar nos 1500m.

Vasco Martins alcançou o 3º lugar nos 100 e 200 metros, e Manuel Seixas, o 2º lugar no lançamento do peso (prova extra para seniores).

“Importa salientar a qualidade das prestações dos atletas dos Amigos da Montanha (AM) no que diz respeito às marcas obtidas, apesar das dificuldades que toda a situação da pandemia representou relativamente às condições de treino e à capacidade de treinar em casa. Isto traduz, sem dúvida, uma grande responsabilidade individual e trabalho motivacional e acompanhamento dos técnicos dos Amigos da Montanha”, refere a associação em nota.

Assim, Pedro Sá, ao transpor a fasquia nos 1,93 m, fez mínimos para o nacional sub-20 e uma das melhores marcas nacionais do ano.

Também João Simões juntou aos mínimos de qualificação para os nacionais de sub-18 nos 300 m barreiras, que já obtivera antes da pandemia, os mínimos nos 110 m barreiras com o registo de 16,16.

Rodrigo Araújo conseguiu, igualmente, marca para participar nos nacionais de sub-18, marchando os 3.000 metros em 16:52,53.

Já no dia 15 de julho, os atletas AM participaram nas “Noites Atléticas” e Luís Cardoso lançou o peso para os 12,11 m, marca que também é mínimo de participação nos nacionais sub-18.

João Simões participou nos 200 m e obteve recorde pessoal. Margarida Araújo e Vasco Martins estiveram perto dos seus melhores registos nos 200 m e 100 m, respetivamente.

Os campeonatos de Sub-18 e Sub-20, que se realizarão a 1 e 2 de agosto em Braga, com os atletas do Norte, contarão, assim, com a presença de quatro atletas AM.

Fonte e fotos (arquivo): AM.

A “Tribo”

Maio 1, 2020 em Atualidade, Concelho, Desporto, Mundo, Opinião Por barcelosnahorabarcelosnahora
Pedro Soares de Sousa

Caros leitores,

Devido ao confinamento caseiro e ao excessivo ócio que este provoca, as pessoas veem-se forçadas a encontrar novas formas de combater a pausa em demasia, com todos os malefícios que isso traz para o seu corpo e saúde.



No entanto, enquadrado no Decreto nº 2-A/2020, de 20 de março, que executava a declaração do estado de emergência efetuada pelo Decreto do Presidente da República nº 14-A/2020, de 18 de março, e sem alteração nas subsequentes renovações, eram permitidas aos cidadãos “Deslocações de curta duração para efeitos de atividade física, sendo proibido o exercício de atividade física coletiva” (in: https://covid19estamoson.gov.pt/estado-de-emergencia-nacional/pacote-de-medidas/), se bem que essa atividade física não podia ser realizada por mais do que duas pessoas em conjunto. Muito se falou sobre este pormenor, muito se criticou, muito se aconselhou. Notava-se muito receio nas pessoas, muito abuso por parte de quem aproveitava, então, para andar a correr pelos passeios e matas, quando antes não o fazia ou fazia pouco. Notava-se muito moralismo e alguma hipocrisia. Enfim, havia de tudo um pouco! Agora, com a declaração de Estado de Calamidade de ontem, a situação tende a normalizar, pelo menos no que concerne às “corridinhas” com mais algumas (não muitas) pessoas.

Mas o intuito deste artigo não é o de nos debruçarmos sobre estas atividades, mas sim, o de falar das saudades de fazermos exercício, como o atletismo, o running (street, trail, entre outros), as caminhadas, as simples corridinhas para aquecer e “desenferrujar os músculos”, o BTT, a Orientação, entre outras novas “modas” que nos levam a percorrer vias, passeios, tracks e caminhos por estas nossas terras.

Há um par de anos, comecei a correr e a fazer uns treininhos de final de tarde, início de noite. Já costumava correr anteriormente, mas por essa altura comecei a fazê-lo mais frequentemente, sempre em boa companhia. Por isso, as “saudades” a que me refiro, eu também as sinto!

Tal como eu, os aficionados destas modalidades devem estar, por esta altura, cheios de saudades do burburinho do início das provas, dos speakers a incentivarem, dos relógios e programas de treino, do aquecimento ou da conversa antes da partida. Mas também das paisagens e pormenores que se veem ao passar nos trilhos, dos abastecimentos durante as provas, da bifaninha e do fininho no final, do convívio com aquelas pessoas das quais, na esmagadora maioria das vezes, nem sabemos os nomes, mas já conhecemos “de vista”, dos tracks, dos obstáculos ou da aglomeração na meta. Até do “esquerda…direita”, para deixar passar os mais rápidos e desejosos de vitória!

A esmagadora maioria das pessoas que participam nestas provas tem como objetivo concluí-las, ultrapassar os seus limites, exceder as suas expectativas. Poder chegar ao final e receber um prémio de finisher (por norma, uma medalha). Não para se vangloriar, mas como recordação de que conseguiu chegar ao fim, conseguiu terminar aquela prova. É verdade que durante a mesma, os trail runners ou mesmo os betetistas, passam por momentos de maior tensão, principalmente quando têm obstáculos difíceis de ultrapassar e transpor, quando se encontram presos em lama, em riachos ou a lutarem contra cãibras, cansaço e intempéries tais que lhes entra na mente que não irão conseguir e a luta passa a não ser apenas física, para ser, igualmente, psicológica.

É a estas pessoas, quando isoladas ou em grupo, que gosto de chamar – carinhosamente –  de “A Tribo”!

Agora que a “vida” vai recomeçando a normalizar, dentro do que se poderá considerar “normal” nesta altura de pandemia, as pessoas também vão recomeçando a praticar o seu desporto, que se aconselha, possa ser da forma o mais segura e protegida possível.

Em breve, tudo terá passado e estaremos de volta aos trails, às caminhadas, ao BTT, Orientação, ciclismo, futebol…enfim, à nossa “rotina” desportiva! E que bom será…

Não posso terminar sem deixar as minhas palavras de apreço e dedicar este meu artigo a um amigo de longa data, o Paulo Costa (Alvarelhos – Trofa), que, soube-o há dias, voltou a correr depois de 13 meses de inatividade devido a lesão e outras complicações! Também ele aficionado dos trails longos!!  Caro Paulo, a Vida pode colocar-nos obstáculos e podemos achar que não conseguimos transpô-los, mas, com força e esperança, o “Sol” volta a “sorrir-nos” (sabes do que falo)! Sê bem-vindo (mesmo que ainda limitadamente) à “rotina”…sê bem-vindo de volta à “Tribo”!!

Por: Pedro Soares de Sousa* (Professor e Diretor do Barcelos na Hora)

Fotos: Eugénia Faria-Faria Joaquim (alterada) e DR.

(* A redação do artigo de opinião é única e exclusivamente da responsabilidade do autor)

Seis campeões regionais de marcha atlética nos Amigos da Montanha

Março 7, 2020 em Atualidade, Concelho, Desporto, Mundo Por barcelosnahorabarcelosnahora

A equipa de formação de atletismo dos Amigos da Montanha/E.Leclerc Barcelos conquistou seis títulos de campeões regionais no Campeonato Regional de Marcha em Estrada, que se realizou em Oliveira do Douro, Vila Nova de Gaia, no dia 1 de março.



O destaque vai para Rodrigo Araújo que, para além de vencer o regional de Braga, venceu também toda a concorrência do seu escalão, ao percorrer o percurso de 4.000 m em 22:16. O jovem fez uma prova plena de consistência e controlo, a traduzir-se numa marca que, em pista, seria recorde regional.

Ainda no escalão de iniciados, marchou Afonso Magano, que terminou em 2º lugar, a contar para o regional de Braga, e Maria Amorim, que venceu a prova feminina, entrando para a lista de campeões.

No escalão de Infantis, vitória para Tomás Linhares (26:02) e Inês Pedro (22:21), a cumprirem os 3.000 m e a somaram mais dois títulos para os Amigos da Montanha.

Os Benjamins Gonçalo Azevedo e Leonor Magano marcharam 1.000 m e sagraram-se, de igual modo, campeões regionais de marcha, terminando a prova com os registos 6:58 e 7:05, respetivamente.

Fonte e foto: AM.

Inês Pedro, dos Amigos da Montanha, convocada para representar a Associação de Atletismo de BRAGA

Março 2, 2020 em Atualidade, Concelho, Desporto, Mundo Por barcelosnahorabarcelosnahora

A atleta Inês Pedro, dos Amigos da Montanha, foi convocada pela Associação de Atletismo de Braga para participar no Torneio Interassociações distritais, representando o distrito de bracarense.



A prova, que se realizou em Lourosa no passado dia 22 de fevereiro, juntou os melhores atletas dos distritos de Braga, Coimbra, Leiria, Porto e Aveiro.

A atleta infantil dos Amigos da Montanha/E.Leclerc de Barcelos participou no salto em comprimento e nos 60 metros barreiras, obtendo bons resultados em ambas as provas.

Foto: AM.

Rodrigo Araújo e José Fernandes, dos Amigos da Montanha, vencem provas de preparação

Março 2, 2020 em Atualidade, Concelho, Desporto, Mundo Por barcelosnahorabarcelosnahora

No dia 22 de fevereiro, os atletas dos Amigos da Montanha/E.Leclerc, Rodrigo Araújo e José Fernandes, participaram nas provas de Preparação do Porto para os escalões de Infantis e Iniciados e saíram vencedores das competições em que participaram.



Rodrigo Araújo fez, de forma extraordinária, os 4.000 m marcha com a marca de 22:56,88, retirando, num registo difícil de se ver, 40 segundos à sua melhor marca. Já José Fernandes correu os 1.500 m obstáculos em 4:42,92, batendo, de igual modo, o seu anterior melhor registo.

As provas realizaram-se na Maia, na pista do Estádio Prof. Doutor Vieira de Carvalho, e contaram com a presença de mais de 18 clubes do norte de Portugal.

Fotos: AM (alteradas)

Pedro Sá, dos Amigos da Montanha, é 5º nos nacionais de sub-20, em pista coberta

Fevereiro 24, 2020 em Atualidade, Concelho, Desporto, Mundo Por barcelosnahorabarcelosnahora

Classificação alcançada no salto em altura

A 15 e 16 de fevereiro, a cidade de Pombal recebeu os Campeonatos Nacionais de sub-20 em pista coberta, que contou a participação de atletas dos Amigos da Montanha (AM).



O júnior Pedro Sá conquistou a 5ª posição no salto em altura, transpondo a fasquia de 1,90m, a mesma marca alcançada pelo 3º classificado, ficando desempatados apenas pelo número de tentativas para atingir a marca.

Ainda nesta competição, Ana Margarida Araújo bateu a sua melhor marca da época, nos 400m, o que é, de acordo com os AM, “um excelente indicador pois a atleta vem de longa paragem por lesão.

Fotos: AM.

Formação de atletismo dos Amigos da Montanha em destaque na Provas de Preparação

Fevereiro 22, 2020 em Atualidade, Concelho, Desporto, Mundo Por barcelosnahorabarcelosnahora

O Altice Forum, em Braga, recebeu, no dia 15 de fevereiro, os mais jovens atletas da formação de atletismo para participarem nas Provas de Preparação em pista coberta.



Na equipa Amigos da Montanha/E.Leclerc de Barcelos, esteve em destaque o iniciado Rodrigo Araújo, nos 1.000 metros marcha, ao vencer a prova com a excelente marca de 5:13,64, assim como, Marcos Torres, que terminou na 4ª posição. Inês Pedro e Constança Alves, no escalão de infantis, também fizeram uma boa prova de marcha atlética e terminaram em 3º e 4º, respetivamente.

De ressalvar, ainda, as prestações dos benjamins Gonçalo Azevedo e Pedro Simões, nos 60 metros, que concluíram a prova nos 6º e 8º lugares, respetivamente. Na mesma prova, mas no escalão de infantis, Tomás Linhares conquistou a 13ª posição da tabela classificativa.

Também presentes em prova estiveram Afonso Magano (60 m e 800 m), Leonor Magano (60 m e 600 m) e Gonçalo Pereira (1.000m marcha), todos com boas prestações.

Fonte e fotos: AM.

Pedro Sá, dos Amigos da Montanha, conquista bronze no Campeonato Absoluto do Norte, de pista coberta

Fevereiro 4, 2020 em Atualidade, Concelho, Desporto, Mundo Por barcelosnahorabarcelosnahora

A equipa de formação de atletismo dos Amigos da Montanha E.Leclerc Barcelos participou, no dia 25 de janeiro, nos Campeonatos Absolutos do Norte de pista coberta e conquistou o bronze no salto em altura, através do atleta Pedro Sá.



O atleta dos Amigos da Montanha, campeão nacional juvenil no salto em altura, saltou 1,89 m e garantiu a terceira posição do concurso, que foi ganho pelo atleta sénior do Maia AC, João Duarte, com 1,93 m.

A competição realizou-se no Altice Forum Braga e contou, ainda, com a presença de mais três atletas AM. Vasco Martins, que nos 60m fez recorde pessoal, com 7,66; João Simões e Ana Margarida Araújo, que se aproximaram das suas melhores marcas nos 400 m.

Foto: AM.

Corta Mato de Barcelos decide campeões do Norte, de Braga e de Viana do Castelo

Janeiro 21, 2020 em Atualidade, Concelho, Desporto, Mundo Por barcelosnahorabarcelosnahora

Elias Miranda, dos Amigos da Montanha, conquistou o título de Campeão do Norte e Campeão Regional de Braga

A quinta edição do “Campos & Lopes Corta Mato de Barcelos”, uma organização dos Amigos da Montanha com o apoio da Câmara Municipal de Barcelos, foi, no passado sábado, a prova que definiu os Campeões do Norte e os Campeões Regionais de Braga e de Viana do Castelo.



A prova, que teve cerca de 350 inscritos, conquistou, pelas características que tem vindo a demonstrar, a preferência das Associações de Atletismo de Braga, Porto, Viana do Castelo, Bragança e Vila Real.

Nos terrenos anexos ao Estádio Cidade de Barcelos, foi desenhada uma pista com uma volta pequena de 500 m e uma grande de 2000 m. As oito provas realizadas, definiram o número de voltas e respetivas distâncias de cada escalão, com subidas e descidas, curvas, terreno duro e mole, tudo num contexto e ao estilo do cross britânico.

Com uma excelente visibilidade, que permite observar todo o percurso desde a meta, o traçado, enlameado em algumas partes e seco noutras, é a tipologia mais aconselhada por parte das entidades federativas internacionais, dando o cariz essencial a esta especialidade.

As características do local escolhido para a realização, reunindo condições de excelência no mesmo espaço, quer ao nível do parqueamento, quer ao nível das instalações para a logística e balneários são, também, condições fundamentais à competição propriamente dita.

Globalmente, e apesar da chuva que se fez sentir antes da prova, mais uma vez, estiveram reunidos todos os fatores propícios a este evento, elogiado pela generalidade de atletas, treinadores, dirigentes e associações.

No tocante à competição, concorreram, em femininos e masculinos, os escalões de Benjamins, num percurso de 500m, e os infantis, com uma volta grande de 2000m. Os iniciados femininos completaram 2500m e em masculinos 3000m, a mesma distância dos juvenis femininos. Os juvenis masculinos correram 4000m e os juniores e seniores femininos disputaram a distância de 6000m. Em masculinos, os juniores fizeram o percurso de 8000m e os seniores de 10 0000.

Os Amigos da Montanha estiveram, também, em destaque nas classificações alcançadas pela equipa de formação, que contou com doze atletas em prova.

Elias Miranda conseguiu, em cima da meta, agarrar o título de Campeão do Norte de Corta Mato e Campeão Regional de Braga, com o tempo de 36m11s.

O benjamim, Gonçalo Azevedo subiu ao pódio para o terceiro lugar.

Nos resultados de equipas, os iniciados dos Amigos da Montanha/E.Leclerc, de Barcelos, conquistaram o título de Vice-Campeões, coletivamente.

Fonte e fotos: AM.

1 2 3 12
Ir Para Cima