Tag archive

Cinema

Tresor&Bosxh apresentam filme-concerto em Barcelos

Novembro 17, 2020 em Atualidade, Concelho, Cultura, Mundo Por barcelosnahorabarcelosnahora

A banda Tresor&Bosxh apresenta um filme-concerto para toda a família na próxima quinta-feira, dia 19 de novembro, no Theatro Gil Vicente, às 20h30. Os barcelenses vão dar música às curtas-metragens de animação “Solar Walk” (Marlies van der Wel) e “Jonas and the Sea” (Réka Bucsi), num espetáculo inserido no serviço educativo do “triciclo”, promovido pelo Município de Barcelos. Esta performance foi desenvolvida no âmbito do Circuito – Braga Media Arts.



A dupla Tresor&Bosxh vai construir uma trilha sonora ao vivo para o filme “Jonas and the Sea”, de Marlies van der Wel, que é uma curta-metragem de animação sobre um homem que deixa tudo em busca de um sonho. Um sonho que todos partilhamos: a procura por um lugar a que possamos chamar de casa, mesmo que esta seja debaixo de água. A outra curta-metragem, “Solar Walk”, de Réka Bucsi, aborda a melancolia de aceitar o caos como belo e cósmico. Mostra a viagem de duas pessoas e das suas criações através do tempo e do espaço. Qualquer significado de ação só existe a partir da perspetiva do indivíduo e não da perspetiva de um sistema solar.

Para além do espetáculo de dia 19, no Theatro Gil Vicente, a banda barcelense vai atuar ainda para alunos da Escola Secundária Alcaides de Faria em duas sessões exclusivas para esta comunidade escolar. O “triciclo” apresenta, assim, uma experiência inovadora e enriquecedora a todos os jovens envolvidos na atividade.

Cartaz do concerto (Imagem: triciclo)

Os bilhetes para a sessão aberta ao público estão disponíveis no Theatro Gil Vicente, na BOL e nos locais habituais. A lotação é limitada a 99 espectadores e o uso de máscara é obrigatório durante todo o espetáculo.

Imagens: triciclo.

Programação cultural de novembro do Theatro Gil Vicente

Outubro 30, 2020 em Atualidade, Concelho, Cultura, Mundo, Política Por barcelosnahorabarcelosnahora

A programação do Theatro Gil Vicente mantém, em novembro, a diversidade e a heterogeneidade artísticas, com música, cinema e teatro.



O cinema inicia a programação do Gil Vicente, com a Associação ZOOM – Cineclube de Barcelos a apresentar cinco noites de cinema: “Ciclo: Estados de Juventude” (1.ª parte), no dia 3; “Ciclo: Estados de Juventude” (2.ª parte), no dia 4; “Ciclo: Estados de Juventude” (3.ª parte), no dia 5. Estas curta-metragens inserem-se no Dia Mundial do Cinema que se comemora a 5 de novembro.

A sétima arte continua no dia 10 com “Ordem Moral”, de Mário Barroso,  e “O ano da morte de Ricardo Reis”, de João Botelho, no dia 17. As sessões têm início às 21h30 e têm entrada paga.

No dia 7, com duas sessões, às 16h00 e 19h00, a Fundação GDA, que tem por missão a valorização e dignificação do trabalho e das carreiras dos artistas (atores, bailarinos e músicos bem como o seu desenvolvimento humano, cultural e social) promove uma ação de divulgação e sensibilização sobre “Direitos de Autor e Direitos Conexos”. A entrada é gratuita e a ação permite a emissão de certificado de participação.

A música preenche três dias de programação, a começar com o concerto do músico barcelense João Dias, finalista do “Got Talent”, no dia 14, com entrada gratuita; no dia 19, é a vez do “Filme- Concerto de Tresor&Bosxh“, espetáculo inserido no ciclo de concertos ‘triciclo’, e no dia 26 “Tomorrow is the question”, de Demian Cabaud Quarteto, do Ciclo de ‘Jazz ao Largo’. Os espetáculos acontecem às 22h00 e têm um valor de 3€.

No âmbito do serviço educativo, programa dedicado à comunidade escolar, o Theatro recebe, no dia 11, duas sessões, às 10h30 e 14h30, de teatro infantil, com a peça “Em Pessoa”, pela CTB – Companhia de Teatro de Braga.

A rubrica “Em família no TGV” reserva a tarde de domingo, dia 15, às 16h00, com o musical “A Casinha de Chocolate”, pela GrowUp Eventos.

No dia 21, às 22h00, a Escola de Dança de Barcelos, na continuidade das comemorações dos seus 25 anos, convida os Doutor Assério para um espetáculo onde o Ballet e o Rock se apresentam num só, com o espetáculo “Ballet N’Rock”. A entrada tem um valor de 3€.

Nos dias 27, 28 e 30 de novembro dá-se início ao Ciclo de “Jovens Fadistas de Barcelos” com os fadistas barcelenses Sónia Lopes, Mário Bruno e Joana Lopes, respetivamente. Esta iniciativa conta a organização da Casa da Juventude, a partir das 21h30, no Theatro Gil Vicente.

Ainda no âmbito da programação cultural do mês de novembro, o auditório da Biblioteca Municipal recebe, no dia 6, às 22h00, o espetáculo dos “Evols”, concerto inserido no ‘triciclo’. A entrada tem um valor de 3€.

Os bilhetes para assistir aos espetáculos no teatro podem ser adquiridos no local, ou através de reserva por e-mail (tgv@cm-barcelos.pt) ou telefone (253 809 694).

Programação (Imagem: CMB)

Fonte e imagem: CMB.

Diversidade marca programação do primeiro ao último dia de outubro no Theatro Gil Vicente

Setembro 30, 2020 em Atualidade, Concelho, Cultura, Mundo Por barcelosnahorabarcelosnahora

Festival de Teatro e concertos musicais marcam um mês repleto de atividades na emblemática sala barcelense

No próximo mês de outubro, o teatro impera no Theatro Gil Vicente, com a 33ª edição do Festival de Teatro de Barcelos, mas ainda há lugar para a música e as habituais sessões de cinema.



A programação inicia no dia 01, às 22h00, Dia Mundial da Música, com o recital “Híbrido”, do percussionista barcelense Álvaro Cortez e a pianista Isabel Romero. A entrada tem um valor de 3€.

A Associação Zoom apresenta três sessões de cinema: no dia 6, com “A Estrada”, no dia 13, com “Os Inúteis” e, no dia 20, com “A Voz da Lua”, obras de Federico Fellini. As sessões de cinema têm início às 21h30 e têm entrada paga.

O Festival de Teatro Popular preenche grande parte da programação do Theatro Gil Vicente no mês de outubro. No dia 02, “Talvez um dia”, pela Fértil Associação Cultural; no dia 03, “À Deriva”, pela Ajidanha; no dia 04, “Os Grandes não têm grandes ideias”, pela Fértil Associação Cultural; no dia 16, “A Ceia dos Cardeais”, pela A Capoeira-Companhia de Teatro de Barcelos; no dia 18, “O Jardim | Tomo I | A Primavera“, pelo Teatro e Marionetas de Mandrágora; no dia 23, “Circo Lar”, pelo Centro de Teatro da Câmara Municipal de Cabeceiras de Basto, e, no dia 24, “Raposos” pelo Teatro de Balugas. Os espetáculos decorrem às sextas-feiras e sábados, às 21h30, e aos domingos, às 16h00, e têm o custo de 3€.

Ainda no dia 10, às 21h30, é apresentada a peça de teatro “Armazenados”, pelo Teatro Art’Imagem. A rubrica “Em família no TGV”, espaço dedicado ao público infantil, reserva a tarde do dia 25, às 16h00, com “Hakuna Matata | O Musical”, pela ProtagonizaMagia | Associação Cultural.

No âmbito do serviço educativo, programa dedicado à comunidade escolar, o Theatro recebe nos dias 28 e 29, duas sessões, às 10h15 e 11h15, de teatro infantil com a peça “Arlequim Recicla Assim”, pela Companhia de Teatro de Santo Tirso.

A música tem espaço reservado no palco do Gil Vicente com o ciclo de concertos da “Linha TGV” e o do “triciclo”.

O regresso do ciclo “Linha TGV” tem lugar no dia 30, às 22h00, com “Gator, The Alligator”, e o bilhete tem um custo de 4€. No dia 31, sobe a palco “Luís Severo + Pedro Augusto” e a entrada tem um valor de 8€. Se for entrada geral (sexta e sábado), tem um valor de 10€.

O ciclo de concertos “triciclo” está de volta para mais três meses de programação transversal, a decorrer entre outubro e dezembro, depois de uma paragem forçada devido à pandemia da COVID-19.

O ciclo musical começa no dia 5 de outubro, às 17h00, no Largo Dr. Martins Lima, com “Samba Sem Fronteiras”, grupo luso-brasileiro radicado no Porto, que é um dos mais genuínos exemplos do samba de raiz.

Depois de uma viagem até ao Brasil, o “triciclo” prossegue no dia 17 de outubro, às 22h00, nos Claustros da Câmara Municipal, com “Phole”. O tocador natural de Viana do Castelo apresenta uma forma singular de reinventar o instrumento típico das romarias minhotas.

Os bilhetes para assistir aos espetáculos no teatro podem ser adquiridos no local, ou através de reserva por e-mail (tgv@cm-barcelos.pt) ou telefone (253 809 694).

Cartaz (Imagem: CMB)

Fonte e imagem: CMB.

“Prá Frente Barcelos” entre 18 de julho a 5 de setembro

Julho 14, 2020 em Atualidade, Concelho, Cultura, Mundo Por barcelosnahorabarcelosnahora

Atividades culturais na frente ribeirinha

“Prá Frente Barcelos” é o título da sugestão do Município para as atividades culturais a realizar na frente ribeirinha de Barcelos entre 18 de Julho e 5 de setembro.



Com as limitações impostas pela pandemia do COVID-19, que motivaram a anulação dos eventos culturais e artísticos, a Câmara Municipal de Barcelos decidiu relançar as atividades culturais com conteúdos capazes de atraírem a população.

Será assim ao longos dos próximos três meses, com uma programação que integra teatro, música, dança e cinema, em espaços montados na frente ribeirinha de Barcelos, ao ar livre, numa área limitada, com assistência condicionada às determinações da Direção-Geral da Saúde.

A programação inicia já no dia 18 de julho, às 11h00, com o espetáculo infantil “Os 3 Porquinhos”, pela Capoeira – Companhia de Teatro de Barcelos”. Às 22h00 é a vez do músico Frederico Dinis apresentar “An unexplained emptiness”.

Domingo, dia 19 de julho, às 18h30, a Ronda Típica do Bairro da Misericórdia proporciona um fim de tarde com muita música e diversão.

O cineclube ZOOM continua a apostar no cinema. No dia 21, o filme “Rio Bravo”, de Howard Hawks (1959), e, no dia 28, “Assalto à 13ª Esquadra”, de John Carpenter (1976).

Nos dias 23, 24, 25 e 26, o ciclo de concertos “triciclo” está de volta. O primeiro concerto fica a cargo de “Gãrgoola”, um projeto artístico do duo João Miguel Fernandes e Filipe Miranda. No dia 24, atua “Baleia,Baleia,Baleia”, uma dupla formada por Manuel Molarinho (baixo e voz) e Ricardo Cabral (bateria). Dia 25, realiza-se um concerto com “White Haus”, projeto musical de João Vieira (X-Wife, DJ Kitten). Todos os espetáculos acontecem às 22h00. No dia 26, “Homem em Catarse”, o alter-ego musical do músico barcelense Afonso Dorido, às 18h30.

No dia 31, às 21h30, dia em que se comemoram os 118 anos do Theatro Gil Vicente, no Largo Dr. Martins Lima (em frente ao Teatro), realiza-se um espetáculo de dança pela Escola de Dança de Barcelos e Trovas e Cantigas, com “Poetas e Tradições”.

A programação continua no mês de agosto com muita música e cinema.

A iniciar o mês, no dia 1, às 22h00, Filipe Miranda e Joana Jardim apresentam “Do aqui para sempre”. No dia 2, às 12h00, a Escola da Banda Musical de Oliveira leva a palco “Estágio de Sopros e Percussão”.

Às 18h30, é a vez do Circulo Católico Operários de Barcelos apresentar “Dimensão Minhota”.

O cineclube ZOOM leva à frente ribeirinha, duas sessões de cinema. No dia 4, o filme “Bacarau”, de Kleber Mendonça Filho e Juliano Dornelles (1959), e, no dia 11, “Martin Eden”, de Pietro Marcello (2019).

O teatro infantil fica a cargo da Capoeira – Companhia de Teatro de Barcelos com a peça “Pinóquio”, no dia 8, às 11h00. Às 22h00, “O Fado de Lisboa” é apresentado pela artista barcelense Carla Cortez.

A música continua no dia 14 com o Ciclo “Jazz ao Largo”, com o guitarrista português “Tó Trips”. No dia 15, a Banda Musical de Oliveira apresenta “Big Band”, às 21h30.

No dia 21, às 22h00, tem lugar um espetáculo da Linha TGV e, no dia 22, às 22h00, o músico João Miranda.

O Festival “River Blues” está de volta, mas desta vez no palco da frente ribeirinha. Arranca no dia 28 de agosto, às 22h00, com o espetáculo de “Smokestakers” e “L – Blues “. No sábado é a vez de “Delta Blues Riders”.

A programação de verão “Prá Frente Barcelos” termina no dia 5 de setembro com a peça de teatro “Enxôta Diabos”, pela A Mó-Grupo Teatro Vale do Neiva, às 21h30.

Todos os espetáculos são de entrada livre, mas com levantamento obrigatório de bilhete no Theatro Gil Vicente, de terça feira a sexta-feira, das 10h00 às 18h00, ou no próprio dia do espetáculo (no período de 1 hora que antecede o evento). O espaço estará preparado para receber 400 pessoas com todas as condições de segurança.

Fonte e imagem: CMB.

Programação de março no Theatro Gil Vicente

Fevereiro 28, 2020 em Atualidade, Concelho, Cultura, Mundo Por barcelosnahorabarcelosnahora

O “triciclo” traz ao palco do Theatro Gil Vicente, Angélica Salvi + Conservatório de Música de Barcelos, um espetáculo único inserido no Serviço Educativo, onde a harpa desenha o caminho de novas possibilidades sonoras e os alunos acompanham esta viagem improvisada, com música contemporânea e eletroacústica. Esta sessão decorre no dia 7 de março, às 22h00, com entrada gratuita.



A programação para o mês de março abre com a dança, logo no dia 1, às 16h00, num espetáculo inserido nas comemorações dos 25 anos da Escola de Dança de Barcelos, intitulado “Dançar com Amor”, com entrada paga (3,00€). A dança volta a palco com um duplo espetáculo da Escola Nico Dance Studio, “Palavra que me Define”, no dia 22 de março, pelas 15h00 e pelas 18h00. Este espetáculo tem entrada paga (5,00€).

A música chega no dia 6 com o ciclo “Jazz ao Largo”, num encontro de Marcos Cavaleiro, José Pedro Coelho e Masa Kamaguchi, que vão partilhar o palco pela primeira vez, num encontro que irá abrir espaço à interseção musical dos seus universos, numa viagem ao desconhecido (6 de março | 22h00 | 3,00€). A Tuna Feminina do IPCA traz ao Theatro Gil Vicente o espetáculo IPCA Solidário, que junta todos os grupos académicos. Este ano, a Amar 21 terá uma participação especial, promovendo a integração do cidadão com Trissomia 21 (13 de março | 21h30 | 5,00€).

O “triciclo” traz a Barcelos os Evols, uma banda formada em 2008 por França Gomes, Carlos Lobo e Vítor Santos. A banda é influenciada por toda a música psicadélica e vão apresentar os trabalhos lançados nos dois LP´s, em 2010 e 2015 (20 de março | 22h00 | 3,00€). No dia seguinte, sábado, 21 de março, é a vez de Frederico Dinis apresentar o seu trabalho “An Unexplained Emptiness” (3,00€).

O teatro está de volta ao cenário do Theatro nos dias 14 e 27 de março. Primeiro, com “Tire Dali a Menina” pel’Os Pioneiros da Ucha (14 de março | 21h30 | 2,50€), e depois com “A Ceia dos Cardeais” pel’A Capoeira – Companhia de Teatro de Barcelos. Este espetáculo comemora o Dia Mundial do Teatro, no dia 27 de março, às 21h30 (3,00€).

A sétima arte chega este mês com quatro sessões. A primeira apresenta “Violeta“, um filme de Kantemir Balagov, no dia 10; no dia 17, é a vez do filme de Albert Serra “Liberté“, e por fim, no dia 24, “Nuestro Tiempo“, de Carlos Reygadas. Estas sessões são apresentadas pelo cineclube ZOOM, todos com início às 21h30 e com o preço de 3,50€.

A quarta sessão de cinema está inserida da rubrica “Em família no TGV”, que proporciona às famílias uma tarde de domingo por mês dedicada à cultura no Theatro Gil Vicente, de forma gratuita. No dia 29 de março é apresentado o filme “A Vida Secreta dos Nossos Bichos“, de Yarrow Cheney e Chris Renaud, para pais e filhos.

Fonte e imagem: CMB.

“Depois do Medo”, de Bruno Nogueira, em fevereiro no Theatro Gil Vicente

Janeiro 29, 2020 em Atualidade, Concelho, Cultura, Mundo Por barcelosnahorabarcelosnahora

A programação de fevereiro do Theatro Gil Vicente (TGV) traz, como grande destaque, o espetáculo “Depois do Medo”, de Bruno Nogueira, que marca o regresso do humorista ao stand-up. O espetáculo acontece no dia 8 de fevereiro, às 21h30.



O teatro está de volta ao cenário do espaço vicentino com a comédia “O assalto”, pela Via 3 – Companhia de Teatro (22 de fevereiro|21h30); “Humidade”, pela Companhia de Teatro de Braga (29 de fevereiro|21h30) e “Quem tem medo do lobo mau?”, apresentado pela Kings Produções, (23 de fevereiro|16h00), destinado a todas as faixas etárias, inserido na rubrica “Em Família no TGV”, que proporciona às famílias terem uma tarde de domingo por mês dedicada à cultura no Theatro Gil Vicente, de forma gratuita.

A sétima arte preenche quatro dias de programação, a iniciar com a curta-metragem “A lenda do Galo”, do barcelense Carlos Araújo (1 e 2 de fevereiro|21h30 e 19h00). Segue-se “J’accuse – O Oficial e o Espião”, de Roman Polanski (11 de fevereiro|21h30), e “Cem anos de cinema: dois filmes, um único grito” (18 de fevereiro| 21h30), do mesmo realizador, trazidos pelo Cineclube ZOOM. A entrada tem um custo de 3,5€ e é gratuita para os Sócios ZOOM.

A dança também tem espaço este mês no TGV, primeiro com “Um presépio à portuguesa com certeza!” (2 de fevereiro| 16h00), trazido pela Escola de Dança de Barcelos, inserido nas comemorações dos seus 25 anos de existência, com entrada paga (3,00€); e “The Avenue” (15 de fevereiro| 21h30), pela Kayser Ballet. A peça é um retrato contemporâneo de uma Avenida, por onde passeiam pessoas, cada uma com a sua personalidade, cada uma com os seus desejos, sonhos e emoções. Com momentos de muito boa disposição a peça pretende transportar para o palco cenas do quotidiano, transportando o público para um mundo fictício e, ao mesmo tempo, tão real. A entrada é paga a partir dos 15 anos (2,5€).

A música no mês de fevereiro está a cargo do brasileiro Chico Bernardes, que atua no Theatro Gil Vicente no dia 7, às 22h00, no decorrer da sua primeira visita à Europa para apresentar o mais recente disco homónimo que contém inspirações na folk e na música popular brasileira. A entrada tem um custo de 3 euros. E no dia 22, às 22h30, o “triciclo” vai elevar os decibéis com os portuenses 10 000 Russos e os barcelenses Gator, The Alligator, que atuam no Pavilhão Municipal de Barcelos. Este concerto marca o regresso da banda local à cidade, depois da sua primeira tour europeia. A entrada custa 5 euros.

De 7 de fevereiro a 29 de março poderá visitar a exposição de desenho digital “Galigrafias”, por Carlos da Torre. A entrada é gratuita.

Os bilhetes para assistir aos espetáculos no Theatro podem ser adquiridos no local, ou através de reserva por e-mail (tgv@cm-barcelos.pt) ou telefone (253 809 694).

Fonte e imagem: CMB.

Programação cultural de junho do Theatro Gil Vicente

Maio 28, 2019 em Atualidade, Concelho, Cultura, Mundo Por barcelosnahorabarcelosnahora

A programação do Theatro Gil Vicente mantém, em junho, a diversidade e a heterogeneidade artísticas, com muita música, teatro, cinema e dança.



Os primeiros dois dias do mês são dedicados aos mais novos, no âmbito do Dia Mundial da Criança, com duas sessões de teatro a ter lugar no dia 1, às 15h00 e às 21h30, a peça “O Principezinho”, pela Jangada Teatro, e, no dia 2, às 16h00, a peça de teatro com marionetas ”3 Porquinhos”, igualmente pela Jangada Teatro.

Mas não é o único dia em que a sétima arte passa pelo Gil Vicente, pois pode reservar o dia 22, às 21h30, para assistir ao espetáculo “É tudo ao molho e fé em Deus”, protagonizado por Carlos Cunha Produções. A entrada tem o custo de 5 euros.

A Associação Zoom volta a trazer cinema ao Teatro, com os filmes “Agnés por Varda”, no dia 4 de junho; “Minnie e Moskowitz Tempo de Amar”, no dia 11 e, “A Máscara”, no dia 18. As sessões são às 21h30 e tem o valor de 3,5€.

O mês de junho também traz música ao espaço vicentino. Nos dias 5, 6 e 7, o Conservatório de Música de Barcelos protagoniza o espetáculo de teatro cantado “Don Giovanni”, às 21h00.

O “triciclo” também está de volta ao Gil Vicente, no dia 8 de junho, às 22h00, e inicia com a terceira edição do “serviço educativo”. Depois dos espetáculos “Vou-te contar uma história sobre Barcelos” e “Identidade”, esta importante componente do “triciclo” propõe “Rhythmen”, um espetáculo coordenado pelo baterista barcelense Pedro Oliveira e que juntará a comunidade artística local e a Escola de Dança de Barcelos.

O terceiro trimestre do “triciclo” termina no dia 29 de junho, no Círculo Católico de Operários de Barcelos, com os Sensible Soccers, que voltam a Barcelos com nova formação e o seu terceiro longa-duração, “Aurora”, e os Otrotorto, trio português que parte da base do rock em busca de outros territórios musicais. O início dos espetáculos está marcado para as 22h30 e os bilhetes custam sete euros.

Destaque, ainda, para o espetáculo de música e dança “Didálvi, Arte e Vida”, no dia 21, às 21h30.

No dia 25, às 22h00, é a vez do espetáculo dos Sunset Rollercoaster, banda fenómeno do sudoeste asiático, mais concretamente de Taiwan, concerto inserido na Linha TGV.

A Arts Academy protagoniza um espetáculo de dança com a audição final de ano, no dia 30 de junho, às 16h00, com a participação da Crew de Danças Urbanas, do grupo de Capoeira, bem como da orquestra rock (Comclave).

Os bilhetes para assistir aos espetáculos no Theatro podem ser adquiridos no local, ou através de reserva por e-mail (tgv@cm-barcelos.pt) ou telefone (253 809 694).

Fonte e imagem: CMB.

Programação de maio do Teatro Gil Vicente

Maio 6, 2019 em Atualidade, Concelho, Cultura, Mundo Por barcelosnahorabarcelosnahora

O Teatro Gil Vicente apresenta, no mês de maio, uma programação diversificada com cinema, música, teatro e magia.



O Zoom Cineclube continua a levar o cinema ao Teatro Gil Vicente, com a exibição, no dia 7, às 21h30, do filme “La Pointe Courte”, de Agnés Varda; no dia 14, “Sem Eira Nem Beira”, de Agnés Varda; e, no dia 21, “Daguerreótipos” de Agnés Varda. As sessões têm início às 21h30 e têm entrada paga.

No domínio musical, o espaço vicentino recebe, nos dias 11 e 24 de maio, dois concertos no âmbito do “triciclo”. Os barcelenses Indignu, porta-estandartes do pós-rock nacional, regressam à sua cidade natal para levar ao palco, dia 11, às 22h00, o quarto disco da sua carreira, “Umbra” (2018). A entrada é livre.

Os espanhóis Za! já são bem conhecidos do público barcelense, após terem dado nas vistas no festival Milhões de Festa. O duo catalão regressa agora a Barcelos no âmbito do “triciclo” para um concerto na “blackbox” do Teatro Gil Vicente, dia 24 de maio, às 22h00. O bilhete custa cinco euros.

Ainda no âmbito musical, o Ciclo ”Jazz ao Largo” está de volta ao Teatro Gil Vicente e promete uma dinâmica musical no dia 17, às 22h00, com o espetáculo de Mário Delgado Solo.

A sétima arte sobe ao palco do Gil Vicente no dia 12, às 16h00, com a peça “BOCAge” – O Mais Honesto Homem para se Amar, uma comédia de escárnio e bem dizer, numa celebração de homenagem que pretende brindar ao poeta “maldito”. “BOCAge”, com produção de MagiAbrangente (Rita Ribeiro) e encenação de João Ascenso, é um espetáculo onde as atrizes Rita Ribeiro, Sandra José e Alexandra Pato darão vida ao texto de Sandra José.

No dia 19, às 16h00, no âmbito da Comemoração do Dia Internacional dos Museus, o espaço vicentino recebe a peça de teatro “Argila”, pelo Teatro de Didascália.

No dia 25, às 21h30, o Teatro Gil Vicente acolhe o XIII Capas Traçadas – Festival de Tunas Femininas Cidade de Barcelos, organizado pela Tuna Feminina do IPCA.

A rubrica “Em família no TGV” reserva a tarde de domingo, dia 26, às 16h00, com o espetáculo de magia “Aqui Há magia”, de Gustavo Sereno.

Ainda no âmbito da programação cultural do mês de maio, o Município de Barcelos comemora, no dia 18 de maio, às 22h00, no Museu de Olaria, o Dia Internacional dos Museus e Noite Europeia dos Museus com a exibição da performance audiovisual “An Essence of a Legacy” inspirada na arte e na criatividade do Figurado de Barcelos que tem como objetivo desenvolver uma viagem de experiências percetivas, procurando representar as suas caraterísticas identitárias mais particulares.

Ainda no dia 31, às 22h00, o Auditório Municipal dos Paços do Concelho recebe a 3ª eliminatória do “Youtubers Challenge”, pela Youtuber brasileira Marcela Tavares.

Fonte e imagem: CMB.

Teatro Gil Vicente com programação diversificada em abril

Março 28, 2019 em Atualidade, Concelho, Cultura, Mundo Por barcelosnahorabarcelosnahora

O Teatro Gil Vicente apresenta, no mês de abril, uma programação diversificada com teatro, cinema, música, humor e dança.



A programação do espaço vicentino inicia com o primeiro concerto do terceiro trimestre do “triciclo”. No dia 4 de abril, às 22h00, a conceituada guitarrista e cantora portuguesa Lula Pena apresenta o seu mais recente disco “Archivo Pittoresco”.

Ainda no domínio musical, no âmbito do novo ciclo de programação “LINHA TGV”, que traz ao palco algumas das mais entusiasmantes propostas da música contemporânea portuguesa e internacional, o TGV recebe o português Filho da Mãe, mestre da guitarra, que apresentará “Água Má”, no dia 13 de abril, às 22h00 e, no dia 19, às 22h00, Maria Beraldo, clarinetista brasileira que trabalha com Elza Soares.

A sétima arte sobe ao palco do Gil Vicente no dia 5, às 21h30, com a peça “Judas”, pelo Teatro Académico Musical e Dramático de Kherson M.Kherson M.Kulish, da Ucrânia.

A dança marca presença, nos dias 6 e 7 de abril, com o espetáculo de dança urbana “Ser Criança”, protagonizado pelos alunos da Escola Nico Dance Studio. O espetáculo terá duas sessões. A primeira a 6 de abril, às 21h30 e, a segunda a 7 de abril, às 18h00.

O humor também tem lugar com o espetáculo de stand-up comedy intitulado “Ódio de Estimação”, protagonizado pelo humorista Paulo Almeida, no dia 12, às 22h00.

A rubrica “Em família no TGV” reserva a tarde de domingo, dia 14, às 16h00, com “SING- Quem canta seus males espanta”, um filme de comédia musical animado de Garth Jennings.

A Associação ZOOM – Cineclube continua a levar o cinema ao Teatro Gil Vicente, com a exibição, no dia 9, do filme “Todos Sabem”, de Asghar Farhadi, e no dia 16, do filme “A Pereira Brava”, de Asghar Farhadi. As sessões têm início às 21h30 e têm entrada paga.

Os bilhetes para assistir aos espetáculos no Teatro podem ser adquiridos no local, ou através de reserva por e-mail (tgv@cm-barcelos.pt) ou telefone (253 809 694).

Ainda no âmbito da programação cultural do mês de abril, o Salão Nobre dos Paços do Concelho recebe, no dia 18, às 22h00, o espetáculo da cantora e violoncelista Joana Guerra, que traz na bagagem o álbum “Osso”, concerto inserido no “triciclo”. A entrada é livre.

A partir do dia 27, pode ainda visitar a exposição “Lenda do Galo – Era uma vez a história de um peregrino e de um galo que cantou”, de Carlos Araújo, que inaugura a 27 de abril, às 17h00 e estará patente até 26 de maio.

Fonte e imagem: CMB.

Festival Internacional de Teatro em destaque na programação de março do Teatro Gil Vicente

Fevereiro 28, 2019 em Atualidade, Concelho, Cultura, Mundo Por barcelosnahorabarcelosnahora

No próximo mês de março, o teatro está em destaque no Gil Vicente, com o FESTIBA – Festival Internacional de Teatro de Barcelos.



A programação do Teatro Gil Vicente inicia com o espetáculo “IPCA Solidário”, no dia 1 de março, às 21h30, espetáculo que reverte a favor da Associação de Apoio a Doentes com Leucemia e Linfoma. A entrada custa 3€ e destina-se a maiores de 6 anos.

O FESTIBA – Festival Internacional de Teatro de Barcelos é uma iniciativa organizada pela A Capoeira- Companhia de Teatro de Barcelos em colaboração com o Município e rege-se, não só, pela participação de grupos internacionais, mas também, pela apresentação de dramaturgias estrangeiras, deixando sempre espaço para o que é português. Uma linha de programação pensada para o público, com o objetivo de promover o interesse pelo teatro nas suas mais diversas variantes e promover a abertura e linguagens e culturais teatrais diferentes.

Para celebrar o Dia Internacional da Mulher e abrir as honras do FESTIBA, no dia 8 de março, às 21h30, o Teatro das Beiras apresenta a peça “Donna Sala”. No dia 16 de março, às 21h30, é a vez d’A Capoeira – Companhia de Teatro de Barcelos levar ao palco a peça “Menina Júlia”. No dia 17, a Associação – No Encalço das Ideias promete divertir com a peça “Eu sou o meu avô”, um espetáculo em que os espetadores participam ativamente na peça. No dia 23, às 21h30, a Companhia de Teatro de Braga estará presente com um texto pertencente ao realismo alemão com o Concerto “à la care” de Franz Xaver Kroetz.

Nos dias 10, 24 e 27, o teatro é dedicado aos mais pequenos, às 16h00 e 21h30, respetivamente.

No dia 10, às 16h00, o teatro recebe a peça “Bzzzoira Moira”, pelo Teatro e Marionetas de Mandrágora. Trata-se de um espetáculo com marionetas inspirado num conto popular do norte do país, com seres fantásticos.

Nos dias 24 e 27, a Capoeira- Companhia de Teatro de Barcelos está de volta para a estreia da peça “Pinóquio”, o tradicional conto italiano do menino de madeira, representado com marionetas. No dia 27, dia em que se comemora o Dia Internacional do Teatro, sobe a palco o divertido e fantasioso espetáculo de Nikolai Gogol “O Nariz”.

No dia 29, às 21h30, o Teatro Fuori Rotta de Itália apresenta um grande sucesso de teatro contemporâneo italiano a peça “Novecento”, de Alessandro Barrico.

Para encerrar o FESTIBA, no dia 31, às 16hh00, será apresentada a peça “Pão Nosso”, do Teatro de Balugas, de Barcelos, espetáculo vencedor do Festival de Teatro Popular de Barcelos 2018 que promete trazer a palco o ciclo do pão através de memórias, cantigas e ofícios.

No domínio musical, o Teatro Gil Vicente recebe, nos dias 9 e 30 de março, dois concertos no âmbito do triciclo. No dia 9, às 17h00, o serviço educativo está de regresso. Depois de em dezembro terem juntado jovens músicos locais com a Academia de Música de Viatodos, desta vez é a comunidade cigana que vai ser envolvida.

O espetáculo “identidade”, coordenado pelo músico Samuel Martins Coelho, vai juntar jovens do projeto Galo@rtis, do Centro Social Abel Varzim, com artistas locais. A entrada é gratuita.

No dia 30, às 22h00, é a vez do espetáculo de “B Fachada” que chega a Barcelos para apresentar o disco “viola braguesa x”.

Ainda no âmbito musical, o Ciclo Jazz ao Largo está de volta ao Teatro Gil Vicente e promete uma dinâmica musical no dia 15, às 22h00, com o espetáculo dos Eyebrow.

O Cineclub Zoom leva ao Teatro Gil Vicente três filmes: “O Ladrão Profissional”, de Michael Mann, no dia 12, às 21h30; no dia 19, “Bob, o jogador”, de Jean-Pierre Melville, e, no dia 26, “Fim de semana no ascensor”, de Louis Malle. As sessões de cinema têm início às 21h30 e têm entrada paga.

Ainda no âmbito da programação cultural do mês de março, regressa o HARMOS Festival ao Salão Nobre dos Paços do Concelho, com os seguintes espetáculos: no dia 21, “Lipsia Quintet”, no 22, “Vicit Quartet” e, no 23, “Tandru Trio”, sempre às 21h30. Este Festival, que vai na sua 13ª edição, é um conceito único em todo o espaço europeu que reúne os melhores alunos de algumas das mais conceituadas escolas superiores de música.

Fonte e imagem: CMB.

Ir Para Cima