Tag archive

Batch Cooking

Capítulo 29 – Sem tempo para confecionar as refeições? (Parte 2)

Março 4, 2020 em Atualidade, Concelho, Cultura, Mundo, Opinião Por barcelosnahorabarcelosnahora
Sara Barbosa

Como referi no início do capítulo, batch cooking, ou cozinhar em série, é um método que consiste em preparar as refeições da semana com antecedência. A grande vantagem? Poupar tempo e dinheiro.



Tal como a sopa, que pode ser confecionada em grandes quantidades e separada em doses individuais, também o mesmo se pode fazer com outros alimentos. Os alimentos a consumir primeiro podem ficar no frigorífico e os restantes congelam-se e apenas se descongelam no dia anterior ao consumo. Para fazer o descongelamento, deve colocar primeiro no frigorífico, num recipiente adequado (durante 12 a 24 horas) e, só depois, retirar no momento do consumo. Desta forma, o descongelamento é feito sem grandes riscos de contaminação.

A maioria dos alimentos congela bem, como arroz, aveia, quinoa, pão, feijão, carne, tortas, legumes e fruta (para usar em papas, sumos, smoothies, por exemplo). Antes de congelar os legumes, faça o branqueamento dos mesmos, isto é, lavar, cortar e dar uma fervura antes de os levar ao frio. Coloque-os em sacas individuais antes de congelar.

Ovos crus inteiros, café, maionese, cremes, iogurtes, batatas cruas, alface, maçã, melão ou queijos moles são alguns dos alimentos que não deve levar ao congelador. Pode congelar ovos se retirar da casca e/ ou separar a clara da gema e colocar num recipiente.

Mesmo no congelador, o alimento continua a ter uma data de validade, por isso, é recomendável identificar cada embalagem com uma etiqueta contendo a data em que foi congelado. Mantendo a temperatura a 4ºC, as refeições preparadas aguentam cerca de 3 a 4 dias no congelador.

Pode dizer-se que o batch cooking, é mais saudável, mais prático, mais económico e também mais ecológico.

Por: Sara Barbosa*.

(* A redação do artigo de opinião é única e exclusivamente da responsabilidade do autor)

Capítulo 29 – Sem tempo para confecionar as refeições? (Parte 1)

Fevereiro 5, 2020 em Atualidade, Concelho, Mundo, Opinião Por barcelosnahorabarcelosnahora
Sara Barbosa

A nova tendência, batch cooking, chegou para nos ajudar a poupar tempo, dinheiro e, ao mesmo tempo, fazer refeições saudáveis. E o que é o batch cooking?



Batch cooking significa cozinhar em série. Com esta nova tendência, consegue preparar refeições em poucas horas para consumir ao longo da semana. Para além disso, ao planificar as refeições com antecedência, irá conseguir uma maior variedade na sua ementa, podendo alternar as fontes proteicas (ex: carne branca, peixe, ovos, leguminosas, tofu, seitan) e as fontes dos hidratos de carbono (ex: arroz, massa, batata, batata doce, quinoa, cuscuz, legumes) de forma mais eficaz.

Para iniciar, é importante elaborar uma lista de compras que inclua alimentos saudáveis e versáteis para uma ementa semanal equilibrada. Após ter os alimentos todos ao seu dispor, basta reservar algumas horas de um dia para pôr mãos à obra. Desta forma, irá poder usufruir do dia a dia sem ter de pensar no que vai cozinhar.

As doses a preparar vão depender do número de pessoas e do número de refeições. Não se esqueça que é importante as doses serem adequadas, nem a mais, nem a menos. Assim, cada pessoa come apenas o necessário, não caindo na tentação de repetir, e não há desperdício alimentar.

Algo que nunca falta no meu frigorífico e no congelador é a sopa. Em casa, preparamos sempre sopa para uma semana e separamos em doses individuais. As que vamos consumir primeiro ficam apenas no frigorífico, as restantes congelamos e descongelamos sempre no dia anterior ao consumo. Para fazer o descongelamento, coloco sempre primeiro no frigorífico e só depois quando quero consumir é que retiro.

Prefira recipientes iguais pois assim, quando os guardar, pode encaixar todos num só e assim poupar espaço.

No próximo mês irei continuar a destacar este tema, não perca!

Por: Sara Barbosa*.

(* A redação do artigo de opinião é única e exclusivamente da responsabilidade da autora)

Foto: DR.

Ir Para Cima