Tag archive

BTT

Juvenis da ACR Roriz percorrem Caminhos de Santiago em dois dias

Agosto 22, 2020 em Atualidade, Concelho, Desporto, Mundo Por barcelosnahorabarcelosnahora

A equipa de Juvenis (U15) da ACR RORIZ SEISSA | KTM-BIKESEVEN | MATIAS&ARAÚJO | FRULACT percorreu, no passado fim de semana, em bicicleta de BTT e em conjunto com alguns diretores e alguns pais, os míticos Caminhos de Santiago em Bicicleta.



“O espírito de peregrinos, o convívio e a boa disposição foram sempre uma constante ao longo de todo o caminho”, refere a equipa rorizense em nota.

Fonte e fotos: ACRR.

Cadetes da ACR Roriz retomam atividades a 30 de agosto

Agosto 21, 2020 em Atualidade, Concelho, Desporto, Mundo Por barcelosnahorabarcelosnahora

A equipa de Cadetes (U17) da ACR RORIZ SEISSA | KTM-BIKESEVEN | MATIAS&ARAÚJO | FRULACT tem prevista a retoma das competições no Campeonato Nacional de Eliminator (XCE).



A prova realiza-se na pista de BTT-XCO de Tamengo, em Anadia, no próximo dia 30 de agosto.

Fonte e fotos: ACRR.

A “Tribo”

Maio 1, 2020 em Atualidade, Concelho, Desporto, Mundo, Opinião Por barcelosnahorabarcelosnahora
Pedro Soares de Sousa

Caros leitores,

Devido ao confinamento caseiro e ao excessivo ócio que este provoca, as pessoas veem-se forçadas a encontrar novas formas de combater a pausa em demasia, com todos os malefícios que isso traz para o seu corpo e saúde.



No entanto, enquadrado no Decreto nº 2-A/2020, de 20 de março, que executava a declaração do estado de emergência efetuada pelo Decreto do Presidente da República nº 14-A/2020, de 18 de março, e sem alteração nas subsequentes renovações, eram permitidas aos cidadãos “Deslocações de curta duração para efeitos de atividade física, sendo proibido o exercício de atividade física coletiva” (in: https://covid19estamoson.gov.pt/estado-de-emergencia-nacional/pacote-de-medidas/), se bem que essa atividade física não podia ser realizada por mais do que duas pessoas em conjunto. Muito se falou sobre este pormenor, muito se criticou, muito se aconselhou. Notava-se muito receio nas pessoas, muito abuso por parte de quem aproveitava, então, para andar a correr pelos passeios e matas, quando antes não o fazia ou fazia pouco. Notava-se muito moralismo e alguma hipocrisia. Enfim, havia de tudo um pouco! Agora, com a declaração de Estado de Calamidade de ontem, a situação tende a normalizar, pelo menos no que concerne às “corridinhas” com mais algumas (não muitas) pessoas.

Mas o intuito deste artigo não é o de nos debruçarmos sobre estas atividades, mas sim, o de falar das saudades de fazermos exercício, como o atletismo, o running (street, trail, entre outros), as caminhadas, as simples corridinhas para aquecer e “desenferrujar os músculos”, o BTT, a Orientação, entre outras novas “modas” que nos levam a percorrer vias, passeios, tracks e caminhos por estas nossas terras.

Há um par de anos, comecei a correr e a fazer uns treininhos de final de tarde, início de noite. Já costumava correr anteriormente, mas por essa altura comecei a fazê-lo mais frequentemente, sempre em boa companhia. Por isso, as “saudades” a que me refiro, eu também as sinto!

Tal como eu, os aficionados destas modalidades devem estar, por esta altura, cheios de saudades do burburinho do início das provas, dos speakers a incentivarem, dos relógios e programas de treino, do aquecimento ou da conversa antes da partida. Mas também das paisagens e pormenores que se veem ao passar nos trilhos, dos abastecimentos durante as provas, da bifaninha e do fininho no final, do convívio com aquelas pessoas das quais, na esmagadora maioria das vezes, nem sabemos os nomes, mas já conhecemos “de vista”, dos tracks, dos obstáculos ou da aglomeração na meta. Até do “esquerda…direita”, para deixar passar os mais rápidos e desejosos de vitória!

A esmagadora maioria das pessoas que participam nestas provas tem como objetivo concluí-las, ultrapassar os seus limites, exceder as suas expectativas. Poder chegar ao final e receber um prémio de finisher (por norma, uma medalha). Não para se vangloriar, mas como recordação de que conseguiu chegar ao fim, conseguiu terminar aquela prova. É verdade que durante a mesma, os trail runners ou mesmo os betetistas, passam por momentos de maior tensão, principalmente quando têm obstáculos difíceis de ultrapassar e transpor, quando se encontram presos em lama, em riachos ou a lutarem contra cãibras, cansaço e intempéries tais que lhes entra na mente que não irão conseguir e a luta passa a não ser apenas física, para ser, igualmente, psicológica.

É a estas pessoas, quando isoladas ou em grupo, que gosto de chamar – carinhosamente –  de “A Tribo”!

Agora que a “vida” vai recomeçando a normalizar, dentro do que se poderá considerar “normal” nesta altura de pandemia, as pessoas também vão recomeçando a praticar o seu desporto, que se aconselha, possa ser da forma o mais segura e protegida possível.

Em breve, tudo terá passado e estaremos de volta aos trails, às caminhadas, ao BTT, Orientação, ciclismo, futebol…enfim, à nossa “rotina” desportiva! E que bom será…

Não posso terminar sem deixar as minhas palavras de apreço e dedicar este meu artigo a um amigo de longa data, o Paulo Costa (Alvarelhos – Trofa), que, soube-o há dias, voltou a correr depois de 13 meses de inatividade devido a lesão e outras complicações! Também ele aficionado dos trails longos!!  Caro Paulo, a Vida pode colocar-nos obstáculos e podemos achar que não conseguimos transpô-los, mas, com força e esperança, o “Sol” volta a “sorrir-nos” (sabes do que falo)! Sê bem-vindo (mesmo que ainda limitadamente) à “rotina”…sê bem-vindo de volta à “Tribo”!!

Por: Pedro Soares de Sousa* (Professor e Diretor do Barcelos na Hora)

Fotos: Eugénia Faria-Faria Joaquim (alterada) e DR.

(* A redação do artigo de opinião é única e exclusivamente da responsabilidade do autor)

Trilho dos Moinhos colora o Centro Histórico e os trilhos de Barcelos

Março 3, 2020 em Atualidade, Concelho, Desporto, Mundo Por barcelosnahorabarcelosnahora

Barcelos recebeu, no passado domingo, a 14ª edição do Ledechem Trilho dos Moinhos, uma prova de BTT organizada pelos Amigos da Montanha com o apoio da Câmara Municipal de Barcelos.



Foram mais de 1000 os que se inscreveram para vir à cidade do galo percorrer 40km por montes, caminhos, campos e trilhos à procura dos moinhos. O percurso delineado pela equipa de BTT dos Amigos da Montanha privilegiava, para esta atividade, um belo passeio com os amigos. E nem a chuva que caiu durante a noite complicou este objetivo, apesar da lama que os atletas exibiam ao passar a linha da meta. Aí, as opiniões que se ouviam eram de um percurso de eleição, mais uma vez marcado pela beleza de novos trilhos descobertos mesmo para quem é de Barcelos ou quem já fez esta atividade por diversas vezes. A completar o que deve ser um percurso de BTT, encontraram, também, os singletracks, alternados com passagens mais rolantes para que tudo corresse na perfeição.

“Ficámos contentes que os participantes tenham, mais uma vez, evidenciado a qualidade da organização das atividades dos Amigos da Montanha, assim como a seleção do percurso e a sua marcação. Procurámos fazer um percurso rolante, mas com trilhos e singletracks que pudessem surpreender os participantes. Todos os anos mudamos o percurso e acreditamos que esta é uma mais-valia para continuarmos a ter a preferência de muitos atletas. No BTT, o número de participantes nas atividades tem decrescido em todo o país mas, felizmente, este ano conseguimos até ter um número um pouco superior relativamente a 2019”, refere David Ferreira, diretor da prova. “Privilegiamos, também, no Trilho dos Moinhos, a ideia de um passeio, de uma atividade de lazer em grupo, e, por isso, tentamos fazer um pouco de festa associada à prova. É o caso do abastecimento geral, no qual foi incluída uma passagem cultural, através de uma atuação musical onde os participantes foram recebidos ao som da gaita-de-foles. O local do abastecimento, numa quinta em Curvos, era, por si só, muito bonito e a encenação feita pelo grupo, vestido a rigor, tornou o momento especial neste percurso do Trilho dos Moinhos. O abastecimento teve presunto, broa, vinho verde, bolos e uma decoração com os motivos do galo de Barcelos, tornando-o ainda mais emblemático”, garante David Ferreira.

Os participantes não ficaram indiferentes a este momento, salientando-o quando chegavam à meta. Os moinhos, que dão nome ao evento, foram muitos e captaram a atenção dos atletas, que coloriam os trilhos. O que também não deixou ninguém indiferente foi a ponte de paletes, também ela colorida, “construída” em Perelhal e que proporcionou um grande cenário para registar em centenas de fotografias. 

É sempre a pensar em todos estes ingredientes para receber os participantes da melhor forma que a equipa de BTT trabalha durante meses, no terreno, a planear o percurso. No dia da atividade “um agradecimento especial a todos os voluntários, onde contamos muitos jovens, que se espalham pelo percurso e pela zona de meta, garantindo a qualidade da atividade”, destaca, ainda, o diretor da prova.

O Trilho dos Moinhos, tal como as restantes atividades dos Amigos da Montanha, tem uma crescente preocupação ambiental. Há alguns anos que os abastecimentos não são feitos com o uso a garrafas de plástico, mas convidando os atletas a encherem os seus bidons, tentando, de forma crescente, reduzir o uso de plástico nas provas. Recorde-se que os Amigos da Montanha substituíram já as tradicionais fitas de marcação de plástico por fitas de tecido reutilizáveis em todas as suas atividades. No Trilho dos Moinhos, pelas 15h15, os colaboradores, encarregues de retirar as marcações, regressaram do percurso, deixando o mesmo limpo de fitas.

O Trilho dos Moinhos é um passeio para fazer sem pressas, mas o primeiro atleta a regressar à meta no centro histórico de Barcelos, levou apenas 1h28m49s a completar o percurso. João Santos, da equipa AXPO/Firstbike Team/Vila do Conde, discutiu o lugar ao sprint com Miguel Ribeiro, da C.D.C de Navais, e apenas o cronómetro conseguiu registar um segundo de diferença entre os dois atletas no momento em que cruzaram a linha da meta. David Vaz, da equipa Amigos do Desporto/KTM, registou a terceira marca do dia (1:31:17).

No setor feminino, o pódio ficou completo com atletas barcelenses. A campeã nacional de BTT, Raquel Marques (AXPO/Firstbike Team/Vila do Conde), ocupou o primeiro lugar, com o tempo de 1:53:01, e foi acompanhada de Fátima Melo (Love Tiles), com 2:00:03, e Manuela Pontes (Os que Aparecem), com o registo de 2:21:06.

No pódio de paraciclismo, Júlio Costa (Maximus Team) repetiu as vitórias de 2017, 2018 e 2019, com o tempo de 2:36:29, e o segundo lugar foi ocupado por Rui Paulo Machado, da New Cycle Team – Ncteam Btt (3:23:32).

No escalão Elite, em masculinos, Fábio Martins (BTT Braguinhas) foi o vencedor, seguido de Ricardo Dias (Team Dias Alumínios) e Pedro Santos (Arada Atlético Clube); e no setor feminino, os dois primeiros postos foram para Elisabete Carvalho (individual) e Márcia Silva (BTT Margens do Cávado).

Em Masters A masculinos, João Santos voltou a subir ao lugar mais alto do pódio. David Vaz foi segundo classificado e Fábio Abreu (individual) terceiro. Na mesma categoria, em femininos, repetiu-se o pódio da geral.

Miguel Ribeiro saiu vencedor na categoria Master B e foi acompanhado no pódio por Filipe Brito (Controlsafe/Famabike/Scott Portugal) e Hélder Costa (Mouquim-Afacycles-Eugénios-Bargauto-Cosmocar-Amco), no segundo e terceiro lugares, respetivamente.

Joaquim Baptista (individual) foi o mais rápido em Master C, seguido de José Gonçalves (Team Gaiabike) e Gonçalo Silva (Tda).

O dia ficou, ainda, marcado pela abertura, à mesma hora que os participantes do Trilho dos Moinhos saíam para o percurso, das inscrições para a edição de 2020 da Maratona BTT 5 Cumes, a realizar no dia 27 de setembro. E foram muitos os não quiseram perder a oportunidade de garantir o lugar na primeira box de saída, com as primeiras 24 horas a registarem mais de 200 inscrições.

A inscrição para os míticos 5 Cumes pode ser feita em www.amigosdamontanha.com.

Fonte e fotos: AM.

Trilho dos Moinhos traz BTT a Barcelos a 1 de março

Fevereiro 18, 2020 em Atualidade, Concelho, Desporto, Mundo Por barcelosnahorabarcelosnahora

No próximo dia 1 de março, Barcelos recebe a 14ª edição do Trilho dos Moinhos, uma prova de BTT organizada pelos Amigos da Montanha com o apoio da Câmara Municipal de Barcelos.



A cerca de duas semanas do evento, são perto de 1 000 os inscritos na prova. As inscrições ainda podem ser realizadas em www.amigosdamontanha.com.

Os participantes recebem como ofertas um par de peúgas de BTT e uma bolsa de telemóvel, para além de uma bifana e bebida no final da atividade.

Fazendo jus ao nome, o Trilho dos Moinhos apresenta um percurso à descoberta do maior número e dos mais bonitos moinhos ainda existentes no concelho, que outrora foram meio de subsistência das gentes locais e que continuam recheados da história de um povo. O convite para esta prova é o da animação e convívio entre os participantes que carateriza este passeio, a combinar na perfeição com os excelentes trilhos marcados pela beleza e pela espetacularidade dos singletracks. Para isso, em cada ano, é apresentado um percurso renovado, procurando-se trilhos diferentes, o que constitui um ponto de atratividade para quem se desloca a Barcelos para participar neste evento de BTT.

E as opiniões dos participantes, registadas no final da aventura de cerca de 40km, tem sido, anualmente, reveladoras da definição de “um percurso excelente, trilhos muito bem escolhidos e muito bem marcados”. “É sempre a pensar em preparar tudo para receber os participantes da melhor forma que a equipa de BTT trabalha durante meses no terreno a planear com um cuidado especial na escolha e na marcação do percurso para que seja ao gosto dos participantes”, referem os AM em nota.

“O Trilho dos Moinhos, tal como as restantes atividades dos Amigos da Montanha, tem uma crescente preocupação ambiental. Os abastecimentos não são feitos com o uso a garrafas de plástico, mas convidando os atletas a encherem os seus bidons, tentando, de forma crescente, reduzir o uso de plástico nas provas. Recorde-se que os Amigos da Montanha substituíram já as tradicionais fitas de marcação de plástico por fitas de tecido reutilizáveis em todas as suas atividades”, salientam.

Fotos: DR.

Lucas Braga, da ACR Roriz, vence “3h BTT Manuel Ferreira”

Fevereiro 11, 2020 em Atualidade, Concelho, Desporto, Mundo Por barcelosnahorabarcelosnahora

Equipa rorizense conquista mais dois pódios

Este domingo realizou-se, em Padim da Graça – Braga, as “3h de Resistência BTT Manuel Ferreira”, uma prova organizada pela equipa “Os Braguinhas BTT” e na qual vários atletas da ACR RORIZ SEISSA | KTM-BIKESEVEN | MATIAS&ARAÚJO | FRULACT participaram.



Tal como o título desta notícia revela, Lucas Braga foi o grande vencedor na categoria de Juniores.

Por sua vez, os cadetes Bruno Lopes e João Martins foram 2º. Gabriel Baptista e Tomás Carvalho foram 3º, também em Equipas Duplas. Igualmente em duplas, participaram nestas 3h de BTT, Dinis Saleiro e Carlos Saleiro.

Fotos: DR.

“Natalíssimo” – Atividade solidária de BTT e caminhada

Dezembro 9, 2019 em Atualidade, Concelho, Desporto Por barcelosnahorabarcelosnahora

Evento organizado pelos Amigos da Montanha

A atividade solidária “Becri Natalíssimo” está marcada para 22 de dezembro, numa organização dos Amigos da Montanha (AM).



De bicicleta ou a caminhar, a proposta em época de Natal é de uma manhã desportiva e solidária, com as inscrições a reverterem para uma instituição de apoio social.

Este é já o 10º Passeio de Natal solidário e terá início às 10h00 na Av. da Liberdade, em Barcelos, quer para quem tenha escolhido pedalar, quer para quem opte por caminhar por uma causa solidária.

São duas atividades lúdicas para uma excelente manhã de convívio em família ou com os amigos e, por isso, são acessíveis a qualquer pessoa, desde as mais experientes nas modalidades aos iniciantes. Para celebrar o espírito da época, o convite aos participantes é para irem vestidos a rigor, com prémio para a melhor indumentária natalícia.

A participação nesta atividade é gratuita. O desafio lançado aos inscritos é a entrega de alimentos no início da atividade. Esta é, assim, mais uma iniciativa de índole social dos Amigos da Montanha através do desporto, incentivando, simultaneamente, essa mesma prática desportiva de forma reiterada, uma vez que esta atividade é de um grau de dificuldade baixa. O “Natalíssimo” tem como finalidade ajudar os mais carenciados com os alimentos recolhidos que serão entregues ao GASC para fazer a distribuição.

As inscrições são realizadas na sede dos Amigos da Montanha, em Barcelinhos, ou em www.amigosdamontanha.com

Fonte e fotos: AM.

“Givec Maratona BTT 5 Cumes” pelos trilhos de Barcelos e Braga

Outubro 5, 2019 em Atualidade, Concelho, Desporto, Mundo Por barcelosnahorabarcelosnahora

No último domingo, 29 de setembro, a 15ª edição da “Givec Maratona BTT 5 Cumes”, uma organização dos Amigos da Montanha (AM) com o apoio da Câmara Municipal de Barcelos, voltou a ter partida no magnífico cenário do Centro Histórico de Barcelos para percorrer os trilhos de muitas freguesias de Barcelos e, ainda, do vizinho concelho de Braga.



Aos betetistas foi proposto o desafio de superar os cumes em uma das duas distâncias definidas para a prova: a meia maratona 3 Cumes, com 50Km, e a maratona 5 Cumes, com 70 Km.

Na maratona, os participantes tinham pela frente um percurso com cerca de 2 000m de desnível acumulado que os levava aos 5 Cumes propostos: Montes da Vaia, da Saia, de Vilaça, de Passos e de Airó. Já na meia maratona, o desnível era de 1 200m para os 3 Cumes: Montes da Vaia, da Saia e Airó. No total, o desafio passou por 22 freguesias dos dois concelhos.

A proposta anual é a conquista dos Cumes, mas em cada ano os desafios a superar na “Givec Maratona BTT 5 Cumes” são diferentes. A inclusão de trilhos do concelho de Braga foi uma das novidades este ano, diversificando a oferta aos participantes.

Os trilhos, as localidades e as experiências vividas ao longo do percurso, os singletracks e os cumes desafiantes continuam a chamar grande número de participantes para esta prova mítica. E, no último domingo, foi também tudo isto que os participantes realçaram na chegada à meta, onde muitos deles frisaram a marcação irrepreensível do percurso, o apoio dos voluntários durante a prova e a beleza dos trilhos.

Realce, ainda, para os abastecimentos. Este ano, o abastecimento geral transformou-se num verdadeiro local de festa e a novidade passou pela música com a banda dos barcelenses CBO a animar esta zona sempre privilegiada para o convívio. E se a música fez as delícias de quem por ali parou, as iguarias propostas, com chocolates, espumante, presunto e as obrigatórias bolas de Berlim, uma imagem de marca dos 5 Cumes, não deixaram os participantes indiferentes.

Todo o espírito de aventura é, assim, acompanhado de muito convívio com momentos de pura adrenalina, de belas paisagens mas, também, de muita festa e surpresas. “Supera-te à conquista dos 5 Cumes” é o mote dado e desde a primeira edição, em 2005, a particularidade da chegada aos cumes continua a ser um fator distintivo para quem vem até Barcelos.

Para além da prova de BTT, houve um percurso pedestre para conhecer a cidade e os principais pontos turísticos e uma aula de Spinning com o apoio do Máximo Gym.

No que toca a classificações, Filipe Ramos (BMC/Póvoa de Varzim/CVDC Navais) foi o mais rápido da distância dos 5 Cumes. João Santos (AXPO/FirstBike Team/Vila do Conde) e Sérgio Rego completaram o pódio no segundo e terceiro lugares, respetivamente.

No setor feminino, Raquel Marques (AXPO/FirstBike Team/Vila do Conde) cortou a meta em primeiro lugar, seguida de Fátima Melo (Love Tiles) e Susana Santos (Guilhabreu BTT).

Na geral dos 3 Cumes, venceu Jorge Barroso (Team Optical+), seguido de Marco Correia (Bolflex BTTeam) e Tiago Boucinha (Ciclo Ucha).

Nas senhoras, Raquel Cunha (Irmandade/Dias Alumínios) conquistou o primeiro lugar e foi acompanhada no pódio por Manuela Pontes (Os que Aparecem) e Isabel de Sousa (Lasalle Sports Team).

O pódio do paraciclismo foi ocupado por Júlio Costa (BTT Braguinhas) e Rui Machado (New Cycle Team – NC Team BTT).

No sábado, dia 28, o destaque tinha sido já para o “Onda Passeio 5 Cumes Jovem”, uma atividade que juntou pais e filhos para pedalarem durante cerca de 14 km de trilhos, preparando os mais jovens para os “5 Cumes” do futuro. Como fomento do desporto e do convívio entre gerações, esta atividade foi de participação gratuita.

Fotos: AM.

Dupla dos Amigos do BTT de Barcelos em 3º no Troféu Urban Race

Setembro 19, 2019 em Atualidade, Concelho, Desporto, Mundo Por barcelosnahorabarcelosnahora

Feito fica a cargo de Tânia Araújo e César Gonçalves

No último sábado, dia 14 de setembro, Guimarães recebeu a última prova do Troféu Urban Race, a Berço Urban Race, que contou com várias dezenas de betetistas.



Entre essas dezenas encontravam-se Tânia Araújo e César Gonçalves, da equipa Amigos do BTT de Barcelos, a competirem em Duplas Mistas.

Ao 4º lugar conquistado na “Cidade-Berço”, esta dupla juntou um 6º na “Bracara”, um 2º lugar na “Trofa”, um 3º na “Cabeceiras”, sendo que na “Galo’s” – a sua terra –, por motivos profissionais, não conseguiram competir, sendo que fica no ar a ideia: “e se?…” Qual seria a sua classificação final se tivessem conseguido participar nesta prova em Barcelos?

O “Troféu Urban Race” nasceu “com o intuito de homogeneizar a estruturação dos Urban Race’s”, refere a organização.

O Troféu reúne eventos de 3 horas de resistência BTT da Região Norte do país, sendo composto por cinco provas, realizadas em Barcelos, Braga, Cabeceiras de Basto, Guimarães e Trofa.

Fotos: DR.

Givec Maratona BTT 5 Cumes realiza-se a 29 de setembro

Setembro 17, 2019 em Atualidade, Concelho, Desporto, Mundo Por barcelosnahorabarcelosnahora

É já no dia 29 de setembro que acontece a 15ª edição da “Givec Maratona BTT 5 Cumes”. Com partida no centro histórico, da Avenida da Liberdade, em Barcelos, os participantes poderão escolher uma das duas distâncias propostas: 3 Cumes – cerca de 45 Km; 5 Cumes – cerca de 75 Km.



A proposta anual é a conquista dos Cumes, mas em cada ano, os desafios a superar na “Givec Maratona BTT 5 Cumes” são diferentes. Os trilhos, as localidades e as experiências vividas ao longo do percurso são, também elas, novas propostas, sugerindo os melhores singletracks e cumes desafiantes ao participar numa prova mítica.

Todo o espírito de aventura é acompanhado de muito convívio, com momentos de pura adrenalina, de belas paisagens, mas também, de muita festa e surpresas nos abastecimentos.

“Supera-te à conquista dos 5 Cumes” é o mote dado e desde a primeira edição, em 2005, já passaram pela prova mais de 27 mil participantes atraídos pelos trilhos que o percurso oferece e pela particularidade dos cumes, que continua a ser um fator distintivo para quem vem até Barcelos para a conquista dos mesmos, tornando-a uma referência nacional do BTT.

As inscrições podem ser feitas em (basta clicar no link para aceder automaticamente) www.amigosdamontanha.com, incluem o jersey do evento e outras ofertas, entre as quais, meias e bifana para todos no final.

Destaque para os mais jovens

No sábado, dia 28, realiza-se o “Onda Passeio BTT Jovem”, que terá, também, partida na Avenida da Liberdade, em Barcelos.

Esta atividade, com cerca de 14 km, é de participação gratuita e pretende chamar os mais novos, mas também pais e avós, para a prática desportiva, apresentando-se como uma atividade de convívio e ligação entre várias gerações, ao mesmo tempo que fomenta a prática do desporto. Os participantes, com idades compreendidas entre os 6 e os 16 anos, receberão um jersey de ciclismo, oferta da Onda.

A inscrição na atividade é gratuita, mas deverá ser feita previamente em www.amigosdamontanha.com.

Fonte e foto: AM.

1 2 3 11
Ir Para Cima