Tag archive

CIM-Cávado

TRANSDEV em pleno no Vale do Cávado

Setembro 19, 2020 em Atualidade, Concelho, Economia, Mundo Por barcelosnahorabarcelosnahora

A TRANSDEV e a Comunidade Intermunicipal do Cávado chegaram a acordo para que, a partir de ontem, dia 18 de setembro, seja reposta a totalidade da oferta de transportes públicos coletivos que existiam antes da pandemia.



São repostos todos os trajetos e horários que existiam e  voltam ao ativo todos os trabalhadores afetos à operação nos seis concelhos desta região: Amares, Braga, Barcelos, Esposende, Terras de Bouro e Vila Verde.

De modo a responder a todas as necessidades das comunidades, nomeadamente da comunidade escolar, a CIM do Cávado viabiliza esta solução, ciente da necessidade de assegurar a sustentabilidade da operação e o transporte público como solução de mobilidade para as populações.

O acordo é válido até ao final de 2020 e foi estabelecido um regular acompanhamento da situação, no sentido de manter a equação equilibrada para as duas partes.

Foto: DR.

Barcelos sinaliza Caminhos de S. Bento

Julho 8, 2020 em Atualidade, Concelho, Cultura, Mundo, Política Por barcelosnahorabarcelosnahora

CIM Cávado desenvolve projeto em parceria com a Irmandade de S.Bento e municípios

O Município de Barcelos terminou, na semana passada, a sinalização dos Caminhos de São Bento da Porta Aberta na sua área territorial, entre a freguesia da Pousa e a Igreja Matriz, em Barcelos.



Este é um projeto da CIM do Cávado, em parceria com a Irmandade de São Bento da Porta Aberta que, em conjunto com os seis municípios associados (Amares, Barcelos, Braga, Esposende, Terras de Bouro e Vila Verde) promovem o projeto “Caminhar em Segurança”, que visa a valorização e sinalização dos caminhos de São Bento da Porta Aberta, de forma a possibilitar uma leitura comum dos vários percursos e uma melhor orientação estratégica e em segurança aos peregrinos e caminhantes.

Na sexta-feira, 3 de julho, decorreu na Cripta de São Bento, em Terras de Bouro, a apresentação do Guia do Peregrino dos Caminhos de São Bento da Porta Aberta no Cávado, que contou com a presença da Vereadora da Cultura do Município de Barcelos, Armandina Saleiro.

Com o trajeto dividido em sete etapas distintas, desde Fão (Esposende) até S. Bento (Terras de Bouro), num percurso total de aproximadamente 70 quilómetros, o livro pretende dar orientação geográfica, assim como informações úteis de índole cultural, ambiental e interpretativo.

A sessão teve como objetivo a valorização e promoção dos Caminhos de São Bento da Porta Aberta no território do Cávado que, juntamente com a sinalização implementada no terreno, permitirão reforçar a segurança do peregrino, promovendo a qualidade da caminhada e a valorização do território.

O Guia do Caminho pretende ser um elemento de apoio ao peregrino e caminhante, disponibilizando orientação geográfica e informação sobre pontos de interesse e de apoio e na interpretação do património religioso e cultural ao longo da rede, sendo ainda um elemento de promoção do Caminho de São Bento e para o território do Cávado.

Este projeto surge de uma candidatura ao programa Interreg España-Portugal (POCTEP), que a CIM Cávado viu aprovada e que permitiu o desenvolvimento de uma imagem de marca do caminho e várias soluções de sinalética direcional.

Os caminhos de peregrinação para São Bento da Porta Aberta têm origem em todo o Minho, com motivação predominantemente religiosa, mas por vezes também lúdica.

Os peregrinos e caminhantes que os percorrerem, podem usufruir de um riquíssimo património cultural e de uma paisagem natural única que culmina no Santuário de São Bento da Porta Aberta, localizado no concelho de Terras de Bouro, em pleno Parque Nacional da Peneda Gerês.

O Santuário é um local de culto com uma forte importância religiosa e turística, recebendo, por ano, mais de 600 mil turistas e peregrinos de várias origens.

Fonte: CMB.

Fotos: CMB e DR (alteradas).

Transportes públicos de Barcelos com extinção parcial das medidas excecionais do COVID-19

Julho 2, 2020 em Atualidade, Concelho, Economia, Mundo, Política Por barcelosnahorabarcelosnahora

Desde ontem, dia 1 de julho, que estão repostas as cobranças de bilhetes (a bordo e na compra de passes) nas redes de transportes públicos do concelho.



No dia 21 de março, a Câmara Municipal de Barcelos adotou um conjunto de medidas excecionais e temporárias para a prevenção e contenção do COVID-19 para o Transporte Público Rodoviário, do Centro Coordenador de Transportes (Central de Camionagem) e funcionamento do estacionamento de Duração Limitada. Nestas medidas incluíam-se o Barcelos Bus, conforme determinações do Instituto da Mobilidade e dos Transportes, quer para a redução da exposição do pessoal afeto ao transporte público no ambiente operacional, quer para a segurança e saúde dos passageiros.

Estas medidas permitiram que os cidadãos evitassem contactos com os motoristas e o manuseamento de máquinas.

Agora, em colaboração com a Comunidade Intermunicipal do Cávado e municípios integrantes, no Município de Barcelos procede-se à retoma de vendas a bordo e validações nos autocarros, seguindo as diretrizes e as devidas precauções de segurança e higienização da Direção Geral de Saúde, desde 1 de julho, do seguinte modo:

– Retoma das vendas a bordo, ainda que com as devidas precauções de segurança e validações nos autocarros Barcelos Bus, de acordo com o tarifário anteriormente praticado;

– Retoma das vendas a bordo, com as devidas precauções de segurança e validações nos autocarros de transporte de passageiros e rodoviários de serviço regular, nos mesmos moldes anteriores à pandemia COVID-19 e de acordo com a tabela de atualização tarifária em vigor definida para o ano de 2020;

– Reativação da obrigatoriedade de parcómetros distribuídos pelos diferentes pontos da cidade, suspensos até então.

Na utilização dos transportes públicos mantém-se o uso obrigatório de máscara facial, a higiene das mãos e etiqueta respiratória, assim como o distanciamento físico.

Fonte e foto: CMB.

Comunidade Intermunicipal do Cávado lança Rede de Transporte Público de Passageiros Essencial

Maio 5, 2020 em Atualidade, Concelho, Economia, Mundo, Política Por barcelosnahorabarcelosnahora

Barcelos entre os concelhos servidos pela Rede, por ora, de circulação livre

A Comunidade Intermunicipal do Cávado, em articulação com a Autoridade Intermunicipal de Transportes do Cávado (AITC) e com os Municípios de Amares, Esposende, Barcelos, Braga, Terras de Bouro e Vila Verde, lançam uma Rede de Transporte Público de Passageiros Essencial, para serviço das populações a curto prazo.



A Rede é composta por um total de 10 carreiras, com 36 circulações diárias, contabilizando um total de 1242 km diários. Os horários foram adaptados de modo a permitirem as habituais deslocações profissionais e acessos aos centros urbanos e basearam-se nos dados históricos de procura, permitindo com um número reduzido de carreiras, servir a maior população possível.

Recorde-se que, após o cancelamento das atividades letivas, e com a declaração dos estados de emergência por 45 dias, o transporte público de passageiros sofreu reduções drásticas, tendo sido, inclusivamente, totalmente suspenso na maioria dos Municípios do Cávado. Neste sentido, foi identificada como prioritária a reativação de serviços de transporte público de passageiros considerados essenciais, e que asseguram num período transitório, níveis mínimos de mobilidade às populações.

Durante este período transitório, as condições de utilização desta Rede são especiais, nomeadamente, não haverá lugar à cobrança de bilhetes, nem carregamento de passes, pelo que a circulação será livre. A lotação dos veículos é de dois terços da sua lotação máxima e não será permitida a circulação de passageiros sem máscara protetora. A entrada e saída dos passageiros será feita unicamente pela porta traseira.

De realçar que esta Rede tem um carácter temporário e será reavaliada, periodicamente, pela CIM Cávado, de modo a poder adaptar-se a uma realidade profundamente dinâmica e imprevisível como a que se vive atualmente.

Foto: DR.

Concurso Nacional de Leitura com alunos de agrupamentos escolares de Barcelos

Fevereiro 4, 2020 em Atualidade, Concelho, Cultura, Educação, Mundo Por barcelosnahorabarcelosnahora

A Biblioteca Municipal de Barcelos recebe, na próxima sexta-feira, 7 de fevereiro, a Fase Municipal da 14ª edição do Concurso Nacional de Leitura.



Nesta fase, participam 60 alunos dos Agrupamentos de Escolas do concelho de Barcelos, nas várias categorias, do 1º Ciclo ao Ensino Secundário.

Os alunos vencedores desta final irão representar o Município de Barcelos nas provas da Comunidade Intermunicipal do Cávado, que contará com todos os Municípios que integram o Vale do Cávado e que se realizam no dia 21 de abril, em Vila Verde. A final nacional é transmitida pela RTP, no mês de junho, em Oeiras.

Os livros que foram selecionados para o concurso e que foram objeto de leitura foram: “O Pescador de Nuvens”, de Ana Lázaro; “O Barco das Crianças”, de Mário Vargas Losa; “Eu Estive Aqui”, de Gayle Forman; e “O Caçador do Verão”, de Hugo Gonçalves.

O concurso consta de uma prova escrita e de uma prova oral, subdividindo-se esta em prova de argumentação e prova de leitura, sendo o júri constituído por Miguel Borges (escritor), José Campinho (professor) e Victor Pinho (Bibliotecário Municipal).

Este concurso, organizado pelo PNL – Plano Nacional de Leitura, em colaboração com a RBE – Rede de Bibliotecas Escolares, a DGLAB – Direção Geral do Livro, dos Arquivos e das Bibliotecas e Camões – Instituto da Cooperação e da Língua, realiza-se com o propósito de celebrar a leitura e o verdadeiro prazer de ler, reforçando o seu caráter universal.

Fonte e imagem: CMB.

Programa de Apoio à Redução do Tarifário dos Transportes Públicos atribui mais de 420 mil euros a Barcelos

Março 26, 2019 em Atualidade, Concelho, Educação, Política Por barcelosnahorabarcelosnahora

O Município de Barcelos foi contemplado com 423.484,00€ no âmbito da dotação do Programa de Apoio à Redução do Tarifário dos Transportes Públicos (PART) distribuído pela Comunidade Intermunicipal (CIM) do Cávado.



Trata-se de um programa de financiamento das autoridades de transporte para o desenvolvimento de ações que promovam a redução tarifária nos sistemas de transporte público coletivo, bem como o aumento da oferta de serviço e a expansão da rede, com um forte impacto na mobilidade da população.

De acordo com os termos do Despacho n.º 1234-A/2019 de 4 de fevereiro de 2019, será transferida pelo Fundo Ambiental para a CIM Cávado uma verba de 1.628.347,00 €, numa base trimestral, com a primeira transferência em abril de 2019.

Por sua vez, a CIM procederá à repartição das dotações pelas autoridades de transporte existentes, de acordo com critérios previamente definidos.

Das verbas alocadas a cada autoridade de transporte, uma parcela não inferior a 60% destina-se a financiar ações de apoio à redução tarifária nos transportes públicos coletivos, devendo o valor remanescente ser aplicado no aumento da oferta de serviço e na extensão da rede.

A redução tarifária vai financiar:

1. A gratuitidade do transporte escolar aos alunos do secundário, para o passe 4_18 e para o passe sub23. Isto é, todos os alunos do ensino secundário passam a ter o transporte totalmente gratuito. O passe 4_18, que se destina aos estudantes entre os 4 e os 18 anos que não beneficiem de transporte escolar no âmbito do Decreto-Lei n.º 299/84, de 5 de setembro, passa a ser totalmente gratuito.

O passe sub23, que se destina aos estudantes do ensino superior até aos 23 anos, inclusive, e aos estudantes de ensino superior inscritos nos cursos de Medicina e Arquitetura, até aos 24 anos de idade, passa a ser totalmente gratuito conseguindo-se desta forma incluir os estudantes do IPCA.

Com esta medida, todo o transporte escolar passa a ser gratuito deixando os alunos de suportar as verbas remanescentes do transporte escolar.

2. Criação do Passe Social para Reformados com redução tarifária em 50%.

É proposta a criação de uma bolsa de passes mensais para uso do transporte público pelos reformados, através da redução tarifária em 50% do seu valor. O número de passes a atribuir estará limitado pelo orçamento destinado a esta medida, no valor global de 8.000,00 €.

3. Financiamento de passes mensais com viagens ilimitadas a atribuir gratuitamente a grupos alvos específicos a definir pelo Município

É proposta a criação de uma bolsa de passes mensais, para uso do transporte público por famílias durante os meses de verão e na Semana da Mobilidade. O número de passes a atribuir estará limitado à dotação orçamental atribuída, no valor global de 4.000,00 €.

Assim, o Município pode oferecer a um número limitado de cidadãos um passe mensal gratuito com viagens ilimitadas ao longo de 20km. Cada passe desta modalidade tem um custo unitário de 72,5 € financiado na totalidade pelo PART.

4. Duplicar a atual oferta de transporte público do Barcelos Bus e manter o atual serviço aos sábados à tarde, domingos e feriados

A atual ligação da estação dos caminhos de ferro ao IPCA, com frequência de 40 minutos, e a ligação do Estádio Cidade de Barcelos a Barcelinhos, com frequência de 60 minutos, têm denotado algumas dificuldades. Por isso, propõe-se a duplicação das linhas, numa frequência de 20 minutos e 30 minutos, respetivamente.

Atualmente, as linhas não operam ao sábado à tarde, domingos e feriados. É proposto que estes serviços operem nesses períodos, no sentido de manter um contínuo de serviço. Acresce que estas linhas terão receitas crescentes da venda de títulos de transporte, garantindo a sua sustentabilidade futura.

Fonte e foto: CMB.

Semana para a Igualdade e a não Discriminação assinalada em Barcelos

Novembro 23, 2018 em Atualidade, Concelho, Cultura, Mundo Por barcelosnahorabarcelosnahora

De 26 a 30 de novembro, em diferentes espaços municipais

O Município de Barcelos promove, de 26 a 30 de novembro, a Semana para a Igualdade e a não Discriminação, sob o mote “Barcelos Mais Igual – Igualdade, Cidadania, Parcerias e Desenvolvimento”.



O ponto alto do programa acontece no dia 30 de novembro, com o Hastear da Bandeira “Cidade Educadora”, no sentido de Barcelos sendo Cidade Educadora pugna pelo primeiro princípio das cidades educadoras “Construir uma cidade que cumpre o direito à igualdade”.

Barcelos, integrada na rede das Cidades Educadoras, vem permitindo uma nova forma de ver e pensar a Cidade, bem como a integração da necessidade de um esforço maior para criar, pela via da educação, da cultura e das políticas sociais, as condições e o ambiente perfeitos para o crescimento de cada um, num contexto de respeito por todos e num movimento contínuo de desenvolvimento sincronizado de toda a comunidade e de todo o território.

A Semana para a Igualdade e a não Discriminação começa com a sensibilização de rua no âmbito da Celebração do Dia Internacional pela Eliminação da Violência Contra as Mulheres por vários locais da cidade.

Os temas “Igualdade de Género no Poder Local” e a “Conciliação da Vida Pessoal, Familiar e Profissional” são temas debatidos e dirigidos aos técnicos do Município, que enquanto Cidade Educadora procura assumir um compromisso com a inclusão social e a diversidade cultural, tendo como objetivo permanente o enriquecimento da vida dos seus cidadãos.

Para além destas ações, na  Semana para a Igualdade e a não Discriminação está prevista a abertura de um espaço para a igualdade, a funcionar no gabinete de Coesão Social da Câmara Municipal de Barcelos; a apresentação do Plano Municipal para a Igualdade; o reforço das parcerias com os parceiros-chave que trabalham esta temática no terreno, com projetos apoiados pelo Município (GASC e SOPRO); a continuidade de políticas que promovam a igualdade; e a continuação de integração de pessoas mais vulneráveis.

Na área da Igualdade e não Discriminação, a Câmara Municipal tem vindo a implementar diferentes projetos, nomeadamente: a criação do Projeto Piloto de Mediador Municipal; o projeto “Conta Mais” (combate ao estigma da comunidade cigana, dando importância à condição da mulher); a assinatura, em 2014, do protocolo de cooperação entre a Comissão para a Cidade e Igualdade de Género e o Município de Barcelos; a candidatura, em 2016, no âmbito do Programa ESCOLHAS 6G – Projeto Galo@rtis entre outras ações de sensibilização; a adesão, no ano passado, do Município de Barcelos e da Rede Social ao Roteiro para a Igualdade promovido pela Associação ANIMAR em parceria com a Comissão para a Cidadania e Igualdade de Género, com a intermediação da CIM Cávado; o interesse, manifestado este ano, na adesão do Município à Rede de Municípios Solidários; o projeto da  Casa Abrigo1, desde 2005,  que constitui um recurso localizado no concelho (esta resposta é promovida pelo Grupo Ação Social Cristã – GASC); o apoio do Município de Barcelos ao Projeto SOPRO FEMININO, promovido pela associação SOPRO – Solidariedade e Promoção; entre outros.

Fonte e imagem: CMB.

Câmara de Barcelos revela que campanha de ecopontos domésticos e compostores “foi um sucesso”

Agosto 29, 2018 em Atualidade, Concelho, Cultura, Educação, Mundo, Política Por barcelosnahorabarcelosnahora

A campanha de distribuição de ecopontos domésticos e compostores, desenvolvida pelo Município de Barcelos em parceria com a Comunidade Intermunicipal do Cávado (CIM), no âmbito de um projeto conjunto de sensibilização para a recolha seletiva e compostagem, revelou-se “um sucesso”, de acordo com o Município.



Entre outras iniciativas, como a realização de palestras abordando a temática da compostagem doméstica, a campanha, dirigida a toda a população do concelho de Barcelos, contemplava a distribuição gratuita de 1173 ecopontos domésticos e 351 compostores, tendo os equipamentos esgotado, dado o elevado número de solicitações.

A entrega dos equipamentos aos requerentes é, agora, feita de forma faseada, tendo a primeira ação decorrido hoje, 29 de agosto, no Estádio Cidade de Barcelos.

O Vereador do Ambiente, José Beleza, mostrou-se muito agradado com a adesão à iniciativa, que “excedeu as expectativas” e “permite que a recolha seletiva no concelho aumente cada vez mais”, notando que, neste domínio, se verifica um crescimento em relação ao ano passado e que o objetivo é manter essa tendência positiva no futuro.

“A grande adesão a esta iniciativa motiva-nos a termos mais ações no concelho com vista a uma cada vez maior sensibilidade ambiental”, sublinhou José Beleza.

As próximas ações de entrega de ecopontos domésticos decorrerão nos dias 4, 12 e 14 de setembro, no Estádio Cidade de Barcelos. No dia 14, pelas 18h00, no auditório do Estádio Cidade de Barcelos, realiza-se, também, uma palestra sobre a utilização do compostor.

Esta Campanha de Sensibilização Intermunicipal para a Recolha Seletiva e Compostagem domestica na NUT III Cávado é um projeto promovido pela CIM Cávado e cofinanciado pelo PO-SEUR – Programa Operacional Temático da Sustentabilidade e Eficiência no Uso de Recursos, alinhado com o previsto na Estratégia Integrada de Desenvolvimento Territorial do Cávado 2014-2020.

Fonte e fotos: CMB.

[ESGOTADOS] Município de Barcelos disponibiliza, gratuitamente, ecopontos domésticos e compostores

Agosto 21, 2018 em Atualidade, Concelho, Cultura, Política Por barcelosnahorabarcelosnahora

ATUALIZAÇÃO:

O Município de Barcelos fez saber que “os ecopontos domésticos e os compostores que estavam a ser distribuídos pelo Município de Barcelos, em parceria com a CIM Cávado, já esgotaram. Os munícipes que fizeram a requisição serão avisados por e-mail da data e local da entrega do equipamento”. Assim, desta forma, esta notícia fica desatualizada pois já não há mais ecopontos e compostores.

O Município de Barcelos, em parceria com a Comunidade Intermunicipal do Cávado (CIM Cávado), está a promover uma campanha de sensibilização para a recolha seletiva e compostagem doméstica.



Esta campanha tem como principal objetivo “sensibilizar para a importância da recolha seletiva dos resíduos, bem como para a valorização dos resíduos biodegradáveis, procurando assim fomentar a valorização dos resíduos orgânicos e reduzir a deposição final em aterro”, salienta o Município.

A campanha, dirigida a toda a população residente no concelho, prevê a realização de palestras, abordando a temática da compostagem doméstica, assim como a distribuição gratuita de 1173 ecopontos domésticos e 351 compostores.

Os interessados em beneficiar desta campanha devem, apenas, preencher a ficha de inscrição que se encontra disponível no site do município e enviar para gambiente@cm-barcelos.pt.

Esta Campanha de Sensibilização Intermunicipal para a Recolha Seletiva e Compostagem domestica na NUT III Cávado é um projeto promovido pela Comunidade Intermunicipal de Cávado e cofinanciado pelo PO-SEUR – Programa Operacional Temático da Sustentabilidade e Eficiência no Uso de Recursos, alinhado com o previsto na Estratégia Integrada de Desenvolvimento Territorial do Cávado 2014-2020.

Foto: CMB.

Ndr: notícia atualizada às 22h35 de dia 22-08-2018.

Abertura do Concurso de Ideias de Negócio Intermunicipal conta com a presença da Vice-Presidente da Câmara

Junho 6, 2018 em Atualidade, Concelho, Cultura, Educação, Mundo Por barcelosnahorabarcelosnahora

Barcelos acolheu o Concurso de Ideias de Negócio Intermunicipal, evento que é parte do projeto “UP Cávado Escolas”, no qual foram apresentados projetos empreendedores de alunos do ensino secundário e profissional dos municípios do Cávado.



A Vice-Presidente da Câmara Municipal de Barcelos, Armandina Saleiro, participou na sessão de abertura, que contou, ainda, com o Primeiro Secretário da CIM Cávado, Luís Macedo.

O evento, que se realizou no auditório dos Paços de Concelho de Barcelos, contou com cerca de 70 alunos, tendo figurado entre os premiados uma escola do concelho.

Os estudantes da Escola Secundária de Barcelinhos, do Município de Barcelos, conquistaram o 2.º lugar com o projeto “The Gear Future”.

O vencedor desta 1.ª edição do Concurso de Ideias de Negócio Intermunicipal foi o projeto “Easy Feed Animal”, da Escola Profissional Amar Terra Verde, do Município de Vila Verde. O pódio ficou completo com o projeto “Safe Student”, da Escola Secundária Henrique Medina, do Município de Esposende.

Os vencedores estão apurados para a Final Transfronteiriça, que decorrerá no próximo dia 15 de junho, no Museu da Geira, pelas 14h30.

O Projeto “UP Cávado Escolas”

A CIM Cávado está a desenvolver, no corrente ano letivo 2017/18, o projeto “UP Cávado: Empreendedorismo nas Escolas”, que tem como objetivo principal promover uma cultura empreendedora, o espírito de iniciativa, de cooperação e criatividade junto das comunidades educativas, permitindo aos jovens em idade escolar o desenvolvimento de projetos empreendedores.

O projeto está a ser desenvolvido em 28 escolas dos seis municípios do Cávado, envolvendo 1364 alunos e 63 professores, de um universo de 64 turmas, 27 do 3º ciclo do ensino básico e 37 do ensino secundário e profissional.

O projeto “UP Cávado: Empreendedorismo nas Escolas” é promovido pela Comunidade Intermunicipal do Cávado em parceria os Municípios Associados e cofinanciado pelo POCTEP – Programa de Cooperação Transfronteiriça Espanha-Portugal, com o apoio do Fundo Europeu de Desenvolvimento Regional, no âmbito da Comunidade Territorial de Cooperação entre as regiões do Cávado, Alto-Minho e Ourense.

Fonte e foto: CMB.

Ir Para Cima