Tag archive

Câmara Municipal de Barcelos - page 2

Comerciantes do Mercado no espaço da Feira a partir de hoje

Maio 16, 2020 em Atualidade, Concelho, Economia, Política port barcelosnahorabarcelosnahora

Os comerciantes de produtos alimentares do Mercado Municipal de Barcelos retomaram as vendas a partir de hoje, entre as 7h00 e as 13h00, no espaço do Campo da Feira, habitualmente destinado a estes produtos.



Trata-se de uma medida da Câmara Municipal de Barcelos semelhante à que foi tomada para a reabertura da Feira Semanal, uma vez que se destina à comercialização do mesmo tipo de produtos e segue as mesmas normas de segurança e higiene da Direção Geral de Saúde (DGS).

Com o início das obras no Mercado Municipal e do mercado provisório, a Câmara Municipal possibilitou aos comerciantes a venda dos produtos e, deste modo, atenuar os efeitos sentidos nos seus negócios devido à pandemia do COVID-19.

Por forma a cumprir a lei e as orientações DGS, foi elaborado um plano onde constam as diretrizes a que a referida abertura deverá obedecer. O recinto de venda tem duas entradas e duas saídas, asseguradas por funcionários municipais e agentes da PSP.

Foram adotadas as seguintes medidas, pelos funcionários municipais, operadores e público em geral: apenas poderão exercer a atividade no recinto os vendedores de produtos alimentares, os quais serão devidamente identificados; a afetação dos espaços acessíveis ao público é condicionada; é obrigatório o uso de máscaras para o acesso ou permanência no recinto; será assegurada a disponibilização de soluções líquidas de base alcoólica, para os trabalhadores e clientes, junto das entrada e saídas; as pessoas devem assegurar uma distância mínima de dois metros entre elas (tanto na entrada como em todo o recinto), incluindo aquelas que estão efetivamente a adquirir o produto.

Nas zonas destinadas aos produtores é assegurado um corredor de dois metros.

Fonte e foto: CMB.

Município de Barcelos celebra o Dia Internacional dos Museus

Maio 15, 2020 em Atualidade, Concelho, Cultura, Mundo port barcelosnahorabarcelosnahora

O Município de Barcelos associa-se, uma vez mais, às comemorações do Dia Internacional dos Museus que se realiza no próximo dia 18 de maio, através de um conjunto de iniciativas de caráter virtual devido à pandemia COVID-19.



Para assinalar a data, o Município de Barcelos, através de diferentes plataformas online, redes sociais e site do Museu de Olaria irá disponibilizar, ao longo do dia, várias visitas guiadas às exposições que os visitantes possam, a partir de suas casas, acompanhar em tempo real.

As iniciativas serão publicadas, em sucessão, na página Facebook, no canal YouTube do Município de Barcelos e no site do Museu de Olaria.

Com o tema “Museus pela igualdade: diversidade e inclusão”, o Dia Internacional dos Museus 2020 visa tornar-se um ponto de encontro para celebrar a diversidade de perspetivas que compõem as comunidades e os funcionários dos museus, além de promover ferramentas para identificar e superar preconceitos no que os museus mostram e nas histórias que contam.

Este dia foi criado em 1977 pelo Conselho Internacional dos Museus com o intuito de iniciar uma reflexão sobre a importância dos museus no desenvolvimento da sociedade. Os museus apresentam experiências de acordo com as diferentes origens dos visitantes incentivando a diversidade e inclusão para combater as disparidades sociais na atualidade.

Fonte e imagem: CMB.

Albergue Cidade de Barcelos “conversa informalmente” sobre situação atual dos albergues no Caminho Português de Santiago

Maio 15, 2020 em Atualidade, Concelho, Cultura, Mundo port barcelosnahorabarcelosnahora

Videoconferência de participação gratuita

Amanhã, 16 de maio, pelas 18h00, a Associação ACB – Albergue Cidade de Barcelos leva a cabo mais uma conversa informal, através de videoconferência, onde se debaterá a atual situação dos Albergues no Caminho Português de Santiago: “Albergues em tempo de pandemia”.



Esta “conversa informal” está disponível para Hospitaleiros, Peregrinos e/ou profissionais que atuem em áreas afetas ao Caminho de Santiago e terá a duração prevista de 1h30.

As inscrições são gratuitas e obrigatórias. Para as efetuas basta aceder ao seguinte link:

https://docs.google.com/forms/d/e/1FAIpQLSdBT1_0gA1GySCcJGanby4dUGIXII3lIzWkchl7LW7R6MGDYA/viewform?fbclid=IwAR1fx-Xf1dSVkZhkk-d4V2JQsLuE_01dPtDyybMFdvfn3Y8cevhqNgwlvdk

A videoconferência é organizada pela Associação ACB – Albergue Cidade de Barcelos, com o apoio do Pelouro do Turismo do Município de Barcelos.

Foto: DR.

Município de Barcelos associa-se ao “Bom Dia Cerâmica”

Maio 14, 2020 em Atualidade, Concelho, Cultura, Economia, Mundo port barcelosnahorabarcelosnahora

O Município de Barcelos volta a associar-se à iniciativa europeia “Bom dia Cerâmica”, que se realiza nos dias 16 e 17 de maio, desta vez de carácter virtual devido à pandemia COVID-19.



Respondendo ao desafio da Associação Portuguesa de Cidades e Vilas de Cerâmica, Barcelos privilegiará, nestes dias, o envolvimento digital das cidades portugueses e europeias com cerâmica através da apresentação de filmes e séries de fotografias nas redes sociais e canal YouTube do Município de Barcelos.

Assim, nos dias 16 e 17 de maio será divulgado material fotográfico e audiovisual ao público nas redes sociais, acompanhado de contextualização e interpretação, com o propósito de dar a conhecer elementos referenciais da produção cerâmica, que permitam compartilhar a excelência e diversidade da criação europeia. Os eventos serão publicados, em sucessão, na página Facebook, no canal YouTube do Município de Barcelos e no site do Museu de Olaria.

Nestes dias será ainda lançada uma iniciativa intitulada “selfies cerâmicas”, dedicada a ceramistas, entusiastas, operadores, stakeholders e, em geral, ao que seria o público habitual do programa “Bom Dia Cerâmica”.

Lançado há vários anos pelas cidades cerâmicas italianas, o “Bom Dia Cerâmica” tem o apoio da Associação Portuguesa de Cidades e Vilas de Cerâmica e pretende chamar a atenção para a importância da cerâmica na Europa, estendendo-se a cerca de duas centenas de cidades cerâmicas de Itália, Portugal, França, Espanha, Roménia, Alemanha, República Checa e Polónia. Em Portugal, participam as cidades e vilas cerâmicas que integram a associação, nomeadamente Barcelos, Reguengos de Monsaraz, Alcobaça, Tondela, Aveiro, Oliveira do Bairro, Viana do Alentejo, Montemor-o-Novo, Redondo, Batalha, Vila Nova de Poiares, Caldas da Rainha, Ílhavo, Mafra, Porto de Mós e Viana do Castelo.

Podemos encontrar, no nosso país, mais de uma centena de cidades e vilas que, ao longo da sua história, estiveram ligadas à cerâmica, mantendo-se ainda ativas um número muito considerável, nomeadamente as que estão ligadas à Associação Portuguesa de Cidades e Vilas de Cerâmica, com uma atividade económica importante e com expressão nas pessoas que a trabalham de forma artesanal, criativa ou industrial. A cerâmica tem, também, uma importante expressão na construção, na decoração das fachadas, nos objetos utilitários e decorativos que a quase totalidade da população usa, bem como na expressão museológica que atrai tantos turistas ao nosso país.

Existe uma consciência comum de que o atual momento é muito sensível e problemático para toda a cerâmica europeia, e especialmente para a portuguesa, em que poderá ser posta em causa a sua viabilidade e rentabilidade, deixando muitos ceramistas com dificuldades de subsistência.

Portugal é o segundo produtor mundial de cerâmica de mesa e decorativa, bem como de olaria, logo a seguir à China.

Fonte e imagem: CMB.

JSD Barcelos “desafia” Município a comemorar online a Festa da Juventude e Milhões de Festa

Maio 12, 2020 em Atualidade, Concelho, Cultura, Política port barcelosnahorabarcelosnahora

Em nota enviada às redações, a JSD Barcelos “desafia” o Município de Barcelos a assinalar a comemoração da Festa da Juventude e o Milhões de Festa, mesmo que em formato online.



“As contingências atuais face à pandemia da COVID-19 têm levado à recriação dos eventos sociais e culturais tais como os conhecemos. Muitas têm sido as adaptações para que estes eventos se mantenham e que cheguem a todos os seus apreciadores através de um formato totalmente digital”, refere a estrutura jovem do PSD.

“Na nossa opinião, a Festa da Juventude em Barcelos e o Milhões de Festa representam um papel importante na vida cultural dos jovens barcelenses dada a sua universalidade e popularidade das experiências proporcionadas. Estes eventos promovem o turismo cultural, despertando o interesse de milhares de pessoas a vivenciar uma experiência com grande impacto económico e social promovendo a cidade de Barcelos”.

Assim, a JSD Barcelos “considera fundamental a continuidade destas atividades através de uma adaptação digital que os tempos atuais exigem. À semelhança de outros eventos do mesmo género, também estes podem e devem manter-se recorrendo a plataformas já existentes e preparadas para esta realidade”.

“A JSD Barcelos quer ser responsável e lutar por projetos que beneficiem os barcelenses, acreditamos que este é um deles”, conclui.

Foto: DR.

Em conferência de imprensa online, PSD Barcelos faz o seu balanço de “dois meses de COVID”

Maio 12, 2020 em Atualidade, Concelho, Economia, Mundo, Política port barcelosnahorabarcelosnahora

O PSD Barcelos realizou, ontem, uma conferência de imprensa online, onde fez o seu balanço a dois meses de COVID-19 no concelho de Barcelos.



Os sociais-democratas agradeceram aos profissionais de saúde; às empresas e cidadãos, pelas dádivas de bens ao Hospital e outras instituições; aos Presidentes e Juntas de Freguesias pelo seu trabalho, “substituindo-se a uma Câmara que parece ter entrado em serviços mínimos”.

Salientou que o PSD “disse presente”, nomeadamente, com a apresentação de “56 sugestões e propostas de ajuda, para atenuar os efeitos da pandemia na economia dos Barcelenses”, criticando a “ausência da Câmara” e da Assembleia Municipal, afirmando que esta última se mantém “refém da postura de inoperância e incompetência da Câmara Municipal” e elencando um conjunto de exemplos que demonstram, na ótica do maior partido da oposição, a referida “ausência” do Município.

Segue, na íntegra, a comunicação inicial lida na conferência de imprensa:

«O PSD É UM PARTIDO DE COLABORAÇÃO E AJUDA PARA O BEM DOS BARCELENSES!

Desde o início da COVID-19 o PSD constituiu-se como Partido colaborativo e acrescentador de decisões minimalistas que foram sendo tomadas pelo executivo da Câmara, tardias, a reboque da oposição, nomeadamente do PSD.

Balanço de 2 meses COVID

1 – Queremos Agradecer

– Aos Profissionais de Saúde que nos Hospitais, Unidades de Saúde e Instituições de Saúde e Sociais, são incansáveis no combate à COVID, expondo a sua saúde e dos seus familiares.

– Às Empresas e Cidadãos pela generosidade e dádiva de bens ao Hospital e Instituições

– Aos Presidentes e Juntas de Freguesia porque têm tido uma postura irrepreensível e de muita nobreza, substituindo-se a uma Câmara que parece ter entrado em serviços mínimos (é caso para perguntar se os Vereadores executivos também entraram em lay-off).

2 – O PSD disse presente

O PSD contribuiu e contribui para o superior interesse dos Barcelenses, logo na reunião de 6 de março, o PSD colocou perguntas e até recebeu algum desdém e respostas imprudentes.

A seguir, o PSD contribuiu com 56 sugestões e propostas de ajuda, para atenuar os efeitos da pandemia na economia dos Barcelenses.

3 – Ausência da Câmara

O executivo não foi expedito em aproveitar os contributos de colaboração do PSD e suas propostas.

Constatamos a tomada de medidas em reação e nunca por opção estratégica, a falta de apoio da Câmara às Juntas, às Empresas, Escolas, Instituições, IPSS, a falta de orientações.

Exemplos:

1º Exemplo – Centro COVID-Drive de Rastreio e Testes

A instalação do Centro de Rastreio e Testes, veio com um mês de atraso em relação a outros Municípios vizinhos e da região, após a insistência do PSD e só o futuro dirá se esse atraso não vai trazer consequências negativas e quais para os Barcelenses.

Impunha-se uma instalação e funcionamento mais cedo, para preparar todos os setores de mais risco nas Instituições e na população.

Impunha-se uma intervenção rápida, a exemplo do que fizeram outros Municípios, para fazer Testes a profissionais do Município, IPSS, bombeiros e forças de segurança!

O Presidente da Câmara disse, repetidamente, que não era necessário CENTRO DE TESTES e depois disse o seu contrário em apenas 24 horas.

A Câmara não tomou decisões, apostou na sorte do CORONAVÍRUS não nos atacar, mas essa atitude não foi prudente nem sensata.

2º Ex – Instituições de Saúde

O Hospital de Barcelos não tem um “Hospital de retaguarda” preparado e equipado para um surto da COVID que possa acontecer em larga escala e a Câmara tem que o preparar.

Não basta ceder o Pavilhão Municipal vazio, até porque o Pavilhão vai continuar a ser necessário para a atividade desportiva.

Por outro lado, a reorganização que foi efetuada no Centro de Saúde e nas USF deve começar a regressar à normalidade e a Câmara tem que participar nesse processo para apoiar financeiramente na adaptação de instalações onde tal for necessário para cumprir normas de saúde.

A Câmara tem que se preocupar que a Urgência Pediátrica do Hospital regresse ao seu horário de funcionamento contínuo.

3º – Instituições IPSS com Lares

A Câmara não se preveniu atempadamente para proteger e defender os setores de mais risco, nas Instituições e na população barcelense, para tentar impedir ou neutralizar o surgimento de casos COVID.

O que aconteceu no Centro Social da Pousa é o exemplo cabal da falta de preparação, estratégia e liderança da Câmara no combate à COVID.

Agora aconteceu na Casa de Saúde de S. José de Areias de Vilar e no futuro não saberemos onde.

4º – Município

a) Até ao presente, a Câmara não aprovou qualquer isenção ou redução de taxas para beneficiar Cidadãos, Profissionais e Empresas que perderam ou baixaram rendimentos devido à doença da COVID.

Não obstante as sugestões de colaboração do PSD

Taxas dos Feirantes nas Feiras e Mercados

Taxas de estacionamento

Redução da taxa de IMI na parte variável do Município

Anulação da Derrama

Devolução da parte do Município no IRS às Famílias

Taxa RSU de resíduos sólidos a particulares e entidades

Taxa por ocupação de Quiosques na via pública

Taxa de ocupação do espaço público

b) O Grupo Operativo Municipal COVID não funciona, não emite orientações, não divulga informação.

c) A linha de apoio COVID limita-se a remeter para outras entidades – p.ex. a certificação de máscaras remete para o CITEVE.

5 – Juntas de Freguesia

No terreno, a Câmara tem sido substituída pelas Juntas de Freguesia:

– Na higienização e lavagem dos espaços públicos e locais de infeção

– No fornecimento de computadores e acessos à Internet que estão a disponibilizar a alunos de Famílias carenciadas

– No fornecimento de materiais para proteção da pandemia COVID-19

– No fornecimento de apoio alimentar a carenciados

– A Câmara atira para as Juntas o que é da sua responsabilidade

Impõem-se que a Câmara faça o pagamento integral e célere das despesas apresentadas pelas Juntas.

6º – Feira no Setor de Produtos Alimentares e Mercado

A Câmara anunciou o seu funcionamento no dia 16 de março e fechou-a no dia 19, quando a poderia ter reorganizado numa área maior e com mais espaço entre Feirantes e Visitantes, como o fez agora, conforme sugestão do PSD no dia 17 de março e proposta na reunião de 17 de abril.

E não preparou qualquer alternativa, antes do encerramento da Feira e do Mercado Municipal, para ajudar na comercialização de produtos agrícolas, florícolas e alimentares, por parte dos Produtores.

O encerramento da Feira no Setor de Produtos Alimentares e Mercado prejudicou imenso os Produtores e os Consumidores.

Quando noutros Municípios se manteve em funcionamento.

7º – Famílias

Falta um Gabinete de Apoio ao Cidadão, para ajudar e apoiar em situações de desemprego, salários em atraso, falta de rendimentos para pagar faturas de água, eletricidade, medicamentos, alimentos e esclarecimentos dos apoios disponíveis.

É necessária a comparticipação em faturas de água/saneamento / eletricidade, etc..

8 – Escolas

A Câmara anunciou o fornecimento de computadores a alunos de Famílias sem recursos económicos para apoio de estudantes no ensino à distância.

Mas atira para as Juntas a sua resolução.

E a escola reiniciou no dia 20 de abril, faz hoje 3 semanas.

Um elevado número de alunos, por ano escolar do ensino regular, ainda não receberam computador c/ Internet, nem alunos das Instituições de Formação.

Por outro lado, as Tarefeiras que trabalham nas Escolas EB1, Jardim de Infância e estabelecimentos CAF/AAAF do Concelho, ficaram numa situação laboral precária ou desemprego a partir do dia 13 de março e não se conhecem apoios ou soluções da Câmara.

9 – Empresas do Concelho

Não foi criado qualquer Gabinete Municipal de Apoio às Empresas do Concelho, em parceria e colaboração com o IEFP, Segurança Social e Associações empresariais, nomeadamente.

Não se conhecem diligências da Câmara para a criação de um Plano de Contenção de Danos na economia barcelense, para além das medidas aprovadas pelo Governo.

Não se conhece que o executivo possua um plano com as Empresas do Concelho que estão preparadas para produzir e distribuir materiais de consumo diário no combate a esta pandemia.

Não se conhecem intenções de compra pelo Município, de modo a promover a distribuição desses equipamentos pelas Instituições e pela população do Concelho.

Não se conhecem medidas de apoio da Câmara às Empresas, para manterem o emprego e a produção de riqueza para o Concelho.

10 – Apoio a Profissionais Independentes

Faltam apoios na isenção de pagamento de taxas e/ou outros serviços Municipais e a comparticipação de faturas de água/saneamento e energia, a Profissionais cujos rendimentos para sobrevivência foram e estão a ser prejudicados pela baixa de atividade económica devida à pandemia da COVID-19.

Para Comerciantes, Feirantes, Produtores Agrícolas, Artistas, Artesãos, Ornamentadores de Festas, Taxistas, Pirotécnicos, Vendedores Ambulantes, Tarefeiras, Empregadas domésticas, Costureiras, Advogados, Solicitadores, Empregados de limpeza, Assalariados, Outros…

Não se conhece a intenção da Câmara.

AM – Constatamos que a Mesa da Assembleia Municipal, em representação da AM, não toma qualquer iniciativa, mantendo-se refém da postura de inoperância e incompetência da Câmara Municipal.

Aos Srs. Jornalistas e aos OCS cabe a divulgação destas propostas para sensibilizar os poderes públicos à sua aprovação e implementação.»

Foto: DR.

Feira Semanal de Barcelos reabre com grande adesão do público

Maio 7, 2020 em Atualidade, Concelho, Economia, Mundo, Política port barcelosnahorabarcelosnahora

A Feira Semanal de Barcelos reabriu esta quinta-feira, dia 7 de maio, para venda de produtos e géneros alimentares, com o lema “Vamos Voltar em Segurança”.



Trata-se de uma reabertura faseada, iniciada após as restrições do Estado de Emergência, embora condicionada às regras de segurança e de saúde dos comerciantes e do público.

O espaço da Feira foi delimitado com grades e com duas entradas e duas saídas, controladas pelos funcionários municipais e por elementos da Polícia de Segurança Pública. Todas as pessoas que entraram no recinto (feirantes e público), estavam protegidas com máscara e tinham que desinfetar as mãos à entrada. A quem não tinha máscara, os funcionários municipais entregaram uma à entrada do recinto. Os funcionários entregaram um folheto com as regras de segurança que as pessoas que entraram no recinto deviam respeitar.

O espaço da Feira ocupou uma área de cerca de 14.000 metros quadrados do Campo da Feira, destinado aos cerca de 250 feirantes de produtos e géneros alimentares, de modo a instalar as suas bancas com uma distância de dois metros entre elas.

Cerca de duas centenas de feirantes voltaram à Feira neste dia e, até às 15h00, foram registadas cerca de três mil entradas no recinto vedado da Feira.

O Presidente da Câmara Municipal de Barcelos visitou o espaço, referindo que o Município “ajustou a abertura da Feira ao levantamento das medidas decorrentes do Estado de Emergência e é com muita satisfação que verifico que quem veio à Feira está a cumprir as regras determinadas para o acesso ao recinto”.

Miguel Costa Gomes referiu, ainda, que a Câmara procurou organizar a reabertura da Feira com todos os cuidados necessários, mantendo a atitude pedagógica perante a população quanto ao seguimento das orientações das autoridades de saúde.

Quanto à reabertura a outras atividades comerciais da Feira, o Presidente da Câmara explicou que essa fase vai depender da forma como decorreu a reabertura dos produtos e géneros alimentares e das condições que a lei venha a determinar a partir do próximo dia 18 de maio.

Fonte e foto: CMB.

Albergue Cidade de Barcelos promove debate online sobre “Albergues em tempo de pandemia”

Maio 7, 2020 em Atualidade, Concelho, Cultura, Mundo port barcelosnahorabarcelosnahora

Conversa informal realiza-se a 16 de maio

No próximo dia 16 de maio, pelas 18h00, a Associação ACB – Albergue Cidade de Barcelos promove uma conversa informal, por videoconferência, que abordará a atual situação dos albergues no Caminho Português de Santiago, sob tema “Albergues em tempo de pandemia”.



O evento estará disponível para hospitaleiros, peregrinos e/ou profissionais que atuem em áreas afetas ao Caminho de Santiago. Duração prevista de uma hora e meia.

A organização está a cabo da referida Associação, com o apoio do Pelouro do Turismo do Município de Barcelos.

A participação é gratuita. Contudo, por motivos de melhor organização, as inscrições são obrigatórias (até ao dia 15 de maio) e estão disponíveis no seguinte link:

https://docs.google.com/forms/d/e/1FAIpQLSdBT1_0gA1GySCcJGanby4dUGIXII3lIzWkchl7LW7R6MGDYA/viewform?fbclid=IwAR1fx-Xf1dSVkZhkk-d4V2JQsLuE_01dPtDyybMFdvfn3Y8cevhqNgwlvdk .

foto: CMB.

Comunidades ciganas de Barcelos recebem kits higiene para combate ao COVID-19

Maio 6, 2020 em Atualidade, Concelho, Mundo, Política port barcelosnahorabarcelosnahora

A Vereadora da Ação Social, Armandina Saleiro, participou na entrega de kits de higiene a 37 famílias residentes no concelho de Barcelos, angariados ao abrigo da campanha SOS Comunidades Ciganas, que visa apoiar famílias carenciadas no combate à pandemia da COVID-19. A sessão decorreu no dia 5 de maio, no Centro Social Abel Varzim, em Cristelo.



Os kits, compostos por máscaras, luvas, álcool, sabão, toalhitas desinfetantes e lixívia, servem para auxiliar as famílias que vivem em acampamentos e barracas, sem acesso a água, luz e a uma habitação digna, sendo as que mais necessitam de proteção face à pandemia.

Na entrega dos kits, a vereadora afirmou “a importância da adoção de novos comportamentos sociais e boas práticas para a contenção da propagação da COVID-19”.

Armandina Saleiro salientou, ainda, a necessidade de alertar e sensibilizar a comunidade de etnia cigana para “os riscos associados a algumas práticas comuns no seu dia a dia, desaconselhando deslocações em grupo, quer seja nas idas ao supermercado e ao hospital, quer seja no caso de quem vive em barracas e que tem por hábito utilizar os balneários públicos em simultâneo com várias pessoas do mesmo agregado familiar”.

A campanha “SOS Comunidades Ciganas”, lançada pela Rede Europeia Anti-Pobreza Portugal, está a trabalhar com comunidades em nove concelhos portugueses (Elvas, Beja, Mourão, Guarda, Fundão, Viseu, Braga, Barcelos e Porto) e pretende, com esta campanha, lançada a 9 de abril, ajudar a travar a pandemia, atribuindo kits de segurança e higiene às comunidades ciganas, sobretudo às famílias que vivem em acampamentos e barracas e em condições de higiene que colocam em risco a saúde individual e comunitária.

De acordo com os números mais recentes existem 24.210 portugueses ciganos em território nacional.

Fonte e foto: CMB.

PSD Barcelos reage ao anúncio de reabertura da Feira Semanal

Maio 6, 2020 em Atualidade, Concelho, Economia, Política port barcelosnahorabarcelosnahora

Em comunicado enviado às redações, o PSD Barcelos reagiu ao anúncio, por parte da Câmara Municipal de Barcelos, da reabertura da Feira Semanal, restringindo-a à venda de produtos e géneros alimentares, com regras apertadas de segurança e de proteção individual. De relembrar que a Feira foi cancelada por causa das medidas de prevenção adotadas pelo Município, derivadas do combate à pandemia COVID-19.



Ontem, Miguel Costa Gomes, Presidente da Câmara Municipal de Barcelos, anunciou, em conferência de imprensa online, que se iria proceder à reabertura da Feira, sob o lema “Vamos Voltar em Segurança”.

No comunicado, o PSD Barcelos “congratula-se por, mais uma vez, o executivo PS seguir a proposta do PSD (…), mas lamenta a longa demora na reabertura da Feira de Produtos Alimentares e o elevado prejuízo causado aos Produtores Agrícolas e Comerciantes, bem como, aos Consumidores, pelo seu encerramento durante quase dois meses”.

Segue, na íntegra, o referido comunicado:

«Reabertura da Feira Alimentar

“As teimosias infundadas de uma Câmara à deriva”

O PSD congratula-se por, mais uma vez, o executivo PS seguir a proposta do PSD, apesar de vir tarde, mas lamenta a longa demora na reabertura da Feira de Produtos Alimentares e o elevado prejuízo causado aos Produtores Agrícolas e Comerciantes, bem como, aos Consumidores, pelo seu encerramento durante quase dois meses…enquanto outros Municípios mantiveram as suas feiras em funcionamento!

Perante as nossas sugestões, divulgadas pelo PSD aos Órgãos de Comunicação Social e do conhecimento público, o executivo nada fez e, felizmente, passados dois meses, vem corrigir um erro que prejudicou a vida pessoal e económica de muitos barcelenses!

Apelamos para que todos sigam as regras de segurança!

Lembramos que, nos passados dias 17 de março, 27 de março e 16 de abril, o PSD enviou requerimento, sugestões e propostas à Câmara sobre o Setor de Produtos Alimentares da Feira.»

Foto: DR.

Ir Para Cima