Tag archive

Câmara Municipal de Barcelos

Programa “Caminhar para conhecer Barcelos” regressa com trilho do Monte D’Assaia às Terras de D.António Barroso

Abril 15, 2021 em Ambiente, Atualidade, Concelho, Lazer Por barcelosnahorabarcelosnahora

A Câmara Municipal de Barcelos volta a apresentar o programa “Caminhar para Conhecer Barcelos”, que inclui 14 iniciativas a realizar entre abril e dezembro de 2021, visando promover e potenciar o património natural e cultural do concelho, muitas vezes situado fora das rotas turísticas habituais.

Esta iniciativa insere-se no conjunto de ações criativas que promovem a descoberta identitária do concelho de Barcelos e constitui um fator complementar à oferta para todos os que escolhem Barcelos para passar férias ou simplesmente um fim de semana numa das muitas unidades de alojamento espalhadas pelo território.

Para além da interpretação dos argumentos diferenciadores do território desde a natureza, à paisagem, aos vinhos, ao património religioso, até às artes e ofícios tradicionais, este programa que promove a criatividade e contacto com as gentes de Barcelos, permite a fruição do território em diversas perspetivas: turismo de natureza (Caminhar para Conhecer Barcelos – 10 rotas), turismo náutico (2 ações) ,turismo religioso (uma ação), rotas criativas do vinho e da vinha (3 ações), visita teatralizada à cidade de Barcelos(uma ação), Mundo Maravilhoso do Figurado (uma ação) e uma ação de Touring Performing.

As inscrições para a participação neste programa são gratuitas e obrigatórias e  limitadas ao número de lugares, e devem ser realizadas com 10 dias de antecedência no Gabinete de Turismo e Artesanato ou através dos seguintes contactos: turismo@cm-barcelos.pt; tel. 253 811 882.

As inscrições e o normal decorrer das atividades estão condicionadas às regras sanitárias da Direção Geral de Saúde.

Estão previstas as seguintes etapas ao longo do ano:

24 de abril: No Trilho do Monte D’Assaia às Terras de D.António Barroso
15 de maio: No Trilho do Rio Cávado até ao Areal de Caíde
22 de maio: No Trilho da Terra Condal à Colina Sagrada dos Barcelenses
19 de junho: Pelos Trilhos de Monte de S.Gonçalo até ao Santuário Rupestre
24 de julho: Pelos Trilhos da “Chã de Arefe”
25 de setembro: Trilho do Monte do Facho
09 de outubro: Trilho das Poças
16 de outubro: Trilho da Broa Tradicional
13 de novembro: Trilho da Sra. da Consolação às margens do Rio Cávado 11 de dezembro: Pelo Trilho do Mundo Rural

Fonte: MB

Foto: @chiro|unsplash

Câmara Municipal lança concurso público para a construção de passadiço pedonal na margem direita do Rio Cávado

Março 9, 2021 em Ambiente, Atualidade, Concelho, Mundo Por barcelosnahorabarcelosnahora

A Câmara Municipal de Barcelos aprovou o lançamento do concurso público para a execução do projeto que vai implementar o “Passadiço Pedonal ao longo da margem direita do Rio Cávado, entre a Frente Ribeirinha de Barcelos e a zona da Quinta do Brigadeiro – 1.ª Fase”, consistindo na criação de uma via pedonal, em plena cidade de Barcelos, numa extensão de 1.353 metros.


O projeto será construído quase todo em terrenos de domínio público, tendo apenas uma parcela pertencente a particulares da qual foi feita escritura de constituição de servidão administrativa a favor do Município.
Com um valor base de 1.861.131,62€, IVA incluído, e um prazo de execução de 450 dias, o projeto constitui a primeira fase de um percurso mais amplo que, numa segunda fase, abarcará 1.748 metros de extensão, na concordância com a frente ribeirinha da cidade de Barcelos e até à Quinta do Brigadeiro.


A operação integra o Plano Estratégico de Desenvolvimento Urbano (PEDU) Barcelos 2020, na PI 4.5 (Mobilidade Sustentável), tendo um apoio financeiro do FEDER, já aprovado, de 1.173.076,80€.

Tem como objetivo específico promover a mobilidade urbana ambiental e energeticamente mais sustentável, num quadro mais amplo de descarbonização das atividades sociais e económicas e de reforço das cidades enquanto espaços privilegiados de integração e articulação de políticas e âncoras de desenvolvimento regional.

Fonte|Foto: CMB

Passagem superior à Linha do Minho, em Aborim, vai ser ampliada

Fevereiro 25, 2021 em Atualidade, Concelho, Mundo Por barcelosnahorabarcelosnahora

Está adjudicada a obra de ampliação/construção da passagem superior à Linha do Linho, em Aborim. A empreitada tem um custo de 291.448,04€ (IVA incluído), totalmente suportado pelo Município, e um prazo de execução de 150 dias. 


A atual passagem superior, construída em alvenaria de granito, tem um perfil transversal de 2,45 metros, o que condiciona fortemente a fluidez do trânsito nesta via de acesso primordial ao cemitério da freguesia. 
A intervenção projetada prevê que a faixa de rodagem, com duas vias de circulação, passe a ter 5,40 metros, a que acresce um metro de passeio num dos lados. 

A empreitada irá manter a altura da passagem acima dos seis metros, não interferindo ou prejudicando o sistema de eletrificação da Linha do Minho. 
A intervenção pretende causar o menor impacto possível na circulação, nomeadamente no que diz respeito ao tráfego ferroviário e à velocidade de circulação. Não haverá, por isso, qualquer construção, incluindo fundações, a uma distância inferior a cinco metros do eixo da via ferroviária, suscetível de afetar a estabilidade dos taludes.

Fonte|Foto: MB

Município de Barcelos vai implementar recolha seletiva de biorresíduos

Fevereiro 24, 2021 em Ambiente, Atualidade, Concelho, Mundo Por barcelosnahorabarcelosnahora

O Município de Barcelos vai avançar com a recolha seletiva de biorresíduos. O programa tem um custo de 349.294,00€, com financiamento comunitário pelo Fundo de Coesão, através do POSEUR, no valor de 173.397,99€. 
O projeto será implementado maioritariamente na área urbana, especificamente na União de Freguesias de Barcelos, Vila Boa e Vila Frescainha (São Martinho e São Pedro), em Arcozelo, em Barcelinhos, em Tamel São Veríssimo e em Rio Covo Santa Eugénia, freguesias cujas famílias, devido à tipologia habitacional (boa parte constituída por apartamentos), têm maior dificuldade na realização de compostagem doméstica. Irá abranger mais de 30 mil barcelenses. 


Naquelas freguesias será feita, ainda, a recolha de resíduos verdes junto de cemitérios. Serão colocados contentores também junto de feiras e mercados. O objetivo será valorizar os resíduos e, simultaneamente, reduzir a produção e deposição em aterro. 


Os biorresíduos a recolher pelo Município serão depois encaminhados para a futura unidade de Tratamento Mecânico e Biológico (TMB), em fase de conclusão na freguesia de Paradela e cujo funcionamento se prevê que arranque no segundo semestre deste ano. Quanto aos resíduos verdes, estes serão triturados nas instalações do Município, sendo parte dos mesmos utilizados como material estruturante em futuras unidades de compostagem comunitária e o restante encaminhado para a unidade de Paradela para compostagem. 


O projeto implica a aquisição de 291 contentores para recolha seletiva porta a porta de biorresíduos alimentares, com capacidade aproximada de 140 litros cada; a aquisição de 100 contentores para deposição de biorresíduos alimentares, com capacidade aproximada de 50 litros para entrega em restaurantes e cantinas (nomeadamente escolares); a aquisição de 35 contentores para recolha seletiva de biorresíduos verdes, com capacidade aproximada de 1.100 litros; a aquisição de duas viaturas, uma para a recolha seletiva de biorresíduos alimentares e outra destinada a biorresíduos verdes; a aquisição de um biotriturador de resíduos verdes; e, por fim, a aquisição da instrumentação de duas viaturas de recolha seletiva.

 
O plano será implementado entre 1 de março e 31 de dezembro deste ano. 
Com este projeto, o Município de Barcelos antecipa-se às medidas já definidas a nível nacional e internacional. Refira-se que, na sequência das alterações legislativas, a nível nacional e europeu, a partir de 1 de janeiro de 2024, são estabelecidas novas regras para a gestão de resíduos, incluindo a obrigatoriedade de recolha seletiva de biorresíduos, numa lógica de transição do atual modelo baseado no tratamento de resíduos orgânicos recolhidos de forma indiferenciada, para um modelo assente na recolha seletiva.

Fonte: MB

Foto: DR

Barcelos,16 alunos apurados para a fase intermunicipal do Concurso Nacional de Leitura

Fevereiro 23, 2021 em Atualidade, Concelho, Educação, Mundo Por barcelosnahorabarcelosnahora

Estão apurados os 16 alunos de Barcelos que vão representar o concelho na fase intermunicipal do Concurso Nacional de Leitura 2021, depois de realizada a fase municipal. Depois da prova escrita, realizou-se esta segunda-feira, dia 22, a prova oral, em ambiente digital, que incluiu a leitura e argumentação. 


O concurso consta de uma prova escrita e de uma prova oral, subdividindo-se esta em prova de argumentação e prova de leitura, sendo o júri constituído pelo professor José Campinho, a Coordenadora Interconcelhia da RBE, Fernanda Freitas e o historiador Victor Pinho.

Os alunos vencedores desta final vão representar o Município de Barcelos nas provas da Comunidade Intermunicipal do Cávado, que integra os seis municípios do Vale do Cávado, e que se realizam no mês de abril, em Vila Verde.

A final nacional será transmitida pela RTP, no mês de junho, em Oeiras.Este concurso, promovido pelo Plano Nacional de Leitura e que teve a colaboração da Biblioteca Municipal de Barcelos e da Rede de Bibliotecas de Barcelos, realiza-se com o objetivo de estimular o gosto e o prazer da leitura para melhorar o domínio da língua portuguesa, a compreensão leitora e os hábitos de leitura. 


Pode consultar aqui a lista dos alunos vencedores do Concurso Nacional de Leitura (CNL) – Fase Regional

Fonte|Foto: MB

Casos ativos descem em Barcelos, mas há mais 9 mortes na última semana

Fevereiro 23, 2021 em Atualidade, Concelho, Saúde Por barcelosnahorabarcelosnahora

Em videoconferência o presidente da Câmara de Barcelos, Miguel Costa Gomes, fez um balanço da situação pandémica de covid-19 no concelho, Barcelos tem 430 casos ativos e 205 pessoas em isolamento, dados reportados ao dia de ontem. Permanece sob vigilância das autoridades 635 contactos.

Desde o início da pandemia, já morreram no concelho de Barcelos 140 pessoas com covid-19, 9 das quais na última semana.

Os Barcelenses estão a cumprir as regras de confinamento, e isso reflete-se na taxa de positividade no concelho. Barcelos deixa de pertencer ao grupo de concelhos com risco muito elevado, por contágio de Covid-19, e passa a risco moderado com uma incidência de casos confirmados entre (240 – 479,9) por 100 mil habitantes.

Na mesma videoconferência, Miguel Costa Gomes refere que, a descida de novos casos é um bom indicador, e que, das 69 freguesias do concelho, 59 estão em “estado verde”, uma em “estado vermelho” e uma em “estado amarelo”, referente à incidência de contágios por COVID-19.

Município adjudica obra de requalificação da Escola Gonçalo Pereira

Fevereiro 23, 2021 em Atualidade, Concelho, Educação Por barcelosnahorabarcelosnahora

Em reunião ordinária realizada sexta-feira, dia 19 de fevereiro, a Câmara Municipal de Barcelos, aprovou a adjudicação da empreitada de requalificação do edifício da antiga Escola Gonçalo Pereira, por um valor de 1.312.077,01€ (IVA incluído) e um prazo de execução de 365 dias, tendo em vista a instalação, naquele espaço, da Escola Superior de Design do IPCA. 

Construído nos anos 30 do século XX, o edifício, edificado na Avenida dos Combatentes da Grande Guerra e constituído por subcave, rés-do-chão e primeiro andar, apresenta-se em bom estado de conservação.

No entanto, por forma a melhor se adaptar às necessidades educativas de estudantes e professores de Design, serão adaptados e criados novos espaços. Na subcave ficarão localizados quatro espaços de oficinas, uma sala de arquivo e duas zonas técnicas. Na ala oeste, irá manter-se o acesso ao exterior de forma a garantir uma área de cargas e descargas. Quanto ao rés do chão ficará reservado para os acessos principais ao edifício, com espaço para serviços administrativos, sala de reuniões, gabinetes, uma sala multiusos, uma copa de apoio, bar e cantina. Já no piso um, além das salas, destaca-se a criação de áreas expositivas, com ênfase para uma parede que será substituída por um vidro, duplicando a profundidade do hall e atribuindo ao espaço um caráter inovador e arrojado, perfeitamente enquadrado com a Escola Superior de Design.

Em todo o edifício, as instalações sanitárias também serão alvo de intervenção. 
A empreitada terá também em conta a necessidade e importância em conservar a imagem pública e coletiva do edifício, procurando manter a traça original do edificado, nomeadamente com a recuperação da claraboia existente, da fachada, dos vãos e do desenho antigo da porta principal. 

Fonte: MB

Foto: IPCA

*Artigo atualizado 23/02/2021 às 11:49

Câmara Municipal requalifica Escola primária de Durrães

Fevereiro 21, 2021 em Atualidade, Concelho, Educação, Mundo Por barcelosnahorabarcelosnahora

A Câmara Municipal vai proceder à reabilitação da escola primária de Durrães. A empreitada, já adjudicada, terá um custo 215.755,30€ (IVA incluído), totalmente suportado pelo Município, e um prazo de execução de 180 dias. 


O objetivo é melhorar as condições de bem-estar dos alunos, com intervenções ao nível das fachadas e coberturas, resolvendo problemas de isolamento térmico. Todos os vãos interiores serão substituídos assim como o sombreamento interior. As caixilharias foram alteradas recentemente, assim como colocado vidro duplo nas janelas, pelo que nestas áreas não haverá intervenção. 


No interior, as instalações sanitárias serão melhoradas por forma a poderem ser usadas por alunos com mobilidade reduzida. Irá proceder-se também à substituição dos revestimentos em mau estado, à reparação dos pavimentos em madeira e será colocado teto falso. 
A escola primária de Durrães é um edifício de dois pisos, com duas salas em cada um, átrio de entrada central, instalações sanitárias e alpendre no exterior. Pertence ao conjunto de edifícios escolares designados por “Plano dos Centenários”, construídos, segundo os projetos-tipo regionalizados de escolas primárias, aprovados pela Direcção-Geral dos Edifícios e Monumentos Nacionais em 1935. 

Fonte|Foto: MB

Câmara Municipal autorizada a adquirir terrenos para o novo Hospital

Fevereiro 15, 2021 em Atualidade, Concelho, Economia, Mundo, Saúde Por barcelosnahorabarcelosnahora

A Assembleia Municipal de Barcelos autorizou a Câmara Municipal a adquirir um terreno com a área de 155.850 metros quadrados destinado à construção do Centro Hospitalar de Barcelos e respetivas acessibilidades, por um valor não superior a quatro milhões de euros.


Na proposta apresentada à Assembleia, o executivo municipal descreve a necessidade de construção da nova unidade hospitalar, prevista no acordo estabelecido, em 2007, entre a Câmara Municipal de Barcelos e o Ministério da Saúde, tendo em vista a aquisição de terreno destinado à ampliação/construção do Centro Hospitalar de Barcelos, bem como das infraestruturas rodoviárias e de água e saneamento, tendo sido indicado o local para a sua instalação.


O atual hospital encontra-se instalado num edifício cuja propriedade pertence à Santa Casa da Misericórdia de Barcelos, apresentando uma estrutura física antiquada e funcionalmente desequilibrada. O edifício não dispõe de condições apropriadas para a prestação de cuidados de saúde de acordo com os melhores padrões de qualidade e segurança do Serviço Nacional de Saúde, assim como não consegue assegurar um atendimento e acolhimento adequados aos utentes e seus acompanhantes. Não obstante as várias beneficiações e ampliações levadas a efeito no edifício, o mesmo não assegura a diferenciação das especialidades e valências, bem como um serviço de saúde eficiente e eficaz para fazer face às necessidades de cuidados hospitalares dos utentes da sua área, oriundos dos concelhos de Barcelos e Esposende.


O perfil assistencial da nova unidade hospitalar, que foi reconhecido pelo Ministério da Saúde no âmbito do acordo com a Câmara Municipal, corresponde a uma unidade de proximidade, com uma forte componente de ambulatório.


Com esta autorização da Assembleia, a Câmara Municipal vai desenvolver a negociação com os proprietários do terreno e aprovar a proposta de aquisição dos mesmos. Logo que a proposta seja aprovada pelo executivo municipal, será remetida ao Tribunal de Contas para obtenção de visto prévio.


Entretanto, a Câmara Municipal já aprovou a proposta do Plano de Pormenor do Centro Hospitalar de Barcelos 1, que segue agora para a Comissão de Coordenação da Região Norte a fim de ser submetido a conferência procedimenal.


Este é o primeiro de dois planos de pormenor para a UOPG prevista no Plano Diretor Municipal e diz respeito à área que abrange o terreno para a futura implantação do Hospital. O segundo plano de pormenor, ainda em execução técnica, diz respeito à área de articulação com o “corredor verde” e a implementação do futuro “parque verde urbano”.

Fonte|Foto: MB

Câmara Municipal adjudica obra de construção do canil e gatil municipal

Fevereiro 13, 2021 em Ambiente, Atualidade, Concelho Por barcelosnahorabarcelosnahora

A Câmara Municipal de Barcelos vai avançar com a construção do Canil e Gatil Municipal, num investimento de 391.444,88€ (IVA incluído), totalmente assegurado pelo Município. A obra, já adjudicada, irá nascer na freguesia de Gamil. 


A intervenção prevista contempla limpeza do local e trabalhos de movimento de terras necessários ao nivelamento pretendido para a colocação das plataformas, e a criação de infraestruturas de apoio e de acessos. 
Numa primeira fase, o Canil e Gatil Municipal irá contemplar 20 celas individuais, duas de grupos duplas, duas de isolamento, e um gatil, com espaço para quarentena. Haverá, também, uma cela para outras espécies. Num edifício independente, irá nascer uma sala de tratamento e de apoio à triagem, sala de esterilização, espaço de recobro, instalações sanitárias, serviços administrativos, gabinete de apoio técnico e veterinário. No exterior, serão garantidas zonas arborizadas nos espaços disponíveis entre as construções e nas zonas envolventes. 
Este equipamento irá permitir responder às necessidades de proteção dos animais. A preocupação da Câmara Municipal com o bem-estar animal havia já sido expressa com a criação de abrigos para acolher os gatos abandonados, numa lógica de controlo de colónias. Esta medida, nascida de um protocolo entre o Município e a Streetdogs – Associação de Proteção Animal, centra-se num programa de esterilização para animais errantes, através de captura, esterilização e devolução dos gatos aos locais de origem. Os abrigos foram colocados na EMEC e na Quinta do Aparício. 

Foto: @DR Senshiro Sama| Unsplash

1 2 3 89
Ir Para Cima